home > Organização de Casa > 8 dicas de organização com Marie Kondo

8 dicas de organização com Marie Kondo

tema: Organização de Casa
#30 - 3 de fevereiro de 2020

Se você é fã de ambientes organizados e técnicas para deixar sua casa (e sua vida) ordenada e livre de obstáculos, certamente já ouviu falar das dicas de organização de Marie Kondo, certo?

Se sua resposta foi não, não se preocupe!

Reunimos, neste artigo, 8 dicas de organização com Marie Kondo para eliminar tudo o que é desnecessário em sua casa. Prepare-se para encarar a maratona de arrumação e dar um novo sentido a seus objetos!

Quem é Marie Kondo e por que suas dicas revolucionaram o mundo?

Marie Kondo é uma empresária e escritora japonesa, que alcançou o sucesso com quatro obras literárias focadas em métodos de organização pessoal. Suas táticas para deixar roupas, objetos e ambientes mais organizados ganharam até um nome: método KonMari.

O método de arrumação proposto por Kondo ganhou popularidade em todo o planeta, e suas dicas, antes concentradas nos livros, passaram também para as telinhas com a série Ordem na casa com Marie Kondo, veiculada na rede de streaming Netflix.

A metodologia da empresária tem como objetivo provocar uma ressignificação da relação das pessoas com seus objetos. A autora conta, em uma de suas entrevistas, que após seguirem seu método, as pessoas puderam compreender o que é realmente importante na vida. Algumas delas, segundo a autora, “tomaram decisões transcendentais, como mudar de trabalho”.

Quais as principais dicas de organização com Marie Kondo?

Mas, afinal, o que diz o método KonMari? Vamos descobrir juntos, com as 8 dicas de organização com Marie Kondo a seguir!

  1. Organizar por categorias, e não por cômodos

A primeira dica de Marie Kondo sugere que, ao iniciar uma arrumação, não nos concentremos em cada cômodo, e sim, em cada categoria organizada.

Isso significa, por exemplo, tirar uma tarde para arrumar as roupas, e reunir em um só lugar, todas as roupas da casa: as do quarto, as da lavanderia, as do guarda-roupas, e por aí vai.

Para a autora, isso ajuda a criar uma visão sistêmica de tudo aquilo que temos e a entender com mais precisão o que é, de fato, necessário.

  1. Organizar tudo de uma só vez

Sim, a proposta de Kondo é mesmo mergulhar fundo na arrumação. Para cumprir a segunda dica do método KonMari, é preciso planejar bem o dia da arrumação e, claro, começar cedo!

A ideia é que o processo inicie e termine no mesmo dia, sem deixar nada para depois. Para a autora, essa é a única forma de impedir que o processo de arrumação vire uma rotina interminável.

  1. Banheiro: produtos em frascos

Um dos argumentos de Kondo para substituir a embalagem de produtos por frascos é reduzir os ruídos do ambiente. Para ela, ao eliminar o excesso de informação visual e auditiva, o espaço ganha ares muito mais tranquilos e confortáveis.

Por isso, a sugestão é trocar as embalagens de sabonetes líquidos, shampoos, detergentes, cremes e demais produtos por frascos (preferencialmente transparentes e de fácil abertura), que darão uma sensação de leveza e limpeza aos ambientes.

  1. Escritório e quarto: separadores nas gavetas

Marie Kondo também defende a importância de segmentar as gavetas com caixas. Segundo ela, isso serve para subcategorizar os itens, tornando seu acesso mais fácil e sua organização mais evidente.

Uma dica é separar as caixas de acordo com suas funções ou tamanhos. Na cozinha, por exemplo, podemos ter uma caixa para os talheres menores e outra para os maiores.

  1. Cozinha: prateleiras inteligentes

Kondo recomenda que, na cozinha, as prateleiras sejam preenchidas de forma inteligente. Isso significa ocupar os espaços mais baixos com objetos de uso frequente, como copos e pratos, por exemplo, deixando as áreas superiores para itens sazonais, como utensílios de festa, temáticos ou de uso pontual.

  1. Papéis: separar em categorias

Dificilmente nos damos conta do quão acumuladores de papel podemos ser. Mas Marie Kondo sabe, e tem uma solução para o problema!

As dicas de organização de Marie Kondo sobre organização da papelada se baseiam em dois grandes grupos:

  • papéis para guardar: documentos, declarações, notas fiscais e comprovantes
  • papéis em uso: materiais em produção, cópias de relatórios, cartas não respondidas

Isso significa que tudo aquilo que não se encaixa em nenhuma das duas categorias acima deve ser descartado de vez.

  1. Roupas: saiba a melhor forma de dobrar

Uma das dicas mais úteis de Marie Kondo diz respeito à melhor forma de dobrar e armazenar roupas. Muitas vezes, enfrentamos gavetas aparentemente lotadas e temos a sensação de que mais nada cabe ali, não é mesmo?

Bom, pode ser mesmo o caso de descartar algumas peças. Mas aquilo que fica também pode ser armazenado de forma diferente!

Kondo defende a técnica da dobra em “rolinhos”, que libera espaço e permite que a peça seja identificada facilmente na gaveta ou armário.

Além de ser excelente para liberar espaço no armário, também é uma técnica de organização da casa infalível para a arrumação de malas!

Assista ao vídeo abaixo para aprender a dobrar roupas com Marie Kondo:

  • Por falar em roupas… segmentar o guarda-roupa compartilhado

Para quem divide o guarda-roupas, a dica é segmentar o espaço de cada envolvido. Isso ajuda a visualizar melhor o conteúdo de cada pessoa, a organizar com mais facilidade (bem como conservar aquilo que foi arrumado) e a gerir o espaço sem brigas e confusões!

O que está por trás de uma boa organização?

Você deve ter percebido que as dicas de Marie Kondo têm um grande teor emocional, não é mesmo? A empreendedora e escritora acredita que a felicidade deve ser o objetivo de todo o processo de organização.

Por isso, de acordo as dicas de organização com Marie Kondo, você deverá viver o momento da arrumação de forma emocional e intensa.

Algumas dicas dadas pela autora para o momento são:

  • sempre que estiver diante de um desafio (de arrumação ou não), pergunte a si mesmo se isso te traz alegria. Isso mesmo. Pode parecer uma brincadeira, mas o exercício da reflexão ajuda a entender se o esforço vale a recompensa e se tudo aquilo que acumulamos em casa realmente nos faz mais felizes;
  • viva a organização como um ritual importante. Dê preferência a momentos em que a casa esteja vazia, e organize tudo com atenção, gratidão e humildade;
  • saiba se despedir daquilo que não te serve mais. O desapego é um dos princípios mais utilizados no método KonMari, e defende a importância de entendermos que a função de determinados objetos já foi cumprida para nós, e que é hora de agradecer e dar adeus.

E aí, tudo certo para colocar em prática o nosso resumo das dicas de arrumação de Marie Kondo? Lembre-se da importância de separar um momento propício para a arrumação e dedicar-se por inteiro ao momento. O objetivo deve ser simplificar as coisas, e não dificultá-las!

Agora que você já conhece as dicas de organização com Marie Kondo, já pode começar a pensar em formas de otimizar a arrumação da sua casa.

Visite nossa seção de Organização da Casa

Que tal conhecer nossa seção de organização da casa? Com certeza, ela será muito útil para a construção de um espaço ordenado e clean!