home > Decoração > Iluminação com fita de LED: como decorar a sua casa utilizando esse recurso?

Iluminação com fita de LED: como decorar a sua casa utilizando esse recurso?

tema: Decoração
#30 - 17 de fevereiro de 2020

Se está procurando uma maneira de dar um toque extra na decoração da sua casa, mas sem quebra-quebra e gastando pouco, a iluminação com fita de LED pode ser a solução.

As vantagens desse acessório que mais se destacam são a sua fácil instalação e o baixo consumo de energia.

Além disso, a fita LED é bastante versátil e pode ser utilizada em diferentes pontos da sua casa, nos mais variados cômodos.

Do teto ao chão, passando inclusive por móveis e até corrimãos, você cria efeitos que deixarão seu lar ainda mais bonito, único e charmoso.

Quer saber como? Continue a leitura e descubra!

No que consiste a iluminação com fita de LED

A iluminação com fita de LED consiste em uma sequência de luzes agrupadas em uma fita, geralmente adesiva, que pode ser aplicada em diferentes superfícies.

Utilizada para personalizar ambientes, cria um efeito de luz indireta, contínua e linear, que serve tanto para auxiliar na luminosidade quanto para dar destaque a algum ponto.

Uma opção à iluminação com fita de LED são as mangueiras com o mesmo modelo de lâmpada. Diferente das fitas que são chapadas e finas, as mangueiras possuem formato cilíndrico e são um pouco mais rígidas.

Ambas são utilizadas para o mesmo objetivo, no entanto, as mangueiras são mais indicadas para tetos, forros e superfícies com grandes extensões. Já as fitas são ideais para decorar espaços menores, móveis e locais com muitas curvas e dobras.

Vantagens de criar uma iluminação com fita de LED

No início deste texto falamos de duas vantagens da fita LED que se destacam: sua fácil instalação e o baixo consumo de energia. Mas saiba que utilizar esse adereço para decorar a sua casa traz ainda mais benefícios.

É um acessório eclético

Encontrada em diferentes cores de lâmpadas que ajudam ainda mais a compor os ambientes, atualmente existem três modelos de fita de LED:

  • luz branca quente: de tom amarelado, é semelhante às lâmpadas incandescentes e indicada para uma iluminação mais intimista e aconchegante;
  • luz branca fria: de tonalidade branca, as lâmpadas dessa fita são parecidas com as fluorescentes e permitem visualizar melhor as cores do espaço;
  • luzes RGB: neste modelo colorido, as lâmpadas possuem as cores vermelho (R = red), verde (G = green) e azul (B = blue). O ritmo, intensidade e tonalidades podem ser controlados remotamente.

É durável

Com boa resistência a alterações climáticas, as luzes das fitas de LED de boa qualidade têm vida útil entre 50 e 100 mil horas.

Outra forma de medir sua durabilidade é em anos. Alguns modelos podem ser utilizados de 5 a 10 anos sem apresentar nenhum problema.

É segura

Por não emitirem raios ultravioleta ou infravermelho, essas fitas são seguras tanto na instalação quanto na utilização. Além disso, por não dissiparem calor, não esquentam o ambiente.

Também por esses motivos, podem ser aplicadas em lugares mais baixos, como pisos e escadas.

Lugares que podem receber iluminação com fita de LED

E por falar em lugares que podem receber a iluminação com fita LED, veja todos os possíveis pontos de instalação e se inspire!

Fita de LED para sanca

Sancas e tetos ganham destaque e deixam de ser coadjuvantes com a fita de LED ou mangueira, dependendo da extensão.

Se não precisam de iluminação cheia, a exemplo dos corredores, o adereço pode facilmente substituir as lâmpadas tradicionais. Mas se precisarem, sem problemas também! Nesse caso, a iluminação com fita de LED será um complemento que dará dar ao espaço o clima perfeito.

Fita de LED para quarto e para sala

O quarto e a sala são os dois ambientes que mais se beneficiam com a aplicação de fitas de LED. Isso porque existem diversos pontos nesses cômodos que podem receber o acessório.

Na sala, por exemplo, o lugar que mais se vê a instalação da fita é ao redor da televisão. Colocada atrás do aparelho, a luminosidade gerada dispensa a necessidade de se manter as lâmpadas acesas enquanto assiste a algo, e ainda dá destaque ao equipamento.

Além desse, racks, painéis, estantes e cristaleiras são outros lugares que ganham um novo ar com o adereço. A dica fica apenas em não exageram. Escolha um ou dois pontos que queira evidenciar e dê ênfase a eles.

Nos quartos, a fita de LED serve para iluminar prateleiras, penteadeiras, cortinas, nichos, cabeceiras de camas e closets.

Se for um quarto do bebê então, o acessório substitui com eficiência as lâmpadas de teto e luminárias, deixando o ambiente com uma luz suave e aconchegante. Isso evita incomodar o pequeno durante a noite.

Ou seja, opções de uso nesse cômodo são o que não faltam!

Fita de LED para cozinha

Na cozinha, o uso desse tipo de iluminação não é diferente. A proposta aqui fica em dar destaque para bancadas, balcões, rodapés e armários.

Cozinhas americanas ganham um ar ainda mais sofisticado. Porém, nada impede de aplicar esse conceito nos modelos tradicionais também. Basta usar a imaginação.

 

Fita de LED para banheiro

No banheiro, a fita de LED pode ser utilizada para destacar espelhos, bancadas, banheira e teto. A luz indireta gerada pelo acessório ajuda a deixar o ambiente elegante e moderno.

Mas além desses pontos, existem outros que podem ser destacadas com esse adereço, tais como:

  • parapeitos (guarda-corpo);
  • degraus de escadas;
  • corrimãos;
  • varandas;
  • fachadas;
  • piscinas;
  • jardins

Como instalar fita de LED

Agora que sabe todos os lugares que pode aplicar a ideia, que tal descobrir como instalar fita de LED? Veja este passo a passo.

Passo 1

Comece definindo o local de instalação, assim, fica mais fácil saber qual a potência de iluminação será necessária.

As três principais potências utilizadas são:

  • 2,4w por metro: indicada para destacar pequenos espaços e detalhes do ambiente;
  • 4,8w por metro: o modelo mais tradicional é também o mais utilizado para decoração em geral;
  • 7,2w por metro: indicada para lugares que necessitam de iluminação intensa e mais potente.

Lembre-se também de verificar a voltagem no momento da compra. As fitas de LED podem ser 127 ou 220v.

Passo 2

Meça o tamanho da fita e corte a medida certa que será utilizada. De modo geral, esses itens têm uma marcação do local que pode ser cortado. Siga a indicação para evitar problemas de funcionamento.

Passo 3

Hora de instalar a fita no local escolhido! A maioria dos modelos possue dupla face, mas caso o que escolheu não tenha, basta utilizar uma cola instantânea ou de contato.

No momento de colocar a fita, não se esqueça de deixar as pontas que contêm os conectores livres, ou seja, de maneira que permita a ligação na tomada próxima.

Na instalação em sancas e tetos, garanta que a fita de LED,  ou mangueira, seja ligada à fonte de energia do cômodo. Isso permite que você acione o dispositivo pelo interruptor. Nesse caso, a ajuda de um profissional pode ser necessária.

Passo 4

Ainda sobre a instalação elétrica, a maioria das fitas de LED vem com um plug para ser ligado à tomada. Para os modelos que não dispõem dessa peça, é possível adquiri-la à parte.

O mais importante nessa etapa é atentar-se à polaridade quando for colocar os fios da fita de LED no conector (positivo com positivo, negativo com negativo).

Também é possível ligar as fitas a um dimmer, o que permite que você controle a intensidade facilmente. Outra opção é o acionamento por controle remoto, gerando ainda mais comodidade.

O mais interessante de utilizar as fitas de LED é que você pode decorar os ambientes exatamente conforme o seu gosto e projeto. Deixando tudo personalizado e único, seu lar vai ter ainda mais com o seu estilo!

Mas na hora de comprar os materiais, não abra mão da qualidade. A Telhanorte tem uma incrível variedade de itens de decoração que vão deixar a sua casa ainda mais bonita.

Visite uma de nossas lojas físicas ou compre on-line pelo nosso site, WhatsApp ou televendas.