EPI | Blog Telhanorte

Equipamentos de segurança do trabalho: tipos e usos

funcionaria-obra-equipamentos-seguranca-capacete-luva-colete-epi-protetor-auricular

| Ferramentas

Saiba quais são os equipamentos de segurança do trabalho que devem ser usados de acordo com as normas em diferentes tipos de serviços

 

Reformas em casa, obras corporativas, trabalhos como autônomo. você sabe quais são os equipamentos de segurança do trabalho necessários para executar esses serviços? “Mas uma simples pintura externa nas telhas de casa precisa ser feita usando os tipos de equipamentos de segurança do trabalho?”, você pode se questionar. A resposta é SIM!

Proteção é essencial, pois quando se trata de construções, são utilizadas várias ferramentas e executados vários movimentos em áreas cheias de risco. E, independentemente de quem for realizar a tarefa, você ou um profissional contratado, seguir as leis de segurança do trabalho e usar as EPIs exigidas é crucial!

De acordo com o Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho (AEAT), o setor de construção civil, entre as categorias de trabalho, é:

– o primeiro em acidentes que incapacitam permanentemente;

– o segundo em número de mortes;

– o quinto em afastamentos temporários de 15 dias.

Então, para evitar qualquer trauma decorrente de um acidente, conheça quais são os equipamentos de segurança do trabalho que precisam ser usados!

 

tipos-equipamentos-seguranca-trabalho

Mulher com equipamento de segurança do trabalho (Foto: Shutterstock / Divulgação)

 

Quais são os equipamentos de segurança do trabalho?

Os tipos de equipamentos de segurança do trabalho são itens básicos, mas que fazem toda diferença. Executar algumas tarefas sem proteção pode tornar a tarefa até mais difícil, em casos que o uso de óculos, luvas e máscaras descomplicam alguns procedimentos. Confira a lista de quais são os equipamentos de segurança do trabalho que não podem faltar e como eles devem ser usados.

 

1. Luvas de proteção

As luvas de proteção são o primeiro item da lista de equipamentos de segurança do trabalho. De acordo com o tipo de trabalho e risco, existe uma especificação de luva. As luvas também são classificadas quanto à resistência à abrasão, corte, rasgamento e perfuração. Alguns modelos cobrem apenas a mão e os punhos, outros vão até o cotovelo e existem também as luvas que cobrem todo o braço.

 

Confira mais modelos no site: Luvas de Proteção

 

Luva-de-Vaqueta-c--Reforco-Fixtil-1584367

Luva de Vaqueta com Reforço Fixtil (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

O material das luvas também varia de acordo com a sua função:

luvas de raspas: seguras para processos de soldas com proteção contra agentes abrasivos, escoriantes, cortantes e perfurantes;

luvas com palma antiderrapante: indicadas para trabalhos e manipulações com temperatura elevada. Esse modelo é ideal para operações de caldeiras, fornos, estufas, manipulação de peças quentes, trabalhos com panelas quentes, troca de lâmpadas, entre outros;

luvas de látex: indicadas para os trabalhos de limpeza nas obras;

luvas nitrílicas: são feitas com um tipo de borracha que protege no manuseio de produtos químicos, corrosivos ou biológicos;

luvas de PVC: usadas no manuseio de blocos de concreto, tijolo ou madeira, no momento da recepção e montagem das peças.

 

2. Botas de segurança

O item dois é, sem dúvidas, a bota de segurança. Trabalhar de chinelo, sandálias e demais calçados é um erro que nenhum profissional deve cometer! Em um ambiente de obra, existem muitas ferramentas pontiagudas, detritos cortantes que podem causar acidentes. As botas dão a segurança necessária para andar nesses locais com restos de materiais que podem arranhar, cortar e até perfurar a pele.

bota-epi-protecao-construcao-obra

Bota de segurança de couro nobuck (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Além da proteção contra objetos físicos, as botas protegem contra picadas e mordidas de animais – escorpiões, por exemplo, são comuns em obras – e, também, evitam escorregões quando o espaço está molhado e escorregadio.

 

3. Capacete de segurança

O capacete de segurança é outro item de proteção individual fundamental para a segurança. Entre andaimes, colunas sem reboco, tetos sem acabamentos, andar de capacete permite transitar na obra sem grandes riscos de se machucar. Na maioria das situações de trabalho, o capacete de segurança é obrigatório.

capacete-obra-protecao-epi

Capacete para a obra de polietileno (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

As peças variam na cor e no tamanho e completam o uniforme, criando uma separação entre os funcionários de cada setor de uma obra ou área de trabalho.

 

4. Máscara de proteção

A máscara de proteção é um EPI muito importante e fundamental na manipulação de substâncias e ferramentas. Ela é utilizada em trabalhos e no manuseio de produtos que liberam muito pó e têm cheiro forte. Mistura de argamassas e de cimentos são um exemplo comum de atividade que gera muito poeira.

 

Mascara-de-protecao-de-algodao-com-elastico-Fixtil

Máscara de proteção de algodão com elástico Fixtil (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

No uso de ferramentas, como serras e cortadores de madeira, a máscara impede que a poeira liberada seja aspirada e cause problemas. Também são úteis nos trabalhos de pintura com tinta spray. Assim como as luvas, existem diferentes tipos de materiais de máscara de proteção respiratória:

máscara de proteção com filtro: usada nos casos de contato com produtos químicos muito fortes, como veneno para dedetização, gases e vapores químicos.

máscara de proteção isolante: Veda a região da boca, nariz e olhos e é conectada a uma fonte de oxigênio em trabalhos com agentes pesados.

 

5. Óculos de proteção

Os óculos de proteção também estão na lista de equipamentos de segurança do trabalho. Ao usar uma serra ou lixadeira, por exemplo, os óculos são fundamentais para proteger os olhos de faíscas, poeira e, principalmente, de fragmentos que podem escapar de placas de alvenaria, madeira, metal, vidro, etc.

Oculos-Vision-policarbonato-2000-I-AR-SC-0210-25-3M

Óculos de Segurança policarbonato antirrisco proteção UV transparente VISION 2000 3M (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Os óculos de proteção individual de policarbonato possuem vários modelos e níveis de proteção para o tipo de trabalho que será realizado.

 

6. Capas, coletes e aventais

As capas, coletes e aventais ajudam na proteção e identificação dos profissionais que estão trabalhando em diversas situações.

 

Capa-Plus-manga-longa-de-PVC-amarela-Balaska

Capa Plus manga longa de PVC amarela Balaska (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Capa de proteção de PVC: é indicada para profissionais que estão trabalhando na chuva;

Coletes em formato de X: possuem material refletivo laranja ou amarelo para trabalhos e obras noturnos, em locais com pouca luz ou em vias públicas.

 

7. Proteção auricular

O protetor auricular é o equipamento de segurança do trabalho que promove a proteção auditiva. Obras e reformas usam ferramentas barulhentas como britadeiras, marteletes, betoneiras e outras constantemente. Os protetores auriculares abafam sons e ruídos acima de 20 decibéis e podem ser encontrados em várias cores diferentes.

Abafador-de-ruidos-Mufller-23-decibeis-3M

Abafador com ajustes 21 decibéis Muffler 3M™ (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Os tipos de protetor auricular também variam. Existe protetor de fone, de plug e de concha, sendo o primeiro mais confortável de usar e o segundo, um abafador mais leve.

 

Protetor-com-corda-de-Silicone-azul-Dura-Plus

Protetor com corda de Silicone azul Dura Plus (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

8. Cinto de segurança

O cinto de segurança também faz parte da lista de equipamentos de segurança do trabalho essenciais. Eles são usados em duas situações:

– Para quem carrega itens pesados ou faz atividades em que abaixa e levanta com frequência. São as cintas lombares;

– Para quem trabalha suspenso para executar pinturas e ajustes externos em casas e prédios, por exemplo. São as cintas de segurança ergométricas/antiqueda.

 

Conjunto-Carbografite-Talabarte-CG750PE--700E-343AB--Verde-e-Preto-1631683

Conjunto Carbografite Talabarte Verde e Preto (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

 

Tipos de equipamentos de segurança do trabalho: Lei 5452/43

O artigo 166 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), através do decreto de Lei 5452/43, regula o uso dos equipamento de proteção individual (EPI).

 

Art. 166 – A empresa é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, equipamento de proteção individual adequado ao risco e em perfeito estado de conservação e funcionamento, sempre que as medidas de ordem geral não ofereçam completa proteção contra os riscos de acidentes e danos à saúde dos empregados.

 

Essa recomendação destaca a obrigação das empresas para com seus funcionários, mas a recomendação é válida também para os profissionais autônomos e até para os trabalhos domésticos. Inclusive, a justiça prevê que pessoas físicas que contratam pedreiros e assistentes podem responder civilmente por acidentes ocorridos durante o trabalho.

 

Comprar equipamentos de segurança do trabalho

Escolher um material de qualidade também é importante para garantir o trabalho dentro das normas exigidas. Confira a seção de EPIs no site da Telhanorte e adquira todos os itens necessários para que seus serviços cumpram todas as normas necessárias. Compre online e receba tudo em casa ou retire em uma das unidades perto de você!

 

 

Edição de Murilo Bonício e Vinicius Marques