estilo industrial | Blog Telhanorte

Murilo Weitz cria linha de luminárias para Telhanorte

murilo-weitz

| Ambientes Internos

 

Amante do estilo industrial? Então você precisa conhecer a nova coleção de luminárias exclusiva da Telhanorte, criada especialmente pelo arquiteto Murilo Weitz!

 

A Telhanorte, em parceria com a Archademy, convidou jovens talentos do design nacional para desenvolver coleções exclusivas de luminárias, para inaugurar o novo setor de iluminação da loja. O projeto foi idealizado pela coordenadora de mercado responsável pelo setor de Iluminação, Kirla Vieira, e contou com a participação dos profissionais – entre eles, o renomado arquiteto e designer Murilo Weitz.

 

Murilo-Weitz-coleção-especial-telhanorte-estilo-industrial

Murilo Weitz (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Mackenzie e em Design de Criação e Moda pela University Arts of London, na qual estudou entre 2013 e 2014, Weitz descobriu sua paixão pela criação de produtos em diferentes escalas.

Em 2015, lançou sua marca homônima. Em 2019, entrou para lista da revista Forbes – FORBES Under 30 – como um dos jovens de até 30 anos com maior destaque na sua área. Em 2020, foi vencedor do Prêmio Casa Vogue Design. Hoje é considerado um dos jovens designers mais promissores da sua geração, sempre com presença garantida nas feiras e mostras mais importantes do segmento de arquitetura, decoração e design.

A coleção de luminárias desenvolvidas por ele para a Telhanorte foi inspirada na temática industrial. Sua pesquisa para o projeto buscou elementos desta temática para desenvolver peças com madeira e metal. Muito procurado por empresas e pessoas, o estilo industrial traz um ar mais despojado ao ambiente.

 

Murilo-Weitz-coleção-especial-telhanorte-estilo-industrial

Murilo Weitz (Foto: Acervo Telhanorte).

 

“Uma boa iluminação faz o diferencial no designer de interiores. E isso, neste período de pandemia, foi notado por quem teve de ficar mais tempo em casa. Aqueles que estiveram ou ainda estão em home office são os melhores exemplos. A necessidade de ter um ambiente confortável, com móveis funcionais e bem iluminados em casa é essencial para as horas de trabalho.”, afirmou Weitz.

 

Sugestão de leitura: Quer Dicas para um home office organizado e bem decorado? Então acesse o link e confira!

 

O cliente Telhanorte vai ter à sua disposição peças de design de um projeto democrático, com muita qualidade e bom preço. A coleção MM, de Murilo Weitz, é composta por quatro luminárias.

Confira mais a seguir ou acesse nossa loja virtual para comprar agora mesmo!

 

Coleção MM: Luminárias no estilo industrial

Criando uma mistura entre o industrial do metal e o conforto da madeira, as luminárias da coleção de Weitz contam com traços retos, alguns ângulos estratégicos e uma cúpula cilíndrica para dar identidade às peças.

Todos os modelos são desenhados para comportar lâmpadas bulbo – um tipo de lâmpada LED com o formato que imita as lâmpadas incandescentes comuns. Diferente das lâmpadas convencionais, as lâmpadas LED Bulbo não possuem filamento, o que faz com que elas sejam mais duráveis e econômicas.

 

1. Chão

luminária-de-chão-coleção-MM

Luminária de Chão Preto Murilo Weitz Dramalux (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Disponível na cor preta, esse modelo tem 1,50m de altura, 0.25m de comprimento e largura e pesa, aproximadamente, 1,50kg. Capacidade para até 3 lâmpadas BULBO LED E27.

 

2. Mesa

 

luminária-de-mesa-coleção-MM

Luminária de Mesa Preto Murilo Weitz Dramalux (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Disponível na cor preta, esse modelo tem 0.55m de altura, 0.25m de comprimento e largura. Capacidade para 1 lâmpada BULBO LED E27.

 

Teto

 

luminária-de-teto-plafon-coleção-MM

Luminária Plafon Preto Murilo Weitz Dramalux (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Disponível na cor preta, esse modelo tem 0.55m de altura, 0.25m de comprimento e largura. Capacidade para 2 lâmpadas BULBO LED E27.

 

Parede

 

luminária-de-parede-arandela-coleção-MM

Luminária Arandela Preto Murilo Weitz Dramalux (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Disponível na cor preta, esse modelo tem 0.55m de altura, 0.25m de comprimento e largura. Capacidade para 1 lâmpada BULBO LED E27.

 

Edição por: Murilo Bonício e Stéphanie Durante

Casa de campo: 5 dicas para uma boa decoração

casa-de-campo-minexco-1024x639

| Ambientes Internos

 

Confira dicas e fotos para decorar uma casa no campo com estilo!

 

Quem não gostaria de relaxar em um lugar cercado por montanhas, árvores e ar puro, não é mesmo? Em uma casa de campo, a decoração tem um poder fundamental na criação de uma atmosfera relaxante. Ao lado de uma boa infraestrutura, organização, limpeza e recursos, o estilo decorativo da casa é o que traz aos moradores conforto e aconchego.

Por isso, saber como decorar uma casa de campo é essencial, para valorizar a tranquilidade que a natureza ao redor proporciona.

Está reformando e precisa de ideias? Confira as dicas de decoração para casa de campo que separamos neste post e algumas fotos para te inspirar.

 

Dicas de decoração para casa de campo

 

1. Defina o estilo geral da decoração

O primeiro passo para decorar o ambiente é definir o tipo de decoração que vai predominar na casa. Vamos destacar duas tendências utilizadas no campo. São elas:

– decoração rústica;

– decoração industrial.

 

Decoração rústica para a casa de campo

A decoração rústica tem a madeira como elemento predominante em sua composição. O material pode estar em móveis, nos itens de decoração e até na estrutura da casa (paredes, teto e varandas). Além de combinar perfeitamente com uma casa em meio à natureza, a madeira trabalhada também acrescenta sofisticação e charme para a decoração. Em conjunto com outros elementos, cada detalhe ganha destaque e presença no ambiente. 

 

conheca-a-casa-nas-montanhas-do-ator-ricardo-tozzi08

Interior rústico com vista ampla para montanha (Foto: Fran Parente / Casa Vogue / Reprodução).

 

Decoração industrial para casa de campo

A decoração industrial é mais utilizada em apartamentos e casas urbanas do que no campo, mas com as combinações certas (detalhes metálicos, vigas e estruturas expostas, cimento queimado e o couro), o estilo consegue ornar com algo mais rústico, tornando-se perfeito para a casa rural.

Esse estilo, inclusive, combina muito com a madeira, trazendo mais modernidade para o visual da casa. Sofás de couro vintage, luminárias pendentes e de chão, escadas metálicas e vigas de ferro são algumas características da decoração industrial que podem ser harmonizadas com o campo.

 

sala-estar-industrial-revestimento-forro-rustico-madeira-moderno-casa-campo-decoracao

Sala de estar com revestimento de madeira natural e vigas aparentes (Foto: Evelyn Muller / Constance Zahn / Reprodução).

 

2. Combine tons terrosos com detalhes coloridos

Outra dica importante é prestar atenção às cores que predominam no ambiente. Tons terrosos como o marrom, bege, caramelo, terracota, areia e verde musgo harmonizam muito bem com o ambiente campestre. Essas cores podem estar no estofado dos sofás e poltronas, no tampo das mesas, nos vasos e nas mesinhas de centro.

Já para trazer um pouco mais de cor para o ambiente, escolha tons alegres e os espalhe em almofadas, flores, quadros, vasos de plantas e demais elementos decorativos. Nas cortinas, os tons pastéis claro ficam excelentes, sendo os tecidos mais comuns na decoração o sisal, a palha e a fibra.

 

 

3. Planeje uma boa iluminação natural

A decoração da casa de campo deve valorizar o que o ambiente em volta tem de melhor e a luz natural é um desses elementos. Para isso, a casa pode ser adaptada de maneira a permitir a entrada de maior quantidade de luz. A principal solução é aproveitar ao máximo o pé direito para instalar janelas grandes de vidro.

Assim, durante o dia, todos os cômodos ficam iluminados naturalmente, sem a necessidade de luz artificial. Já à noite, use luminárias de luz amarela para criar um clima mais aconchegante. Existem opções em LED com essa coloração, que não esquentam, duram mais e ainda economizam energia.

 

09-madeira-no-piso-e-no-teto-traz-acolhimento-a-vivendo-de-campo

Excelente aproveitamento da luz natural em cômodo rústico (Foto: Eduardo Pozella / Casa Abril / Reprodução).

 

Sugestão de matéria: Confira em nosso blog como escolher entre Iluminação Direta, Indireta ou Difusa, quais os Tipos de Pisos para a Área Externa, 5 Espécies de Árvores Frutíferas para ter em casa e conheça mais sobre o Estilo Industrial.

 

4. Capriche no revestimento e acabamento das paredes

Destacamos o revestimento e acabamento das paredes, pois eles têm grande destaque no ambiente, especialmente nos cômodos principais da casa. Entre as opções mais utilizadas estão a parede de tijolinho rústico aparente, os painéis de madeira e as paredes de pedras naturais.

Essas opções combinam tanto com a decoração rústica quanto com a industrial e preservam a beleza e naturalidade do acabamento por anos. 

 

 

5. Invista em uma aconchegante área externa

Se o interior da casa de campo é boa para o descanso, a área externa deve seguir o mesmo padrão de conforto. Se tiver uma piscina, crie um espaço com espreguiçadeiras, para que as pessoas possam conversar e relaxar perto da água.

Em espaços cobertos como varandas, inclua redes e poltronas voltadas para a direção do pôr do sol.  São os detalhes que vão tornar sua casa de campo mais acolhedora e perfeita para receber a família e amigos.

 

 

Gostou das dicas?

Com essas ideias de decoração para a casa de campo, você pode criar um projeto personalizado e com as melhores soluções. Aproveite e confira também a categoria completa de Decoração que a Telhanorte tem para você! São inúmeros itens para deixar cada cantinho com a sua cara.

Veja as condições de entrega para sua região e faça seu pedido online!

 

Edição por: Vinicius Marques e Murilo Bonício

Conheça o estilo industrial e saiba como deixá-lo aconchegante

estilo-industrial-sala-moveis-decoracao-madeira-tijolos

| Decoração

 

Você já ouviu falar do estilo industrial? Conheça mais sobre o conceito, aprenda como aplicá-lo na decoração e confira dicas imperdíveis para sua obra

 

Você já visitou a casa de um amigo e se deparou com tijolos, tubulações e vigas à mostra em plena sala de estar e até mesmo superfícies de concreto sem pintura e acabamento algum? Pois bem, conheça mais sobre o estilo industrial.

Este conceito de decoração teve início entre as décadas de 1950 e 1970, em Nova York, quando antigas fábricas e galpões industriais começaram a ser transformadas em lofts residenciais. Em pouco tempo, o estilo se tornou popular, surgindo várias maneiras de se integrar o caráter industrial não só a ambientes residenciais como também em restaurantes, lojas e demais espaços públicos.

Está pensando em aplicar o estilo industrial na sua casa? Então dá uma olhada em todas as dicas que anotamos conversando com a arquiteta Priscilla Garcia.

 

quarto estilo industrial

Quarto industrial (Foto: Mobly/Reprodução)

 

O que não pode faltar

Antes de mais nada, é importante dizer que, para definir a decoração do seu espaço, é preciso levar em conta diversos fatores. Qual a personalidade das pessoas que vão viver neste ambiente? Elas irão se sentir confortáveis com a decoração ou vão se cansar rapidamente? O quão dinâmico e descolado você quer deixar o seu ambiente?

Além disso, é preciso saber aplicar o estilo industrial de maneira apropriada, evitando que o espaço fique com aspecto de inacabado. Preste atenção nessas dicas e, qualquer dúvida, é só chamar!

 

1 – Uso de cores leves e neutras

 

quarto-casal-estilo-industrial

Quarto de casal (Foto: Luis Gomes Bruno Moraes Arquitetura / Reprodução)

 

As cores principais do ambiente devem ser frias e neutras. “Opte pelo cinza, preto, branco ou bege”, sugere Priscilla.
O uso de móveis, detalhes e objetos com cores mais vivas é ótimo para contrastar. Sugerimos também que você dê uma olhada em nosso texto: Como escolher tinta para paredes.

 

2 – Tubulações e vigas expostas

 

cozinha-estilo industrial-

Casa-ateliê Grupo DEA de Arq. (Foto: Pedro Kok / Reprodução)

 

Uma das características principais desse estilo é a exposição da estrutura do espaço, deixando vigas e tubulações aparentes. “Normalmente o prédio não implica de deixar essas estruturas aparentes. Você só não pode quebrá-las ou alterá-las. No máximo, pintar”, aconselha Priscilla. “As paredes internas, se não forem estruturais, podem ser demolidas para dar amplitude e criar um ambiente amplo, com jeito de galpão”, completa.

Caso você remova o forro do teto, uma boa dica é lixar a laje, para que essa fique com um acabamento melhor; e pintar as vigas de cores neutras, como cinza. Já as tubulações podem ser pintadas de tons metálicos, ou mesmo de preto, contrastando com uma parede ou detalhes coloridos.

 

3 – Parede de tijolos

 

parede concreto estilo industrial

Blocos de concreto aparentes (Fotos: Westwing home and living/Reprodução)

 

Quem não gosta de uma parede de tijolinhos, não é mesmo? E esse tipo de parede pode ficar muito bom também dentro de casa! Hoje em dia, a maioria dos apartamentos não são construídos com paredes de tijolos, e sim de  blocos de concreto. Caso esse seja o seu caso, você possui duas alternativas.

Uma primeira ideia é investir em revestimentos que simulem a aparência de uma parede de tijolos. No nosso site, você encontra algumas possibilidades, como revestimentos feitos à base de cimento ou mesmo papéis de parede.

A segunda alternativa, também muito popular, é optar por deixar os próprios blocos de cimento à mostra. Nesse caso, no entanto, o ambiente fica mais pesado, precisando trabalhar mais com elementos de decoração que quebrem o cinza e tornem o espaço mais aconchegante. Vamos falar sobre essas peças decorativas mais abaixo.
“Muitos apartamentos novos têm paredes de Drywall. Nesses casos, é preciso investir em papéis de parede que imitem tijolinhos ou em pintura que simula cimento queimado”, ressalta Priscilla. 

Confira mais dicas sobre esse tipo de parede aqui no blog, no texto sobre parede de tijolinhos rústicos.

 

4 – Azulejos de metrô

 

cozinha-estilo-industrial-azulejo-metro

Cozinha industrial (Foto: Fran Parente / Reprodução)

 

Essa é a forma mais simples, mas super estilosa, de se aplicar revestimento: basta alinhar as peças horizontalmente, uma abaixo da outra, como na imagem acima. 

 

5 – Iluminação apropriada

 

sala-estilo-industrial-spot-luz

Spot de luzes e luminária suspensa (Foto: Istock / Divulgação)

 

“Para evitar que o ambiente não fique tão pesado, você precisa fazer um bom estudo de luz”, recomenda Priscilla. Segundo a arquiteta, investir em spots, abajur de chão, fita de led e luminárias suspensas traz um aspecto industrial de maneira leve e precisa. 

 

6 – Uso de madeira e metal

 

apartamento-estilo-industrial-madeira

Madeira e metal (Foto: Carolina Mossin Casa de Valentina / Reprodução)

 

O uso da madeira e do metal é muito importante para que sua casa fique, ao mesmo tempo, aconchegante e com o aspecto industrial. Para o piso, opte por lâminas de madeira, para trazer mais aconchego; ou em um porcelanato que imite cimento queimado, para um visual mais rústico. Cadeiras, mesas e prateleiras de madeira são ótimas para trazer conforto ao espaço. Você também pode instalar prateleiras de metal, além de luminárias e tubulações em tons metálicos. 

 

7 – Móveis e objetos suaves

 

apartamento-colorido-estilo-industrial

Detalhes coloridos (Foto: Casa Vogue/Reprodução)

 

Para evitar que o ambiente fique pesado, é muito importante harmonizá-lo com objetos adequados. “Para suavizar o visual, você pode usar materiais que tragam aconchego para o espaço, como a lã ou o algodão”, comenta Priscilla. Assim, invista em móveis e objetos como sofás, almofadas, mantas e cadeiras que tragam esse conforto e atenuem o espaço. 

Cores como o vermelho, amarelo e laranja são boas opções para alegrar o ambiente. No post como decorar com almofadas, você confere mais dicas sobre esse tipo de decoração.

 

8 – Plantas suspensas e em prateleiras

 

loft-estilo-industrial-plantas

Plantas enfeitando o ambiente (Foto: Casa e Jardim / Reprodução)

 

Para quebrar a seriedade do concreto e trazer mais delicadeza, invista em vasos com plantas. “Plantas são ótimas aliadas para trazer aconchego ao ambiente”, indica a arquiteta. “Para um efeito interessante, deixe-as suspensas no teto ou apoie os vasos em prateleiras!”, completa. Quer mais dicas para trazer o verde para dentro de casa? Confira nossa reportagem sobre Urban Jungle: a tendência que traz a natureza para dentro de casa!

 

9 – Busque por mais dicas e referências!

A ajuda de um especialista é muito importante para montar o seu ambiente de maneira atraente, aconchegante e profissional. Mas mesmo que você esteja pensando em fazer sua reforma por conta própria, nossa última dica é abusar na hora de pesquisar por inspirações. 

“Vasculhe no Pinterest, busque referências na internet… assim você conseguirá chegar num resultado bem legal pra sua casa”, aconselha Priscilla

Agora é com você! Faça a sua curadoria de imagens e escolha aqueles itens e técnicas que mais te agradam para compor e harmonizar na sua casa.

Na hora de comprar os materiais necessários e peças decorativas, dê uma olhada em nossa loja virtual! Você também pode conferir todas as nossas unidades físicas e escolher aquela mais próxima de você.

 

Por Vinicius Marques | Edição: Stéphanie Durante

Conheça 9 tipos de blocos de construção e saiba quando usá-los

parede-muro-tijolos-barro-ceramica

| Materiais de Construção

 

Que o tijolo é a base de qualquer construção, todo mundo já sabe! Mas você sabia que existem diferentes tipos de tijolos e que cada um tem um uso específico dentro de uma obra? Antes de começar a construir ou reformar, indicamos que você leia este guia com os tipos de tijolos em destaque no mercado. Pode parecer bobagem, mas é fundamental entender o básico de cada material, para garantir que os seus resultados sejam alcançados.

 

Blocos de cerâmica

Aquele tijolo tradicional e marrom, que você vê em toda obra, é um tijolo de cerâmica. Sua matéria-prima é basicamente o barro, permitindo um custo relativamente baixo. Além disso, possui alta resistência e um bom desempenho térmico. Por esses fatores se tornou o grande líder de mercado.

Um dos pontos negativos, entretanto, é a falta de padrão entre cada tijolo, o que pode gerar prejuízo para a obra, uma vez que é necessário quebrá-lo para poder realizar o encaixe correto das peças.

 

1. Tijolo baiano

É uma variação do tijolo de cerâmica. Ele possui 6 ou 8 furos e conta com ranhuras em suas laterais externas, o que melhora a aderência da argamassa. Como não possui boa resistência, ele é muitas vezes usado apenas para o fechamento de um projeto.

 

 

2. Tijolo maciço cerâmico

Os principais benefícios desse tipo de tijolo são:

– melhor acabamento;

– maior resistência;

– menor porosidade.

Sabe aquela parede de tijolos aparentes? Na maioria das vezes, elas são feitas com esse tipo de tijolo, pois ele deixa o acabamento mais bonito. Inclusive, esse tipo de parede fica é um dos itens principais do estilo industrial. Ele também não apresenta os orifícios comuns dos outros 2 tijolos que citamos anteriormente, o que permite maior isolamento térmico e acústico. É muito usado para decoração, sendo pouco utilizado e recomendado para a estruturação de paredes.

Os principais defeitos do tijolo maciço são o alto gasto de argamassa e a necessidade de mais tempo para finalizar a alvenaria.

 

 

3. Tijolo laminado

Esse modelo de tijolo é ótimo para muros e área externa. Ele pode ser encontrado tanto com furos quanto maciço e o que o diferencia dos demais tijolos é que sua superfície é laminada, tornando-se lisa. Ele apresenta uma ótima capacidade de isolamento termoacústico.

 

 

4. Tijolo refratário

O tijolo refratário é muito utilizando na construção de churrasqueiras, devido à sua alta resistência e baixa condutividade ao calor, além de funcionar como um isolamento termoacústico.

 

 

Blocos de concreto

 

5. Bloco de concreto comum

Devido ao seu peso e massa, os blocos de concreto possibilitam um bom isolamento acústico, além de possuir outras vantagens como uma boa padronização (diferente do tijolo de cerâmica tradicional) e alta resistência. É também um tipo de bloco que precisa de menos argamassa, gerando mais economia em sua obra.

 

 

6. Bloco de concreto celular

Ao contrário do que o nome pode te fazer imaginar, esse bloco é leve e parece uma espuma dura.  É bastante útil para criar divisões, mas não tem quase isolamento acústico nenhum. É indicado para construções cujos locais não suportam estruturas pesadas, justamente pelo fato desses blocos serem leves.

 

 

 

Outros blocos

 

7. Tijolo ecológico

Ele dispensa a queima do barro, é construído a partir do solo local, cimento e água, por isso é conhecido como tijolo ecológico. Também consome menos argamassa do que outros tipos de tijolos. Esse modelo tem dois furos em seu interior, necessários para a instalação de toda a parte elétrica da obra e não é indicado para a construção de vigas e pilares.

 

 

8. Bloco de vidro

Nossos dois últimos tipos de blocos são opções para decoração dos ambientes da casa. Além de decorarem, os blocos de vidro também são utilizados para compor e dividir ambientes. Possuem um custo elevado, por isso são usados em pequenos trechos da parede. Eles são ótimas opções para quem deseja aproveitar a luz natural, ao mesmo tempo, em que mantém certa privacidade.

 

 

9. Cobogó

O cobogó é um bloco vazado e tem uma vantagem clara sobre o tijolo de vidro: além de permitir passar a luz, também ajuda na ventilação de ambientes. Ele é muito utilizado na criação de ambientes diferenciados e sofisticados.

Leia mais: 4 tipos de cobogó para melhorar a decoração dos ambientes

 

 

E aí? Já sabe de qual bloco você precisa para a sua reforma? Na loja virtual da Telhanorte você encontra um departamento completo de blocos e tijolos. Faça seu pedido sem sair de casa e receba tudo no local indicado!

Não esqueça que só aqui na Telhanorte você encontra a maior variedade de materiais para construção, com o melhor preço do mercado. Acesse e confira!

 

Edição por Vinicius Marques e Stéphanie Durante