Iluminação | Blog Telhanorte

5 dicas para deixar seu lar aconchegante em dias frios

| Climatização

Confira sugestões de decoração para manter a casa aquecida sem gastar muito

 

Nada melhor que um ambiente quentinho em dias frios. É possível deixar a casa ainda mais confortável em períodos de baixas temperaturas com alguns truques na decoração. Pensando nisso, Livia Chervezan, coordenadora da categoria de decoração e organização da casa da Telhanorte, dá cinco dicas infalíveis para manter a casa aquecida e aconchegante no inverno e nos demais períodos do ano.

 

 

Aposte em uma iluminação aconchegante

As lâmpadas com cores quentes e fontes indiretas de luz são ótimas opções para deixar o ambiente confortável, como a sala de estar ou o quarto. Afinal, as luzes com tons amarelados em luminárias e arandelas ajudam a aquecer o espaço e proporcionam sensação de bem-estar.

 

Iluminação quente ( Imagem: Fazfacil.com.br/ Reprodução )

Iluminação quente ( Imagem: Fazfacil.com.br/ Reprodução )

 

Use cores quentes na decoração

Assim como as lâmpadas amarelas, cores mais quentes em objetos decorativos ampliam a sensação de aconchego. “A dica é optar por almofadas, mantas e cortinas em tons terrosos, como laranja, vermelho, cobre e caramelo”, conta Lívia.

 

Decoração em tons terrosos ( Imagem: Leroymerlin.com.br/ Reprodução )

Decoração em tons terrosos ( Imagem: Leroymerlin.com.br/ Reprodução )

 

Invista em tapetes

Mesmo que na casa não tenha piso frio, é natural que no inverno o chão fique mais gelado. “Os tapetes são ideais para aquecer o ambiente, pois evitam o contato direto com os pisos frios. Seja modelo em sisal, nylon ou felpudo, o tapete é uma peça coringa para trazer conforto”, explica a coordenadora.

 

Tapete felpudo ( Imagem: mdemulher.abril.com.br/ Reprodução)

Tapete felpudo ( Imagem: mdemulher.abril.com.br/ Reprodução)

 

Aplique papéis de parede

O papel de parede é aliado para aquecer, pois pode barrar a chamada “friagem”. Se as paredes da casa forem muito finas ou não tiverem recebido as camadas de revestimento isolante necessárias, por exemplo, a sensação térmica tende ser mais fria. Para isso, aplicar papel de parede no ambiente pode diminuir esse desconforto.

decoracao-sala-de-estar-parede-com-papel-de-parede-listrado-marel-121592-proportional-height_cover_medium

Papel de parede listrado (Foto: VivaDecora / Reprodução)

 

Amplie a sensação térmica da casa

Os aquecedores e lareiras artificiais também são itens funcionais do ponto de vista térmico. No mercado existem modelos portáteis e versáteis, sendo possível controlar a intensidade de calor no ambiente.

 

Lareira elétrica ( Imagem: Pinterest.com.br/ Reprodução )

Lareira elétrica ( Imagem: Pinterest.com.br/ Reprodução )

 

Agora que você já sabe como fugir do frio de forma elegante e eficaz, é hora de colocar as mãos na massa. Aqui na Telhanorte você encontra profissionais dispostos a te ajudar e sanar as dúvidas que restaram. Deu na telha aquecer a sua casa para o inverno? Tem na Telha!

Por Carolina Oliveira

 

 

Iluminação: Deu na telha renovar? Tem na Telha!

| Decoração

Uma boa iluminação ajuda a compor qualquer ambiente, tornando-o mais bonito e funcional. Entenda melhor a importância de iluminar bem o seu lar

Quando o assunto é uma boa iluminação, imediatamente associamos à lustres e lâmpadas, e pensando nisso, que tal conhecer um pouco mais sobre esses produtos? Fique conosco nessa matéria e mergulhe nesse assunto!

 

Tipos de Lâmpada 

 

 

 

 

Tipos de iluminação ( Imagem: Arianabraga.com/ Reprodução )

Tipos de iluminação ( Imagem: Arianabraga.com/ Reprodução )

 

Iluminação Natural

 

Outra forma bem legal de iluminar o ambiente é através da iluminação natural, que pode ser bem aproveitada principalmente em dias de sol. Além de trazer vida ao ambiente, essa forma de iluminação é uma grande aliada quando o assunto é economizar energia.

Algumas dicas para você que está construindo e quer usar e abusar da luz solar na sua casa, é apostar em grandes janelas e até mesmo em claraboias e  teto de vidro. É fácil perceber que de uns tempos pra cá a quantidade de casas que estão sendo projetadas para utilizar iluminação natural vem crescendo com força, e vale lembrar que não apenas em dias de sol, mas também no inverno as janelas de vidro trazem benefícios. Em caso de dias gelados, o vidro age de tal forma que acaba transformando o ambiente em uma grande estufa, mantendo-o mais aquecido.

 

Sala de estar com iluminação natural ( Imagem: visionagi.co.uk/ Reprodução)

Sala de estar com iluminação natural ( Imagem: visionagi.co.uk/ Reprodução)

 

Tipos de luminárias

A variedade de luminárias disponíveis no mercado vem crescendo cada vez mais, pensando tanto no design quanto na funcionalidade. Veja abaixo alguns exemplos:

 

Leia também: Iluminação: como escolher a luminária adequada?

 

 

Plafon-Sobrepor-home-LED-quadrado-12W-6K-bivolt-Bronzearte

Plafon sobrepor Bronzearte Home LED quadrado 12W 6K bivolt (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

 

sala com lustre grande compondo a decoração ( imagem: construindominhacasaclean/ Reprodução)

sala com lustre grande compondo a decoração ( imagem: construindominhacasaclean/ Reprodução )

 

 

área-externa-piscina-arandela

Muro em volta da piscina com arandela externa na parede (Foto Viva Decora / Reprodução)

 

 

Lustre de iluminação direcionada ( Imagem: BlogDecorLumen.com.br/ Reprodução )

Lustre de iluminação direcionada ( Imagem: BlogDecorLumen.com.br/ Reprodução )

 

Agora que você entende um pouco melhor sobre iluminação, é hora de correr para o site da Telhanorte ou para a loja mais próxima da sua casa! Você encontra diversos modelos de lâmpadas e luminárias e também pode contar com a ajuda de nossos especialistas. E não se esqueça, deu na telha mudar a iluminação da sua casa? Tem na Telha!!

 

Deu na telha? Tem na Telha

 

 

Por Carolina Oliveira | Edição Stéphanie Durante

Deu na telha se sentir de casa nova? Tem na Telha

| Decoração

Com apenas algumas mudanças simples, você pode ter uma casa renovada e com estilo. Veja dicas de como ter um ambiente novo que caiba no seu orçamento

 

Você quer renovar sua casa mas não sabe como, ou não quer gastar muito? Vamos lhe mostrar que é possível trazer um ar de novo ao seu lar, sem gastar muito. Confira as dicas que separamos para você se inspirar e renovar com a Telhanorte. Porque se deu na Telha renovar, tem na Telha!

 

Paredes

Uma das partes mais importantes de uma casa são as paredes. Mudando a parede, você consegue mudar a essência do ambiente. Mas como fazer isso sem gastar muito? Bom, aqui estão algumas ideias que você pode gostar:

– Comprar um papel de parede;

– Pintar apenas uma parede com tinta acrílica;

– Fazer o seu próprio painel de parede;

– Pintar com tinta lousa uma ou todas as paredes do cômodo.

 

Sala com papel de parede

Papel de parede de folhas na sala (Foto: www.idealista.pt/reprodução)

 

Decoração

Esse é outro ponto importante quando se trata de uma casa. A atenção aos mínimos detalhes faz toda a diferença! Na Telhanorte, existem diversos artigos decorativos que você pode incrementar nos cômodos da sua casa, sem gastar muito. Veja alguns exemplos:

Espelhos;

Prateleiras ou estantes;

Tapetes;

Plantas;

Quadros decorativos e porta-retratos;

Puffs.

Decoração da casa

Sala de estar decorada com quadros e plantas (Foto: www.coral.com.br/reprodução)

Iluminação

Caso queira investir um pouco mais, você pode apostar em lustres e luminárias diferenciadas para ter um cômodo renovado. Apostar em uma iluminação com luzes de LED também pode ser uma ótima escolha. Veja nosso catálogo de luminárias e lustres incríveis no site da Telhanorte.

 

cabeceira-cama-luz-embutida

Cabeceira de cama com iluminação embutida ao redor. Projeto das designers Ana Paula Cunha e Grace de Paula do escritório Angra Design (Foto: Henry Lopes / Divulgação)

 

Portas e janelas

Outra sugestão para dar um ar de novo ao seu lar é trocar portas e janelas. Claro que você deve estar pensando que isso custa um pouco mais, no entanto, é um investimento que vale a pena e não será necessário trocar novamente por um bom tempo.

Veja algumas opções de portas abaixo:

Porta sanfonada PVC;

Porta de ferro;

Porta de madeira;

Janela de alumínio;

Janela de aço.

 

Porta e janela

Porta e janela de metal com vidro, na sala de estar (Foto: www.amigaoportasejanelas.com.br/reprodução)

 

Veja mais em: Encontre o modelo de janela ideal para sua casa

 

Agora que você conferiu essas dicas incríveis de como renovar a sua casa de um jeito simples, não perca tempo e visite nosso site! E lembre-se, deu na Telha? Tem na Telha!

 

Por: Veronicca Fernandes / Revisão: Stéphanie Durante

Entenda a diferença entre lustres e pendentes

setor-iluminacao-loja-telhanorte-morumbi-lustres-luminarias

| Área Externa

Lustres e pendentes são peças essenciais para compor a decoração do ambiente. Mas você sabe a diferença entre eles? Entenda melhor nessa matéria

 

Um projeto de iluminação é capaz de transformar o ambiente e compor sua decoração, trazendo conforto e amplitude ao cômodo. Os lustres são uma boa opção para quem gosta de peças sofisticadas e clássicas, já os pendentes são mais comuns, com uma pegada de modernidade.

Na hora da instalação ainda surgem dúvidas sobre a diferença entre ambos. Portanto, iremos te mostrar a diferença entre os dois e como escolher o que mais combina com o seu estilo.

 

Lustres

Com sua imponência, o lustre é uma peça que nunca se torna antiquada pois se encaixa em qualquer tipo de decoração. Essa peça possui diversas ramificações, que são os braços para instalar as lampadas, ele fica suspenso ao teto ou embutido, não necessariamente precisa ficar pendente. Geralmente são usados em ambientes mais amplos onde ocorrem ocasiões especiais ou em áreas destinadas para visitas, como sala de estar, hall de entrada, sala de jantar, entre outros.

OBS: Fique atento ao tamanho da peça escolhida para ficar na altura certa.

 

bem-vindo-telhanorte-luz-iluminacao-loja-setor-morumbi-

Lustre de cristal no novo setor de iluminação da loja Telhanorte Morumbi (Foto Acervo Telhanorte)

 

Leia também: Lustres: ótima opção para redecorar ambientes

Pendentes

Com uma proposta moderna, as luminárias pendentes são uma ótima opção. Com um longo fio na parte inferior ou uma haste que direciona o ponto de iluminação, ela também pode ter vários formatos e cores. Diferente dos lustres, não possui ramificação (braços). Ideal para cômodos da casa mais funcionais como cozinha, escritórios e sala de leitura, mas isso não descarta o uso em quartos. Com uma cúpula de tecido, deixa o ambiente aconchegante. Vimos que os pendentes são práticos e versáteis, mas temos que se atentar se a decoração irá combinar com o ambiente.

 

pendentes-luminarias-modernas-estilo-industrial-luz-amarela

Pendentes modernos (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Leia também: Altura de pendentes: medidas ideais para instalação

 

Agora que você conheceu um pouco sobre a diferença entre as peças, que tal dar uma olhada no site da Telhanorte e procurar o que mais combina com seu estilo? Aposto que não irá se arrepender de compor sua decoração com algum deles.

 

Por Thais Junqueira | Edição: Veronicca Fernandes

Qual o modelo de grade ideal para a sua janela?

janela-grade-parede-tijolos-expostos-verde-quadriculada-acabamento-estilo-industrial

| Área Externa

 

Pensando em instalar grades nas janelas? Confira então 3 modelos que vão trazer segurança e beleza para dentro de casa

 

As grades para janelas e portas têm como objetivo oferecer proteção em relação ao acesso à sua casa, mas o ideal é que essa segurança seja garantida sem prejudicar a beleza, por isso, é muito importante que as ideias e o design das grades sejam muito bem planejados e feitos por profissionais de confiança, utilizando um material de alta qualidade, com tudo combina segurança com modernidade e beleza é o ideal.  

 

Diversos modelos, descubra qual o ideal para o seu lar!

 

janela-grade-branca-externa-seguranca-desenho-decoracao

A grade da janela pode ter um design especial para a decoração da casa (Foto: TudoConstrução / Reprodução)

 

Modelos de grades para janelas

 

1. Faixas horizontais

Modelo simples, mas que traz um toque de modernidade para o seu lar. Essas grades são muito utilizadas em janelas externas. Dão visibilidade para o ambiente, mas não ofuscam o design externo do lar.

 

Grade-de-protecao-para-janelas-2-300x234

A coloração da grade também interfere na percepção do ambiente (Foto: Decorando Casas / Reprodução)

 

2. Faixas Verticais

Essa versão é clássica e simples, ideal para quem tem o orçamento apertado ou não quer gastar muito com serviço. O modelo vertical deixa a janela com um visual clean, além disso, garante a segurança e boa visibilidade.

 

 

janela-grades-verticais-vertical-branca-metal-externa

Que tal combinar a tinta da parede externa com a grade? (Foto: Casa Do Serralheiro / Reprodução)

 

3. Design criativo

Caso a intenção seja fazer algo contemporâneo e diferente, as grades desenhadas são a melhor escolha! Com a intenção de criar algo mais elaborado, vale a pena investir em grades que, além da segurança, cumprem com o papel decorativo, podendo variar dos desenhos mais simples aos mais elaborados.

 

 

Manutenção e cuidados 

É fundamental manter a pintura das grades em dia, garantindo o bom visual. Além disso, é importante limpar as grades periodicamente, removendo o excesso de poeira acumulada, isso dará uma maior vida útil ao produto.

 

Gostou das dicas?

Visite uma de nossas lojas físicas ou acesse o site da Telhanorte. Aqui você encontra um departamento completo de Janelas, com tudo o que você precisa. Qualquer dúvida, converse com um de nossos especialistas.

 

7 tipos de janelas para varandas bonitas e seguras

 

Por Gustavo Cardoso | Edição de Vinicius Marques

7 tipos de janelas para varandas bonitas e seguras

tipos-janelas-varandas-2

| Área Externa

 

A varanda é um ótimo recurso para trazer luz natural aos demais ambientes da casa. Confira 7 modelos de janelas ideais para esse espaço!

 

Uma varanda pode trazer muitos benefícios para dentro de casa. Ela deve permitir a passagem de luz natural e de ar, aproveitando o contato com a área externa. Além disso, em casas térreas, é preciso garantir a segurança e evitar que estas janelas se tornem um ponto vulnerável da casa. Separamos abaixo alguns modelos de janelas para varandas: dos mais simples até os modelos com mais folhas e detalhes. Continue lendo e confira!

 

7 modelos de janelas para a varanda

 

1. Janela para varanda de vidro

A janela para varanda de vidro é um produto que garante uma boa iluminação e proteção contra chuva e variações de temperatura, pois possui ótima vedação em suas frestas. As esquadrias de alumínio também devem ser de alta qualidade para garantir maior durabilidade e preservar o efeito do acabamento. São ideais para ambientes em que seja necessária a entrada de luz e ar, por isso se encaixam tão bem nas varandas. A limpeza também é fácil: basta passar um pano úmido.

 

Janela-veneziana-de-correr-direita-Esquadrisul-de-aluminio-2-folhas-Ecosul-A--100cm-x-C--120cm-brilhante-1621360

Janela de Correr Ecosul (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

2. Janela para varanda com uma folha

O formato quadrado desse tipo de janela para varanda já é um diferencial por si só e traz um toque moderno e sofisticado para o ambiente. Durante o dia, ela pode ficar completamente aberta, permitindo a entrada de luz, mas também pode ser útil para vedar totalmente o ambiente interno da luz exterior. O material da folha é feito de aço resistente que garante uma vida útil maior e um perfeito funcionamento.

 

Janela-de-aco-1-secao-Minas-Sul-60x60x12cm-preto-MGM

Janela de aço 1 seção preto (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

3. Janela de  alumínio para varanda

Os tipos de janelas para varandas de alumínio têm um ótimo custo-benefício. A esquadria de alumínio combina com uma decoração marcante que tem um fit perfeito tanto para ambientes internos quanto externos. Os modelos com grade quadriculada agregam ainda mais segurança, sem perder no estilo visual das peças. Os modelos de seis folhas permitem manter uma parte da janela fechada, sem impedir a passagem de ar.

 

Janela-Correr-de-Aco-6-Folhas-c--Grade-Quadriculada-Pratika-Black-100x150cm-Preto-Sasazaki-1750372

Janela Correr de Aço 6 Folhas c/ Grade Quadriculada Prátika Black 100x150cm Preto Sasazaki (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

4. Janela para varanda de vidro com esquadria clara

Os tipos de janelas para varandas com esquadria clara criam ambientes mais suaves e combinam com as decorações minimalistas que, por sua vez, ornam com o ambiente externo. Assim como os modelos acima, a esquadria marcante e as folhas de vidro valorizam a entrada de luz, mesmo com a janela fechada. O design da janela de correr sem divisão e sem grade deixa o cômodo mais clean, permitindo outros detalhes mais ousados ou coloridos.

 

Janela-de-correr-4-folhas-Pratika-120x200x12cm-2212113-8-Sasazaki

Janela de correr 4 folhas Pratika 120x200x12cm 22.12.113-8 Sasazaki (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

5. Janelas para varanda com grandes extra

Como segurança é um critério importante para os tipos de janelas para varandas, os modelos com grade extra são ótimas opções. Mesmo com um design mais pesado, essa opções podem combinar perfeitamente a proteção com o desenho quadriculado da estrutura. As decorações de estilo industrial combinam bem com este tipo de janela. 

 

Janela-de-correr-4-folhas-Belfort-100x200x8cm-6341342-9-Sasazaki-776041

Janela de Correr 4 Folhas Sasazaki Belfort 100X200X8 (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

6. Janela para varanda com detalhes

Os detalhes dos tipos de janelas para varandas podem ir além do vidro e das divisórias geométricas. Alguns modelos unem dois acabamentos diferentes como no da foto abaixo, onde a parte central é formada por estruturas paralelas que lembram elos. No mercado, é possível encontrar detalhes variados e de diferentes formatos. Aproveite para combinar a peça com a proposta de decoração.

 

Janela-de-correr-de-aco-4-folhas-com-grade-Minas-Sul-100x100x12cm-preto-MGM

Janela de correr de aço 4 folhas com grade (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

7. Janela para varanda com grande clara

As grades e detalhes que reforçam a segurança podem destacar muito a peça e, se essa não for a intenção, também existem os tipos de janelas para varandas com acabamentos mais claros. As folhas de correr e sem divisão também facilitam o movimento de abre e fecha sem interferir nas laterais das paredes. 

Janela-de-correr-2-folhas-Pratika-100x150x12cm-2222503-0-Sasazaki-1255762

Janela de correr 2 folhas Pratika 100x150x12cm 22.22.503-0 Sasazaki (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Gostou das ideias de tipos de janelas para varandas?

Aproveite que você já conhece os tipos de janelas para varandas e visite uma de nossas lojas físicas ou faça seu pedido no site da Telhanorte! Além de Janelas, no site você também encontra opções de Portas e Batentes, Guarnições e Acessórios. Fazendo seu pedido online você paga com segurança e recebe seu pedido em casa!

 

Quer encontrar o modelo de janela ideal?

 

Edição de Vinicius Marques e João Victor Quintino

Quer encontrar o modelo de janela ideal?

janela-tipos-modelos-vidro-casa-pivotante-basculante-correr-abrir-veneziana

| Área Externa

 

Listamos os 5 principais tipos de janela que você precisa conhecer antes de construir ou reformar sua casa

 

Você sabia que para cada situação, ambiente e preferência, há um modelo ideal de janela? Confira os 5 principais modelos de janela e algumas imagens de inspiração.

 

Encontre na Telhanorte: Janelas

Janela-veneziana-3-folhas-Alumifort-120x150x118cm-branca-Sasazaki-1119435

Janela Veneziana Sasazaki 3 Folhas Alumifort 120x150x11,8cm Branca (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

 

5 modelos de janelas

 

1. Janela Veneziana

Ideal para quartos, esse modelo permite a ventilação do ambiente através de suas frestas e, quando fechado, impede a visibilidade exterior e a entrada de água da chuva. Suas folhas são abertas lateralmente. São feitas, principalmente, de madeira ou alumínio.

 

Janela-veneziana-de-correr-direita-Esquadrisul-de-aluminio-3-folhas-Ecosul-A--100cm-x-C--120cm-branca-1621319

Janela Veneziana de Correr Ecosul Direita Esquadrisul de Alumínio 3 Folhas 100x120cm Branca (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

2. Janela de abrir

Diferente da veneziana, para abrir esse tipo de janela é preciso empurrar as folhas para fora (ou, em alguns modelos, para dentro). Possui diversos formatos, tamanhos e acabamentos disponíveis no mercado.

 

Janela-Maxim-Ar-Esquadrisul-de-aluminio-1-folha-Ecosul-A--60cm-x-C--60cm-branca-1621211

Janela Maxim Ar Ecosul Esquadrisul de Alumínio 1 Folha 60x60cm Branca (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

3. Janela de correr

Esse tipo é o mais simples, já que possui somente duas folhas que ficam sobrepostas quando aberta.  É ideal para ambientes pequenos, principalmente apartamentos. Assim como a veneziana, pode promover a circulação do ar no ambiente.

 

Janela-de-correr-Esquadrisul-de-aluminio-2-folhas-Ecosul-A--100cm-x-C--100cm-branca-1621190

Janela de Correr Ecosul Esquadrisul de Alumínio 2 Folhas 100x100cm Branca (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

4. Janela basculante

A janela basculante é normalmente encontrada na área de serviço, na cozinha e nos banheiros. Possui um sistema horizontal, permitindo a regulagem de abertura da janela e uma boa circulação de ar.

 

Janela-basculante-Esquadrisul-de-aluminio-1-secao--Ecosul-A--60cm-x-C--60cm-brilhante-1621262

Janela Basculante Ecosul Esquadrisul de Alumínio 1 Seção 60x60cm Brilhante (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

5. Janela pivotante

Possui o mesmo sistema das portas pivotantes: dois eixos que permitem a rotação da janela em diferentes posições e permitem a regulagem de abertura. Sua manutenção e limpeza também são simples.

 

janela-pivotante-madeira-vidro-casa

Janela pivotante de vidro e madeira (foto: Caravaggio / Reprodução)

 

Buscando uma janela para sua casa?

Aqui você encontra diversos modelos de janelas e conta com a ajuda de nossos vendedores. Visite uma de nossas lojas físicas ou acesse a loja virtual da Telhanorte!

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Telhanorte (@telhanorte)

 

Por João Victor Quintino | Edição de Vinicius Marques

Altura de pendentes: medidas ideais para instalação

Sala-de-jantar-pendente-lustre-sobre-mesa

| Decoração

 

Pendentes e lustres na altura correta trazem charme e iluminação adequada ao ambiente. Saiba como escolher o seu e deixe sua casa ainda mais bonita!

 

Na hora de escolher um pendente, o primeiro pensamento é que ele tenha um design bonito e forneça uma boa iluminação no espaço, mas também é preciso considerar alguns pontos importantes: proporção do pendente em relação aos móveis que estão no ambiente, como a mesa, por exemplo, além do posicionamento desse pendente e o local que será iluminado.

Esses pontos podem causar dúvidas e por isso, a Telhanorte vai te ajudar explicando qual medida usar para instalar a peça na sua casa. Conversamos com a designer Camila Cordista, do escritório Cordista Interiores e Lighting, e com a arquiteta Laura Kim, do Ise Arquitetura, que trouxeram as melhores dicas para encontrar a altura certa para o seu pendente.

 

Mesa de cabeceira

Em mesas laterais ao lado de sofás e poltronas e também em mesas de cabeceira, o ideal é que a altura do pendente fique de 30 a 50 cm de distância do tampo da mesa, porém, “essa altura pode variar de acordo com o tamanho da cama e da mesa de cabeceira”, afirma Laura. Optar por um pendente nessas situações é uma boa ideia, porque libera espaço para adicionar objetos na mesinha, como livro, celular, revista, cremes e outros itens de uso cotidiano. Além disso, a luz nessa altura permite que a leitura seja feita com mais comodidade, pois o ponto de iluminação ficará na altura dos olhos sem ofuscá-los. O pendente de alumínio preto da primeira foto e um pendente de alumínio branco similar ao da segunda foto você encontra na Telhanorte!

 

Quarto-luminária-pendente-sobre-mesa-de-cabeceira

Pendente sobre mesa de cabeceira. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Quarto-pendente-em-destaque-sobre-mesa-de-cabeceira

Pendente sobre mesa de cabeceira. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Mesa redonda ou oval

Lustres e pendentes sobre mesas redondas ou ovais devem ter a medida máxima de até 1/3 do tamanho da mesa escolhida. Por exemplo: se a mesa possui 90 centímetros de diâmetro, o pendente deve ter em torno de 30 centímetros. Essa medida não é uma regra, pois pode variar de acordo com a proporção que a mesa tem, mas é um ponto de partida para iniciantes que estão escolhendo seu primeiro pendente. A altura de instalação dele em relação à mesa deve variar de 70 a 90 centímetros, para que a luz não ofusque o rosto e que o lustre não obstrua a visão. Não deixe de conferir nossa seção de lustres e pendentes!

 

Sala-de-jantar-pendente-sobre-mesa-redonda

Pendente sobre mesa redonda. Projeto da designer Camila Cordista (Foto Júlia Herman / Divulgação)

 

Sala-de-jantar-pendente-sobre-mesa-oval

Pendente sobre mesa oval. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Mesa retangular

Para mesas retangulares, o ideal é que o pendente tenha até metade do tamanho total da mesa, para que ele fique exatamente no centro, distribuindo iluminação por toda a superfície. Em mesas retangulares, pendentes tanto no formato circular quanto acompanhando o modelo da mesa ficam super bem no espaço. É possível ter apenas um pendente ou instalar uma composição que crie um sentido de continuidade sobre a mesa, como o da imagem abaixo.

A altura do pendente sobre mesas retangulares segue a mesma lógica que as de mesas redondas: de 70 a 90 centímetros, evitando obstruções na visão de outras pessoas à mesa e impedindo que o ponto de luz ofusque o rosto. Com dois pendentes de LED desse modelo, você pode combiná-los e recriar a foto abaixo!

 

Sala-de-jantar-pendente-sobre-mesa-retangular

Pendente sobre mesa de jantar retangular. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Lustre

Para não atrapalhar a passagem em ambientes que não haja nada embaixo e nem que as pessoas batam a cabeça, o lustre deve estar entre 2 e 2,10 m do chão, mas o pé direito da casa pode ajudar nessa medida, servindo como ponto de partida para estabelecer a altura, com isso o pendente não perde sua funcionalidade de iluminar e embelezar o ambiente.

 

Sala-de-estar-lustre-como-pendente

Lustre como pendente na sala de estar (Foto: Decor Salteado / Reprodução)

 

 

Bancadas de cozinha

Pendentes sobre bancadas de cozinha trazem um charme a mais para o espaço, mas também possuem certas dicas que podem ser seguidas no momento da escolha do objeto correto para instalação. Um único pendente grande no centro da bancada é ideal para as que possuem tamanho de até 1,20 m de comprimento. É possível colocar um pendente com apenas uma lâmpada ou com mais pontos de iluminação, seguindo a regra de aplicação de pendentes sobre mesas retangulares.

Para bancadas com mais de 1,20 m de comprimento é possível colocar dois pendentes ou mais com tranquilidade, criando um ótimo efeito visual no ambiente. A altura ideal para ambos os tipos de bancada varia de 76 a 90 cm de espaço entre o pendente e a bancada para não atrapalhar o trabalho ou ofuscar a visão. Um pendente branco vendido na Telhanorte vai te ajudar a criar o mesmo ambiente da foto na sua cozinha! Confira!

 

Cozinha-pendente-sobre-bancada

Pendente sobre bancada na cozinha. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Essas dicas também não são uma regra, você pode conversar com um arquiteto que vai te orientar sobre a escolha e para facilitar ainda mais a sua vida, a Telhanorte conta com o serviço Projete-se, que é feito nas lojas físicas e também com o Arquiteto de Bolso, onde você pode receber imagens em 3D do ambiente que você deseja reformar ou construir em até duas horas.

Precisa de mais dicas? Confira a nossa seção de iluminação no blog e fique por dentro das melhores matérias sobre o assunto! Agora que você conhece as várias opções de luminárias, que tal visitar o site da Telhanorte ou uma das nossas lojas físicas para encontrar a que vai combinar mais com a sua casa? Além disso, o time da Telhanorte também pode te atender via WhatsApp para tirar todas as suas dúvidas!

 

 

Por Camila Alexandrino | Edição de Stéphanie Durante e Vinicius Marques

Varandas Gourmet: uma seleção de espaços para você se inspirar

varanda-gourmet-coral.jpeg

| Área Externa

 

Confira 5 ambientes que podem te inspirar para decorar sua área externa

 

Publieditorial da Coral

 

As varandas gourmet ganharam status de área social nobre e importantíssima dentro de um apartamento. Trata-se de um local aconchegante e acolhedor, normalmente muito arejado e com iluminação natural. Para quem deseja dar um “up” nesse ambiente tão agradável, escrevemos abaixo uma seleção de espaços da casa para você se inspirar.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Telhanorte (@telhanorte)

 

Em termos de apartamentos, decorar, ocupar e aproveitar a varanda é uma forma de ampliar a área social sem precisar fazer grandes obras. É possível transformar a varanda gourmet em uma segunda sala de estar, com um sofá, poltronas, puffs e almofadas. É importante, além de deixar o ambiente confortável, garantir que o tecido dos móveis e acessórios sejam resistentes ao contato da água e raios de sol, especialmente se a varanda não for fechada.

 

varanda-gourmet-coral.jpeg

A escolha da tinta de parede tem grande influência do acabamento do espaço (Foto: Coral / Divulgação)

 

Outro espaço legal para se inspirar é o bar. Com uma bancada americana, uma prateleira com suas bebidas favoritas, um frigobar e uma adega, você torna a varanda gourmet num ótimo espaço para beber e conversar entre amigos.

Você também pode se inspirar em um jardim ou até uma pequena horta urbana, seguindo a tendência Urban Jungle.

 

Sugestão de matéria: Confira 4 dicas para montar uma horta em casa, saiba como montar um bar em casa e aprenda tudo sobre Urban Jungle

 

O mais comum, no entanto, é tornar o espaço numa segunda sala de jantar para aproveitar melhor a churrasqueira e a área de cozinha gourmet. Você pode, inclusive, optar por deixar a sala de jantar apenas na varanda e reaproveitar o espaço interno da casa para outras propostas.

 

Revestimento para varanda: escolha o melhor em 5 passos

 

Edição de Vinicius Marques

Valorize a decoração com iluminação embutida em móveis planejados

nichos-quarto-infantil-luz-embutida

| Decoração

 

Grande aliada de arquitetos e designers, a iluminação embutida na marcenaria deixou de ser apenas funcional e ganha ares decorativos nos móveis planejados

 

Seja por efeito estético ou para fins de serviço, a iluminação embutida em móveis planejados é tendência entre arquitetos e designers. Usar luzes na marcenaria pode valorizar e muito o seu projeto, além de tornar sua vida mais fácil e ainda garantir uma economia no seu bolso.

Seja para ajudar na concentração durante o trabalho ou estudo, facilitar a busca de uma peça dentro do guarda-roupa ou simplesmente para dar destaque a um objeto decorativo na estante, o LED nos móveis é uma ótima opção e traz um toque de cor e personalidade.

Conversamos com a designer de interiores e lighting designer Ana Paula Cunha, do escritório Angra Design, que falou sobre os modelos mais adequados para serem embutidos na marcenaria e onde são mais recomendados: “O importante é pensar o que você deseja valorizar naquele móvel ou decoração complementar a ele”, afirma Ana Paula. Ela ainda respondeu algumas dúvidas comuns que podem surgir quando o assunto é iluminação em móveis planejados. Confira!

 

Qual tipo de luz pode ser aplicada na marcenaria?

Spots, fita LED e perfil LED são os mais recomendados, porém, o perfil LED necessita de um reator para garantir seu funcionamento, enquanto os spots e a fita podem ter a fiação embutida nos próprios fios das tomadas, sem nenhuma exposição que prejudique a estética no local aplicado.

 

armário-cozinha-luz-embutida

Armário com iluminação embutida sobre a bancada. Projeto das designers Ana Paula Cunha e Grace de Paula do escritório Angra Design (Foto: Henry Lopes / Divulgação)

 

A aplicação de luz embutida em móveis planejados tem um bom custo-benefício?

Por ter um preço baixo tanto para a compra quanto para a instalação, os spots, fitas e perfil LED são acessíveis para todos. A manutenção necessária é pouca, além de proporcionar menor custo na conta de energia elétrica. Considerando todos esses pontos, embutir iluminação na marcenaria vale a pena.

 

nicho-tv-luz-embutida

Nicho para TV com iluminação embutida. Projeto das designers Ana Paula Cunha e Grace de Paula, do escritório Angra Design (Foto: Ale Rodrigues / Divulgação)

 

Luz fria ou quente: como escolher a mais adequada?

Primeiramente, devemos pensar no uso que será feito dessa iluminação. A luz quente traz uma sensação de aconchego, então é ideal para ambientes de descanso ou mesmo para compor a decoração, como na cabeceira da cama, em uma estante com livros ou em outros itens decorativos. Se a ideia é aumentar a concentração, seja para estudar ou trabalhar, invista na luz fria. Vale também para guarda-roupas, gavetas, cabideiros e acima de bancadas na cozinha. Assim você pode trabalhar, limpar, cozinhar e procurar objetos com facilidade.

 

cabeceira-cama-luz-embutida

Cabeceira de cama com iluminação embutida ao redor. Projeto das designers Ana Paula Cunha e Grace de Paula do escritório Angra Design (Foto: Henry Lopes / Divulgação)

 

Quais móveis podem receber iluminação embutida?

Qualquer tipo de móvel pode ter iluminação aplicada em seu interior, mas é preciso considerar com atenção alguns materiais específicos. Em móveis de madeira ou MDF, a instalação profissional é simples e pode ser feita dentro de casa. O marceneiro perfura e estrutura o móvel e o eletricista faz a instalação. Já em móveis com pintura em laca — tipo de acabamento que dá cor ao móvel, podendo ser fosca ou brilhante — é necessário um planejamento prévio com o designer, que orientará o marceneiro sobre o corte antes mesmo da pintura, evitando-se assim rasgos e avarias no material.

 

armário-cozinha-luz-embutida

Armário com iluminação embutida sobre a bancada. Projeto das designers Ana Paula Cunha e Grace de Paula, do escritório Angra Design (Foto: Henry Lopes / Divulgação)

 

Por que embutir luz na marcenaria?

Há muitos motivos para o uso de móveis com iluminação embutida. Por exemplo, ter uma luz agradável traz um clima mais intimista ao local enquanto se assiste a um filme e na cabeceira da cama pode realçar um bom revestimento da parede ou mesmo garantir que o quarto não fique em breu total durante a noite.

Em ambientes como a cozinha, ter uma luz acima da bancada facilita o preparo de alimentos, sem que haja sombras atrapalhando as atividades domésticas.

 

armário-cozinha-luz-embutida

Armário de cozinha com iluminação embutida. Projeto das designers Ana Paula Cunha e Grace de Paula do escritório Angra Design (Foto: Henry Lopes / Divulgação)

 

Colocando as ideias em prática

Agora que você já sabe o necessário para iniciar o seu projeto de móveis planejados, confira como tirar suas ideias do papel e visite o setor de iluminação em nossas lojas físicas ou no site da Telhanorte, para encontrar o modelo ideal para a sua casa.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Telhanorte (@telhanorte)

 

Por Camila Alexandrino | Edição de Vinicius Marques