pendente | Blog Telhanorte

Altura de pendentes: medidas ideais para instalação

Sala-de-jantar-pendente-lustre-sobre-mesa

| Decoração

 

Pendentes e lustres na altura correta trazem charme e iluminação adequada ao ambiente. Saiba como escolher o seu e deixe sua casa ainda mais bonita!

 

Na hora de escolher um pendente, o primeiro pensamento é que ele tenha um design bonito e forneça uma boa iluminação no espaço, mas também é preciso considerar alguns pontos importantes: proporção do pendente em relação aos móveis que estão no ambiente, como a mesa, por exemplo, além do posicionamento desse pendente e o local que será iluminado.

Esses pontos podem causar dúvidas e por isso, a Telhanorte vai te ajudar explicando qual medida usar para instalar a peça na sua casa. Conversamos com a designer Camila Cordista, do escritório Cordista Interiores e Lighting, e com a arquiteta Laura Kim, do Ise Arquitetura, que trouxeram as melhores dicas para encontrar a altura certa para o seu pendente.

 

Mesa de cabeceira

Em mesas laterais ao lado de sofás e poltronas e também em mesas de cabeceira, o ideal é que a altura do pendente fique de 30 a 50 cm de distância do tampo da mesa, porém, “essa altura pode variar de acordo com o tamanho da cama e da mesa de cabeceira”, afirma Laura. Optar por um pendente nessas situações é uma boa ideia, porque libera espaço para adicionar objetos na mesinha, como livro, celular, revista, cremes e outros itens de uso cotidiano. Além disso, a luz nessa altura permite que a leitura seja feita com mais comodidade, pois o ponto de iluminação ficará na altura dos olhos sem ofuscá-los. O pendente de alumínio preto da primeira foto e um pendente de alumínio branco similar ao da segunda foto você encontra na Telhanorte!

 

Quarto-luminária-pendente-sobre-mesa-de-cabeceira

Pendente sobre mesa de cabeceira. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Quarto-pendente-em-destaque-sobre-mesa-de-cabeceira

Pendente sobre mesa de cabeceira. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Mesa redonda ou oval

Lustres e pendentes sobre mesas redondas ou ovais devem ter a medida máxima de até 1/3 do tamanho da mesa escolhida. Por exemplo: se a mesa possui 90 centímetros de diâmetro, o pendente deve ter em torno de 30 centímetros. Essa medida não é uma regra, pois pode variar de acordo com a proporção que a mesa tem, mas é um ponto de partida para iniciantes que estão escolhendo seu primeiro pendente. A altura de instalação dele em relação à mesa deve variar de 70 a 90 centímetros, para que a luz não ofusque o rosto e que o lustre não obstrua a visão. Não deixe de conferir nossa seção de lustres e pendentes!

 

Sala-de-jantar-pendente-sobre-mesa-redonda

Pendente sobre mesa redonda. Projeto da designer Camila Cordista (Foto Júlia Herman / Divulgação)

 

Sala-de-jantar-pendente-sobre-mesa-oval

Pendente sobre mesa oval. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Mesa retangular

Para mesas retangulares, o ideal é que o pendente tenha até metade do tamanho total da mesa, para que ele fique exatamente no centro, distribuindo iluminação por toda a superfície. Em mesas retangulares, pendentes tanto no formato circular quanto acompanhando o modelo da mesa ficam super bem no espaço. É possível ter apenas um pendente ou instalar uma composição que crie um sentido de continuidade sobre a mesa, como o da imagem abaixo.

A altura do pendente sobre mesas retangulares segue a mesma lógica que as de mesas redondas: de 70 a 90 centímetros, evitando obstruções na visão de outras pessoas à mesa e impedindo que o ponto de luz ofusque o rosto. Com dois pendentes de LED desse modelo, você pode combiná-los e recriar a foto abaixo!

 

Sala-de-jantar-pendente-sobre-mesa-retangular

Pendente sobre mesa de jantar retangular. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Lustre

Para não atrapalhar a passagem em ambientes que não haja nada embaixo e nem que as pessoas batam a cabeça, o lustre deve estar entre 2 e 2,10 m do chão, mas o pé direito da casa pode ajudar nessa medida, servindo como ponto de partida para estabelecer a altura, com isso o pendente não perde sua funcionalidade de iluminar e embelezar o ambiente.

 

Sala-de-estar-lustre-como-pendente

Lustre como pendente na sala de estar (Foto: Decor Salteado / Reprodução)

 

 

Bancadas de cozinha

Pendentes sobre bancadas de cozinha trazem um charme a mais para o espaço, mas também possuem certas dicas que podem ser seguidas no momento da escolha do objeto correto para instalação. Um único pendente grande no centro da bancada é ideal para as que possuem tamanho de até 1,20 m de comprimento. É possível colocar um pendente com apenas uma lâmpada ou com mais pontos de iluminação, seguindo a regra de aplicação de pendentes sobre mesas retangulares.

Para bancadas com mais de 1,20 m de comprimento é possível colocar dois pendentes ou mais com tranquilidade, criando um ótimo efeito visual no ambiente. A altura ideal para ambos os tipos de bancada varia de 76 a 90 cm de espaço entre o pendente e a bancada para não atrapalhar o trabalho ou ofuscar a visão. Um pendente branco vendido na Telhanorte vai te ajudar a criar o mesmo ambiente da foto na sua cozinha! Confira!

 

Cozinha-pendente-sobre-bancada

Pendente sobre bancada na cozinha. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Essas dicas também não são uma regra, você pode conversar com um arquiteto que vai te orientar sobre a escolha e para facilitar ainda mais a sua vida, a Telhanorte conta com o serviço Projete-se, que é feito nas lojas físicas e também com o Arquiteto de Bolso, onde você pode receber imagens em 3D do ambiente que você deseja reformar ou construir em até duas horas.

Precisa de mais dicas? Confira a nossa seção de iluminação no blog e fique por dentro das melhores matérias sobre o assunto! Agora que você conhece as várias opções de luminárias, que tal visitar o site da Telhanorte ou uma das nossas lojas físicas para encontrar a que vai combinar mais com a sua casa? Além disso, o time da Telhanorte também pode te atender via WhatsApp para tirar todas as suas dúvidas!

 

 

Por Camila Alexandrino | Edição de Stéphanie Durante e Vinicius Marques

Pendente de alumínio: como e quando usar

decoracao-para-sala-de-jantar-iluminacao-luminaria-pendente-aluminio

| Decoração

 

Entenda como usar pendentes de alumínio na decoração da casa e no projeto de iluminação. Inspire-se com imagens e modelos variados.

 

Os pendentes voltaram com tudo na decoração de casas, seja para ambientes internos, como cozinha e sala, ou ambientes externos, como áreas gourmet. Eles contribuem oferecendo mais estilo e personalidade ao cômodo e podem transformar um ambiente. Entre as opções mais modernas está o pendente de alumínio

 

Acesse em nosso site: Pendentes de Alumínio

Pendente-de-aluminio-Cup-23x23cm-preto-e-dourado-Auremar

Pendente de alumínio Cup 23x23cm preto e dourado Auremar (Foto: Acervo / Telhanorte).

 

A versatilidade do pendente de alumínio

Além de contribuir para a decoração e estilo da casa, o alumínio é um material que possui muitas outras vantagens e por isso deve ser considerado na escolha do pendente ideal para cada ambiente. Entre as melhores características do pendente de alumínio estão: a resistência e leveza do materialversatilidade, durabilidade, elegância e modernidade. O pendente de alumínio é versátil quanto ao formato da luminária, que pode ser retangular, oval, quadrada, cônica e de muitas outras formas.

 

pendentes-luminarias-modernas-estilo-industrial-luz-amarela

Pendentes modernos (Foto: Acervo / Telhanorte).

 

Uma opção que está dominando projetos de decoração é o pendente de alumínio de aramado, super atual e estiloso. Combine com ele a lâmpada de filamento e tenha um ambiente digno de elogios!

 

Pendente-de-aluminio-aramado-estilo-industrial-cobre

Casa moderna com estilo industrial (Foto: Adematt / Reprodução).

 

Um outro ponto que prova a versatilidade do pendente de alumínio é a possibilidade de uso em diferentes estilos de decoração, complementando o estilo ou servindo como contraponto. Por exemplo, ao misturar um estilo clássico com alumínio, você cria um equilíbrio que deixa o ambiente mais atual, sem perder a elegância.

 

pendente-aluminio-estilo-classico-moderno-preto-branca-luminaria-iluminacao

O estilo do pendente contrasta com o ambiente clean da cozinha (Foto: Starlumen / Reprodução).

 

Já em uma decoração no estilo industrial, o pendente de alumínio contribui para reforçar essa característica do ambiente.  

 

Sugestão de matéria: Conheça o estilo industrial e saiba como deixá-lo aconchegante

 

estilo-industrial-sala-moveis-decoracao-madeira-tijolos

Sala de estar em decoração industrial (Foto: CNC Interior / Reprodução).

 

Por último, quando falamos da versatilidade do pendente de alumínio, não podemos esquecer das diversas possibilidades de cores que podem ser incorporadas a esse material, desde o alumínio escovado, mais natural, até opções coloridas em tons rosé, preto, amarelo, vermelho e tantas outras opções, que fazem toda a diferença no resultado final do projeto. 

Pendente-de-aluminio-com-cabo-ajustavel-de-1m-dourado-Circle-grande-Auremar

Pendente de alumínio com cabo ajustável de 1m dourado Circle grande Auremar (Foto: Acervo / Telhanorte).

 

Tipo de pendente ideal para cada necessidade

Sim, os pendentes possuem uma forte característica decorativa e também possuem características funcionais importantes. Eles podem ser usados para a iluminação geral do ambiente, iluminação de trabalho (que oferece uma iluminação mais focada e concentrada em um ponto do ambiente), além da iluminação decorativa, que tem como objetivo iluminar um objeto, móvel ou acessório do ambiente. 

Para a iluminação geral, ou seja, para a iluminação central de todo o ambiente, é importante considerar o uso de uma luminária com a cúpula aramada ou translúcida, dessa forma a luz não tem um único foco e fica difusa, iluminando todo o cômodo. A iluminação geral, proporcionada por uma luminária pendente, pode ser usada, principalmente, em ambientes como sala de estar, sala de jantar e quartos, contribuindo para o relaxamento e para a criação de um ambiente aconchegante. 

 

Pendente-liso-de-vidro-e-aluminio-com-cabo-ajustavel-de-1m-fume-Auremar

Pendente liso de vidro e alumínio com cabo ajustável de 1m fumê Auremar (Foto: Acervo / Telhanorte).

 

Já em lugares como as bancadas de cozinha, para a preparação dos alimentos, um pendente de alumínio com direcionamento focado de luz é uma boa ideia para ajudar na execução das atividades.

 

decoracao-cozinha-gourmet-cozinha-industrial-com-balcao-e-quadro-lousa-studiombsarquitetura-202857-proportional-height_cover_medium

Lousa em superfície da Cozinha (Foto: Studio MBS Arquitetura / Reprodução).

 

No quarto, a iluminação focada pode contribuir para a leitura, sendo ideal para acompanhar a mesa de cabeceira. 

 

 

 

Para a decoração, o pendente de alumínio deve ser instalado de maneira a emitir luz sobre o objeto que deve receber destaque na decoração. 

O ideal, assim como para a iluminação focada, é que a cúpula seja fechada na sua parte de cima, concentrando a iluminação em apenas um ponto.

 

Dicas para instalar o pendente de alumínio

Como dissemos até aqui, usar pendentes de alumínio é uma excelente alternativa, seja para a decoração, como para oferecer maior conforto na execução de atividades geraisEntretanto, é preciso tomar alguns cuidados na instalação, para evitar acidentes. É também preciso considerar bem o local que o pendente será instalado, para que ele não atrapalhe a circulação de pessoas e prejudique o ambiente. 

As medidas padrões são: 

– Para mesas de centro, instalar o pendente a 150 cm a 170 cm do tampo da mesa.

– Para mesas de refeição, a altura do pendente deve ficar entre 80cm a 90cm do tampo da mesa. 

– Para mesas laterais ou cabeceiras, a indicação é que a cúpula fique entre 30cm a 50cm da mesa. 

 

Pendente-Design-TD622-para-1-lampada-E27-vermelho-Taschibra

Pendente Design TD622 para 1 lâmpada E27 vermelho Taschibra (Foto: Acervo / Telhanorte).

 

Gostou das dicas?

Essas dicas vão ajudar você a fazer a escolha certa para criar um projeto de iluminação ou reformar seus pontos de luz com um pendente de alumínio, aproveitando suas vantagens e evitando erros.  Lembre-se sempre de escolher pendentes de marcas de qualidade, que vão garantir a durabilidade da peça.  

Na loja virtual da Telhanorte você encontra as melhores opções de lustres e pendentes para os variados ambientes e diversas necessidades.  Além disso, no nosso site você pode contar com o apoio de um arquiteto de bolso da Telhanorte, com benefícios como:

Elimina todas as dúvidas com a ajuda de um arquiteto ou designer de interiores.

Visualiza seu espaço em 3D e obtém uma lista com produtos, quantidades e preços.

Resolve 1 ambiente em até 2 horas de consultoria 100% online.

Nosso site e lojas físicas também contam com um departamento de Elétrica completo para atender sua obra, com caixas e quadros elétricos, disjuntores e fusíveis, fios e cabos e mais.

Você também pode comprar todas as lâmpadas do seu projeto dentro do setor de Iluminação. Você encontra LED, fluorescente, halógenas, lâmpadas de filamento e mistas. Acesse nosso setor de Lâmpadas e faça um orçamento gratuito.

 

Aprenda em 7 passos como projetar iluminação residencial

 

Edição de Vinicius Marques e Murilo Bonício

 

Iluminação: como escolher a luminária adequada?

cozinha-luminária-embutida

| Decoração

Entenda quais são os tipos de luminárias e pendentes disponíveis no mercado e escolha qual é a melhor para cada ambiente da sua casa!

 

Existem uma dezena de tipos de luminárias, cada uma com pontos de luz específicos, trazendo diferentes utilidades para cada ambiente. Pensando nisso, a Telhanorte quer ajudar você a compreender essas diferenças e encontrar o modelo ideal para decorar e iluminar sua casa, conseguindo a melhor funcionalidade possível. Falamos com a arquiteta Laura Kim, do Ise Arquitetura, e com a designer de interiores Camila Cordista, do escritório Cordista Interiores e Lighting, que nos explicaram as funcionalidades de cada um dos 12 modelos apresentados. “Quando se fala em iluminação é preciso pensar em criar uma sensação, não apenas no produto, e sim no ambiente como um todo, pois um produto mal aplicado pode se tornar uma dor de cabeça. Quando for escolher o tipo de luminária mais adequada, pense no que você deseja iluminar, para ter um ponto de partida”, fala Camila.

 

1 – Spot

Com designs arrojados e cativantes, eles são uma ótima recomendação tanto para iluminar ambientes internos quanto externos, isso porque a sua luz direcionada traz um destaque para o espaço, móveis e objetos decorativos, além de serem bastante discretos.

 

Spot de barra fixa

Com uma luz direcionável em até 360º, este tipo de luminária permite que você direcione o ponto de luz diretamente no móvel ou objeto que deseja trazer destaque. Spots em barra possuem angulação pré-definida, portanto, “é preciso calcular a distância que a luminária estará do objeto a ser iluminado, para garantir a qualidade luminotécnica”, diz Camila. Confira um de nossos modelos de spot em barra!

Ideal para: ambientes internos como salas de estar e quartos, mas se adequam a qualquer outro espaço à sua escolha. As distâncias entre os spots variam de acordo com o local a ser iluminado, mas geralmente compreendem entre 75 centímetros e 1 metro.

 

sala-de-estar-luminária-spot-em-barra

Spot de luz com trilho em barra na sala de estar. Projeto da designer de interiores Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Spot com trilho eletrificado

Diferente do spot em barra, o eletrificado, além de permitir a angulação em 360º, tem a facilidade de movimentação do spot no próprio trilho para aproximar ou deixá-lo distante do objeto em destaque. Os trilhos expostos criam um design moderno e o mercado já conta com modelos coloridos que podem combinar com móveis, paredes ou até mesmo o revestimento do chão. Confira nossa seleção de spots no site Telhanorte!

Ideal para: ambientes internos como salas de estar, corredores e quartos.

 

sala-de-estar-luminária-spot-em-trilho-eletrificado

Sala de estar com trilho eletrificado. Projeto da designer de interiores Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

2 – Luminária de embutir

Muito usada em ambientes que possuem forro de gesso, PVC ou drywall, mas também em marcenaria, como armários e roupeiros, esse tipo de luminária proporciona uma luz indireta, sutil e concentrada.

Ideal para: ambientes internos ou externos que possuam forro no teto ou em móveis, pois só podem ser aplicados dentro dessas superfícies.

 

Cozinha-luminária-embutida-em-MDF

Armário de cozinha com luzes embutidas. Projeto da designer de interiores Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Banheiro-luminária-embutida-spot

Banheiro com luminária de embutir. Projeto da designer de interiores Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

3 – Painel de LED

Sendo um outro tipo de modelo de embutir, quando se trata de spot com LED, também existem os painéis, que tem em sua estrutura um vidro difusor ou acrílico leitoso, que impedem que a lâmpada fique aparente, mas que distribuem de forma homogênea a luz no ambiente. Esses painéis podem ser encontrados em diversos modelos e geralmente apresentam iluminação em 180º através das fitas de LED distribuídas de maneira uniforme em seu interior. Quer instalar na sua casa também? Temos um incrível modelo de painel de LED na Telhanorte!

Ideal para: ambientes internos e externos, como quartos, banheiros, cozinha, sala de estar, garagem etc.

 

Cozinha-painel-de-LED-embutido

Cozinha com painel de LED embutido. Projeto da designer de interiores Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

4 – Luminária de sobrepor

Extremamente práticas e versáteis, as luminárias de sobrepor criam um ambiente moderno e diferente. Com a facilidade de serem instaladas diretamente na laje, não há necessidade de  forro no teto, basta apenas encontrar a lâmpada que esteja de acordo com a proposta do ambiente, seja com cores quentes ou frias. As luminárias de embutir são uma grande aposta para destacar o teto, com sua gama de modelos incrivelmente ampla. No nosso site você encontra modelos de luminária de sobrepor quadrada e também luminária de sobrepor redonda!

Ideal para: todos os cômodos, como quarto, cozinha, garagem, salas de estar, jantar, corredores etc.

 

Cozinha-luminária-de-sobrepor

Cozinha com luminária de sobrepor. Projeto da arquiteta Laura Kim (Foto: Maura Mello / Divulgação)

 

Quarto-luminária-de-sobrepor

Quarto com luminária de sobrepor. Projeto da arquiteta Laura Kim (Foto: Fernanda Pires / Divulgação)

5 – Arandela

Uma das vantagens desse modelo é que ela pode ter sua intensidade controlada, criando uma luz de passagem ou uma iluminação mais concentrada e intensa. As arandelas podem ser usadas tanto em ambientes internos quanto  externos, mas na segunda opção, é preciso que a peça ou a lâmpada tenham uma blindagem de proteção contra umidade (IP65 no caso das lâmpadas), tornando-as seguras contra choques e acidentes. Essa dica de blindagem vale para iluminação interna passível de umidade, como dentro do box de banheiro. As arandelas são estilosas e com instalação específica em paredes. Ela cria um desenho com o direcionamento de seu ponto de luz, tanto para cima e para baixo nos modelos mais comuns, quanto em outras direções, se o cliente assim desejar. A Telhanorte tem modelos de arandelas externas e também arandelas internas para decorar e iluminar a sua casa!

Ideal para:  qualquer tipo de ambiente. Ao lado da cama, ela pode criar a ideia de um abajur. Sem necessidade de bancada de apoio, se encaixa bem em ambientes pequenos e com pouco espaço.

 

Quintal-área-externa-arandela-em-painel-de-madeira

Arandelas em painel de madeira no quintal. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Qaurto-arandela-cúpula-abajur

Quarto com arandela e cúpula ao lado da cama. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Quarto-arandela-em-mesa-de-cabeceira

Quarto com arandela ao lado da cama. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Kadu Lopes / Divulgação)

6 – Luminária rebatedora

Com efeito estiloso e moderno, as rebatedoras trazem uma beleza para o ambiente, porém, “não são as mais recomendadas para iluminar um cômodo inteiro”, diz Laura. Funcionam mais como objeto decorativo, então o ideal é que elas sejam complementadas com spots, que trarão uma claridade maior. As rebatedoras simulam a iluminação produzida por uma vela, porém, com um pouco mais de intensidade e foco. “Normalmente são aplicadas em tetos brancos ou sancas”, complementa Camila.

Ideal para: ambientes internos como sala de jantar. Pode funcionar como um lustre e, se colocadas lâmpadas com tom mais amarelado, criam a sensação de luz de velas.

 

Quarto-luminária-rebatedora-de-luz

Quarto com luminária rebatedora. Projeto da arquiteta Laura Kim (Foto: Maura Mello / Divulgação)

 

7 – Balizador

Servindo tanto na função de iluminar quanto na de sinalizar, balizadores de chão e parede são bonitos, práticos e trazem uma funcionalidade ao ambiente que os tornam incríveis em jardins ou em corredores. “É possível criar um caminho com essas luzes, com toda a iluminação partindo do chão ou das paredes”, fala Camila. Confira um de nossos modelos de balizador de parede!

Ideal para: ambientes externos como jardins e garagens, mas também facilmente aplicável em corredores e halls internos.  Em ambientes externos as lâmpadas devem ser blindadas com IP65 para evitar choques decorrentes da umidade.

 

Corredor-entrada-balizador-de-parede

Corredor com balizador de parede. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

8 – Poste balizador

Postes balizadores têm função bastante similar ao dos balizadores de chão e parede, mas nessa opção, cria-se um ambiente mais decorativo, já que existem os mais diversos modelos desse tipo de luminária. Podendo ser mais baixa, ideal para ser colocada em áreas do jardim que tenham decoração, ou mais alta, podendo ser colocada ao lado de bancos, criando um espaço aconchegante mesmo do lado de fora da casa. Confira nossa seção de postes e balizadores no site!

Ideal para: ambientes externos como jardins. Geralmente os postes balizadores tem vedação própria para evitar umidade nas lâmpadas.

 

Área-externa-jardim-poste-balizador

Poste balizador em jardim (Foto: Lumilandia / Reprodução)

 

9 – Pendente

Queridinho da maioria das pessoas que vão buscar um ambiente mais elegante ou despojado, os pendentes costumam ter design modernos e a precisão de um ponto de luz direcionado. Com diversos modelos no mercado e sem a necessidade de um pé direito muito alto, é possível que você encontre o modelo perfeito para sua casa. Gostou do modelo de pendente da foto abaixo? Você pode encontrar um pendente em metal similar a ele na Telhanorte!

Ideal para: sala de jantar e quartos. Na sala de jantar, cria um ponto de luz sobre a mesa que traz elegância e conforto; no quarto, pode ser usado como abajur, trazendo claridade para uma leitura antes de dormir.

 

Sala-de-jantar-pendente-lustre-sobre-mesa

Pendentes como lustre sobre a mesa. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

10 – Abajur

Além da função de iluminar, o abajur também serve como item de decoração. Eles podem ser pequenos ou com cúpulas maiores, também podendo ter uma luz mais direcionada ou leitosa que se espalha por todo o ambiente, então vale fazer uma pesquisa para saber qual modelo é mais adequado para o espaço.

Com luz menos intensa, é ideal para se ter na mesa de cabeceira para auxiliar na leitura de um livro. Na sala de estar, cria um ponto de luz aconchegante enquanto você assiste a tv ou lê o jornal, por exemplo. No escritório ou mesa de estudos, proporciona uma luz direcionada para trabalhar e estudar, sem ofuscar o olhar. Os melhores modelos de luminária de mesa você encontra na Telhanorte!

Ideal para: ambientes internos como quarto, sala de estar e escritório.

 

Quarto-abajur-sobre-mesa-de-cabeceira

Abajur sobre mesa de cabeceira. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

11 – Soquete

Os soquetes estão com tudo! Antes, apenas um item para rosquear a lâmpada, hoje trazem a mesma pegada dos pendentes com fio e lâmpada expostos, com um design industrial e retrô. De acordo com a lâmpada escolhida para trazer o ponto de luz, é possível criar um espaço mais aconchegante ou mais iluminado e descolado. Gostou da dica? Confira nosso pendente de silicone no site!

Ideal para: qualquer tipo de ambiente, podendo ser instalado diretamente na laje ou em forros.

 

Soquete-como-pendente

Soquete como pendente e fiação exposta. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Sala-soquete-com-fiação-exposta

Soquete com fiação exposta. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

12 – Luminária de piso

A luminária de piso é ótima para trazer sofisticação e também para ser usada como objeto decorativo. Na sala de estar, traz todo um aconchego se usada próximo de sofás e poltronas. No escritório, cria um ambiente mais intimista durante o trabalho ou estudo. Já na varanda, cria um conforto visual e um charme a mais para o espaço, “podendo iluminar para cima, para baixo ou somente para um dos lados”, ressalta Camila. Nosso modelo de luminária em coluna com certeza vai agradar você!

Ideal para: ambientes internos e nas varandas, se forem cobertas.

 

Sala-de-estar-luminária-de-piso

Luminária de piso na sala de estar. Projeto da arquiteta Laura Kim (Foto: Maura Mello / Divulgação)

 

Sala-de-estar-luminária-de-piso

Luminária de piso em destaque na sala de estar. Projeto da designer Camila Cordista (Foto: Júlia Herman / Divulgação)

 

Precisa de mais dicas? Confira a nossa seção de iluminação no blog e fique por dentro das melhores matérias sobre o assunto! Agora que você conhece as várias opções de luminárias, que tal visitar o site da Telhanorte ou uma das lojas físicas para encontrar a luminária que vai combinar mais com a sua casa? Além disso, o time da Telhanorte também pode te atender via WhatsApp para tirar todas as suas dúvidas!

 

 

Por Camila Alexandrino | Edição de Stéphanie Durante

6 principais tipos de luminárias para a sua casa!

sala-de-estar-luminária-lustre-pendente-sobre-mesa-de-jantar-retangular

| Área Externa

 

Toda casa precisa de uma boa iluminação, não é? Se você deseja trazer mais personalidade para o ambiente, confira nossas dicas de modelos ideais para cada cômodo!

 

Tipos de luminárias: 6 modelos para atender a todos os ambientes

A seguir, apresentamos 6 tipos de luminárias, seja para sala, cozinha, quarto e banheiro. Você também vai conhecer alguns modelos para a área externa.

Continue lendo e anote essas dicas!

 

1. Plafons

O plafon é um dos tipos de luminárias com mais variedade de modelos que você vai encontrar no mercado. Desenvolvida para o uso em gesso ou madeira, temos a versão de embutir e também os de sobrepor, onde a aplicação pode ser feita diretamente no teto, proporcionando uma iluminação difusa e com uma facilidade enorme na instalação. O plafon pode ser colocado em diversos ambientes, tais como: cozinha, salas, quartos e banheiros.

Eles também diferem de acordo com o tipo de emissão de luz, que pode ser difusa ou indireta. O primeiro modelo é ideal para iluminação geral, como em salas de estar. Já o segundo, com luz indireta, é ideal para ser usado na iluminação dos quartos.

 

sala-de-estar-plafon-luz-direta

Sala de estar com plafon acoplado diretamente no teto (Foto: Igan Iluminacíon / Reprodução)

 

Banheiro-iluminação-plafon-luz-direta-difusa

Banheiro com plafon de luz direta e difusa (Foto: Viva Decora / Reprodução)

 

2. Arandela Interna

Diferentemente dos plafons, as arandelas são luminárias com instalação em parede, muito usada em ambientes externos, como jardins, mas também internos, como salas, quartos, corredores, entre outros. Entre os modelos mais indicados estão:

As arandelas podem receber diversos tipos de lâmpadas, inclusive as de LED, porém, nesse caso, ela servirá apenas como luz de apoio, havendo necessidade de uma outra fonte de iluminação complementar. Elas podem funcionar como luminárias de cabeceira, assim como na foto abaixo.

 

Qaurto-arandela-cúpula-abajur

Quarto com arandela e cúpula ao lado da cama (Foto: Cordista Interiores e Lighting / Divulgação)

 

3. Luminárias de teto

É possível usar luminárias de teto em todos os cômodos de sua casa, sejam elas de embutir, sobrepor ou pendente. A escolha por um modelo ou outro partirá da sua ideia de como adornar e iluminar a sua casa, já que as luminárias também podem ser objetos decorativos.

Para ambientes como cozinha, é ideal a escolha de modelos com cúpulas ou tampas removíveis, que permitem uma limpeza mais completa. Já nos quartos, as luminárias também funcionam como um objeto decorativo que você pode compor com a decoração das paredes e, até mesmo, do abajur.

Na sala de estar, por exemplo, você pode optar por um tipo de luminária de teto que ofereça uma iluminação mais difusa – para iluminar o ambiente como um todo – e adicionar pontos de luz mais direcionados, como abajur ou pendentes.

 

Sala-de-jantar-pendente-lustre-sobre-mesa

Pendentes como lustre sobre a mesa (Foto: Cordista Interiores e Lighting / Divulgação)

 

4. Luminárias de embutir

As luminárias de embutir são encaixadas diretamente no forro do teto, seja ele de gesso ou PVC. Esse modelo permite até a aplicação em MDF, como armários e roupeiros.

Podendo ser aplicadas em diversos tipos de cômodos e móveis, são bastante indicadas para iluminar salas de jantar ou estar, mas também funcionam se colocadas em cozinhas, banheiros e demais cômodos. É um tipo de luminária discreta, onde sua função principal é iluminar uma parte específica do ambiente ou objeto decorativo selecionado.

 

cozinha-luminária-embutida

Cozinha com luzes embutidas (Foto: Cordista Interiores e Lighting Divulgação)

 

armário-cozinha-luminária-embutida

Armário de cozinha com luzes embutidas no MDF (Foto: Cordista Interiores e Lighting / Divulgação)

 

5. Lustres e pendentes

Lustres e pendentes são os modelos de luminárias queridinhos de quem está em reforma! Além de trazer a iluminação adequada para o ambiente, dão um toque de sofisticação e elegância ao ambiente e podem ser usados de diferentes maneiras.

Em geral, lustres e pendentes estão presentes em salas de estar ou jantar, mas também já fazem parte de bancadas de cozinha e banheiro e até da decoração do quarto, quando estrategicamente aplicados. Enquanto que nas salas eles são a fonte de luz principal do ambiente, em quartos e banheiros, geralmente, não são a iluminação central do cômodo.

 

Sala-de-jantar-pendente

Pendente sobre mesa retangular na sala de jantar (Foto: Viva Decora / Reprodução)

 

6. Abajur e luminárias de mesa

Com uma iluminação mais focada, o abajur e a luminária de mesa permitem maior concentração em atividades como leitura e estudo. Como suas luzes são mais suaves, trazem aconchego ao cômodo.

Além de funcionais, são ótimos acessórios para decoração, compondo o ambiente, independente do estilo adotado.

 

Sala-de-estar-abajur

Abajur em mesa de apoio ao lado do sofá (Foto: Casa Abril / Reprodução)

 

quarto-abajur-sobre-mesa-de-cabeceira

Abajur sobre mesa de cabeceira no quarto (Foto: Tua Casa / Reprodução)

 

Iluminação externa

Agora que falamos um pouco sobre luminárias internas, vamos apresentar a você alguns tipos de iluminação externa, ideal para quintais e jardins. A Telhanorte possui vários modelos para atender esse tipo de necessidade e as principais categorias são:

 

Postes e balizadores

Poste balizador é muito usado para jardins, como forma de decoração do ambiente, além de iluminar caminhos e trajetos. Esse tipo de iluminação necessita de uma blindagem chamada IP65 para que a parte elétrica da lâmpada não entre em contato com umidade, o que pode causar acidentes. São diversos tipos de modelo, desde os mais baixinhos e mais discretos, até os mais altos, que realmente parecem com um poste e possuem um ar colonial.

Já os balizadores de chão e parede possuem um outro tipo de formato, mas com a mesma proposta de iluminar e criar caminhos dentro e fora da casa.

 

Corredor-entrada-balizador-de-parede

Corredor com balizador de parede (Foto: Cordista Interiores e Lighting / Divulgação)

 

Área-externa-jardim-poste-balizador

Poste balizador em jardim (Foto: Lumilândia / Reprodução)

 

poste-para-jardim-colonial-duplo-aluminio-injetado-com-vidro-bisote

Jardim com poste balizador em estilo colonial (Foto: Lumilândia / Reprodução)

 

Arandelas

Como já dito acima, elas podem ser usadas na parte interna da casa tranquilamente, porém, com a blindagem IP65, também podem ser usadas em paredes e muros externos da casa. São ótimas opções para iluminar e criar um espaço aconchegante, mesmo que do lado de fora.

 

área-externa-piscina-arandela

Muro em volta da piscina com arandela externa na parede (Foto: Viva Decora / Reprodução)

 

Refletores

Os refletores possuem a incumbência de iluminar diretamente um ponto do jardim ou um objeto de decoração no mesmo. Diferentemente dos balizadores de chão ou postes, sua escolha é ideal caso você deseje dar destaque a um lugar específico, como uma bela árvore ou canteiro de jardinagem.

 

jardim-refletor-árvore

Refletor direcionado para árvore no jardim (Foto: Viva Decora / Reprodução)

 

Tartarugas

As tartarugas são versões mais baratas e comuns da arandela como iluminação externa. Fáceis de encontrar e bastante práticas, sua instalação não requer muito estudo luminotécnico. Aplicada nas paredes, ela serve como iluminação de caminho e passagem.

 

muro-externo-com-tartarugas-na-parede

Muro externo da casa com tartarugas na parede (Foto: Ourolux / Reprodução)

 

Leia também: Como calcular quantidade de lâmpadas por m² [com fórmulas].

 

Para melhorar ou iniciar o projeto luminotécnico da sua casa você pode conversar com um arquiteto que vai te orientar sobre a escolha. Para facilitar ainda mais a sua vida, a Telhanorte conta com o serviço Projete-se nas lojas físicas – que conta com profissionais disponíveis para orientá-los – e também com o Arquiteto de Bolso, onde você pode receber imagens em 3D do ambiente que você deseja reformar ou construir em até duas horas.

Precisa de mais dicas? Confira a nossa seção de iluminação no blog e fique por dentro das melhores matérias sobre o assunto!

Agora que você conhece as várias opções de luminárias, que tal visitar o site da Telhanorte ou uma das nossas lojas físicas para encontrar a que vai combinar mais com a sua casa? Se não quiser sair de casa, o time da Telhanorte também pode te atender via WhatsApp para tirar todas as suas dúvidas!

 

Edição de Camila Alexandrino e Murilo Bonício