pias | Blog Telhanorte

Triturador para pia: o que é e como escolher

Como-escolher-triturador-para-pia

| Cozinha

Aprenda como funciona, como limpar e quais os cuidados que se deve ter para usar o triturador de alimentos em sua casa

 

O triturador de alimentos (trituradores de pia ou trituradores de lixo) funcionam como uma espécie de lixeira, onde você pode descartar resíduos orgânicos, como restos de frutas, alimentos, verduras, entre outros. Esses resíduos são triturados e enviados para a rede de esgoto da cidade. Entretanto, é recomendado que você evite jogar grandes quantidades de comida, ossos e caroços.

 

O triturador é instalado dentro da válvula da pia da cozinha (ralo) em substituição ao sifão. Ele é devidamente encaixado no interior da bancada, abaixo da cuba, e é conectado ao encanamento, que leva os resíduos para a rede de esgoto. Ele necessita de uma instalação elétrica para funcionar. Seu acionamento ocorre a partir de um interruptor, que ativa e desativa o equipamento. No entanto, os modelos atuais são bastante econômicos, não oferecendo grande impacto na sua conta de luz. 

É recomendado que o triturador seja acionado enquanto a água esteja saindo da torneira da cozinha, para garantir que a água carregue esses resíduos para o esgoto. Para retirar itens como talheres, ossos, ou outros elementos que fizerem o triturador travar, basta desligar o triturador e fazer a limpeza adequada do local. 

Atenção! É muito importante que você leia o manual de instruções do seu triturador antes de realizar o destravamento, para evitar qualquer acidente.

 

triturador-modo-funcionamento-alimentos-pia-lixo-descarte-organico-encanamento

Funcionamento interno do triturador de pia (Foto: Deposit Photos / Reprodução)

 

Como escolher um triturador para pia? 

Antes de comprar um triturador de alimentos, é importante estar atento a alguns detalhes. Para te ajudar, separamos alguns critérios que devem ser observados antes de comprar o triturador, que são:

 

1. Tipo de uso

A quantidade de resíduos gerados e que precisarão ser triturados é algo a ser considerado antes de escolher o triturador ideal. Restaurantes demandam um tipo de triturador profissional e mais potente do que o usado em residências.  Em casas com muitos moradores também há mais resíduos, por isso também podem precisar de um triturador mais adequado a um uso mais intenso

Por outro lado, residências com apenas dois até quatro moradores podem ser atendidas por trituradores mais simples, que geralmente apresentam custos mais baixos.

 

Confira também: Triturador de Resíduos de Alimentos 55 220V Franke

 

2. Modelo

Atenção ao sistema de trituração do modelo do triturador. Os trituradores com anéis de corte em aço inox são mais seguros e econômicos, tanto em relação ao consumo de água quanto ao uso de energia elétrica. 

 

3. Qualidade da marca

Optar por uma marca e produto de qualidade é fundamental para garantir resultado e segurança no funcionamento do triturador. Busque empresas que contem com a certificação de qualidade empresarial ISO 9001.

As marcas de qualidade garantem efetividade no uso do equipamento, durabilidade e eficiência energética, o que representa economia a médio e longo prazo. 

Na Telhanorte você encontra um setor com as melhores marcas e preços de trituradores de alimentos.

 

4. Modelo da pia

Outra consideração importante é garantir que o triturador  seja compatível com o modelo da sua pia da cozinha. Tenha certeza de que a pia e o encanamento podem receber a instalação desse tipo de equipamento. 

Triturador-de-Residuos-de-Alimentos-55-220V-Franke-medidas-largura-comprimento-altura-peca

Medidas do Triturador Franke (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

5. Voltagem

A voltagem e potência devem estar de acordo com a instalação elétrica da sua casa, com o equipamento escolhido e com o uso esperado para o triturador. Alinhe tudo isso antes de escolher o equipamento, garantindo que ele funcione na instalação já existente.  

 

6. Custo-benefício

Existem diferentes modelos de triturador, todos com a mesma lógica de funcionamento. Por isso, esteja atento ao custo-benefício, considerando os pontos que listamos acima e também os modelos de trituradores disponíveis no mercado. Escolha aquele que melhor atenderá ao que você precisa, sem deixar de lado a economia que poderá ser feita.

 

Veja mais em: Como limpar um triturador de pia

 

Agora que você já sabe como escolher o triturador para pia, é hora de aprender sobre como conservá-lo e manter a higiene da sua cozinha. Para limpar o triturador, basta abrir a torneira para deixar a água corrente cair, colocar um pouco de detergente no ralo, gelo e ligar o triturador. Quando o triturador acabar de triturar o gelo, é só desligar a torneira e o triturador.

Para ter certeza sobre a periodicidade da limpeza, confira no manual de instruções do fabricante do triturador que você escolheu.

 

Gostou das dicas?

Agora é com você! Entre no site da Telhanorte, na seção de trituradores de alimentos, e confira excelentes produtos para sua casa! Na hora de instalar o triturador, recomendamos que você contrate o serviço de um profissional. Caso você precise, acesse nosso serviço de Ajuda ao Vivo.

Aproveite para encontrar em nosso site tudo aquilo que você precisa para sua obra: pias, cubas e tanques, torneiras e misturadoresralos e grelhas, caixa sifonada e caixa de gordura.

 

Edição de Vinicius Marques e Camila Alexandrino

Pia de cozinha: 7 dicas para escolher sem erros

pia-cozinha-granito-moderna

| Cozinha

 

Procurando renovar a aparência da cozinha? Ou está construindo do zero? Confira nosso guia para escolher o material, tamanho e modelo ideais de pia para seu ambiente

 

Elemento principal de muitas cozinhas, a pia geralmente possibilita um multiuso, seja para lavar e secar louças, organizar o preparo de uma refeição, manter peças decorativas e demais utensílios usados ao longo da semana. Por isso, a escolha de uma pia de cozinha deve ser feita com cuidado, para não só oferecer praticidade ao espaço, mas também compor esteticamente com os demais elementos do ambiente.

Sugestão de matéria:  Cubas de pia: tamanhos, modelos e materiais

Como você já deve imaginar, não existe certo ou errado. São muitas escolhas possíveis que irão atender cômodos com diferentes características e pessoas dos mais variados gostos e estilos de vida. Se você não cozinha para muitas pessoas, por exemplo, qual seria a razão de ter uma pia ampla, ocupando grande parte da cozinha? Questões como essa devem ser levadas em conta no momento da escolha.

Então para ajudar, montamos um passo a passo com 7 dicas de como escolher a pia de cozinha. Confira!

 

Como escolher pia de cozinha?

1. Meça as dimensões

O primeiro passo para escolher a pia de cozinha perfeita não diz respeito à pia em si, mas ao local em que ela será instalada. Você sabe as dimensões exatas do espaço? Já definiu como irá distribuir os móveis, armários e eletrodomésticos? Ter o conhecimento dessas informações é fundamental para que você tome os próximos passos com propriedade.

 

bancada-ilha-granito-via-lactea

Bancada de cozinha em ilha (Foto: Magma Mármores / Reprodução)

 

2. Entenda suas necessidades

Depois de conhecer as dimensões da cozinha, é hora de deixar bem claro qual é o uso que você faz da cozinha e, consequentemente, como você usará a pia que você quer comprar. A intenção é fazer alimentos em grande escala para vender? As refeições, normalmente, são feitas para quantas pessoas? Quais utensílios você gostaria de deixar sobre a pia?

Convenhamos que, se você costuma deixar o filtro d’água na pia, por exemplo, já se ocupa bastante espaço, o que requer uma pia um pouco maior. Ignoradas por muitos, informações como essa são extremamente relevantes para definir a dimensão e o material que melhor correspondem ao seu intuito.

 

pia-de-cozinha-em-mármore

Pia de cozinha em mármore (Foto: Revista Casa e Jardim / Reprodução)

 

3. Selecione o tamanho

Normalmente, as pias de cozinha são encontradas em comprimentos de até 3 metros, que é considerada a dimensão máxima para evitar deformações ou rachaduras de alguns materiais. Esse tamanho pode aumentar com o acréscimo de pedras (ou qualquer que seja o material) ao lado da pia, o que abre mais possibilidades.

Já em relação à largura, a medida mínima recomendada é de 60 centímetros. Um tamanho muito menor que esse poderia não só deixar de ser funcional, como também causar rachaduras por conta da perfuração para a cuba. Vale destacar que a escolha do tamanho deve ser feita em conjunto com a do gabinete, que, quando presente, determina o tamanho máximo da pia.

 

4. Opte pelo material de sua preferência

Aço inoxidável ou madeira? Granito ou mármore? Em geral, há diversos tipos de materiais que são utilizados em pias de cozinha. Mas 5 deles se destacam em popularidade:

 

Aço inoxidável

A pia de aço inoxidável se destaca por ser uma opção de ótimo custo-benefício e fácil de limpar. Em contrapartida, ela oferece poucas opções de configuração, como tamanho de cuba, comprimento e etc.

 

Pia-de-inox-lisa-Bella-150x53x13cm-Franke

Pia de inox lisa Bella 150x53x13cm Franke (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Granito

Já com o granito, o ponto a ser exaltado é a maior durabilidade. As pias de cozinha com esse material são resistentes às rachaduras, ao calor e às manchas. Em geral, elas também exigem menor manutenção do que outras pedras naturais. Dependendo da cor e modelo, é necessário realizar sua impermeabilização.

 

Pia-de-granito-POP-180x55cm-com-cuba-verde-ubatuba-Venturini_1

Pia de granito POP 180x55cm com cuba verde ubatuba Venturini (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Granito sintético

Outra opção é o granito sintético, disponível numa ampla gama de cores. Eles são duráveis, fáceis de limpar e resistentes a manchas. Porém, podem ser danificados por altas temperaturas, como as de panelas quentes.

 

Pia-de-granito-sintetico-120x54cm-com-bandeja-cinza-real-Decoralita

Pia de granito sintético 120x54cm com bandeja cinza real Decoralita (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Mármore

Com características semelhantes ao granito, a pia de mármore se destaca por ter ótima resistência e durabilidade e ser também uma peça muito moderna, combinando com vários modelos de cozinha. Esse material é reconhecido por muitos como símbolo de elegância. Isso também faz com que a pia de mármore seja geralmente mais cara que as demais. Além do custo de aquisição, ela precisa ser selada regularmente.

 

pia-de-dekton-marmore-granito-cozinha

Pia de mármore (Foto: Magma Mármores / Reprodução)

 

Madeira

A madeira também é uma interessante opção, pois dá um ar de requinte e aconchego à cozinha. Ainda assim, por ser porosa e ficar em uma região úmida, devem ser tomados cuidados especiais com impermeabilizantes, para evitar a proliferação de bactérias.

 

Decorative-Sink-Models-for-Modern-Kitchens_2

Pia de madeira (Foto: Sylish Eve / Reprodução)

 

5. Verifique o tipo de cuba

De maneira geral existem 3 modos principais de se instalar a cuba para cozinha: cuba integrada, de embutir e de sobrepor.

Para ler mais sobre cada um desses tipos, além de detalhes como medidas, funções e materiais, leia mais sobre como escolher cubas de pia.

 

 

6. Escolha o estilo

É fundamental ficar de olho em quem fabrica a pia de cozinha, o que afeta diretamente na confiabilidade do produto e na qualidade dos acabamentos. Além disso, tenha em mente a torneira que você pretende escolher e como visualiza a pia do ponto de vista estético. Também defina se você vai optar por um frontão, aquela peça de revestimento integrada à pia, que protege a parede, impedindo que líquidos e gordura entrem em contato com ela.

 

Bancada-de-cozinha-em-granito-branco-polar-com-saia-frontao-e-borda

Frontão de azulejos azuis (Foto: Manual da Obra / Reprodução)

 

7. Defina a altura

Por fim, é só definir a altura em que a pia vai ser instalada. Normalmente, ela varia de 78 cm a 110 cm, a depender da estatura de quem vai utilizar. Veja abaixo a relação:

Relação recomendada entre estatura da pessoa (cm) / altura do balcão (cm):

 

Simples, não? Com a pia instalada, é só aproveitar todo o conforto e praticidade que ela pode oferecer à cozinha.

Se você está em busca da pia de cozinha perfeita para a sua casa, a Telhanorte é seu lugar. Em nosso site, temos uma seção especial de pias, cubas e tanques com muitos produtos de diversos tamanhos, modelos e materiais. Faça uma visita e confira as melhores marcas e os melhores preços!

 

Conheça 10 tons de granito para bancadas de cozinha

 

Edição de Vinicius Marques e Murilo Bonício

Cubas de pia da cozinha: tamanhos, modelos e materiais

pia-de-cozinha-granito-ou-marmore

| Cozinha

Confira o nosso guia sobre tamanhos e modelos diferentes de cubas para a cozinha para a sua casa

 

O momento de definir o tamanho da cuba de pia deve ser pensado com muito cuidado, pois isso afetará não só a harmonia do ambiente, mas também poderá contribuir para uma maior praticidade da cozinha.

Fazendo uma busca rápida pela loja virtual da Telhanorte, você verá que há dezenas de modelos de cubas, com dimensões e materiais diferentes. Assim, é muito importante, no momento da compra, que você tenha em mente todas as considerações necessárias para escolher pela cuba ideal!

Para te ajudar nessa escolha, listamos 5 dicas que você precisará observar, para conseguir comprar a cuba de pia certa para sua cozinha.

 

Veja também: Tipos de pia para cozinha: 4 modelos para apostar

1. Defina as medidas

A primeira etapa para escolher o modelo de cuba ideal para a cozinha é medir o tamanho da sua bancada da cozinha. Isso é importante para que você escolha uma cuba de pia com a profundidade e largura adequadas, que não ocupem todo o espaço da superfície. Cubas muito grandes podem atrapalhar o uso do gabinete para outras tarefas, como manusear os alimentos.

É importante também que você considere o conjunto como um todo: a cuba, a torneira e a pia. Essa é uma análise importante, porque caso a torneira seja fixada na bancada, você precisará reservar pelo menos 10 centímetros da bancada para a instalação delaAlém disso, qualquer pia precisa também ter pelo menos 5 cm livres entre a cuba e a borda da bancada.

É importante mencionar que a profundidade das cubas pode variar de 10 cm a 18 cm. Quanto mais funda a cuba, menos água é espirrada na hora de lavar as louças. Porém, isso pode acarretar em dores na coluna de quem a utiliza. Portanto, escolha bem o tamanho da cuba!

 

2. Considere qual será o uso da pia

Uma casa com muitas pessoas, ou que frequentemente receba muitas pessoas, precisa de uma cuba de pia que ao menos suporte a quantidade de louça suja de cada refeição. Caso a cuba seja pequena, a pia ficará repleta de coisas para lavar rapidamente e não haverá espaço para mais utensílios sujos. Caso contrário, se você mora sozinho ou receba poucas pessoas, sua pia poderá ser menor tranquilamente.

 

pia-de-cozinha-em-granito

Pia de cozinha em granito (Foto: Arkpad / Reprodução)

 

3. Defina como será instalada

De maneira geral, existem 3 instalações de cuba para cozinha: cuba integrada, de embutir e de sobrepor. Portanto, é sempre importante você conferir qual dessas opções vai escolher antes de ir atrás de uma pia. Entenda melhor:

  • Cuba de embutir: neste caso, a cuba é instalada embaixo da furação do balcão, que deve ser cortado previamente na medida da cuba. As cubas de embutir são ideais para bancadas pequenas, pois dão uma sensação de amplitude maior.
  • Cuba de sobrepor: a cuba é instalada sobre a furação do balcão. Desse modo, a abertura da bancada deve ser menor que a pia para que haja uma sobreposição.
  • Cuba integrada: é uma pia com balcão e cuba integrados. Ela é moldada diretamente na superfície da bancada.

 

Caso você ainda não tenha a pedra da bancada da cozinha, o ideal é comprar a cuba antes e depois entregá-la para o profissional que fará o recorte. Assim você garante que o corte e o acabamento sejam perfeitos. 

Além disso, você também pode optar por formatos de cuba de pia retangular ou arredondada.

 

4. Escolha o número de cubas necessárias

Caso você tenha um espaço amplo para a instalação da cuba de cozinha, é possível optar por modelos de cubas duplas ou triplas.

Essas opções, além de possibilitarem a praticidade de mais pessoas utilizarem as cubas ao mesmo tempo, oferecem também um maior multiuso do espaço. Como por exemplo, você pode utilizar uma das cubas para a limpeza dos alimentos, deixando a outra para a devida lavagem da louça suja.

 

Leia também: Espaço multifuncional: o que é, pra que serve como criar?

 

5. Opte pelo material adequado

O material da pia não interfere diretamente em seu tamanho. Entretanto, é um item importante, que deve ser devidamente considerado. Nossa recomendação é que você opte pela cuba de inox. Ela permite uma manutenção mais simples, além de apresentar boa durabilidade. 

Os modelos de cuba inox com brilho são as mais tradicionais, mas se você deseja um aspecto mais sofisticado, invista em cubas de inox fosco.

 

pia-de-dekton-marmore-granito-cozinha

Pia de mármore (Foto: Magma Mármores / Reprodução)

 

Onde encontrar modelos com diferentes tamanhos de cuba de pia para cozinha?

NaTelhanorte você encontra um setor completo de Cozinha, para escolher entre os diferentes modelos e tamanhos de cuba de pia, além dos acessórios para a instalação como válvula, flexíveis e sifões, além do triturador de alimentos e, claro, da torneira para cozinha

 

Edição de Vinicius Marques e Murilo Bonício

Pia de cozinha de granito ou mármore?

pia-de-dekton-marmore-granito-cozinha

| Cozinha

Conheça as vantagens e desvantagens do mármore e do granito para pias de cozinha e escolha a melhor opção

 

Para realizar o acabamento e decoração da cozinha, precisamos sempre tomar as decisões com cuidado. Esse é um cômodo que passamos grande parte do dia não apenas socializando com nossos familiares, mas também realizando afazeres domésticos que, na correria, podem ser bem estressantes. Por isso, é importante que se escolha uma decoração agradável, moderna, mas que não sobrecarregue o ambiente. 

Na hora de escolher a pia de cozinha, as peças de granito e de mármore são alguns dos materiais nobres mais cotados. Mas é sempre bom ter o máximo de informações a respeito do objeto que você vai comprar, pois, afinal, quando se trata de escolher peças-chave para os cômodos da casa, é importante pensar não só na estética, mas principalmente na funcionalidade e durabilidade do material.

Detalhes como a pia e a bancada da cozinha devem ser escolhidos a dedo, para que não haja gastos desnecessários com reposição em um curto período de tempo. Assim, caso você esteja entre o granito ou o mármore, vale se perguntar: qual o ideal para sua cozinha? Saiba que esses dois materiais têm características diferentes que são determinantes para a sua escolha.

 

Veja mais em: Conheça 10 tons de granito para bancadas

 

Granito ou mármore?

O granito para cozinha e o mármore são ambas pedras nobres e esteticamente muito bonitas, mas é importante entender as características de cada um para fazer a escolha certa para a pia da cozinha!

Pense nessa parte específica do cômodo. Na pia são lavados todos os utensílios da casa, pratos e peças de eletrodomésticos. Além disso, muitos alimentos são cortados sobre a superfície: manipulamos substâncias ácidas, alimentos que soltam cor e etc. Ou seja, esse material não pode absorver muita água, pois estará sempre molhado. Também deve ser resistente a rachaduras, manchas e arranhões, para que possa durar por bastante tempo, sem perder a beleza.

 

Características do granito

O granito é um tipo de rocha formado por minerais como feldspato, quartzo, mica, entre outros. As peças de granito existem em uma grande variedade de tamanhos, cores, estilos e formas para combinar com qualquer cozinha.

Além de bonitas, as pias de cozinha de granito são altamente duráveis e bastante resistentes ao calor. O granito também é extremamente resistente a arranhões, muito higiênico e fácil de limpar. Não é à toa que ele é uma das escolhas mais frequentes tanto para a pia quanto para a bancada de cozinha.

No entanto, alguns modelos e cores de granito (em especial, as mais claras) podem absorver líquido e mancharem com o tempo. Para isso, é necessário realizar a impermeabilização da peça, com produtos específicos para essa função.

 

bancada-cozinha-granito-verde-ubatuba-preto

Bancada de granito ubatuba (Foto Studio Minuto / Reprodução)

 

Características do mármore

O mármore é uma rocha metamórfica derivada do calcário e bastante utilizada na construção civil em geral e na decoração. Suas cores e desenhos variam de acordo com o grau metamórfico e com os minérios presentes em cada rocha. Assim como o granito, ele pode ser suavizado e polido para a produção de diversas peças decorativas e funcionais que vemos nas lojas.

O mármore é altamente valorizado como material de construção e, portanto, tende a apresentar um preço relativamente alto. Ele é mais poroso que o granito e, por isso, acaba absorvendo mais água e criando manchas. Além disso, tem uma propensão maior a deformar e até quebrar ou lascar, por ser uma pedra menos resistente.

Apesar disso, o mármore também pode ser tratado para se tornar impermeável, com produtos específicos. Lembre-se sempre de consultar a opinião de profissionais, antes de comprar e impermeabilizar as suas peças, pois você pode acabar danificando a pedra.

 

bancada-cozinha-marmore-branco-carrara

Bancada de mármore carrara (Foto: Wevans / Reprodução)

 

Agora é com você!

Uma pia de cozinha de granito ou mármore pesa no seu orçamento? Uma alternativa acessível a uma pia de pedra sólida é a feita de material acrílico ou, mesmo, uma superfície de pedra quartzo, mas que conta com resina em sua composição (a pedra sintética à base de quartzo). A vantagem adicional desse modelo é a resistência consideravelmente maior e a porosidade menor (e, portanto, mais resistente a manchas) quando comparada às pedras naturais.

Ainda está com dúvidas? Confira aqui no blog como escolher pia de cozinha, busque por referências e se inspire! Depois disso, é só acessar a loja virtual da Telhanorte, ou visitar uma de nossas lojas!

Caso precise de ajuda, é só nos chamar pelo  WhatsApp, para fazer suas compras com segurança.

 

 

Edição de Vinicius Marques e Murilo Bonício