Como reformar um imóvel alugado? | Blog Telhanorte
home > Decoração > Como reformar um imóvel alugado?

Como reformar um imóvel alugado?

| Decoração

 

Saiba o que você pode (e deve) fazer quando alugar uma casa ou apartamento que precisa de uma cara nova!

 

Depois de muito procurar, visitar e negociar, você consegue alugar seu espaço, mas… e se ele não for exatamente como você imaginava? Vale a pena reformar casa/apartamento alugado?

No artigo de hoje, falaremos sobre alguns casos em que a reforma vale, sim, a pena, e sobre outros em que é melhor não. Para este segundo cenário, apresentaremos também algumas dicas para transformar o espaço sem o temido quebra-quebra!

Não sabia que isso era possível? Então vem com a gente!

 

Posso reformar minha casa alugada?

A resposta sobre a possibilidade de reformar um imóvel alugado é: depende!

Primeiramente, a permissão (ou não) para realizar reparos e reformas deve ser dada pelo proprietário do imóvel alugado.

Em alguns casos, o próprio contrato de locação já traz as restrições e possibilidades de modificação do espaço. Em outros, as demandas de pequenos ajustes são elencadas durante a vistoria que marca o início do contrato.

É importante, entretanto, comunicar à imobiliária ou ao dono da propriedade quaisquer intenções de reforma. Quando conversada, a oportunidade de renovar o imóvel pode se tornar, inclusive, um desconto no valor do aluguel.

Fazer reformas por conta própria, porém, não é indicado em nenhuma situação. Ao encarar todas as responsabilidades de transformar um espaço que não lhe pertence, você assume, também, os riscos de ter que arcar com prejuízos e até multas futuras.

 

Dicas para reformar apartamento alugado

A melhor maneira de reformar um imóvel alugado sem ter dores de cabeça é apostando em alternativas paliativas de reforma.

Isso significa que, enquanto durar seu contrato, você poderá desfrutar de um espaço que tenha mais o seu estilo. Mas, quando vencer seu período de estadia, nenhuma das alterações feitas por você será definitiva, podendo ser desfeita e retornando o imóvel a seu estado anterior.

A seguir, apresentamos algumas sugestões de reforma prática para casa ou apartamento alugado.

 

Revestimento adesivo

Um dos grandes problemas enfrentados por quem aluga um imóvel (em especial uma casa ou apartamento antigo) é o azulejo de banheiros e cozinhas. Com o tempo, o material se desgasta, peças se soltam e a estética do ambiente deixa muito a desejar!

Uma boa forma de contornar essa situação é investindo em adesivos para azulejos. Entre os mais populares revestimentos adesivos de parede, estão as imitações do clássico “tijolinho” e dos tradicionais e coloridos ladrilhos hidráulicos.

Eles podem ser impermeáveis e resistentes a água e gordura, além de contarem com inúmeros padrões e estampas.

 

Sugestão de leitura: Ficou curioso? Então descubra Papel de parede para banheiro: pode molhar?

 

Papel de parede para banheiro pode molhar

Papel de parede para banheiro: conheça o adesivo vinílico (Foto: Viajando no Apê / Reprodução).

 

Adesivo-de-Azulejo-45x60cm-Tijolo-Branco-Grudado-1770640

Adesivo de Azulejo 45x60cm Tijolo Branco Grudado (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Além de imitar revestimentos modernos, os adesivos também podem ajudar a personalizar um espaço.

Se estivermos falando do escritório, por exemplo, que tal investir em uma parede de lousa? Alguns adesivos reproduzem essa textura e até permitem que a escrita seja apagada conforme a demanda do usuário.

 

 

adesivo-lousa

A tendência do momento :Home Office. Aposte em adesivos de lousa (Foto: Casa de Boneca / Reprodução).

 

Pisos vinílicas e laminados

Para os pisos antigos, descascados ou sem graça, nossa recomendação é usar e abusar dos pisos laminados e vinílicos.

O piso vinílico é feito com PVC. Já o laminado é composto por camadas de materiais derivados da madeira, com estampa decorativa impregnada com resina.

Fáceis de aplicar, eles sobrepõem o piso original sem que seja necessário quebrar um centímetro sequer. Basta colar ou encaixar as placas no espaço desejado.

laminado e o vinil podem ser aplicados sobre cerâmica, pedra e concreto, desde que a superfície esteja completamente regularizada, limpa e seca.

Uma dica é cobrir o piso original com uma manta protetora que, além de proteger contra umidade, deixará o piso original conservado para caso o proprietário ou outro inquilino – ou até mesmo você – decida remover as placas.

 

instalacao-piso-laminado-passo-a-passo

Instalação de piso novo sobre piso existente (Foto: IStock / Divulgação).

 

Pinturas e texturas

Paredes e corredores também podem ganhar ares personalizados com a aplicação de cores e texturas.

Aproveite para investir em tintas de fácil aplicação e secagem e torne o investimento ainda mais baixo fazendo você mesmo o processo!

 

Sugestão de leituraAs cores de 2021: Ultimate Gray e IlluminatingQuais os principais tipos de tinta para parede?

 

como-escolher-tintas-para-sua-obra-acrilica

(Foto: Oman Buildex / Reprodução).

 

Iluminação diferenciada

Outra dica interessante para quem deseja reformar casa/apartamento alugado sem ter problemas é investir em uma iluminação diferenciada.

Uma sugestão é apostar nos trilhos com spots, que são instalados com facilidade e podem ser retirados conforme a necessidade.

Investir em formas de iluminação criativas, como luminárias, arandelas e abajures também ajuda a dar cara nova ao ambiente.

Se o imóvel alugado for antigo, provavelmente terá lustres igualmente ultrapassados. Substitua-os por estruturas modernas e garanta um novo ar ao ambiente!

 

Sugestão de leitura: Murilo Weitz cria linha de luminárias para TelhanorteColeção Casulo: luminárias feitas pela Ohma DesignRodrigo Ohtake cria luminárias exclusivas para a Telhanorte

 

abajur-PVC-quarto-iluminação-decoração

Abajur feito com cano de PVC (Foto: Tua Casa / Reprodução).

 

Mude tomadas de lugar

Quando alugamos um imóvel, nem sempre as tomadas estão nos lugares que precisamos, não é mesmo? Saiba que é possível mudar a posição de tomadas e interruptores sem quebrar as paredes fazendo o uso de eletrofita! Elas possuem valores acessíveis e permitem que a mudança ocorra sem quebra-quebra!

 

Leia mais: Eletrofita: saiba tudo sobre essa novidade em elétrica em nossa matéria no blog!

 

Móveis modernos

Se o seu contrato for rígido e não possibilitar nem mesmo pequenas intervenções, não pense que tudo está perdido! O mobiliário escolhido pode dizer muito sobre você e seu estilo, trazendo personalidade e originalidade ao ambiente.

Contraponha paredes brancas com móveis coloridos, tapetes e itens decorativos nas paredes, como quadros e painéis. Para que não seja necessário nem mesmo furar a parede, o mercado já disponibiliza fitas e ganchos adesivos ultra resistentes feitos para esse tipo de instalação.

 

Sugestão de leitura: Puffs quadrados decorativos: dicas para usar na decoraçãoGeladeira na sala: como usar na decoração?

 

geladeira-amarela-sala-de-estar

Mini geladeira em estilo frigobar como destaque na sala de estar (Foto: Viva Decora / Reprodução).

 

Objetos com valor afetivo

Quer forma melhor de ter um espaço com a sua cara do que depositar ali itens de grande valor afetivo?

No fim de um dia corrido, tudo o que queremos é um lugar que nos conforte para descansar. Se reformar sua casa é impossível, busque esse conforto nas memórias e lembranças de momentos felizes.

Construa pequenos cantinhos com fotos, objetos e recordações de experiências memoráveis, pessoas queridas e conquistas de sonhos, como viagens, formaturas e datas especiais.

 

abajur-quarto-iluminação-decoração

Abajur em tamanho que comporte outros objetos sobre a mesa de cabeceira (Foto: Histórias de casa / Reprodução).

 

Vale a pena reformar casa/apartamento alugado?

Depois de ler nosso artigo, você já é capaz de responder a essa pergunta, não é mesmo? Com tantas alternativas à obra tradicional, reformar um imóvel alugado vale a pena sim! Especialmente se o objetivo for deixar o espaço com a sua cara.

Lembre-se de que, para contornar obstáculos contratuais, a melhor saída para reformar sua casa/apartamento de aluguel é abusar da criatividade e mudar o espaço sem mexer em sua estrutura!

 

Edição por Murilo Bonício e Camila Alexandrino