área externa | Blog Telhanorte

Aprenda a montar uma cozinha gourmet na sua área externa

cozinha-area-externa-gourmet

| Área Externa

Conheça os benefícios de ter uma cozinha gourmet e confira o que é preciso para planejar o espaço

 

A cozinha gourmet na área externa é um espaço organizado para receber amigos e familiares, pensada para ser um ambiente mais livre e aconchegante, propício para fazer um churrasco com a família aos finais de semana, receber os amigos para jogar conversa fora preparando refeições rápidas ou até mesmo um simples café da tarde.

A cozinha gourmet pode estar em projetos de casas ou apartamentos, quase sempre localizada nos fundos da residência, podendo até se parecer com uma edícula. No caso de apartamentos, costuma estar localizada na varanda ou sacada.

 

Livre e aconchegante: Benefícios de ter uma cozinha gourmet na área externa

Receber bem, preparar receitas e interagir com os convidados é um desejo comum entre pessoas que gostam de cozinhar e receber amigos e familiares para confraternizar. Aos amantes de fritura e happy hour, a cozinha gourmet na área externa é uma ótima opção para livrar a casa dos maus cheiros de alguns preparos.

 

cozinha-area-externa-quintal-piscina-gourmet

Cozinha integrada com o quintal na área externa FOTO: Reprodução/Decorfacil

 

Como montar uma cozinha gourmet?! Ideias e dicas para se planejar

Para começar a idealizar o seu projeto de cozinha gourmet na área externa, o ideal seria que você, com a ajuda de algum especialista, elaborasse o que gostaria de fazer no local. Na TELHANORTE, temos um serviço exclusivo e gratuito para te ajudar a visualizar o projeto pronto. Basta visitar uma de nossas lojas e procurar pelo espaço do Projete-se. Não se esqueça de levar as medidas do ambiente que você deseja reformar e algumas imagens ou ideias de inspiração. Nossas projetistas irão desenhar a cozinha gourmet dos seus sonhos e, além de receber uma imagem 3D do ambiente,  você também sairá com o orçamento completo para transformar o espaço.

 

Veja também: Cubas de pia da cozinha: tamanhos, modelos e materiais

Móveis

Os móveis são itens muito importantes no projeto, pois criam um espaço mais aconchegante. Uma boa dica é escolher móveis multifuncionais para espaços pequenos e modelos que sejam resistentes e propícios para áreas externas, já que esses espaços podem estar sujeitos a respingos de chuva e exposição ao sol.

 

cozinha-area-externa-gourmet

Cozinha Gourmet FOTO: Reprodução/Decorfacil

Decoração

A decoração deve ser pensada previamente para definir o estilo do espaço. Como a ideia da cozinha gourmet é de um espaço para reunir pessoas, uma boa dica é investir em peças coloridas e vibrantes. Decore o ambiente com quadros, almofadas, espelhos e itens que vão dar mais personalidade para o local.

 

O que precisa ter na sua área gourmet:

  1. Cobertura e proteção para chuvas inesperadas
  2. Iluminação adequada para quando escurecer
  3. Churrasqueira e bancada para o lazer do final de semana
  4. Mesas e cadeiras confortáveis
  5. Móveis soltos e funcionais, que podem mudar de acordo com a necessidade
  6. Plantas e flores para decorar e trazer aconchego

 

Agora ficou mais fácil pensar em ter sua cozinha gourmet na área externa, né?

Então que tal começar a colocar a mão na massa? Na loja virtual da Telhanorte você encontra um setor de Decoração com tapetes e cortinasalmofadas, lumináriasmolduras decorativas e placas decorativas.

 

Por Gustavo Cardoso | Edição Stéphanie Durante

Conheça as tintas para área externa da linha Coral Proteção Sol & Chuva

linha-de-pintura-coral-protecao-sol-e-chuva-paredes-externas-casa-bonita-tempo

| Área Externa

Proteja as paredes externas da sua casa contra fissuras, algas e mofos com a linha de produtos Coral Proteção Sol & Chuva.
Saiba mais!

Publieditorial da Coral

 

Sabia que as paredes da sua casa dilatam e podem causar microfissuras na sua pintura? A Coral tem a solução ideal para as paredes externas da sua casa. Use produtos da família Coral Proteção Sol & Chuva e conte com a exclusiva tecnologia com polímero flexível, que estica e volta, protegendo suas paredes externas contra fissuras, algas e mofos. Sua casa bonita e protegida por mais tempo.

Manter a pintura da casa em boas condições, com as variações bruscas de temperatura, pode ser um problema.  Os raios solares cada vez mais fortes e as chuvas fazem com que as paredes das casas fiquem suscetíveis a fissuras, mofos e algas. Pensando na proteção das paredes externas das casas, a Coral desenvolveu a linha de produtos Coral Proteção Sol & Chuva especialmente para cuidar do exterior da sua casa.

A tecnologia desenvolvida pela Coral para os produtos da Linha Coral Proteção Sol & Chuva atua como um escudo protetor na superfície.

Além do alto desempenho e durabilidade, a tinta Coral Proteção Sol & Chuva está disponível em mais de 2 mil cores dentro do nosso leque de opções. Se você está em dúvida, podemos te ajudar com isso. Basta acessar a nossa paleta.

Uma linha completa para proteger as paredes externas da sua casa!

 

Agora que você já sabe como proteger as paredes da sua casa, acesse o site da Telhanorte ou visite a loja física mais próxima a você. Os nossos profissionais estão prontos para te ajudar e tirar todas as suas dúvidas!

Crie seu jardim em casa

plantas-jardim-mulher-terra-vaso-casa-cultivar-horta-natureza

| Área Externa

Quer trazer mais natureza para dentro da sua casa? Então confira essas 4 dicas para o cultivo de plantas no seu quintal

 

Você é uma pessoa que adora plantas e flores mas não sabe como ter o próprio jardim em casa? Então venha com a gente e descubra que cultivar um jardim só seu, não é tão complicado quanto parece. Antes de tudo, é sempre bom pesquisar que tipo de jardim você quer e quais plantas terá.

 

1. Pesquise quais são as flores da estação

É importante saber que cada flor tem a sua estação certa, portanto, pesquise quais plantas e flores você quer ter para compor o jardim, e veja a melhor estação de cada uma delas. Escolha suas preferidas e mãos à obra!

 

planta-flor-jardim-vaso-ar-livre-natureza

Flor Rosa do Deserto em vaso (Foto: blog.plantei.com.br/Reprodução)

 

2. Fique de olho no clima

Nos dias mais fresquinhos, não precisa de tanta irrigação quanto no verão. Utilize solos com boa drenagem e molhe apenas quando ele estiver realmente seco, pra evitar o acúmulo excessivo de água. Sem dúvidas, o sol é um dos fatores mais importantes para o desenvolvimento da planta. Algumas precisam de calor e luz, outras de sombra. Por isso, no caso das flores de outono/inverno, faça os canteiros normalmente em áreas onde tem mais luz solar.

 

jardim-plantas-flores-regando-agua-natureza

Regando o jardim de casa (Foto: www.istockphoto.com/Reprodução)

 

3. Adubação e manutenção são essenciais

Você pode cuidar da terra uma vez por mês com um composto orgânico, que além de durar mais, altera a retenção de água. Mantenha o canteiro limpo, retire torrões, galhos e raízes, isso já reduz o risco do aparecimento de pragas e doenças.

 

terra-adubar-plantação-planta-flor-jardim

Adubando a terra (Foto: www.sitiopema.com.br/Reprodução)

 

4. Tenha as ferramentas certas

Pra te ajudar em todos os cuidados do seu novo jardim, invista em um conjunto de ferramentas de jardinagem. Os itens básicos e muito úteis para você que quer começar a cuidar do seu jardim, são: pazinhas, ancinhos, garfos, tesoura pra poda e luvas em malha pra facilitar o manuseio da terra. 

 

Veja também: 10 espécies de plantas ideais para espantar insetos

 

Então é isso, agora você já sabe os 4 passos básicos de como cultivar um jardim e se conectar mais com a natureza. Aproveite e venha ver a sessão de jardim no site da Telhanorte e melhore ainda mais o seu jardim!

 

Edição por Veronicca Fernandes

Como comprar tinta de qualidade

tipos-tinta-esmalte-tipos-tinta-esmalte-madeira-aplicacao-pintura-base-oleo-agua-corte

| Se Liga na Dica

 

Saiba como escolher tintas de qualidade para a sua reforma

 

Comprar tinta pela internet pode ser arriscado, não é mesmo? Sem a presença de um profissional de confiança ao lado, pode surgir o medo de escolher um produto com pouca qualidade e ineficiente. Mas sabia que há algumas maneiras para você conseguir escolher uma boa tinta, sem medo de errar? Confira o nosso guia, para te ajudar a comprar a tinta ideal para a sua obra.

 

Confira em nosso site: Tintas

Tinta-acrilica-Gesso-e-Drywall-branca-36L-Suvinil

Tinta acrílica Gesso e Drywall branca 3,6L Suvinil (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Como comprar tinta com segurança

 

1. Conheça as necessidades da sua obra

Um primeiro passo importante é ter bem definido o que você precisa. Para isso, a ajuda de um especialista pode ser essencial. A superfície que você irá pintar será de madeira, gesso, concreto ou metal? Será na área externa ou interna da casa? O que será pintado: móveis, paredes ou o chão? Ter essas informações na ponta da língua te ajudará a comprar o tipo certo de tinta, seja ele tinta acrílica, látex PVA, esmalte sintético, epóxi, etc.

 

Sugestão de matéria: Aprenda como fazer o planejamento de obra e conheça os principais tipos de tinta.

 

Além disso, para te ajudar nessa escolha, é interessante que você saiba os níveis de resistência à abrasão e resistência à água necessários e o poder de cobertura que você precisa para cada superfície. Você também precisará escolher entre categorias diferentes de tinta: Econômica, Standard, Premium e Super Premium.

A Econômica é a opção mais barata dentre as quatro, é indicada para demandas mais simples e pontuais e seus resultados são mais limitados, em relação às demais categorias. A tinta Standard já possui mais opções e traz melhores resultados, podendo ter um ótimo custo-benefício, a depender do que você precisa. As tintas Premium e Super Premium são mais resistentes à abrasão, sol e água e possuem qualidade elevada, o que faz com que os preços subam também.

 

2. Verifique as certificações do produto

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), possui uma série de normas (NBR) para a categoria de tintas, determinando certos padrões que cada tipo de produto deve seguir. Você pode encontrar as NBR as quais cada produto se adequa nas embalagens ou informações técnicas. Algumas dessas normas são:

NBR 11702:2010 – Tintas para construção civil – Tintas para edificações não industriais – Classificação
NBR 13245:2011 – Tintas para construção civil — Execução de pinturas em edificações não industriais — Preparação de superfície.
NBR 14940:2010 – Tintas para construção civil – Método para avaliação de desempenho de tintas para edificações não industriais –
Determinação da resistência à abrasão úmida.
NBR 14942:2003 – Tintas para construção civil – Método para avaliação de desempenho de tintas para edificações não industriais –
Determinação do poder de cobertura de tinta seca.
NBR 14943:2003 – Tintas para construção civil – Método para avaliação de desempenho de tintas para edificações não industriais –
Determinação do poder de cobertura de tinta úmida.
NBR 15079:2011 – Tintas para construção civil – Especificação dos requisitos mínimos de desempenho de tintas para edificações não industriais
– Tintas látex nas cores claras.
NBR 11702:2010 – Tintas para construção civil – Tintas para edificações não industriais – Classificação
NBR 13245:2011 – Tintas para construção civil — Execução de pinturas em edificações não industriais — Preparação de superfície.

 

3. Consulte o Programa Setorial da Qualidade

O Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade no Habitat (PBQP-H), em seu Programa Setorial de Qualidade (PSQ), é um grande responsável por certificar produtos e produtores no país. A maior parte das empresas fornecedoras de tinta estão certificadas pelo programa. No site Tinta de Qualidade, você pode checar se a marca que você está para comprar foi qualificada pelo PSQ ou não.

 

4. Cheque o teor de solventes orgânicos voláteis (VOC)

Hoje em dia, muitas pessoas têm como critério de compra escolher produtos que não causem grandes impactos no meio ambiente. Por isso, na hora de comprar a tinta, verifique se na embalagem há selos que comprovem o baixo impacto e sustentabilidade do produto e marca.

O teor de solventes orgânicos voláteis (em inglês, volatile organic compounds – VOC) é o índice de solventes presentes na tinta que, em contato com o ar, produzirão ozônio, poluindo a atmosfera. O seu valor é geralmente apresentado em gramas de solvente por litro de tinta. Assim, produtos com índices baixos de VOC terão menos impacto negativo no ambiente. O cálculo do VOC é feito a partir da seguinte fórmula: VOC = (100 – SP) x ME x 10, onde SP se refere à porcentagem de Sólidos por Peso e ME, à Massa Específica da tinta líquida, em gramas por litro.

 

5. Saiba qual acabamento escolher

Além de escolher entre tinta acrílica, látex PVA, epóxi, esmalte, verniz, entre outras , você também precisará escolher o acabamento adequado à superfície que será pintada. Uma dica fundamental é considerar o ambiente como um todo, harmonizando todos os elementos do espaço. Crie uma decoração agradável e bonita! Os principais acabamentos que você encontra no mercado são: acetinado, fosco, semibrilho e brilhante.

 

tinta-suvinil-clássica-premium-maxx-camurça

Tinta Suvinil Clássica Premium Maxx PVA 3,6 litros camurça (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Agora é só pintar!

É importante lembrar que a tinta que você escolher deve ser tão boa quanto a qualidade das  ferramentas com as quais você pinta. O uso de ferramentas de alta qualidade te ajudará a obter o melhor resultado.

Confira a sessão de Tintas no site da Telhanorte e compre tudo que você precisa para a pintura da casa: massas, acessórios, verniz, stain e muito mais! Se precisar, entre em contato com a nossa equipe pelo WhatsApp ou visite uma de nossas lojas!

 

Conheça os principais tipos de tinta

 

 

 

Por Vinicius Marques

7 tipos de janelas para varandas bonitas e seguras

tipos-janelas-varandas-2

| Área Externa

 

A varanda é um ótimo recurso para trazer luz natural aos demais ambientes da casa. Confira 7 modelos de janelas ideais para esse espaço!

 

Uma varanda pode trazer muitos benefícios para dentro de casa. Ela deve permitir a passagem de luz natural e de ar, aproveitando o contato com a área externa. Além disso, em casas térreas, é preciso garantir a segurança e evitar que estas janelas se tornem um ponto vulnerável da casa. Separamos abaixo alguns modelos de janelas para varandas: dos mais simples até os modelos com mais folhas e detalhes. Continue lendo e confira!

 

7 modelos de janelas para a varanda

 

1. Janela para varanda de vidro

A janela para varanda de vidro é um produto que garante uma boa iluminação e proteção contra chuva e variações de temperatura, pois possui ótima vedação em suas frestas. As esquadrias de alumínio também devem ser de alta qualidade para garantir maior durabilidade e preservar o efeito do acabamento. São ideais para ambientes em que seja necessária a entrada de luz e ar, por isso se encaixam tão bem nas varandas. A limpeza também é fácil: basta passar um pano úmido.

 

Janela-veneziana-de-correr-direita-Esquadrisul-de-aluminio-2-folhas-Ecosul-A--100cm-x-C--120cm-brilhante-1621360

Janela de Correr Ecosul (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

2. Janela para varanda com uma folha

O formato quadrado desse tipo de janela para varanda já é um diferencial por si só e traz um toque moderno e sofisticado para o ambiente. Durante o dia, ela pode ficar completamente aberta, permitindo a entrada de luz, mas também pode ser útil para vedar totalmente o ambiente interno da luz exterior. O material da folha é feito de aço resistente que garante uma vida útil maior e um perfeito funcionamento.

 

Janela-de-aco-1-secao-Minas-Sul-60x60x12cm-preto-MGM

Janela de aço 1 seção preto (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

3. Janela de  alumínio para varanda

Os tipos de janelas para varandas de alumínio têm um ótimo custo-benefício. A esquadria de alumínio combina com uma decoração marcante que tem um fit perfeito tanto para ambientes internos quanto externos. Os modelos com grade quadriculada agregam ainda mais segurança, sem perder no estilo visual das peças. Os modelos de seis folhas permitem manter uma parte da janela fechada, sem impedir a passagem de ar.

 

Janela-Correr-de-Aco-6-Folhas-c--Grade-Quadriculada-Pratika-Black-100x150cm-Preto-Sasazaki-1750372

Janela Correr de Aço 6 Folhas c/ Grade Quadriculada Prátika Black 100x150cm Preto Sasazaki (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

4. Janela para varanda de vidro com esquadria clara

Os tipos de janelas para varandas com esquadria clara criam ambientes mais suaves e combinam com as decorações minimalistas que, por sua vez, ornam com o ambiente externo. Assim como os modelos acima, a esquadria marcante e as folhas de vidro valorizam a entrada de luz, mesmo com a janela fechada. O design da janela de correr sem divisão e sem grade deixa o cômodo mais clean, permitindo outros detalhes mais ousados ou coloridos.

 

Janela-de-correr-4-folhas-Pratika-120x200x12cm-2212113-8-Sasazaki

Janela de correr 4 folhas Pratika 120x200x12cm 22.12.113-8 Sasazaki (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

5. Janelas para varanda com grandes extra

Como segurança é um critério importante para os tipos de janelas para varandas, os modelos com grade extra são ótimas opções. Mesmo com um design mais pesado, essa opções podem combinar perfeitamente a proteção com o desenho quadriculado da estrutura. As decorações de estilo industrial combinam bem com este tipo de janela. 

 

Janela-de-correr-4-folhas-Belfort-100x200x8cm-6341342-9-Sasazaki-776041

Janela de Correr 4 Folhas Sasazaki Belfort 100X200X8 (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

6. Janela para varanda com detalhes

Os detalhes dos tipos de janelas para varandas podem ir além do vidro e das divisórias geométricas. Alguns modelos unem dois acabamentos diferentes como no da foto abaixo, onde a parte central é formada por estruturas paralelas que lembram elos. No mercado, é possível encontrar detalhes variados e de diferentes formatos. Aproveite para combinar a peça com a proposta de decoração.

 

Janela-de-correr-de-aco-4-folhas-com-grade-Minas-Sul-100x100x12cm-preto-MGM

Janela de correr de aço 4 folhas com grade (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

7. Janela para varanda com grande clara

As grades e detalhes que reforçam a segurança podem destacar muito a peça e, se essa não for a intenção, também existem os tipos de janelas para varandas com acabamentos mais claros. As folhas de correr e sem divisão também facilitam o movimento de abre e fecha sem interferir nas laterais das paredes. 

Janela-de-correr-2-folhas-Pratika-100x150x12cm-2222503-0-Sasazaki-1255762

Janela de correr 2 folhas Pratika 100x150x12cm 22.22.503-0 Sasazaki (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Gostou das ideias de tipos de janelas para varandas?

Aproveite que você já conhece os tipos de janelas para varandas e visite uma de nossas lojas físicas ou faça seu pedido no site da Telhanorte! Além de Janelas, no site você também encontra opções de Portas e Batentes, Guarnições e Acessórios. Fazendo seu pedido online você paga com segurança e recebe seu pedido em casa!

 

Quer encontrar o modelo de janela ideal?

 

Edição de Vinicius Marques e João Victor Quintino

Varandas Gourmet: uma seleção de espaços para você se inspirar

varanda-gourmet-coral.jpeg

| Área Externa

 

Confira 5 ambientes que podem te inspirar para decorar sua área externa

 

Publieditorial da Coral

 

As varandas gourmet ganharam status de área social nobre e importantíssima dentro de um apartamento. Trata-se de um local aconchegante e acolhedor, normalmente muito arejado e com iluminação natural. Para quem deseja dar um “up” nesse ambiente tão agradável, escrevemos abaixo uma seleção de espaços da casa para você se inspirar.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Telhanorte (@telhanorte)

 

Em termos de apartamentos, decorar, ocupar e aproveitar a varanda é uma forma de ampliar a área social sem precisar fazer grandes obras. É possível transformar a varanda gourmet em uma segunda sala de estar, com um sofá, poltronas, puffs e almofadas. É importante, além de deixar o ambiente confortável, garantir que o tecido dos móveis e acessórios sejam resistentes ao contato da água e raios de sol, especialmente se a varanda não for fechada.

 

varanda-gourmet-coral.jpeg

A escolha da tinta de parede tem grande influência do acabamento do espaço (Foto: Coral / Divulgação)

 

Outro espaço legal para se inspirar é o bar. Com uma bancada americana, uma prateleira com suas bebidas favoritas, um frigobar e uma adega, você torna a varanda gourmet num ótimo espaço para beber e conversar entre amigos.

Você também pode se inspirar em um jardim ou até uma pequena horta urbana, seguindo a tendência Urban Jungle.

 

Sugestão de matéria: Confira 4 dicas para montar uma horta em casa, saiba como montar um bar em casa e aprenda tudo sobre Urban Jungle

 

O mais comum, no entanto, é tornar o espaço numa segunda sala de jantar para aproveitar melhor a churrasqueira e a área de cozinha gourmet. Você pode, inclusive, optar por deixar a sala de jantar apenas na varanda e reaproveitar o espaço interno da casa para outras propostas.

 

Revestimento para varanda: escolha o melhor em 5 passos

 

Edição de Vinicius Marques

Como ter uma das casas mais protegidas do mundo?

casas-protegidas-coral-telhanorte-sol-chuva-pintura-externa

| Área Externa

 

Uma casa bonita por muito mais tempo! A linha Coral Proteção Sol & Chuva Impermeabilizante protege as paredes externas das casas

 

Publieditorial da Coral

 

Manter a pintura da casa em boas condições, com as variações bruscas de temperatura, pode ser um problema. Os raios solares cada vez mais fortes e as chuvas fazem com que as paredes das casas fiquem suscetíveis a fissuras, mofos e infiltrações. Pensando na proteção das paredes externas das casas, a Coral desenvolveu a linha de produtos Coral Proteção Sol & Chuva especialmente para cuidar do exterior da sua casa.

Tinta-Protecao-Sol-e-Chuva-acrilica-18-litros-branco-Coral

Tinta Coral Sol e Chuva Premium Proteção Branco 18 Litros (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Muita tecnologia envolvida

A tecnologia desenvolvida pela Coral para os produtos da Linha Coral Proteção Sol & Chuva Impermeabilizante atua como um escudo protetor na superfície. A linha de impermeabilizantes traz em sua fórmula o polímero flexível da Coral, que estica e volta, acompanhando os movimentos das paredes. Esse movimento da superfície acontece devido à variação térmica.

 

coral-protecao-sol-chuva

Uma linha completa para proteger as paredes externas da sua casa (Foto: Coral / Divulgação)

 

Isso faz com que a parede permaneça protegida contra fissuras, mofos e algas e que fique em boas condições por muito mais tempo. É por isso que a tinta Coral Proteção Sol & Chuva Pintura Impermeabilizante tem credibilidade com os pintores por sua durabilidade e um ótimo acabamento. Aliás, para contratar um profissional de pintura de confiança qualidade e indicado pela Coral, acesse o site Páginas Coloridas.

 

Várias cores para escolher

 

sol-chuva-tinta-coral

Conheça a linha de tintas da Coral Proteção Sol & Chuva (Foto: Coral / Divulgação)

 

Além do alto desempenho e durabilidade, a tinta Coral Proteção Sol & Chuva Pintura Impermeabilizante está disponível em mais de 2 mil cores dentro do nosso leque de opções. Se você está em dúvida, podemos te ajudar com isso. Basta acessar a nossa paleta. Agora, para ter certeza de que o tom escolhido é o ideal, use o Teste Fácil Coral diretamente na parede antes de comprar a tinta Coral Proteção Sol & Chuva Pintura Impermeabilizante.

 

Teste-Facil-para-pintura-Delicia-de-Verao-30ml-Coral-1581627

Teste Fácil para pintura Delícia de Verão 30ml Coral (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Edição de Vinicius Marques

Como escolher calhas de chuva?

telha-calha-chuva-casa-material-agua

| Área Externa

 

Quer saber como instalar calhas no telhado? Prepare a casa para o verão e enfrente a época das chuvas com segurança!

 

As calhas têm como função primária coletar e escoar a água da chuva do telhado para a rede pública ou para um sistema de reaproveitamento de água. Além de evitar focos de água que desgastam o telhado e ajudam na proliferação de mosquitos, as calhas também evitam infiltrações, que podem danificar a estrutura da construção a longo prazo e podem gerar mofo, que acarreta até em doenças para os moradores.

Precisando colocar ou trocar a calha da casa e não sabe por onde começar? Leia a matéria até o final e aprenda o passo a passo sobre como instalar calhas de chuva.

 

Confira na loja virtual da Telhanorte: Calhas e Rufos

Calha-Moldura-28x300cm-marrom-Calhaforte

Calha Calhaforte Moldura 28x300cm Marrom (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Principais tipos de calha

 

1. Calha de aço galvanizado

Esse tipo de calha é feito de chapas de aço que passam por um processo químico chamado de galvanização, onde se enriquece o aço com zinco, para torná-lo mais resistente à ferrugem e corrosão. É um material de fácil limpeza e com preço mais em conta quando comparado às calhas de alumínio e PVC. No entanto, não é tão resistente à umidade constante quanto os demais modelos e não reage bem à pintura.

 

Cabeceira-para-calha-galvanizada-28--esquerda-Calhaforte

Cabeceira para calha galvanizada 28″ esquerda Calhaforte (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

2. Calha de PVC

De fácil instalação, as calhas de PVC são também as mais indicadas para regiões muito úmidas, como cidades litorâneas, uma vez que seu material não oxida, não deforma, nem sofre corrosão. Esse tipo de calha também é ótimo para receber acabamento de tinta, podendo combiná-lo com a cor do telhado, além de apresentar um bom custo-benefício. O material de PVC, diferentemente das calhas de metal, não suporta grandes pressões e muito peso.

 

Esquadro-para-calha-interno-Aquapluv-Style-branco-Tigre

Esquadro para calha interno Aquapluv Style branco Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

3. Calha de alumínio

As calhas de alumínio são também muito resistentes à maresia e demais intempéries. Resiste grandes pressões e pode receber pintura eletrostática, ideal para superfícies metálicas. Sua instalação é mais complicada e deve ser feita por um profissional especializado.

 

calha-aluminio

Calha de alumínio (Foto: Cardivem / Reprodução)

 

Como instalar calhas de PVC no telhado?

Não existe um tipo certo ou errado de calha. Elas podem ser em chapa galvanizada, alumínio ou PVC e a escolha por uma ou outra vai depender da região e do volume de chuvas. Isso porque as calhas galvanizadas, apesar de mais baratas, possuem um índice mais alto de corrosão em relação às demais. Por isso, caso sua casa esteja em uma região mais úmida, é recomendado que você opte por calhas de alumínio ou PVC que, apesar de um pouco mais caras, vão ter uma maior durabilidade.

Outro ponto importante a ser analisado é o local da instalação. É sempre bom lembrar que a calha precisa circundar todo o telhado, para que não haja focos de água parada acumulados, sem escoamento. Por isso, para encontrar a medida certa da sua calha, faça o cálculo em cima de toda a área em volta do telhado. 

O número de suportes também tem que ser calculado em cima do tamanho total da área da calha de chuva, sendo que a cada 80 centímetros você deverá instalar um suporte. Ou seja, se sua calha tiver 8 metros de comprimento, você precisará de 10 suportes.

 

Sugestão de matérias:  Conheça 8 Tipos de TelhaTipos de InfiltraçãoPrincipais Tipos de Forro para TetoTipos de Manta Impermeabilizante e aprenda Como Tirar o Mofo da Parede

 

Para fazer a instalação de uma calha de chuva, você precisará de algumas ferramentas mais específicas, além das tradicionais. As ferramentas mais utilizadas são: furadeira, brocas, veda calha, rebitadeira e rebites.

 

Veda-calha-aluminio-280g-Tekbond

Veda calha alumínio 280g Tekbond (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Assista abaixo a um tutorial de como instalar calhas de PVC Aquapluv, que você encontra na Telhanorte.

 

 

Peças das calhas de PVC Aquapluv

 

Esquadro-para-calha-interno-Aquapluv-com-beiral-Tigre

Esquadro para calha interno Aquapluv com beiral Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Esquadro-para-calha-externo-Aquapluv-Style-branco-Tigre

Esquadro para calha externo Aquapluv Style branco Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Esquadro-para-calha-externo-Aquapluv-com-beiral-Tigre

Esquadro para calha externo Aquapluv com beiral Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Cabeceira-para-calha-com-beiral-Aquapluv-esquerda-Tigre

Cabeceira para calha com beiral Aquapluv esquerda Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Cabeceira-para-calha-com-beiral-Aquapluv-direita-Tigre

Cabeceira para calha com beiral Aquapluv direita Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Cabeceira-para-calha-Aquapluv-Style-10x10cm-esquerda-Tigre

Cabeceira para calha Aquapluv Style 10x10cm esquerda Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Cabeceira-para-calha-Aquapluv-Style-10x10cm-direita-Tigre

Cabeceira para calha Aquapluv Style 10x10cm direita Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Bocal-para-calha-retangular-Aquapluv-Style-branco-Tigre

Bocal para calha retangular Aquapluv Style branco Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Bocal-para-calha-com-beiral-Aquapluv-Tigre

Bocal para calha com beiral Aquapluv Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Bocal-para-calha-circular-esquerdo-Aquapluv-Style-Tigre

Bocal para calha circular esquerdo Aquapluv Style Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Bocal-para-calha-circular-direito-Aquapluv-Style-Tigre

Bocal para calha circular direito Aquapluv Style Tigre (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Gostou das dicas?

Agora que você sabe como instalar a calha de chuva, encontre tudo que você precisa nas nossas lojas físicas e no site da Telhanorte! Veja as ofertas do departamento de Telhas, Calhas e Rufos e aproveite para reformar ou construir com as melhores condições do mercado. Faça um pedido completo de todos os itens necessários para a instalação, visitando nosso setor de Ferramentas. 

Precisa de outros materiais? No site da Telhanorte e nas nossas lojas físicas, você encontra tudo o que precisa para a reforma ou construção. Aproveite também nosso cartão de crédito Telhanorte e acesse as melhores condições de pagamento do mercado!

 

Cumeeira: o que é e para que serve

 

 

Edição de Vinicius Marques e Camila Alexandrino

Dicas para pintar as paredes da casa sem erros

tinta-pintar-parede-faca-voce-mesmo-diy-pintura-profissional-rolo-cinza-luva-textura-dicas-truques

| Área Externa

 

Faça Você Mesmo! Confira truques infalíveis para uma pintura harmônica e profissional

 

Pintar as paredes é uma ótima solução para mudar a cara da decoração de algum ambiente da casa sem gastar muito. E é muito possível trazer estilo e personalidade fazendo o trabalho sozinho, no estilo “faça você mesmo”.

Para auxiliar os consumidores que desejam economizar e ainda serem responsáveis pela transformação do lar, Talita Kawahara, coordenadora da categoria de tintas da Telhanorte, orienta quais acessórios e tintas devem ser utilizados e destaca alguns truques para uma pintura harmônica e profissional.

 

11 Dicas de reforma, decoração e organização da casa

 

Segundo a coordenadora, antes de iniciar qualquer processo, a segurança deve ser lembrada. Utilizar itens de EPI, como óculos, máscara e luvas de proteção é essencial para evitar respingos nos olhos ou a inalação de poeira. Proteger o piso e os móveis também é parte importante antes de iniciar o trabalho com a pintura.

Para a parede receber a tinta, é necessário que as imperfeições estejam corrigidas e a superfície nivelada. “Para paredes internas e fora de locais úmidos, a massa corrida pode ser utilizada. Já em ambientes externos que recebem água e umidade, o ideal é aplicar a massa acrílica”, aconselha Talita.

 

Massa corrida 25kg Coral e Massa acrílica 25 kg Coral

 

Após a aplicação e a secagem do produto, utiliza-se uma lixa para afinar o acabamento. Para a pintura, há outros acessórios que são necessários, como o mexedor, a bandeja e o rolo. “Use o mexedor assim que abrir a lata de tinta para deixá-la homogênea. Em seguida, despeje a tinta no fundo da bandeja. Na bandeja, é necessário retirar o excesso de tinta do rolo, evitando manchas na parede”, explica a coordenadora.

 

 

Com relação aos rolos e trinchas, que são mais conhecidas como pincéis, existe uma grande diversidade de modelos e tamanhos. Os rolos, por exemplo, podem ser sintéticos, de lã ou de lã mistas. Já as trinchas são utilizadas nos acabamentos mais finos, como rodapés ou contorno de teto.

 

Por onde começar a pintura?

Talita recomenda iniciar pela pintura dos cantos e junções da parede com o teto e rodapé. “A trincha é a ferramenta mais usada neste processo, por ser precisa no acabamento”, diz ela. Depois, com o auxílio do rolo, é feita a aplicação da tinta no restante, sempre começando de baixo para cima.

 

pintar-cantos-parede-comeco-pintura-trincha-pincel

Comece a pintura pelos cantos, com o auxílio de uma trincha (Foto: ITW / Reprodução)

 

Quantas demãos são necessárias?

A cobertura total, normalmente, é alcançada com duas ou três demãos. Contudo, o tempo de secagem varia de acordo com o clima do local e o tipo de tinta. Em geral, para produtos à base d’água, como tinta látex ou acrílicas, o tempo é em cerca de quatro horas.

 

Como escolher as melhores cores para pintar um ambiente?

Todos os anos, os grandes fabricantes de tintas lançam as cores de tendência do ano para pintura de ambientes e reformas de móveis. Nesta temporada, cores mais quentes e vibrantes são as apostas do mercado. Mas na hora de escolher, priorize as cores favoritas de acordo com o estilo do morador. “Uma boa alternativa é sempre pensar nas cores que combinam com o mobiliário existente ou em qual parede o revestimento será aplicado. É possível também utilizar simuladores de cor online para visualizar o resultado”, indica a coordenadora.

 

As cores de 2021: Ultimate Gray e Illuminating

 

E para área externa?

Para a pintura da fachada é preciso escolher uma tinta adequada para pintura externa. Essa área sofre com a ação direta do sol, chuva e outras intempéries como mofos e infiltrações. Com a modernização do mercado, existem opções que resistem melhor a esses ataques do tempo e otimizam a pintura, tais como as tintas epóxi e esmalte, além da tinta em verniz ideal para madeira.

 

Sugestão de matéria: Confira dicas para a pintura externa e os melhores revestimentos para a parede externa

 

Com relação às cores, tons mais claros tendem a durar mais que os escuros, que vão desbotando e perdendo brilho com o tempo. Além disso, para manter a tinta bonita por muitos anos, use uma seladora de parede. Esse produto prepara a superfície para receber a tinta, melhorando a fixação. Seguindo essas dicas, é possível pintar facilmente as paredes da casa e o melhor: reduzir gastos!

 

Sobre a Telhanorte Tumelero 

Se construir ou reformar faz parte dos seus sonhos, você está no lugar certo. A Telhanorte Tumelero vai te ajudar a fazer desse momento um prazer e não um problema. Somos o homecenter inteligente que oferece a solução completa para pensar, executar, renovar e decorar a sua casa.

Com 48 lojas Telhanorte espalhadas pelos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná; e outras 28 lojas Tumelero no Estado do Rio Grande do Sul, formamos a maior rede varejista de material de construção do país, pertencente ao grupo francês Saint-Gobain.

Nossas lojas – além do Televendas, TelhaZap e dos dois E-Commerces, Telhanorte e Tumelero – oferecem a melhor experiência de compra, com qualidade no atendimento, serviços diferenciados e um mix de produtos com mais de 50 mil itens.

Inovamos ao sermos a primeira rede de materiais de construção brasileira a adotar o conceito de home center de proximidade: é a Telhanorte Já!, que leva a gama de um home center comum para lojas de bairro. Também fomos pioneiros em trazer para o Brasil a Pro Telhanorte, um conceito de lojas destinadas a profissionais da construção; e somos a única rede de home center no Brasil com uma loja que funciona 24 horas: a Telhanorte Marginal, no bairro da Água Branca, em São Paulo (SP), que conta com 13 mil metros quadrados e milhares de itens de estoque local.

 

 

Edição de Vinicius Marques e Camila Alexandrino

5 flores que são fáceis de cuidar

kalanchoe-calanchoe-flor-vaso-casa-janela-luz-sol-cultivo-cuidados

| Área Externa

 

Confira dicas de cultivo de 5 espécies de flores que são fáceis de cuidar e ótimas para decorar a casa

 

Cultivar plantas dentro de casa é uma maneira de aliviar o estresse do dia a dia, além de dar ao ambiente uma beleza natural e leve. Plantas floridas trazem cor e alegria para o lar e dedicar um cuidado diário é uma ótima prática para o nosso bem-estar. Muitas pessoas, no entanto, acabam desistindo de manter plantas dentro de casa, ou por experiências negativas no passado, ou por achar que não terão capacidade de mantê-las vivas. Por isso, trouxemos aqui 5 flores lindas que, com o cultivo certo e dedicação, deixarão sua casa super estilosa.

 

5 flores para ter em casa

 

1. Antúrio

O antúrio é uma planta tipicamente tropical, muito encontrada nas casas brasileiras. O que chama a atenção em sua estrutura não são exatamente as flores (miúdas e espalhadas por cada espádice amarela), mas sim a folha modificada (espata), que serve para atrair os agentes polinizadores. Estas folhas são, geralmente, brancas ou avermelhadas, mas há diversas variedades genéticas disponíveis no mercado.

É uma planta que não necessita da luz intensa do sol. Os vasos de antúrio devem ser mantidos em lugares de meia-sombra, com a luz indireta solar. Também é recomendado que o antúrio receba os primeiros raios da manhã, sem deixá-los diretamente expostos por muito tempo. Ele é muito utilizado na decoração interna de ambientes naturalmente iluminados.

 

 

A rega deve ser moderada, apenas quando a terra estiver seca. Além disso, é importante regar diretamente no substrato, que deve ser poroso e conter matéria orgânica. Para incentivar o crescimento do antúrio, enriqueça a terra com fósforo e garanta que as raízes estejam todas devidamente enterradas. Outra dica é utilizar a fibra de coco. Para isso, limpe bem a fibra, para eliminar todo o excesso de tanino, e adube de maneira apropriada dentro do vaso.

Se as folhas do antúrio começarem a amarelar e desbotar, pode ser um sinal de que a planta está recebendo pouco sol, ou apenas indicar o envelhecimento natural das folhas. Para podar as folhas secas, corte diretamente na base com uma tesoura limpa, para evitar infecções bacterianas na planta. Vale dizer que o antúrio é uma planta tóxica. Por isso, é recomendado deixar fora do alcance de crianças e animais de estimação.

 

2. Copo-de-Leite

 

copo-de-leite-flor-branca-vaso-decoracao-cuidados-cultivo

Copo-de-leite (Foto: Antonio Gravante / Reprodução)

 

Nativo da África, o copo-de-leite possui uma beleza única. É da mesma família que o antúrio e o espatifilo e, assim como eles, é uma planta tóxica. Ele alcança até um metro de altura, é tolerante aos climas mais frios e não suporta climas rigorosamente quentes. Também como o antúrio, o copo-de-leite possui uma folha modificada ao redor da haste floral.

O copo-de-leite deve ser mantido em ambientes de meia-sombra, sem o contato direto com os raios solares das horas mais fortes. Sua rega deve ser frequente, pois é uma planta que gosta de um solo úmido, além de rico em matéria orgânica e fósforo.

 

3. Kalanchoe

Com mais de 200 variedades, a kalanchoe é uma suculenta pertencente à família Crassulácea, e seu florescimento ocorre, geralmente, no outono-inverno. Por armazenar água em suas folhas, a rega deve ser moderada. Em vasos que ficam dentro de casa, o indicado é regar a planta uma ou duas vezes na semana. Mas claro, deve-se monitorar a kalanchoe constantemente, colocando o dedo no substrato para medir a umidade. O solo não pode ser muito argiloso, nem conter excesso de matéria orgânica. Para compor o substrato, é recomendado forrar o fundo do vaso com pedras e misturar terra arenosa com adubo.

 

kalanchoe-calanchoe-flor-vaso-casa-janela-luz-sol-cultivo-cuidados-vaso

Kalanchoe, a Flor da Fortuna (Foto: Artursfoto / Reprodução)

 

Quando está fora do seu período de florescimento, a kalanchoe necessita de sol em abundância, para poder crescer saudável. Já quando está florida, você pode manter a planta dentro de casa, desde que próximo a uma janela ou teto claraboia. Caso as flores ressequem, pode com uma tesoura limpa e afiada nas bases das hastes, para que a kalanchoe volte a florescer.

 

4. Rosa do Deserto

A rosa-do-deserto, como o nome sugere, é uma planta habituada a lugares muito secos. Assim, a rega deve ser moderada, molhe apenas quando o solo estiver seco. Mantenha a rosa-do-deserto, de preferência, em ambientes que recebam luz do sol plena. O crescimento dessa planta é bem devagar, portanto não se preocupe com sua demora.

 

Rosa-do-deserto-flor-cor-branca-vaso

Rosa-do-deserto (Foto: Jaislene Andrade / Reprodução)

 

Para preparar o solo adequado, misture a terra com areia grossa e um pouco de matéria orgânica, resultando em um substrato drenante, para não empoçar água. Caso queira manter a planta dentro de casa, deixe-a sempre próxima a janelas e teto claraboia e não se esqueça de deixá-la tomando luz direta do sol por algumas horas.

É muito importante que a rosa-do-deserto não receba água em excesso e pouca luz do sol, caso contrário, ela irá apodrecer. A rosa-do-deserto também é tóxica a humanos e animais, portanto tome os devidos cuidados!

 

5. Orquídea Phalaenopsis

A orquídea Phalaenopsis, popularmente chamada de orquídea borboleta, é muito utilizada como decoração. Possui cores muito variadas, algumas delas produzidas artificialmente com corante. Essa planta é uma boa opção para ambientes internos, desde que recebam a devida quantidade de luz solar ao longo do dia.

Devem ser mantidas em ambientes de meia-sombra e a rega deve ser moderada. Por isso, sempre coloque o dedo no substrato, para checar se a terra realmente está seca e precisa de água. Ao regar, molhe apenas o solo e borrife um pouco de água na parte debaixo das folhas. Não molhe as flores, nem deixe acumular água no miolo central da orquídea, para não prejudicá-la.

 

orquidea-borboleta-phalaenopsis-cor-amarela-flor

Orquídea Phalaenopsis, conhecida como Orquídea Borboleta (Foto: Wallpaper Better / Reprodução)

 

Para preparar uma boa mistura de plantio para a orquídea Phalaenopsis, uma boa dica é usar carvão, casca de pinus e fibra de coco em pedaços. Já para estimular o florescimento da orquídea borboleta, deposite, de tempos em tempos, uma quantidade de canela em pó no substrato.

 

Procurando plantas e flores para a casa?

Você já sabe da novidade? Nas unidades físicas da Telhanorte, você encontra uma variedade de plantas para os ambientes domésticos. Visite nossas lojas e encontre cactos, suculentas, flores, orquídeas e outras opções de plantas que vão trazer alegria, beleza e um toque natural para sua casa!

 

9 ferramentas de jardinagem para um jardim florido

 

Por Vinicius Marques | Edição de João Victor Quintino