tintas | Blog Telhanorte

Cromoterapia: como aplicar no quarto

cromoterapia-luz-cor-cores-colorido-quarto-ambiente-interno-parede-lampada-led

| Ambientes Internos

 

Entenda o que é e aprenda como aplicar a cromoterapia na decoração do quarto, utilizando o significado das cores para obter benefícios para o corpo e a mente.

 

A cromoterapia é considerada um método terapêutico complementar que utiliza as cores e suas diferentes intensidades para o tratamento de questões físicas e emocionais. Em 1976, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reconheceu a cromoterapia como uma das principais terapias para complementar tratamentos de saúde. 

A sua aplicação utiliza instrumentos médicos e é feita por especialistas. No entanto, muitos arquitetos têm utilizado os conceitos da cromoterapia para trabalharem com as cores e iluminação dentro de cada cômodo.

 

Cromoterapia no quarto

O quarto é um lugar de descanso, onde reabastecemos nossas energias. Por isso, a cromoterapia no quarto é uma forma de usar as cores para que o ambiente seja agradável, convidativo ao descanso e bonito, contribuindo assim para uma maior qualidade de sono.

Isso pode ser feito usando:

– A pintura das paredes;

– As lâmpadas de LED coloridas;

– Detalhes como cortinas, roupa de cama e almofadas.

 

Sugestão de matéria: Planejando pintar as paredes da casa? Saiba como escolher a cor de parede para cada cômodo e quais os principais tipos de tinta

 

Os principais benefícios da cromoterapia no quarto são:

– Aliviar sintomas de doenças usando cores específicas;

– Diminuir o cansaço físico;

– Estimular a sensação de bem-estar mental;

– Auxiliar no tratamento de transtornos do sono;

– Complementar o tratamento de enxaqueca;

– Estimular o sistema nervoso central.

 

Significados e psicologia das cores

Cada espectro de cor expressa um significado e eles podem ser explorados para criar uma decoração que inspira tranquilidade, frescor ou energia. Conheça a psicologia das cores dos principais tons usados na cromoterapia.

 

Azul

O azul transmite a sensação de calma, relaxamento e tranquilidade, ajudando a melhorar a qualidade do sono e combater a insônia. Além das tintas de parede nessa cor, os tons de azul podem ser colocados nas cortinas, almofadas e roupas de cama, iluminação do abajur, entre outros.

 

casa-campo-rural-rustica-madeira-cor-cama-azul-tapete-decoracao-conforto-cortina-luz-industrial

Quarto com tons azuis, cores claras e boa iluminação (Foto: Evelyn Muller / Constance Zahn / Reprodução)

 

Verde

O verde funciona na cromoterapia para trazer harmonia e alívio de estresse. Também é a cor símbolo da esperança, criando uma atmosfera mais positiva. A vantagem é que o verde combina com várias outras cores, ajudando a criar uma decoração mais versátil.

 

quarto-verde-decoracao-detalhes-pintura-tinta-parede

Quarto moderno decorado com detalhes em amarelo (Foto: Sua Casa / 1stDibs / Reprodução)

 

Branco

Na cromoterapia, o branco traz leveza e deixa o ambiente mais agradável, além de dar a sensação de amplitude ao espaço. Por ser uma cor neutra, combina facilmente com outras cores e estampas de diversos formatos como florais, formas geométricas, entre outros. 

 

plantas-vasos-urban-jungle-quarto

Espalhe vasos de diferentes tamanhos pelo quarto e deixe a natureza mais perto de você (Foto: Revista Evoke / Reprodução)

 

Rosa

O rosa também é uma opção de cor de tinta com resultado visual muito bonito na decoração. A cor é associada à tranquilidade, afeto e aconchego. A paleta de cores, mesmo os tons mais delicados, é considerada vibrante. Então, é importante equilibrar a aplicação e combinar com outras cores mais frias.

 

quarto-azulejo-rosa-tijolinho

O azulejo pintado em rosa bebê dá um destaque diferente à parede da cabeceira do quarto (Foto: Decortiles / Reprodução)

 

Cromoterapia no quarto com lâmpadas

 

lâmpada-inteligente-hue-Phillips

Philips hue starter kit e27 220v (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Se não estiver nos seus planos uma reforma para mexer na pintura da parede, outra maneira de fazer cromoterapia no quarto é utilizando lâmpadas. Os principais modelos são as lâmpadas de LED coloridas, controladas por controle remoto que vem junto com o produto. Esse tipo de lâmpada é ideal para ser colocado em luminárias, mas também pode ser colocado no teto.

Lampada-Led-Taschibra-Smart-Colors

Lâmpada Led Taschibra Bulbo E27 Autovolt 9w Rgb Ir Smart Colors (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Gostou das dicas de cromoterapia no quarto?

A pintura e a iluminação do quarto podem ser mais que detalhes estéticos decorativos, a cromoterapia no quarto é uma forma de criar um ambiente com propósito e focado no bem estar da família. Confira as opções completas das categorias de Tintas e Iluminação que a Telhanorte tem para você!

 

Edição por: Vinicius Marques e Murilo Bonício

As cores de 2021: Ultimate Gray e Illuminating

cor-cores-pantone-ano-2021-illuminating-ultimate-gray-amarelo-cinza

| Decoração

 

Conheça a Ultimate Gray e a Illuminating, escolhidas como a dupla de cores do ano. Veja dicas de paletas que harmonizam com o cinza e amarelo de 2021.

 

Depois de um ano tumultuado, a Pantone trouxe como cor do ano de 2021 não uma, mas duas cores: Ultimate Gray e Illuminating. O primeiro é um tom de cinza claro e o segundo um amarelo vibrante, que traz para o ano a simbologia de força, esperança e resiliência. 

 

amostras-pantone-cores-cor-ano-2021-illuminating-amarelo-ultimate-gray-cinza

Amostras Swatch Cards das cores do ano (Foto: Pantone / Reprodução).

 

As duas cores combinam muito bem entre si, transmitindo positividade. Com a expectativa da vacinação da COVID-19, as cores escolhidas pela Pantone estimulam renovação de energia, mais clareza nos propósitos e esperança para continuar sonhando. As duas cores juntas dão ânimo e empoderam a busca por mais vitalidade e saúde.

 

Como é escolhida a cor do ano?

Quem tem a função de anunciar a cor do ano é o Pantone Color Institute, uma divisão do Instituto Pantone que destaca as propostas globais de cores e seus efeitos na psicologia e emoções. Em entrevista ao portal UOL, Nick Bazarian, gerente de produto sênior para negócios digitais da Pantone, explica como é feita a escolha:

“É um mix de sentir o mercado com a habilidade de analisar dados e o que está acontecendo no mundo. Nós temos líderes na nossa empresa que estão envolvidos com o que está acontecendo ao longo do ano e também trabalhamos com alguns parceiros externos que são grandes nomes na tendência de cores. Em algum ponto, todas essas análises se juntam. É uma declaração de como o mundo está se sentindo.”

 

O significado das cores do ano de 2021

A cor Illuminating (13-0647) é um tom de amarelo que se aproxima do pastel, mas com brilho, transmitindo mais vivacidade e lembrando a intensidade da energia do sol. O amarelo ainda significa otimismo, que é algo que muitos estão buscando manter, à medida que a vacinação avança e traz novas esperanças.

 

Sugestão de matéria: Confira Dicas de Pintura Externa, para deixar a casa maravilhosa, e os principais Tipos de Tinta Esmalte

 

Já a Ultimate Gray (17-5104) representa o sólido, que traz confiança e firmeza. Além disso, estimula outros sentimentos como estabilidade, moderação e resistência. O cinza também é uma cor presente em elementos antigos, mostrando a força e a ação do tempo na preservação das coisas.

 

Paletas de cores do ano

Quer ver como a cor do ano 2021 funciona na prática com outros tons? A Pantone preparou alguns exemplos de paletas que harmonizam com a Ultimate Gray e a Illuminating. Com essas combinações, você pode se inspirar e criar ambientes modernos, compondo uma decoração bem atual.

 

Aviary

aviary-pantone-2021-paleta-cor-cores-amarelo-cinza

Paleta de cores Aviary (Foto: Pantone / Reprodução).

 

A paleta Aviary reúne tons vibrantes e alegres que se destacam logo ao olhar, como uma cauda de pavão quando se abre. O Ultimate Gray e o Cloud Dancer entram trazendo equilíbrio à composição.

 

Enlightenment

enlightenment-pantone-2021-paleta-cor-cores-amarelo-cinza

Paleta de cores Enlightenment (Foto: Pantone / Reprodução).

 

A paleta Enlightenment reúne as cores em um padrão pastel, que estimula o desejo de imaginar e recriar o ambiente.

 

Intrigue

intrigue-pantone-2021-paleta-cor-cores-amarelo-cinza

Paleta de cores Intrigue (Foto: Pantone / Reprodução).

 

A paleta Intrigue coloca a dupla de cores do ano de 2021 em uma combinação que reforça o vigor e a personalidade dos espaços. Uma combinação ousada, mas que é eficiente para iluminar.

 

Orbital

orbital-pantone-2021-paleta-cor-cores-amarelo-cinza

Paleta de cores Orbital (Foto: Pantone / Reprodução).

 

A combinação de cores da paleta Orbital remete ao espaço, podendo aplicar as cores com acabamento metálico, inspirando uma decoração ousada e atrativa.

 

Sun and Shadow

sun-shadow-pantone-2021-paleta-cor-cores-amarelo-cinza

Paleta de cores Sun Shadow (Foto: Pantone / Reprodução).

 

Por fim, a última inspiração de paleta traz força e positividade com a união de tons terrosos. A combinação de cores Sun and Shadow define uma opção de acabamento duradouro, misturando tons claros e escuros.

 

Dicas para aplicação da decoração

Usar a cor do ano de 2021 é uma combinação que raramente dará errado.

Geralmente, o cinza é usado como base e o amarelo aparece em detalhes da decoração como molduras de quadros, luminárias e outros detalhes pequenos. Mas se a sua intenção é criar um espaço mais iluminado, é possível inverter as cores e levar o amarelo para as paredes e o cinza para detalhes como as cortinas e os sofás. 

Confira algumas fotos de inspiração para decoração com as cores do ano de 2021:

 

 

Gostou de conhecer as cores do ano de 2021?

Acompanhar as tendências de cores é uma forma simples de trazer modernidade, emoção e vida para dentro de casa. Traduzir os sentimentos atuais e recentes na decoração vai deixar sua casa com mais personalidade e significado.

Quer trabalhar com produtos de qualidade? Confira a categoria completa de Tintas e Decoração da Telhanorte!

 

Edição por: Vinicius Marques e Murilo Bonício

Parede de chapisco: como pintar?

parede-chapisco-impermeabilizacao-pintura-cor-argamassa-decoracao-acabamento

| Área Externa

 

Entenda como pintar uma parede de chapisco usando dois métodos diferentes e confira dicas para organizar o serviços antes, durante e depois da pintura.

 

Acabamento em chapisco não é sinônimo de parede mal acabada. Por isso é importante aprender como pintar parede de chapisco da melhor forma, levando em consideração alguns detalhes, tanto para agilizar o serviço, quanto para fazê-lo da forma correta. 

O chapisco é uma argamassa feita geralmente de cimento e areia e é aplicado direto na alvenaria, formando uma camada irregular sobre a parede.

Sua função é dar mais aderência ao reboco, mas ele também funciona como acabamento final para paredes em áreas externas, como muros. Costuma-se também aplicar um impermeabilizante na argamassa do chapisco, a fim de evitar infiltrações, uma vez que os muros ficam expostos no ambiente. A maioria das pessoas prefere pintar o chapisco, para dar um acabamento mais bonito e harmonioso.

Apesar da superfície irregular do chapisco ser mais trabalhosa de pintar, a tinta adere sem dificuldades. Assim, confira agora nossas dicas para realizar a pintura de superfícies de chapisco.

Boa leitura!

 

parede-chapiscada-chapisco-cinza-textura-pintura-como-pintar

Parede chapiscada (Foto: Deposit Photos / Reprodução)

 

Guia de como pintar parede de chapisco

 

1. Forre o chão próximo à parede

Pintar paredes sempre gera uma bagunça. Assim, como em qualquer outro processo de pintura, forre o chão próximo à parede de chapisco com uma lona preta ou folhas de jornal. Além de proteger o piso dos respingos de tinta, você ganha uma superfície para trabalhar e poder apoiar os outros materiais.

 

2. Escolha uma tinta para parede externa

Para prolongar a vida útil da pintura e manter a cor viva e bem acabada por mais tempo, use uma tinta própria para parede externa. Caso seja um muro, as cores escuras são mais recomendadas, como alguns tons de cinza. Mas você também deve considerar o ambiente como um todo, para escolher a cor que melhor harmonize com o conjunto da obra.

 

muro-chapisco-pintura-tinta-pintar-cinza-parede-rua

Muro de chapisco pintado de cinza (Foto: Chácara Justo / Reprodução)

 

Sugestão de matéria: Confira em nosso blog Quais os Principais Tipos de Tinta para Parede e aprenda Como Escolher a Cor para Parede de Cada Cômodo

 

3. Faça a diluição da tinta

Para render a aplicação, o recomendado é diluir a tinta, ao pintar a parede de chapisco. As tintas à base de água são diluídas em água e as tintas a óleo são diluídas em aguarrás.

Dependendo do método de pintura escolhido para fazer a pintura, a proporção de diluente necessária varia. Para pintura com trincha ou broxa, a proporção do diluidor varia entre 10 e 20%. Para pintura com pistola compressora, a tinta precisa estar mais diluída, para passar pelo canal da ferramenta. Então a proporção de diluentes é entre 20 e 30%

Atenção: É muito importante que você confira as orientações na embalagem da tinta escolhida, para poder fazer a diluição de maneira correta!

 

4. Escolha o método de pintura

As duas formas mais eficientes de fazer a pintura de chapisco são utilizando:

– Trincha ou broxa;

– Pistola com compressor.

Atenção: Pintar a parede chapiscada apenas com um rolo não traz bons resultados, porque a tinta não adere nas reentrâncias da parede e o acabamento não fica uniforme.

 

Confira em nossa loja: Acessórios para Pintura

 

5. Aplique a tinta 

O processo de pintar a parede de chapisco com trincha ou broxa vai exigir força no braço, mas o resultado é uma pintura homogênea com apenas uma demão. Escolha uma trincha ou uma broxa grande, para ter mais eficiência no preenchimento de toda a parede. Use uma bandeja de pintura para manusear a tinta com maior facilidade. 

Apesar de não recomendarmos o uso exclusivo do rolo para a pintura, uma boa dica é utilizar ele como um auxiliar para a aplicação com a broxa, evitando que a tinta escorra pela parede. O processo é simples: primeiro você espalha a tinta utilizando-se da broxa e, antes que ela seque, você passa o rolo na área pintada, fazendo com que o excesso de tinta se espalhe ou seja absorvido pelo rolo.

Já no caso da pistola compressora, além da também ficar uniforme, a pintura por meio dela é mais rápida. No entanto, são necessárias geralmente duas demãos. Além disso, vale dizer que o preço de uma pistola compressora é mais elevado que o de uma trincha ou da broxa.

 

6. Aguarde a secagem

Depois de aplicar a tinta em toda a superfície da parede, é só aguardar o tempo de secagem necessário para conferir o resultado da pintura.

 

Dicas para pintar parede chapiscada

– Como se trata de uma pintura externa, escolha um dia de tempo firme e ensolarado para fazer a pintura do muro. Assim, você evita a chuva e outras intempéries que podem prejudicar o resultado;

– Se você usar a pistola compressora, mantenha a mesma distância (de 20 a 25 cm) da parede durante a pintura, para garantir um acabamento homogêneo na aplicação da tinta;

– Use luvas de proteção para manipular a tinta e fazer a diluição sem sujar as mãos. É importante especialmente se for utilizada tinta à base de óleo, que é diluída com aguarrás e pode sensibilizar a pele;

– Coloque também um colete de proteção, ou uma roupa velha, para evitar que os respingos manchem as roupas;

– Para evitar que partículas invisíveis entupam o bico da pistola compressora, é recomendado filtrar a tinta com um filtro adequado, seguindo as orientações do manual de instrução do objeto;

– Coloque o bico da pistola compressora na posição vertical para ter mais agilidade na aplicação da tinta durante a pintura da parede;

– Limpe todos os acessórios ao final do trabalho. A tinta à base de água é mais fácil de ser removida dos acessórios. A tinta a óleo pode ser removida com aguarrás;

– Deixe os pincéis secarem ao ar livre antes de serem guardados, para evitar o surgimento de mofo.

 

Gostou das dicas?

Se você tem uma parede chapiscada em casa e quer dar um acabamento diferente para ela, siga o passo a passo e as dicas acima para acertar na pintura!

Confira no site da Telhanorte as opções de Tintas e Corantes e também de Acessórios para Pintura para ter produtos de qualidade no acabamento da sua casa!

 

Edição por: Vinicius Marques e Murilo Bonício

Revestimento em fachadas: dicas e inspirações

fachada-tijolos

| Área Externa

 

Estilo, charme e personalidade. Essas são algumas características que um bom revestimento em fachada podem trazer, assim, suas visitas ficarão com a melhor das impressões logo de cara quando a construção ou reforma do seu imóvel ficar pronta!

 

Manter a fachada bem cuidada e ter atenção no acabamento garantem um ótimo “cartão de visitas” para os convidados, além dos próprios moradores. Nada melhor que chegar em frente à sua casa e ter uma bela visão, correto? Para isso, é indispensável o cuidado na escolha do revestimento da fachada, para que ele atenda às necessidades de segurança e estética que você precisa, e também se enquadre no orçamento.

No mercado especializado, é possível encontrar inúmeras possibilidades para revestimentos em fachada e com certeza, muitos deles vão atender às suas expectativas. É importante ressaltar que, antes de escolher o revestimento de fachada ideal para a residência, é preciso considerar alguns fatores como: o tipo de terreno — garantindo que a umidade do solo não impacte na aparência —, a condição climática — como incidência de sol e chuva, que podem prejudicar a qualidade do produto — e por fim, a segurança — se a construção fica em condomínio fechado ou diretamente na rua também são pontos a verificar.

Aliar beleza, segurança e proteção contra intempéries do clima e de ações humanas são fundamentais. Em casas ou prédios de construções feitas para revenda, ter uma boa fachada já atrai futuros clientes logo de cara, já que a primeira impressão é a que fica.

Pensando nisso, o Blog Telhanorte trouxe várias ideias de revestimento em fachadas que, além de valorizar seu imóvel, vão trazer a elegância e beleza necessárias para que estar em casa seja sempre agradável para os moradores.

 

Tipos de revestimento em fachada 

Você leitor, com certeza é uma pessoa de bom gosto e já sabe que os critérios para escolher uma boa fachada são muitos, vamos listar e detalhar 11 tipos diferentes de fachadas, destacando suas vantagens e desvantagens antes de você decidir qual é a melhor para a sua casa. Confira!

 

1. Madeira tratada

Com acabamento nobre e sofisticado, a madeira tratada é um revestimento adaptável a diversos estilos, do clássico ao rústico. Como muitas casas possuem acabamento em concreto, ter uma fachada com revestimento em madeira tornará sua casa o destaque do bairro. Esse tipo de acabamento proporciona isolamento térmico, pois tem uma capacidade maior de reter e liberar o calor de maneira uniforme, deixando o interior da residência sempre com um clima ameno, ou seja, nem tão frio, nem tão quente. Além disso, também propicia isolamento acústico, sendo assim, você terá menos incômodo com aquele vizinho que gosta de ouvir som alto em horários inapropriados.

As madeiras mais utilizadas em fachadas são provenientes do cumaru e do freijó, que tem um bom custo-benefício e muitos arquitetos modernos estão projetando fachadas com madeiras de demolição, ou seja, aproveitadas de outros elementos, geralmente os da peroba rosa, que tem um preço mais em conta. É importante destacar que independentemente da escolha da madeira a ser utilizada, é preciso tratá-la para que dure mais tempo, mesmo com condições climáticas desfavoráveis e para evitar a ação de insetos como o cupim.

 

fachada-de-madeira

Casa com fachada em madeira (Foto: Allmad / Reprodução)

 

2. Vidro

Um dos tipos de fachada que mais consegue unir beleza, elegância, praticidade e charme são as de vidro. Elas são adaptáveis a todos os estilos, trazendo bom gosto, sustentabilidade e leveza às construções. Fazer uso de luz natural é uma das maiores apostas de arquitetos que estão a par das tendências mais modernas de decoração, isso porque une o conforto visual e a integração com o meio ambiente de forma que proporcione economia de recursos naturais e ainda revele a beleza ao redor do espaço.

Seja em grandes edifícios comerciais ou em residências, ter uma fachada de vidro valorizará e muito o seu projeto. As opções mais usadas em fachadas são o vidro temperado e o laminado, isso porque eles têm uma maior resistência e durabilidade. Os laminados são utilizados em para-brisas de automóveis, mas se adequam perfeitamente a sacadas e fachadas, além de proporcionarem um ótimo isolamento acústico.

Já os vidros temperados são usados nas janelas laterais e traseiras do carro. Eles são seguros em caso de alta incidência de temperatura e também em caso de quebras, uma vez que no impacto, ele é fragmentado em pequenos pedaços pouco cortantes e facilmente removíveis.

 

fachada-de-vidro

Casa com fachada em vidro (Foto: PS do Vidro / Reprodução)

 

3. Pedras naturais

Segurança, resistência, beleza e originalidade são alguns atributos que as pedras naturais podem oferecer à fachada. Ideal para quem gosta de um estilo mais rústico e simples, apesar de existirem modelos com as mais variadas formas, cores, texturas e tamanhos. Além da questão estética, as pedras naturais possibilitam inúmeros benefícios, alguns deles como: um bom custo-benefício, resistência ao sol e à chuva e necessidade baixa de manutenção.

Os modelos que podem ser adotados nesse tipo de fachada também é vasto. Confira!

 

Pedra São Tomé

Muito utilizada por renomados arquitetos, a pedra São Tomé é famosa por se adequar tanto em ambientes internos quanto externos. O nome vem de sua origem, em São Tomé das Letras, Minas Gerais. Por ser uma pedra quartzito, ela é resultado da recristalização de arenito com quartzo, se tornando uma ótima opção para quem deseja um material resistente e duradouro.

Você muito provavelmente já viu esse tipo de revestimento ao redor de piscinas e áreas com incidência de umidade, isso porque seu nível de absorção da água é alto e a pedra não se torna escorregadia com o tempo, mesmo com esses fatores. Outra vantagem é que a pedra possui uma capacidade boa de manter o clima ameno, pois não retém calor.

 

fachada-pedra-São-Tomé

Casa com fachada em pedra São Tomé (Foto: Viva Decora)

 

Pedra Miracema

Podendo ser encontrada nas mais variadas cores, a pedra Miracema é muito comum em áreas externas, justamente pelo estilo mais rústico, seja decorando a garagem ou o caminho de entrada para o jardim. É exatamente por isso que ela combina tanto como uma fachada.

 

fachada-pedra-Miracema

Casa com fachada em pedra Miracema (Foto: Viva Decora / Reprodução)

 

Pedra Madeira

O revestimento em pedra madeira é bonito e sofisticado, por esta razão é usada em ambientes externos e internos. Seu nome provém da similaridade que há entre ambos, já que sua pigmentação e textura são similares às da madeira, apesar de ser formada por quartzo e outros materiais. Possui cobertura antiderrapante, boa durabilidade e alta resistência, sendo assim, pode ser instalada na fachada sem grandes problemas.

 

fachada-pedra-madeira

Casa com fachada em pedra madeira (Foto: Decor Salteado / Reprodução)

 

4. Cerâmica

Extremamente versáteis, as cerâmicas dão destaque por um preço baixo e são encontradas em diversas texturas, cores e tamanhos. Apesar de ser comumente encontrada na parte interna das residências, aplicá-la na fachada não é difícil e pode ser muito prático, porém, assim como dentro de casa, a cerâmica requer limpeza rotineira para manter seu acabamento sempre higienizado e bonito.

Antes de optar por esse tipo de revestimento, considere também o rejunte que irá complementá-lo. A escolha do rejunte não é apenas estética, também é importante para garantir a durabilidade do produto.

 

Leia mais: Se você quer saber como aplicar rejunte em piso, leia nossa matéria especial.

 

fachada-em-cerâmica

Casa com fachada em cerâmica (Foto: Portobello / Reprodução)

5. Porcelanato

Muitas pessoas confundem a cerâmica com porcelanato, porém, este último é uma versão mais sofisticada do primeiro, que imprime elegância e charme ao ambiente. Fato é que muitos arquitetos e proprietários de imóveis estão apostando nessa tendência tanto em áreas internas quanto externas.

Entre as muitas vantagens que esse modelo proporciona, a impermeabilidade, resistência e acabamento refinado e uniforme estão entre elas. São vendidos, em alguns casos, como grandes peças, assim você não precisa comprar muitas caixas para cobrir a área desejada.

Alguns exemplares contam com tecnologia 3D, onde apresentam uma sensação de maior profundidade, ampliando espaços pequenos. Ele pode proporcionar um melhor isolamento térmico por ser um piso frio, mas alguns modelos de porcelanato podem manchar com facilidade, perder o brilho e são mais suscetíveis a lascas e rachaduras.

 

Leia mais: Sabia que existem modelos específicos para área externa que vão compensar essas desvantagens? Confira em nossa matéria 4 tipos de porcelanato para área externa e fique por dentro das melhores dicas!

 

fachada-vidro-e-porcelanato

Casa com fachada em vidro e porcelanato (Foto: Revestindo a casa / Reprodução)

 

6. Cimento queimado

Pode parecer um dos acabamentos mais simples listados até agora, já que era muito comum em casas humildes, porém, o revestimento em cimento queimado virou tendência para os fãs do estilo rústico. Essa proposta é muito adotada por renomados arquitetos em ambientes urbanos, principalmente para os que desejam aderir ao estilo industrial.

 

Leia mais: Se você tem curiosidade sobre essa tendência Conheça o estilo industrial e saiba como deixá-lo aconchegante nessa matéria incrível!

 

Se você pensa que o cimento queimado precisa ser áspero, está enganado! Ele pode ser alisado com uma lixa, tornando-o mais seguro. Ele é prático, versátil, garante bom isolamento térmico e não requer praticamente nenhuma manutenção, mas para conseguir esse efeito é preciso ser bem aplicado, garantindo que a fachada mantenha uma única tonalidade, não apresente rachaduras e nem bolhas de ar.

O cimento queimado tem baixo custo e tem fácil aplicação, por esta razão é bem comum de ser encontrado nas casas e também pode ser combinado também com o revestimento do chão.

 

fachada-em-cimento-queimado

Casa com fachada em cimento queimado (Foto: Simplichique / Reprodução)

 

7. Tijolos

Sendo um dos favoritos da decoração atualmente, o revestimento com tijolos veio para ficar! Hoje são inúmeras opções com esse acabamento que ornam perfeitamente com um estilo vintage, rústico e industrial. Você pode encontrar além dos próprios tijolos, papéis de parede, cerâmicas e outros produtos que imitam seu design.

Eles se apresentam em variadas cores, tamanhos e texturas, além de um preço baixo, alta durabilidade, ótimo conforto térmico e isolamento acústico. Para ser aplicado em áreas externas, requer uma impermeabilização, garantindo que a umidade não prejudique seu acabamento, trazendo fungos e limo.

Esse estilo é inspirado em vários prédios antigos de Nova York e Londres, mas já está presente em vários modelos de casas e prédios residenciais pelo Brasil. Eles harmonizam com os mais variados estilos adotados no interior da casa, por essa razão, uma fachada com tijolos é bonita e funcional.

 

fachada-em-tijolos

Casa com fachada em tijolos (Foto: Revista Casa e Jardim / Reprodução)

 

8. Pintura com textura

A textura é uma boa pedida para lugares com umidade, isso porque tem acabamento impermeabilizante, que reforça a proteção natural. Além disso, é bonita, já que é possível criar diversos tipos de desenho com a massa, permitindo que a criatividade corra solta! Sua outra vantagem é a possibilidade de corrigir pequenas rachaduras ou reparar acabamentos mal feitos na primeira aplicação de cimento ou massa corrida.

Mesmo com essas vantagens, esse tipo de revestimento necessita de maior manutenção, justamente porque os vácuos criados pelos desenhos podem acumular sujidades que destacam a fachada pelo aspecto negativo, mas sua limpeza não é tão difícil, pois bastam alguns jatos de água para remover o acúmulo de sujeira.

Antes de escolher esse tipo de revestimento, reflita sobre a marca da massa e tinta a serem aplicadas. Isso evita o descolamento do produto em situações de intempéries climáticas, como as ondas solares e chuvas torrenciais.

 

fachada-textura-grafiato

Casa com fachada de textura em grafiato (Foto: Master House / Reprodução)

 

9. Tintas

Uma das mais encontradas em fachadas, é a pintura simples com tinta. Optar por esse tipo de revestimento na fachada tem a vantagem da proteção da edificação contra a umidade, poluição e pode auxiliar no conforto térmico, além de ser uma ótima alternativa em questões de mão de obra, custo final do produto e aplicação em relação a outros modelos apresentados aqui.

A facilidade na manutenção e possibilidade de dar uma cara nova à sua fachada sempre que quiser, alternando cores e técnicas de pintura também são outras de suas vantagens. Se escolhido com sabedoria o tipo de tinta usada, ela vai durar por muito tempo e ainda vai evitar o mofo e umidade.

 

fachada-com-tinta

Casa com fachada em tinta (Foto: Amaisd / Reprodução)

 

10. Concreto aparente

Podendo ser usado em blocos ou até mesmo inteiros, o concreto aparente remete ao estilo industrial e contemporâneo. Apesar de parecido com o cimento queimado, seu estilo e técnicas usadas na aplicação são diferentes. É uma opção elegante e ao mesmo tempo econômica, pois dispensa revestimentos adicionais.

A aplicação de concreto aparente remete aos tempos romanos, onde eram usados materiais de construção semelhantes ao concreto, substituindo o emprego de outros materiais, como pedra e madeira, mas somente a partir do século XIX o cimento como nós conhecemos se tornou popular, recebendo bases mais sólidas que garantem melhor desempenho e economia.

Tem uma ótima cobertura térmica e boa durabilidade, mas se mal aplicado, pode resultar em rachaduras que deixam o projeto feio com o passar do tempo. Sua manutenção é fácil, requerendo poucos cuidados para a limpeza. Antes de aplicar o concreto na sua fachada, é importante salientar o uso da sílica ativa, que se tornará fundamental para um bom projeto de concreto aparente. Ela é mais fina que o cimento, imprimindo um melhor acabamento, que protege todos os poros ao mesmo tempo que impede a formação de possíveis bolhas.

fachada-concreto-aparente

Casa com fachada em vidro e concreto aparente (Foto: Audax / Reprodução)

 

11. Aço corten

Fachadas em aço são uma nova tendência de decoração também. Bonitas, versáteis e estilosas, elas ficam bem em todo o tipo de ambiente. Trazem muita personalidade ao ambiente, mas não são uma das opções mais baratas, porém, se você investir nesse modelo, terá muitas vantagens.

Mais leve que o aço comum, o corten também é mais resistente. Apresenta ótima liberdade na hora de modelar o material, por isso é o queridinho de arquitetos. Sua principal característica reside no fato de que, ao ser exposto a agentes corrosivos e intempéries ambientais, o corten desenvolve uma pátina (uma película de óxido que possui coloração avermelhada) que o protege, reduzindo a velocidade do desgaste que os agentes corrosivos proporcionam.

Ele não necessita de pintura e é 100% reciclável, contribuindo para o meio ambiente. Sua instalação é fácil e rápida, além de ter ótima durabilidade, necessitando de menos manutenção que os aços comuns. Pode ser uma ótima opção para casas com incidência de maresia. Como já falado, seu custo é uma das desvantagens, já que elas não são produzidas no Brasil.

 

fachada-aço-corten

Casa com fachada em aço corten (Foto: Decor Fácil / Reprodução)

 

Cuidados na hora da escolha do revestimento em fachada

Depois de nossas dicas, com certeza você deve ter encontrado um modelo de revestimento que combine com sua casa. O próximo passo é verificar se ele se encontra nas especificações de projeto que quer fazer. Investigue o ambiente ao redor do imóvel e confirme se há ou não umidade no terreno. 

Analise a qualidade dos materiais escolhidos para o revestimento e a reputação do profissional que irá aplicá-los e faça orçamentos do projeto e produtos.

 

Gostou das ideias para o revestimento em fachada?

Agora que tudo está pronto, é hora de dar uma nova cara à sua fachada! Conte com a Telhanorte para te ajudar a selecionar os melhores produtos no departamento de Pisos e Revestimentos

Caso precise de ajuda ou alguma informação, nossos colaboradores estão sempre à disposição para te atender pelo WhatsApp! É fácil, prático, rápido e seguro! E se preferir fazer suas compras presencialmente, visite uma de nossas lojas físicas mais próxima da sua casa.

 

Cobertura de pergolado com vidro: o que é?

 

Edição por Camila Alexandrino / Vinicius Marques

Soprador térmico: o que é e como usar

soprador-ferramenta-termico-calor-removedor

| Ferramentas

 

Aprenda como usar o soprador térmico com segurança, seguindo todos os cuidados antes, durante e depois do uso!

 

Precisa agilizar seus trabalhos manuais? Aprender como usar o soprador térmico vai ser uma mão na roda, para ter mais eficiência e rapidez. Ferramentas elétricas manuais como essa são muito utilizadas em trabalhos de pintura, mecânica, soldagem, serigrafia, entre outras áreas.

O ar quente do soprador térmico auxilia na secagem, selagem e no derretimento de soldas, ajudando em pequenos trabalhos domésticos e também nos serviços profissionais. Quer saber como usar o soprador térmico com segurança? Aprenda como se preparar e os cuidados para manipular a ferramenta.

 

Para que serve o soprador térmico?

O soprador térmico é uma ferramenta elétrica e possui uma resistência interna que aquece e, consequentemente, esquenta o ar gerado pelo motor, que vai agir sobre a superfície trabalhada. A ferramenta tem opções de regulagem de temperatura, variando, geralmente, entre 350º C a 600º C, a depender da marca.

 

soprador-ferramenta-termico-calor-removedor

O soprador também serve para aplicar insulfilm em carros (Foto: Scuto / Reprodução)

 

Além disso, os sopradores térmicos vêm com diferentes opções de bocais e intensidade, para auxiliar em vários tipos de trabalhos, dando mais funcionalidade para a ferramenta. O soprador térmico pode ser usado para:

– tirar tintas e esmaltes velhos de paredes e de outras superfícies em reformas;

– auxiliar na secagem de tintas e vernizes em móveis;

– remodelar canos de PVC; 

– aplicar películas protetoras insulfilm em vidros de carros;

– secar pinturas automotivas;

– dilatar peças mecânicas;

– soltar peças enferrujadas como porcas e parafusos;

– descongelar tubos e canos hidráulicos, entre outros.

 

O soprador térmico tem o formato de pistola, o que facilita a aplicação direcionada do ar quente, aquecendo onde realmente é necessário.

 

Leia também: Ferramentas básicas para ter em casa: 10 itens para um kit ideal!

 

Passo a passo: como usar o soprador térmico

Para obter o melhor desempenho de qualquer ferramenta, é preciso saber como usá-la corretamente. Confira o passo a passo de como usar o soprador térmico abaixo:

 

1. Escolha um local arejado e bem iluminado, com uma superfície resistente ao ar quente, para evitar acidentes;

2. Conecte o plugue do soprador térmico direto na tomada sem extensões elétricas, de preferência, ou T’s para garantir a segurança no manuseio da ferramenta;

3. Coloque os equipamentos individuais de proteção (EPIs) antes de ligar a ferramenta;

4. Ajuste a temperatura e a velocidade do vento de acordo com o tipo de trabalho que vai ser executado. Cada tipo de soprador térmico tem opções de regulagem de temperatura e velocidade diferentes. Siga as instruções do manual do fabricante para fazer o ajuste correto;

5. Ligue o aparelho e faça movimentos contínuos de cima para baixo ou circulares, evitando ficar com o bocal parado na mesma direção por muito tempo;

6. Caso precise fazer uma pausa no trabalho, use o suporte para apoiar o soprador térmico na vertical com segurança;

7. Ao finalizar o trabalho, desligue o soprador e o remova da tomada.

8. Deixe o soprador térmico na vertical em um local seguro, para que ele esfrie e possa ser guardado na caixa de ferramentas.

 

soprador-termico-goodyear

Soprador térmico GY HG – Goodyear (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Cuidados no uso do soprador térmico

Antes de usar:

– Use luvas de proteção para proteger as mãos de eventuais queimaduras.

– Não trabalhe em superfícies molhadas, para evitar choques elétricos e danos na ferramenta.

– Ajuste a temperatura e velocidade antes de ligar efetivamente o soprador térmico.

 

Durante o uso:

– Não coloque o bocal do soprador térmico para baixo, pois isso tampa a saída de ar, prejudicando o desempenho do aparelho.

– Mantenha o soprador sempre na posição horizontal ou com o bocal voltado para cima.

– Evite puxar a ferramenta pelo cabo. Coloque uma extensão elétrica em bom estado, se necessário, para obter mais flexibilidade.

– Não coloque a mão no bocal do soprador térmico durante o uso, para evitar queimaduras.

– Fique atento à posição das mãos, para evitar que o ar quente incida diretamente sobre elas.

– Desligue o soprador da tomada, caso precise trocar um acessório.

 

Depois do uso:

– Desligue o soprador térmico primeiro no aparelho e depois desconecte o plugue da tomada.

– Deixe o soprador na vertical, com o bocal para cima, para que ele esfrie a resistência mais rápido.

– Coloque a ferramenta em um lugar seguro, longe de crianças e animais de estimação.

 

Limpeza e manutenção do soprador térmico

Conforme o soprador elétrico é usado, a necessidade de limpeza aparece naturalmente. Para mantê-lo funcionando e com bom desempenho, siga as dicas abaixo:

– Não limpe a ferramenta com produtos abrasivos, especialmente a parte do bocal que é aquecida.

– Evite usar produtos de limpeza com ácido ou cloro na fórmula.

– Remova resíduos usando uma flanela seca. 

Caso não venha com o produto, compre uma maleta para guardar o soprador térmico e os acessórios como os diferentes bocais, que costumam vir junto com a ferramenta. Assim, o produto fica armazenado em segurança, fica fácil de transportar e você não perde nenhuma peça essencial para o trabalho.

É importante também que você leia no manual de instruções os cuidados de limpeza específicos para cada produto.

 

Sugestão de matéria: Confira como tirar ferrugem de ferramentas!

 

Viu como usar o soprador térmico é fácil? Além disso, os cuidados antes, durante e depois do uso e as dicas de limpeza vão prolongar a vida útil dessa ferramenta. Confira a seção completa de Ferramentas Elétricas no site da Telhanorte

 

Furadeira e parafusadeira: saiba a diferença!

 

Edição de Vinicius Marques e Camila Alexandrino

Dicas para proteger a casa de praia da maresia

Ideias de decoração de casa de praia

| Ambientes Internos

 

Casa de praia vs. Maresia? Aposte no seu imóvel, derrote o inimigo e conquiste o tão cobiçado prêmio: a décor dos sonhos, sempre perfeita! Saiba como!

 

Se você adquiriu um imóvel no litoral com certeza está ciente dos problemas trazidos pela maresia, certo? Agora, se você acabou de começar sua busca por um, é importante entender todas as consequências desse efeito desde já!

Seja qual for seu caso, a questão é: você sabe mesmo como proteger a casa de praia da maresia? Continue a leitura e aprenda a vencer de vez esse adversário!

 

Maresia: o efeito indesejado

Viver, mesmo que apenas durante um período, em uma área marítima é estar, constantemente, em contato com uma peculiaridade não tão positiva para os imóveis: a maresia.

O calor e as altas temperaturas do litoral acabam por transformar os vapores de água salgada em uma espécie de névoa, vinda diretamente do mar. Essa névoa com alto teor de salinidade se deposita na superfície de portas, janelas, móveis e até objetos e, ao longo do tempo, oxida esses materiais – principalmente, aqueles que são mais predispostos a sofrerem com sua ação, como é o caso dos aços, ferros e metais.

Mesmo sendo um efeito inevitável, algumas medidas podem ser tomadas para aumentar a conservação das construções e seus interiores. Confira a seguir nossas dicas e aprenda como proteger a casa de praia da maresia!

 

Dicas para otimizar a conservação do seu imóvel

Conforme mencionado acima, alguns materiais são mais atacados pela ação da maresia e, conhecer melhor sobre o assunto, é fundamental antes de comprar ou dar inicio a reforma da sua casa de praia!

Aço e ferro (cujo processo corrosivo é amplificado pela maresia), tecidos permeáveis (que absorvem a umidade salina mais facilmente) e cerâmicas brilhantes (que perdem o acabamento e a resistência antes do previsto) são alguns dos mais atingidos pelo efeito. A recomendação nesse caso é substituir o uso desses materiais, desde o uso de móveis com pés e estruturas de ferro, até os pregos, dobraduras e fechaduras.

Veja mais abaixo!

 

1. Portas e Janelas

Quem está construindo uma casa ou, então, adora passear pelos corredores dos home centers, sabe que o preço das esquadrias pode ser um pouco salgado – e não só por conta da maresia!

Dessa forma, considerar uma troca constante desses materiais pode não ser a melhor escolha para seu bolso! Esse é o tipo de compra que deve ser realizada poucas vezes durante a vida útil de um imóvel, seja ele no centro da cidade ou na beira da praia.

Portanto, optar por janelas e portas – externas e internas – feitas de PVC pode ser a melhor saída. Embora possam amarelar com o tempo, o custo de um retoque em suas pinturas com certeza será bem menor do que trocá-las por completo.

Outros materiais que podem ser muito bem utilizados nas portas e janelas de um imóvel praiano são o aço inox e o alumínio. O primeiro deve ser protegido com algum produto anticorrosão e antiumidade, para aumentar sua vida útil, enquanto o segundo pode ser considerado, inclusive, nos portões de entrada, devido sua resistência à maresia mais elevada. 

Use óleos lubrificantes uma vez por semana para evitar que os materiais enferrujem, emperrem ou fiquem rangendo.

A Sasazaki e a Esquadrisul têm linhas completas de soluções nesses materiais e perfeitos para proteger a casa de praia da maresia. Você pode conferir mais acessando a loja virtual da Telhanorte.

Janela-de-correr-Esquadrisul-de-aluminio-2-folhas-Ecosul-A--100cm-x-C--100cm-branca-1621190

Janela de correr Esquadrisul de alumínio 2 folhas Ecosul A: 100cm x C: 100cm branca (Foto: Acervo Telhanorte).

Janela-veneziana-3-folhas-Pratika-100x150x12cm-com-grade-Sasazaki

Janela veneziana 3 folhas Pratika 100x150x12cm com grade Sasazaki (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Atenção: Ferragens, como dobradiças e fechaduras de porta ou pregos e parafusos feitos de aço ou ferro, são tão suscetíveis à ação da maresia quanto as esquadrias em si e podem colocar a segurança da casa de praia em risco! Considere trocá-las, também, por aquelas feitas de aço inox ou aço cromado.

 

A madeira é um dos materiais que pode ser utilizado nas esquadrias da casa de praia. Contudo, sua aplicação vai demandar alguns cuidados a mais. Para começar, evite colocá-la nas áreas externas, uma vez que a umidade pode contribuir para o surgimento de fungos e manchas e acelerar o desgaste natural do material.

Nosso e-commerce está repleto de opções de qualidade e de marcas excelentes como a Vert, a Sidney e a MAPAF. Não deixe de conferir!

porta-madeira-pivotante-sidney

Porta de madeira pivotante Sidney BBB 210x110x14cm direita com vidro em arco (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Kit-porta-de-madeira-MDP-Bella-210x82cm-com-ferragem-E-UV-Vert

Kit porta de madeira MDP Vert Bella 210x82cm com ferragem E U.V (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Além de preferir usá-la no interior de casa, faça uso de um bom verniz marítimo ou naval a cada dois anos. Vale notar que não existe um verniz que seja 100% à prova de maresia, mas essas versões são os mais indicados no mercado. Você pode conferir esse e outros tipos de vernizes em uma seção exclusiva em nossa loja virtual.

Por fim, o tradicional uso de vidros nas esquadrias é uma medida inteligente quando se trata de como proteger a casa de praia da maresia. Isso porque as portas e janelas de vidro limitam a salinidade nos ambientes internos e reduzem a entrada de correntes de ar e o barulho externo.

Atenção: Se ainda assim, seu portão acabar por ser de ferro, pinte-o – assim como as grades – com revestimentos antioxidantes. Caso já tenha sido aplicado no passado, será necessário lixá-lo e tratá-lo com convertedor de ferrugem antes de recuperá-lo novamente.

 

2. Pisos e revestimentos

Algumas variáveis impactam diretamente na escolha do piso ideal para casa de praia, como: a proximidade com o mar, a quantidade de pessoas molhadas que frequentam ou podem vir a frequentar o local, a temperatura média, o tipo de areia da praia e etc. Para que a durabilidade do piso seja garantida, é necessário que haja uma análise dessas questões antes da compra e que sua decisão seja baseada, sobretudo, na funcionalidade e praticidade do material.

Levando isso em conta, os porcelanatos e os pisos cerâmicos são as melhores opções para proteger a casa de praia dos fatores externos – especialmente da maresia. Contudo, alguns cuidados devem ser tomados. Apesar de ter alta resistência, ótima qualidade e possuir grande variedade de tamanhos e formatos, o piso de porcelanato em uma casa de praia não deve ser polido, uma vez que, devido à presença de areia, eles riscam com maior facilidade!

 

Porcelanato-retificado-54x54cm-Realeza-brilhante-Delta

Porcelanato retificado 54x54cm Realeza brilhante Delta (Foto: Acervo / Telhanorte).

 

Rodape-retificado-porcelanato-tecnico-Adhara-145x80cm-polido-bege-5-pecas-Eliane

Como os revestimentos, o rodapé é disponibilizado em dois acabamentos: retificado e bold – Rodapé retificado porcelanato técnico Adhara 14,5x80cm polido bege 5 peças Eliane (Foto: Acervo Telhanorte).

 

A preferência vai para os modelos acetinados – mais resistentes à umidade, riscos, manchas e maresia – e aos modelos retificados, que possuem um espaçamento irrisório entre as placas, proporcionando um menor acúmulo de areia e poeira.

 

Porcelanato-Pierre-Belle-natural-retificado-60x120cm-Portobello

Porcelanato Pierre Belle natural retificado 60x120cm Portobello (Foto: Acervo Telhanorte)

 

Sugestão de leitura: Ainda não sabe a Diferença entre porcelanato retificado e não retificado? Acesse o link para a matéria, tire todas as suas dúvidas e saiba qual o melhor para sua casa! Aproveite e cheque também Como tirar riscos do piso laminado: passo a passo completo disponível em nosso blog!

 

Já em relação ao piso cerâmico, prefira o tipo acetinado ou fosco e com texturas para ajudar a disfarçar as manchas de umidade que a maresia deixa nos revestimentos. Os pisos brilhantes, esmaltados ou polidos não são indicados, pois são mais propensos a riscos e manchas, devido a sua perda de acabamento acelerada pela maresia.

piso-cermico-royal-gres

Piso cerâmico Real Plus acetinado bold 62x62cm bege marmorizado Royal Gres (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Como vantagens podemos citar sua longa vida útil (podem resistir até 20 anos se colocados em ambientes nos quais seu uso seja recomendado), a facilidade de limpeza (podem ser varridos facilmente e limpos apenas com água e sabão neutro) e a grande gama de padronagens e texturas, dentre as opções estão os revestimentos cerâmicos que reproduzem madeira, ótimos para trazer o clima de acolhimento na decoração com fibras naturais e evitar os custos extras que a madeira tradicional gera, como os relacionados ao selamento das peças necessário para que não apodreçam com a umidade.

 

Piso-ceramico-Maderatto-Mix-Plus-acetinado-bold-62x62cm-madeira-marrom-Royal-Gres

Piso cerâmico Maderatto Mix Plus acetinado bold 62x62cm madeira marrom Royal Gres (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Optar pelo mármore e granito também podem ser boas opções contra à maresia. A vantagem está em serem pisos que têm pouca porosidade e alta impermeabilidade, o que os tornam resistentes à umidade e, consequentemente, à manchas. Sua desvantagem está no fato de não ser ideal para áreas externas – por ter menor resistência a um fluxo maior de pessoas – e ser considerado um material mais caro.

Soleira de mármore 82x14cm branco Granífera

Soleira de mármore 82x14cm branco Granífera (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Piso-granito-40X40cm-preto-onix-064-AM-Granifera

Piso granito 40X40cm preto onix 0,64 AM Granífera (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Sugestão de leitura: Quer usar e abusar do mármore mesmo quando seu uso não for ideal? Leia tudo sobre o Revestimento porcelanato marmorizado: dicas e vantagens e faça uso desse recurso já!

 

Nossa última, mas não menos importante, dica em relação aos pisos para uma casa de praia é o cimento queimado. Muitos acreditam que esse tipo de piso não é indicado para locais que sofram com a ação da maresia, mas isso somente ocorre quando ele não é tratado propriamente!

Utilizar um concreto com menos porosidade e menor absorção, obtido ao usar a menor quantidade de água na sua produção e usar aditivos plastificantes são formas de tornar o cimento queimado uma boa opção para casas de praia!

 

Aditivo-plastificante-36L-branco-Quartzolit

A Quartzolit possui diversas soluções de aditivos monocomponentes de fácil aplicação, como o Aditivo plastificante 3,6L branco Quartzolit (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Atenção: Seja qual for sua escolha, opte por versões com resistência ao escorregamento! O ambiente praiano é sinônimo de áreas molhadas e, ao fazer essa escolha, você previne acidentes, especialmente em partes descobertas, como decks e varandas.

 

3. Tintas e vernizes

Quando falamos em tintas e corantes, o segredo de como proteger a casa de praia da maresia está em fazer uso das famosas tintas acrílicas, preferencialmente a versão antimofo, já que as gotículas de maresia provocam a proliferação de fungos e bolores no interior das casas. Essas tintas protegem de maneira mais eficiente as paredes contra os efeitos da umidade e da salinidade presentes na maresia e tornam as paredes ainda mais resistentes aos raios solares.

O uso de tintas impermeabilizantes na fachada e nas paredes externas também é essencial, visto que elas impedem que o sal proveniente dos vapores de água penetre nos poros do concreto, enfraquecendo-o com rachaduras e corroendo as estruturas metálicas internas das paredes.

Para você que está repaginando sua casa de praia, a Telhanorte conta com diversas marcas que provêm excelente cobertura, alta resistência e durabilidade, ótimo rendimento e secagem rápida, como é o caso das tintas látex impermeáveis da Sherwin Williams. Acesse nossa loja virtual ou vá até uma das nossas unidades para encontrar essa e demais opções!

 

Tinta-latex-Metalatex-acrilica-18L-bianco-sereno-Sherwin-Williams-567906

Tinta látex Metalátex acrílica 18L bianco sereno Sherwin Williams (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Como falamos anteriormente, uma boa forma de manter sua casa de praia protegida da maresia é utilizando os vernizes marítimos ou navais e as versões premium – indicadas para áreas molhadas. A Suvinil e a Sparlack possuem linhas completas destes produtos e você pode encontrá-las hoje mesmo em nosso e-commerce!

 

Verniz-Maritimo-36-litros-fosco-incolor-Suvinil

Verniz Suvinil Marítimo 3,6 litros fosco natural (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Verniz-Super-Premium-Cetol-Deck-natural-Sparlack

Verniz Super Premium alto desempenho Cetol Deck 3,6L natural Sparlack (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Além da escolha dos tipos mais recomendados para construções no litoral – alumínio ou inox, cerâmica, concreto, fibrocimento ou galvalume – as telhas também devem receber uma camada de aditivos impermeabilizantes para diminuir os efeitos da maresia.

Para isso, a Resina Acrílica base água da Suvinil é o produto ideal, com acabamento brilhante e uma excelente ação impermeabilizante. É a base de água, oferecendo baixo odor e facilidade no processo de aplicação, sendo indicado para embelezar e proteger as superfícies de telhas (cerâmicas, amianto, fibrocimento e outros), tijolos aparentes, pedras naturais (ardósia, pedra mineira, entre outras), concreto aparente.

Resina-acrilica-base-agua-ceramica-telha-36-litros-Suvinil

Resina acrílica base água cerâmica telha 3,6 litros Suvinil (Foto: Acervo Telhanorte).

 

4. Mobiliário e decoração

Assim como o restante da casa de praia, o mobiliário deve ser simples, preferencialmente usando na decoração materiais naturais como bambus e fibras naturais. É importante tratar frequentemente as peças com óleo de peroba para evitar ressecamento.

Investir em móveis com cores claras é uma das formas de tornar o ambiente ainda mais relaxante – o que, normalmente, as pessoas desejam ao passarem uns dias descansando na praia. Tons de madeira e palha também são muito bem vindos!

 

O-bambu-quando-utilizado-nos-artigos-decorativos-e-combinado-com-cores-claras-deixa-a-decoração-mais-clean-e-sofisticada

Detalhes decorativos em bambu (Foto: Uol Mulher / Reprodução).

 

Já em relação aos estofados internos e/ou externos, prefira os tecidos impermeáveis ou aquablockcomo lona, PVC ou couro – que não absorvem umidade e garantem uma vida útil maior para os produtos. A mesma recomendação vale para almofadas, tapetes e cortinas!

 

Persiana-horizontal-de-PVC-100x160x25cm-cinza-Primafer

Persiana horizontal de PVC 100x160x2,5cm cinza Primafer (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Ao comprar eletrodomésticos, opte por aqueles fabricados com aço inox. Esse material retarda o efeito da maresia que oxida os aparelhos metálicos e os enferruja.

Geladeira-Brastemp-Frost-Free-Side-Inverse-540-litros-Inox

Geladeira Brastemp Frost Free Side Inverse 540 litros cor Inox com Ice Maker (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Outra dica de como proteger os móveis da maresia é fazendo uso de capas protetoras, para evitar o contato direto dos objetos com a ação da maresia – especialmente se sua casa de praia não for sua morada oficial e você passar longos períodos sem frequentá-la.

Se no seu caso, a praia não é somente um destino de férias, mas sim parte do seu dia a dia, um bom jeito de cuidar dos móveis e eletrodomésticos é através da aplicação de produtos anticorrosão e antiumidade, conservando-os por mais tempo.

 

5. Dicas gerais

Manutenções periódicas são parte do segredo de como proteger a casa de praia da maresia. Afinal, verificar frequentemente se os materiais – sejam eles móveis, portas, janelas, pisos, encanamento, rede elétrica ou telhas – estão sofrendo com os vapores da maresia é o caminho mais rápido para a prevenção e reparo. É sempre importante também renovar a pintura das paredes e móveis para ajudar nessa proteção.

Tenha em mente que quanto mais natural melhor! Assim, as janelas e portas devem ser amplas para obter um maior aproveitamento da luz do sol e passagem de correntes de ar. Use e abuse da iluminação interna, priorizando as lâmpadas de LED, que gastam menos energia e emitem menos calor.

Por fim, uma casa bem ventilada é ideal para proteger a casa de praia da maresia! Invista em ventiladores – de chão e de teto – especialmente em banheiros, cozinhas e demais áreas úmidas.

A ventilação cruzada – correntes de ar que passam por aberturas de portas e janelas de paredes opostas ou adjacentes – garante uma circulação de ar mais veloz, já que o ar entra por uma ponta e sai pela outra. Dessa forma, se você estiver construindo sua casa de praia do zero, priorize esse tipo de planta e os ambientes integrados.

Arandela-de-aluminio-Taschibra-G9-25W-preto-fosco-Hadar-V1V-1617486

Arandela de alumínio Taschibra G9 25W preto fosco Hadar V1V (Foto: Acervo Telhanorte).

Spot-de-LED-Taschibra-direcionavel-3-lampadas-4W-6500k-branca-base-preta-1617354

Spot de LED Taschibra direcionável 3 lâmpadas 4W 6500k branca base preta (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Ventilador-de-teto-Led-repelente-com-controle-3-pas-220V-130W-branco-Spirit

Ventilador de teto Led repelente com controle 3 pás 220V 130W branco Spirit (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Agora você já sabe como proteger a casa de praia da maresia!

E ai? Pronto para fornecer a melhor proteção para sua casa?

Visite a loja virtual da Telhanorte e faça as compras de todos os materiais que precisar. Encontre pisos e revestimentos, tintas, objetos de decoração, acessórios para área externa, produtos de praia e piscina e jardim!

Compre em até 9x sem juros com o cartão Telhanorte, por telefone ou via WhatsApp.

E claro… Aproveite o Verão Telhanorte e receba produtos em casa, com frete grátis, para todo Brasil, até dia 15/01/2021! Confira os produtos participantes da promoção no site oficial!

 

Escrito por Murilo Bonício | Edição: Stéphanie Durante

Marmorato: o que é, como aplicar e como dar brilho?

o-que-e-marmorato-2

| Ambientes Internos

 

O marmorato é um tipo de revestimento que imita o efeito de pedra natural de mármore na parede, trazendo a textura sofisticada desse elemento na decoração.

 

É um recurso muito usado, principalmente pelo baixo custo se comparado ao dos blocos de mármore de verdade.

Se você não quiser mais paredes lisas, aplicar o marmorato vai dar um efeito diferenciado no acabamento interno.

Como é um acabamento que valoriza o ambiente, é muito usado nas salas de estar e halls de entrada, mas também fica ótimo nas paredes dos corredores, da escada ou em colunas.

Continue lendo e saiba tudo sobre o marmorato: o que é, como aplicar e como dar brilho nas paredes.

 

O que é marmorato?

O marmorato é um efeito de revestimento que imita a textura manchada do mármore nas paredes, dando mais sofisticação ao ambiente.

É usada, principalmente, no acabamento dos cômodos internos, evidenciado a parede que pode ser de tons claros, como bege e branco, ou de tons mais quentes, como marrom e vermelho.

A vantagem de aplicar o marmorato ao invés de usar a pedra natural de mármore é o preço, como já destacamos. O efeito menos pesado da pedra também deixa o ambiente mais natural e sofisticado.

Para valorizar o resultado do marmorato nas paredes é recomendado usar luminárias como os spots e as embutidas, bem próximas à parede. Assim, a textura manchada do mármore é valorizada pela luz.

 

parede-de-marmorato

Textura marmorato em parede de sala de estar (Foto: Decor Fácil / Reprodução).

 

Como aplicar o marmorato: materiais e passo a passo

O passo a passo de como aplicar o marmorato exige um pouco de técnica, por isso, é importante ter atenção em cada etapa para obter o efeito desejado.

 

Materiais para fazer efeito marmorato

Antes de começar o passo a passo, é importante reunir todos os materiais próximo da área de trabalho. Será necessário:

– massa para efeito marmorato na cor desejada;

– desempenadeira de inox de cantos arredondados;

– espátula;

– massa corrida PVA para fazer reparos;

– lixa para fazer acabamento;

– panos de microfibra.

Com esses materiais o trabalho vai poder ser bem executado, além de resultar em um efeito maravilhoso.

 

parede-marmorato

Parede com textura de marmorato cinza (Foto: Casa e Construção / Reprodução).

 

Passo a passo para aplicar o marmorato

Primeiro, é feito um ajuste na parede, depois é aplicado o marmorato em si. Confira o passo a passo:

 

1. Caso a parede tenha alguma falha, é preciso uniformizá-la com a massa corrida PVA. Isso porque o marmorato não vai ter o efeito desejado se existir desníveis, tinta descascando, entre outras imperfeições;

2. Com a parede uniforme, finalize com a lixa para garantir um acabamento lisinho e uniforme;

3. Em seguida, use o pano de microfibra para retirar a poeira que o lixamento possa acumular na parede;

4. Com a parede limpa, use a espátula para retirar a massa de efeito marmorato da embalagem e coloque uma quantidade na desempenadeira de cantos arredondados e comece a aplicação na parede;

5. Aguarde de 6 a 12 horas para que a primeira demão seque e lixe essa primeira camada, removendo o excesso de pó com o pano de microfibra;

6. Aplique a segunda demão da massa de efeito marmorato, aguardando, dessa vez, 12 horas para a secagem completa;

7. Aplique a terceira demão de marmorato na parede e espere mais 12 horas para que a nova camada seque e pronto! Sua parede de marmorato está pronta.

 

parede-de-marmorato

Aplicação de marmorato em parede (Foto: Facebook / Paredes em Marmorato / Reprodução).

 

Como dar brilho no marmorato

Uma característica da pedra natural de mármore que também pode ser facilmente reproduzida: o brilho na superfície.

Se você quiser o efeito espelho no marmorato, deverá aplicar uma camada de verniz ou cera incolor por toda superfície da parede.

Em seguida, use um pano felpudo ou uma máquina politriz para polir toda a parede e destacar o brilho do marmorato.

OBS: o efeito natural da aplicação do marmorato já tem um pouco de brilho e também é um resultado bonito que combina com diversos tipos de decoração.

 

marmorato

Parede de marmorato azul com cera aplicada (Foto: Casa e Festa / Reprodução).

 

Dicas sobre o uso do efeito marmorato na parede

O efeito marmorato é lindo e, com certeza, vai valorizar a sua casa e a decoração de onde ele for aplicado.

Por isso, separamos algumas dicas gerais sobre o uso e a conservação:

– Quanto mais escura for a cor do marmorato, mais destacado será o efeito manchado das veias (riscos) na parede. Por isso, se quiser um efeito mais discreto, use cores mais claras e neutras como os tons pastel;

– Na hora de aplicar o marmorato, faça movimentos aleatórios para obter um aspecto mais manchado, característico do mármore;

Nunca pare uma demão no meio. Mesmo que os movimentos sejam aleatórios, fazemos o trabalho com uma certa força e jeito contínuos. Interrompendo o processo, o acabamento não vai ficar uniforme. Então prepare-se para conseguir começar e concluir a demão, sem interrupções;

– As massas com efeito marmorato vendidas no mercado são produtos indicados para ambientes internos e secos da casa como sala, quarto, corredor, escada, hall de entrada. Não use em locais úmidos como banheiros, fachada, lavanderia, varanda ou cozinha sem a devida proteção, que garante a qualidade do acabamento.

É possível fazer marmorato em paredes de áreas úmidas e externas, porém existem produtos específicos para esses espaços, de preferência, o processo deve ser feito por um profissional. O ideal é aplicar sobre o efeito de 2 a 3 camadas de resina acrílica incolor ou até mesmo o verniz acrílico para maior proteção;

– O efeito marmorato pode ser combinado com tipos de tinta para parede de cor sólida para criar um contraste de acabamento, formando desenhos geométricos de vários formatos;

– Quer inovar no acabamento? Suba com o marmorato para o teto (você pode fazer nele todo ou só em uma parte) ou para o chão. #ficaadica

 

marmorato banheiro

Com as medidas certas, o marmorato pode ser aplicado no banheiro (Foto: Decor Fácil / Reprodução).

 

marble effect wall

Efeito marmorato no teto (Foto: Barrisol / Reprodução).

 

Curtiu as dicas para usar o efeito marmorato?

Agora que você sabe o que é, como aplicar e cuidar do acabamento em marmorato, pode começar a planejar o acabamento das paredes da sua casa.

Aproveite as ofertas do site da Telhanorte e escolha todas as opções de Tintas para pintar dentro e fora de casa.

Faça toda a pesquisa e compra online e receba seu pedido sem precisar sair de casa!

 

Edição por Murilo Bonício e Camila Alexandrino

Black Friday: tintas com desconto e sua casa de cara nova

telha-friday-tintas

| Decoração

Quer dar uma nova cor às paredes da sua casa? Na Telhanorte você encontra as melhores opções de cores e texturas, além de excelentes ofertas!

 

Finalzinho de novembro chegando e isso lembra uma data importante para quem gosta de comprar com os preços mais baixos: a Black Friday! Este ano ela acontece no dia 27/11 e será o melhor dia para começar sua reforma, pois os descontos são incríveis!

 

Sugestão de matéria: Antes de começar a jornada de compra, é sempre bom ver as melhores sugestões para aproveitar todas as ofertas, por isso, separamos uma matéria imperdível com 5 dicas para se planejar e aproveitar.

 

Na Black Friday da Telhanorte não será diferente! Nosso site já conta com dicas e ofertas durante todo o ano, mas nessa data tão esperada, abaixamos ainda mais os nossos preços para que você possa dar o pontapé que faltava na reforma da casa ou daquele cômodo que merece um cuidado especial.

A pintura dos cômodos é uma parte importante para criar a sensação de aconchego e beleza que queremos em nosso lar, então separamos as melhores ofertas de várias marcas de tintas, para que estar em casa seja um momento de prazer e alegria.

 

10 dicas de tintas com desconto para colorir, iluminar e repaginar o ambiente

 

1. Tinta Spray Multiuso alumínio Suvinil – 45% OFF

A Tinta Spray Multiuso alumínio Suvinil é indicada para pinturas artísticas em geral, artesanatos, decoração, reparos e uso profissional. Além de possuir excelente acabamento, boa aderência e secagem rápida, tem resistência extra à ação do sol e da chuva. Uma dica incrível para criar um desenho na parede ou repaginar um móvel e dar uma nova cara ao ambiente.

 

tina-spray-multiuso-alumínio-suvinil

Tinta Spray multiuso alumínio Suvinil (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

2. Tinta Suvinil Clássica Premium Maxx PVA 3,6 litros camurça – 27% OFF

A Tinta Suvinil Clássica Premium Maxx PVA 3,6 litros camurça é uma tinta especialmente desenvolvida com fórmula que garante 2 vezes mais resistência e 40% mais rendimento, além de não ter cheiro e oferecer facilidade na aplicação. Também é uma ótima pedida para quem deseja cobrir superfícies que possuem reboco, massa acrílica ou corrida, texturas, concreto, fibrocimento e gesso.

 

tinta-suvinil-clássica-premium-maxx-camurça

Tinta Suvinil Clássica Premium Maxx PVA 3,6 litros camurça (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

3. Tinta acrílica fosca Renova branco 16L Coral – 24% OFF

A Tinta acrílica fosca Renova branco 16L Coral é um creme de pintura que se espalha facilmente pelas paredes resultando em um acabamento uniforme. Você pinta sem complicação porque não precisa diluir, tem baixo nível de respingo e pode até ser aplicado diretamente sobre o mofo, sem necessidade de limpeza prévia da parede.

 

tinta-acrílica-fosca-Renova-Coral

Tinta acrílica fosca Renova branco 16L Coral (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

4. Tinta acrílica fosca Limpeza Total gelo 3,6L Suvinil – 25% OFF

A Tinta acrílica fosca Limpeza Total gelo 3,6L Suvinil possui alta durabilidade, além do efeito antirrespingo. Seu acabamento Super Lavável além de facilitar a limpeza e não deixar manchas, disfarça as imperfeições na parede e não tem cheiro. É uma opção econômica que traz um resultado incrível!

tinta-acrílica-fosca-limpeza-total-Suvinil

Tinta acrílica fosca Limpeza Total gelo 3,6L Suvinil (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

5. Tinta acrílica Gesso e Drywall branca 3,6L Suvinil – 19% OFF

A Tinta acrílica Gesso Drywall branca 3,6L Suvinil foi desenvolvida para aplicação diretamente sobre superfícies de gesso e drywall, sem que haja a necessidade de um fundo específico com massa corrida. Com seu alto poder de aderência, essa tinta permite fixar o pó sobre a superfície, o que evita o descascamento. Ideal para ambientes internos e externos.

 

tinta-acrílica-gesso-e-drywall-branca-Suvinil

Tinta acrílica Gesso e Drywall branca 3,6L Suvinil (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

6. Verniz Suvinil Triplo Filtro Solar 3,6 litros fosco natural – 28% OFF

O Verniz Suvinil Triplo Filtro Solar 3,6 litros fosco natural é um produto de fácil aplicação, boa distribuição na superfície, além de excelente aderência e secagem rápida. Podendo ser aplicada em ambientes internos e externos, dispensa o uso de um fundo com massa corrida, ou seja, é só pintar e esperar o resultado incrível que irá surgir! Por ter filtro solar, esse verniz proporciona à madeira excelente resistência ao intemperismo natural e aos raios ultravioleta.

 

verniz-Suvinil-triplo-filtro-solar

Verniz Suvinil Triplo Filtro Solar 3,6 litros fosco natural (Foto: Acervo / Telhanorte)

7. Massa corrida 25kg Coral – 26% OFF

Saindo um pouco da categoria tintas e entrando na de acessórios e itens necessários para a pintura, temos a Massa corrida 25kg Coral, que irá garantir uma pintura bonita e nova por mais tempo a partir de uma boa preparação da superfície. Ela é indicada para uniformizar, nivelar e corrigir pequenas imperfeições em superfícies internas, ou seja, sua parede ficará lisinha e pronta para receber uma demão de tinta que deixará o ambiente lindo e incrivelmente charmoso. Sua consistência cremosa tem fácil aplicação, tornando-a econômica e resistente. Dúvidas na hora da execução? Na compra desse produto você conta com o serviço Ajuda ao Vivo, que é 100% gratuito e especializado com profissional que te dará todas as dicas necessárias!

 

massa-corrida-Coral

Massa corrida 25kg Coral (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

8. Revestimento acrílico semi-brilho cimento queimado cinza 4,5Kg Quartzolit – 29% OFF

O Revestimento acrílico semi-brilho cimento queimado cinza 4,5Kg Quartzolit é ideal para criar um ambiente rústico com sofisticação, deixando sua parede com o aspecto de cimento queimado, mas com a segurança de uma parede lisinha. Perfeita para ambientes externos, como garagem, bem como em ambientes internos, onde você queira dar esse charme.

 

revestimento-acrílico-semi-brilho-cimento-queimado-Quartz

Revestimento acrílico semi-brilho cimento queimado cinza 4,5Kg Quartzolit (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

9. Lona plástica 4x50m preta Plasitap – 18% OFF

Vai reformar e precisa proteger os móveis e o piso? Então você precisa da Lona plástica 4x50m preta Plasitap, que é resistente e tem alta durabilidade, proporcionando uma cobertura mais segura. Ao final da obra, tudo estará limpo e protegido, pronto para você aproveitar a nova decoração e ter menos trabalho na limpeza.

lona-plástica-preta-Plasitap

Lona plástica 4x50m preta Plasitap (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

10. Kit bandeja para pintura 6 peças preto Atlas – 33% OFF

Quando falamos em pintura, além das tintas, o que mais vem à sua cabeça? Pincéis, rolo, bandeja, mexedor e trincha, certo? Pois nesse Kit bandeja para pintura 6 peças preto Atlas você encontra tudo que será necessário para começar a dar uma cara nova à sua casa! O kit é indispensável para pintura e acabamento em superfícies lisas, além de oferecer segurança e qualidade durante sua empreitada de embelezamento da casa!

 

kit-bandeja-para-pintura-6-peças-preto-Atlas

Kit bandeja para pintura 6 peças preto Atlas (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

A partir dessas dicas incríveis de descontos e opções de produtos já dá para começar a tão sonhada reforma em casa, certo? Então corra agora para o site da Telhanorte e inicie suas compras de Black Friday! Caso queira mais opções com desconto, acesse nossas outras ofertas na categoria Black Friday Tintas Telhanorte!

 

Sugestão de matéria: Vai fazer a reforma completa em casa? Então não deixe de conferir outros descontos incríveis da Telha Friday! Acesse nossas promoções para área externa, pisos e revestimentos, decoração, cozinha, organização da casa e ferramentas.

 

 

Por Camila Alexandrino | Edição Stéphanie Durante

Como usar tinta esmalte: 5 dicas para não errar

tinta-esmalte-para-madeira

| Tintas

 

Confira nossas dicas para não errar na hora de pintar as superfícies da casa com tinta esmalte

 

A tinta esmalte é muito utilizada em superfícies de madeira e metal, não sendo tão recomendada para paredes de alvenaria. Ela é resistente, facilita a limpeza da superfície e pode ser utilizada em áreas externas como grades e portões, além de superfícies internas como portas, janelas, batentes e rodapés

 

Sugestão de matéria: Confira em nosso blog os principais tipos e acabamentos da tinta esmalte, além dos principais tipos de tinta

 

Confira em nosso site: Tinta Esmalte

Esmalte-sintetico-acetinado-36-litros-branco-Suvinil

Esmalte sintético acetinado 3,6 litros branco Suvinil (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Como usar tinta esmalte

1. Escolha os acessórios para a pintura

Primeiro, você precisa separar os utensílios adequados para a pintura. Um dos pinceis recomendados para a tinta esmalte é o de cerdas pretas. Além do esmalte, esse pincel também é indicado para a aplicação de verniz e stainVocê também pode optar por um rolo para pintura. Nesse caso, opte por um rolo de espuma poliéster, e não por rolos de lã, que são indicados para tintas acrílicas

 

Confira em nosso site: Acessórios para Pintura

Rolo-para-pintura-9cm-espuma-406-09-Atlas

Rolo para pintura 9cm espuma 406/09 Atlas (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

2. Defina qual tinta esmalte você usará

Existem alguns tipos de tinta esmalte, entre eles o esmalte sintético e o esmalte base de água.  Para aprender mais sobre os tipos de esmalte que você pode utilizar em casa, leia a matéria: Tipos e Acabamentos da Tinta Esmalte.

 

Confira em nosso site: Pintura para Madeira e Metal

Esmalte-sintetico-acetinado-Coralit-Ultraresistencia-branco-900ml-Coral

Esmalte sintético acetinado Coralit Ultraresistência branco 900ml Coral (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

3. Prepare a superfície a ser pintada

Assim como em qualquer outra pintura, é preciso deixar a superfície limpa e preparada. Caso contrário, o acabamento pode ficar prejudicado, apresentando imperfeições.

Deixe a superfície secar e retire qualquer resquício de umidade, gordura ou póUse uma lixa bem fina (opte por uma em torno do n° 240).

 

Sugestão de matéria: Não conhece os tipos de lixa? Então acesse nosso artigo sobre os principais tipos de lixas e fique por dentro das melhores opções. 

 

4. Aplique a tinta

A aplicação vai variar de acordo com o tipo de tinta escolhida e com as indicações de cada fornecedor. O primeiro passo é ler as instruções na embalagem do produtoGeralmente, as tintas esmalte sintético precisam de solvente. Algo em torno de 30% de solvente. Já as tintas à base de água não precisam ser diluídas, tornando o trabalho mais simples. 

Aplique na superfície com o pincel ou rolo, sempre mantendo o mesmo sentido e direção.

 

esmalte-sintetico-madeira-pintura-pincel-superficie

O esmalte acetinado dá um ótimo acabamento para a madeira (Foto: Polychimie / Reprodução)

 

5. Aguarde o tempo de secagem da tinta esmalte

Antes de passar a segunda mão, caso haja necessidade, espere as tintas secarem. O esmalte à base de água tende a secar por volta de 30 minutos ao toque, enquanto que o esmalte sintético à base de solvente leva em torno de 45 minutos entre uma demão e outra.

 

Como remover tinta esmalte?

Quer reformar um móvel ou uma outra superfície que já está pintada com tinta esmalte ou verniz? Para isso, pode ser necessário retirar a tinta antiga antes de passar uma nova demão. Você pode utilizar lixas e fazer a retirada da tinta em um processo manual. Uma outra opção é a remoção da tinta em um processo químico, por meio de produtos chamados removedores

Eles podem ser usados em metal ou madeira e não danificam a superfície, retirando a tinta sem agredir a superfície. É obrigatório o uso de máscaras, luvas e óculos de proteçãoAlém disso, é importante estar em um local ventiladoEm nenhuma hipótese use esse tipo de produto em locais fechados. 

Leia com atenção as instruções do fabricante antes de começar o processo de remoção da tinta antiga. Tenha o cuidado de limpar a peça depois do uso dos removedores para a aplicação da nova cobertura de tinta. 

 

Como limpar pincéis e rolos? 

Uma das etapas que grande parte das pessoas pulam após a pintura é a limpeza dos materiais. Entretanto, não limpar pincéis, rolos e demais materiais usados no processo de pintura pode inutilizá-los. Esses itens não são descartáveis e podem te ajudar a economizar em uma outra reforma. Por isso, tome cuidado e limpe-os imediatamente após o uso. Em tintas a base de água basta usar água corrente e sabão. Já no caso de tintas à base de solvente, você vai precisar tirar o excesso de tinta do pincel com estopa ou jornal e depois lavar com um solvente como aguarrás.

 

Onde comprar tintas esmalte de qualidade e com menor preço?

Na loja virtual da Telhanorte, você encontra um departamento completo de Tintas e uma sessão especial com Tinta Esmalte para atender às suas necessidades com a qualidade e o preço que você procura. Além dos melhores preços de tintas, aproveite também nossa sessão com Acessórios para Pintura como pincéis, rolos para pintura, lixas para pintura, bandejas e caçambas, e muito mais. 

Agora que você já sabe como usar tinta esmalte, aproveite nossas promoções e faça seu pedido sem sair de casa! Receba tudo no endereço indicado e parcele suas compras em 10 vezes sem juros no cartão de crédito da Telhanorte.

 

Pintura externa: preparação e durabilidade da tinta

 

Edição de Vinicius Marques e João Victor Quintino

Tinta esmalte: diferentes tipos e acabamentos

tipos-tinta-esmalte-madeira-aplicacao-pintura-base-oleo-agua

| Decoração

 

Conheça os tipos de tinta esmalte indicados para pintura de metais e madeiras e os acabamentos do produto disponíveis no mercado.

 

A pintura é uma fase importante da obra, seja de construção ou reforma. Quando essa etapa começa, indica que o projeto está ganhando os contornos finais!

Para dar cor aos acabamentos de madeira ou metal, geralmente são utilizados tipos de tinta esmalte diferentes. Cada superfície de material pede um tipo de tinta apropriado.

Por isso, pintar exige mais atenção e critério do que se pode imaginar!

Neste post, reunimos tudo que você precisa saber sobre os tipos de tinta esmalte, os acabamentos disponíveis e onde usar cada tipo.

 

Acesse em nosso site: Tinta Esmalte

 

renovacao_de_moveis-madeira-pintura-tinta-esmalte

Algumas opções de tinta esmalte são excelentes para a pintura de madeira (Foto: Istock / Reprodução)

 

1. Tinta esmalte sintético

O esmalte sintético é ideal para pintar superfícies de madeira, metal, ferro e até aço, como esquadrias de janelas, portas, etc. Ele pode ser diluído em aguarrás quando necessário e quase não tem cheiro durante a aplicação.

Essa tinta cria uma camada que, além de dar cor, protege, isolando o material e deixando-o mais resistente. A depender da opção escolhida, pode-se pintar metais não ferrosos como alumínio e Galvanizado sem a necessidade de fundo.

Caso a pintura esteja sendo feita em cima de uma pintura antiga que também tenha base solvente, use a tinta esmalte sintética. Assim, a pintura não corre o risco de descascar ou estufar!

 

2. Tinta esmalte à base de água 

A tinta esmalte à base de água também é indicada para pintura de mesas, prateleiras, armários e portões.

Tanto a tinta esmalte sintética quanto a tinta esmalte à base de água podem ser usadas na pinturas de áreas internas e externas da casa. Mas de preferência, pelo cheiro forte, a tinta sintética é recomendada para a área externa. Como quase não tem cheiro e não amarela, é ideal para fazer pinturas internas ou de objetos que vão ficar na parte interna da casa.

 

Sugestão de matéria: Confira dicas de pintura externa para deixar a casa maravilhosa!

 

Acabamentos de tinta esmalte

 

Acabamento acetinado

A tinta esmalte acetinada deixa um acabamento mais aveludado e o brilho é bastante discreto, não chegando a ser fosco. 

Esse acabamento valoriza mais as superfícies regulares, sem desníveis ou descascamentos. 

A tinta esmalte acetinada tem uma resistência média em relação à limpeza com água. Por isso, prefira limpar os móveis com o pano seco ou apenas levemente úmido.

 

tinta-esmalte-acetinada-madeira-mobilia

Mobília de madeira renovada com cores novas (Foto: Designer Trapped / Reprodução)

 

Acabamento fosco

A tinta esmalte fosco tem o acabamento sem brilho, que ajuda a disfarçar qualquer defeito ou irregularidade no material.

Para esse tipo de tinta esmalte não é recomendado fazer a limpeza com água. Use apenas um pano seco.

 

pintura-moveis-esmalte-fosco

A pintura pode ser feita de maneira criativa e personalizada (Foto: Móveis Futura / Reprodução)

 

Acabamento brilhante

Por último, a tinta esmalte de alto brilho reflete bastante a luz, valorizando a pintura na luz natural. Nas superfícies regulares, tem um efeito ainda melhor.

Esse acabamento de tinta esmalte é o que melhor resiste à limpeza com água.

 

tinta-esmalte-alto-brilho

A tinta esmalte pode ser usada em cadeiras e demais peças de madeiras em área externa (Foto: Young House Love / Reprodução)

 

Vantagens da tinta esmalte

A tinta esmalte cria uma camada resistente, que funciona como uma forma de proteção quando aplicada. Por isso, usar tinta esmalte prolonga a vida útil de móveis, janelas e portas, deixando-os bonitos e bem acabados por mais tempo.

Para as pinturas que ficam expostas na área externa, as vantagens são maior proteção contra umidade, chuva e sol (responsáveis por descascamentos), estufamento, umidade, etc. 

Esmalte-sintetico-acetinado-Coralit-Ultraresistencia-branco-900ml-Coral

Esmalte sintético acetinado Coralit Ultraresistência branco 900ml Coral (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Acessórios para pintura com tinta esmalte

Qualquer tipo de pintura precisa dos acessórios certos para conseguir o efeito desejado com a tinta e também facilitar o trabalho.

Para as pinturas com o esmalte, você vai precisar de: bandeja, pincel, rolo e fita crepe (caso você queira fazer algum efeito ou proteger alguma parte).

 

Sugestão de matéria: Quer saber o que é tinta acrílica? Confira em nosso artigo as vantagens e desvantagens desse tipo de tinta

 

Gostou das dicas?

Com essas informações, você pode escolher a cor certa para o trabalho na sua casa!

Confira a categoria completa de Pintura para madeira e metal da Telhanorte e aproveite as ofertas e promoções do site. Além das tintas, veja também Acessórios para Pintura, Tintas e Corantes para parede e Solventes e Removedores.

Faça suas compras online e receba tudo em casa. Conheça o cartão de crédito da Telhanorte e aproveite as melhores formas de pagamento do mercado!

 

Quais os principais tipos de tinta para parede

 

Edição: Vinicius Marques e Murilo Bonício