ajuda | Blog Telhanorte

Organizar ferramentas: 7 opções simples e práticas

Como usar uma plaina

| Ferragens

 

Dicas de como organizar ferramentas em casa, na marcenaria, serralheria e outros locais. Aposte no uso de caixas, painéis, prateleiras e mais. Confira!

 

Toda casa, escritório ou ambiente comercial possui – ou deveria possuir –  um kit de ferramentas básicas organizado!

Seja um martelo, uma chave de fendas ou um alicate, na hora que você mais precisa, você sabe exatamente onde encontrar? Imagine, então, se estamos falando de uma oficina mecânica, uma marcenaria ou uma serralheria que possui uma quantidade enorme de itens!

Vamos combinar que ficar procurando uma ferramenta no meio da bagunça não é nada agradável. Principalmente, porque você perde um tempo enorme e, com isso, seu humor e energia vão diminuindo, enquanto deveriam estar em níveis excelentes para por a mão na massa!

E a palavra mágica para evitar todo esse estresse é organização! Portanto, vamos conversar um pouco sobre como organizar as ferramentas?

 

Como organizar as ferramentas: primeiros passos

Organização é tudo de bom! Vai te poupar o trabalho de ficar procurando ferramentas, otimizar o tempo e dar ânimo para novas empreitadas. E não é necessário fazer altos investimentos para organizar as ferramentas… Com materiais bem simples e baratos você consegue atingir seu objetivo e ter as ferramentas facilmente à mão.

Nada como você procurar um item e ele estar ali, no lugar certo, reservado para ele. Isso sem falar da economia! Afinal, se você não acha uma ferramenta, pode ser necessário ter que comprar outra… Mas para que isso aconteça, é preciso primeiro gastar um pouco de tempo e paciência – para não precisar perdê-los nunca mais! Antes de começar propriamente a organização das ferramentas, é preciso seguir os seguintes passos:

 

a) Defina o espaço que vai ser utilizado para colocar as ferramentas. Esse espaço deverá ficar reservado exclusivamente para as.

b) Dentro do espaço selecionado, verifique de que forma as ferramentas serão colocadas, seja utilizando um painel perfurado, ou colocando em caixas organizadoras, prateleiras e maletas específicas.

c) Separe as ferramentas por categorias, por exemplo: ferramentas elétricas, ferramentas manuais, parafusos, pregos e por aí vai.

d) Desapegue-se daquelas ferramentas que não serão mais utilizadas – por estarem quebradas, desatualizadas, oxidadas ou enferrujadas. Descarte-as no lixo reciclado ou dê para alguém que ainda possa fazer uso delas, afinal, só estão ocupando um espaço precioso. 

e) Quando for usar as ferramentas, lembre-se de recolocar as mesmas sempre no devido lugar. Rotina é importante nesse quesito. Evite ficar mudando as ferramentas de lugar. 

f) Crie o hábito de manter sempre esse local devidamente organizado. Não adianta organizar se não houver uma manutenção. Afinal, o trabalho irá render bem mais quando feito em um local limpo e organizado!

Então, vamos ver como organizar as ferramentas e quais os tipos de materiais que podemos utilizar para atingir esse objetivo?

 

1. Painel perfurado ou Pegboard

Também conhecido como chapa perfurada de eucatex ou xapadur perfurado, o painel perfurado de madeira é uma excelente forma de organizar, no qual podem ser pendurados ganchos diversos, cestas e outros acessórios, mantendo as ferramentas visíveis e ao alcance das mãos. 

 

pegboard-painel-de-madeira-estante-preteleira-barata-1

Pegboard: a tendência dos painéis de madeira veio para ficar (Foto: Casa da Valentina / Reprodução)

 

2. Painel perfurado metálico

Caso você possua muita ferramenta, e dependendo do peso total delas, sugerimos que você utilize uma grade metálica para fazer o painel. Ela pode ser feita com qualquer tipo de aramado ou tela perfurada de metal. 

Como organizar ferramentas

Painel metálico para suporte de ferramentas (Foto: Anhaguera Ferramentas / Reprodução)

 

3. Painel de madeira

Numa linha mais rústica, caso você disponha de restos (ripas) de madeira, um pallet que não esteja usando, uma placa de MDF ou uma chapa de compensado, você poderá transformá-los também num painel de ferramentas, com o auxílio de alguns pregos. Depois, é só pendurar as ferramentas. 

 

Como organizar ferramentas

Painel de ferramentas com deck de madeira (Foto: Do Edu / Reprodução)

 

4. Maleta para ferramentas

Caso você não tenha muitas ferramentas, essas podem ficar acondicionadas em maletas específicas.  Suas ferramentas ficarão sempre à mão e guardadas em local apropriado. Elas são práticas, geralmente com divisórias e até mesmo pequenos bolsos internos. Você vai encontrar maletas em tamanhos e materiais variados (plástico, alumínio, ferro, etc.) e até mesmo algumas em formato de carrinho, facilitando assim o transporte da mesma. 

 

Telhanorte1

Caixa para ferramentas maleta MFV312 36x16cm amarela e preta Vonder (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

5. Caixas organizadoras

Uma boa forma de como organizar as ferramentas é usando as caixas organizadoras. Utilize preferencialmente as caixas transparentes, pois facilitam na localização do que se procura. Caso contrário, não se esqueça de colocar uma etiqueta por fora da caixa, indicando seu conteúdo. Isso irá agilizar a procura pelas ferramentas.

 

caixa-organizadora-plastico-sanremo

Caixa organizadora Top Stok Sanremo. Confira essa oferta! (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Leia também: Casa sem bagunça: saiba como organizar usando caixas e cestos

 

6. Prateleiras

Outra excelente forma de como organizar as ferramentas: as prateleiras. Elas são uma forma prática de deixar as ferramentas visíveis e organizadas. De preferência, coloque as ferramentas em recipientes transparentes e/ou etiquetados. 

 

Como organizar ferramentas

Ferramentas dispostas em prateleiras (Foto: i1 / Reprodução)

 

7. Potes de vidro e potes plásticos

Os potes normalmente são utilizados para organizar objetos menores, como parafusos, pregos, porcas, arruelas e buchas. Eles são muito úteis para miudezas, impedindo que fiquem espalhadas. E você deve ter diversos em casa! Você pode utilizar para isso os potes de maionese, de palmito e de azeitonas que já não têm mais serventia, por exemplo. Assim, você ainda contribui para que não sejam descartados na natureza de forma imprópria!

 

Image result for pote de vidro com ferramenta

Potes de vidro com ferragens pequenas (Foto: Minha Casa Minha Cara / Reprodução)

 

É sempre importante e necessário ter uma caixa de ferramentas, mesmo que pequena, dentro de casa, para eventuais consertos e emergências que possam surgir. O que não é necessário é ter que revirar a casa à procura delas! E, para isso, deixá-las organizadas e em local de fácil acesso é a melhor saída. Agora que você tem diversas dicas de como organizar suas ferramentas, coloque-as em prática! Veja como essa organização facilitará o seu dia-a-dia!

A Telhanorte oferece um departamento inteiro com itens para a organização da casa. São centenas de opções, incluindo cestas e caixas organizadoras, lixeiras, itens para organização do closet, banheiro, cozinha, áreas de serviço e muito mais. Acesse nossa loja virtual, selecione os produtos que vão deixar a sua vida mais prática e receba tudo em casa. Você também pode visitar uma de nossas unidades físicas, comprar por telefone ou Whatsapp.

Aproveite e conheça nossa sessão Outlet e faça suas compras com o cartão Telhanorte, para ter acesso a condições de compra e descontos imperdíveis!

 

Edição  de Murilo Bonício e Vinicius Marques

Como colocar porcelanato no piso: faça você mesmo!

revestimento-porcelanato-instalar-instalacao-aplicar-piso

| Construção

 

O porcelanato é um dos pisos mais desejados do mercado, seja por beleza, praticidade ou facilidade de instalação. Que tal aprender como instalar?

 

É claro que a melhor opção é sempre contratar um profissional acostumado a realizar esse tipo de instalação, mas se você quiser realmente colocar a mão na massa e aprender como colocar o piso de porcelanato, siga este guia criado especialmente para te ajudar.

Se essa é a sua primeira vez, talvez você tenha alguma dificuldade com a aplicação, por isso tenha alguém à disposição para te ajudar, se preciso.

 

Passo a passo: como colocar porcelanato

1. Deixe o contrapiso pronto

O contrapiso é o que fica abaixo do porcelanato que será aplicado. É importante que ele esteja limpo e seco, sem resíduos. Se você for aplicar o porcelanato em cima de um outro piso já existente, talvez seja necessário lixá-lo antes de colocar o porcelanato. Caso seja um contrapiso novo, ele deve estar pronto há pelo menos 14 dias antes de aplicação do porcelanato.

Em construções, é extremamente importante que você confira o caimento da água antes de instalar o piso, dessa forma é mais simples arrumar qualquer erro, sem perder todo o trabalho que você teve para aplicar o piso. E por último, porém não menos importante, analise se a superfície está nivelada. Caso não, nivele-a antes de seguir com os demais passos.

 

2. Aplique a argamassa

A argamassa é o que fará o papel de cola e fixará o piso – neste caso o porcelanato – no contrapiso. Você deve prepará-la conforme a descrição contida na embalagem do fabricante.

Em seguida, aplique-a no contrapiso com a ajuda de uma desempenadeira, usando o lado liso da ferramenta para despejá-la. Depois, use o lado denteado para formar cordões (ou ondas) na argamassa e deixe-a homogênea. Você pode pedir ajuda de alguém para realizar essa etapa, para acelerar o processo. Enquanto uma pessoa aplica a argamassa, a outra espalha.

 

argamassa-aplicacao-piso-porcelanato-instalacao

Espalhe igualmente a argamassa pela superfície (Foto: Biomassa / Reprodução)

 

Para que o porcelanato fique adequadamente posicionado, você deve usar cerca de 1 centímetro de espessura de argamassa. Já em modelos com medidas maiores (acima de 30×30cm), é indicado que o porcelanato seja assentado em camada dupla. Para isso, além de aplicar a argamassa no contrapiso, aplique também no tardoz (o verso do piso).

Atenção: Não existe apenas um tipo de argamassa! Caso você tenha intenção de aprender como colocar porcelanato no banheiro, na cozinha ou no piso para área externa, por exemplo, busque por peças indicadas para esses ambientes.

 

3. Aplique o porcelanato

Com o contrapiso pronto e a argamassa aplicada, é hora de assentar o porcelanato. Se você está aprendendo a como colocar o porcelanato do zero, faça tudo com muito cuidado! Movimente as peças até que elas fiquem na posição ideal – nem muito longe, nem muito próximas umas das outras.

 

Para tanto, algumas informações são importantes:

 

Cuidado: O porcelanato, enquanto está sendo instalado, pode quebrar muito facilmente! Por isso, realize cada uma das etapas com muita atenção, sem pressa.

 

4. Limpe as sobras

Fique tranquilo, ter sobras é muito comum. Enquanto você aplicar o porcelanato, vá eliminando o excesso de argamassa – que comumente fica no piso – com o auxílio de uma esponja ou pano úmido.

 

5. Utilize o rejunte adequado para cada tipo de piso

A última etapa é a aplicação do rejunte. É ele que irá garantir o acabamento perfeito no piso. Além da estética, sua função também é evitar infiltrações e compensar possíveis irregularidades – prováveis de acontecerem quando você está aprendendo como colocar o porcelanato.

Assim como existem diferentes tipos de porcelanatos, você também pode encontrar diferentes opções de rejuntes à venda, entre eles:

Além dos tipos e usos específicos, o rejunte pode variar em relação à cor. Fique atento a esse fato para compor a decoração do ambiente de acordo com a sua vontade! É importante adquirir todo o porcelanato necessário de uma única vez, para não correr o risco de ter alterações de tons e cores em diferentes lotes.

Em ambientes que possuem alto trânsito de pessoas, é indicado um rejunte escuro para facilitar a limpeza do local.

 

Sugestão de matéria: Descubra 4 tipos de porcelanato para a área externa da sua casa, se inspire com imagens de ambientes com porcelanato amadeirado e aprenda como escolher um modelo de porcelanato amadeirado

 

Pronto! Demorou um pouco, mas você definitivamente aprendeu como colocar piso de porcelanato!

Sua última preocupação deve ser manter o ambiente sem trânsito de pessoas por pelo menos 7 dias após a aplicação. Caso a obra não possa parar, os profissionais podem ser liberados para trânsito após 3 dias!

 

Onde comprar ferramentas e revestimentos?

Antes de começar a obra, é importante que você tenha em mãos todas as ferramentas, produtos e peças que indicamos ao longo do texto e que serão usadas por você. Na hora de realizar a compra, visite a loja virtual da Telhanorte! Temos um departamento completo de Pisos e Revestimentos com tudo que você precisa para a obra: Acabamentos para PisoArgamassa e Rejunte, Pastilhas, Pisos, Porcelanatos e mais!

Teve alguma dúvida na hora de comprar? Entre em contato com a equipe da Telhanorte pelo WhatsApp ou acesse o site, faça seu pedido e receba tudo em casa!

 

Porcelanato amadeirado: como escolher um modelo

 

Edição de Murilo Bonício e Vinicius Marques