geladeira | Blog Telhanorte

Qual o melhor tipo de geladeira? Modelos, características, prós e contras

Qual o melhor tipo de geladeira

| Cozinha

Está redecorando a cozinha e ainda não sabe qual geladeira escolher? Confira nossas dicas de modelos e quais se adequam às suas necessidades

 

Se você chegou a essa matéria, provavelmente está precisando de uma nova geladeira e se deparou com diferentes modelos, inúmeras funcionalidades, mas não sabe qual consegue conciliar melhor o que você precisa.

A primeira informação que você deve ter em mente é que não existe apenas o modelo ideal, mas também o tipo, que vai influenciar e muito no seu dia a dia.

Definir qual o tipo de geladeira que você precisa é imprescindível para encontrar o modelo certo e mais adequado às suas necessidades. Com essa informação em mente você também pode filtrar os preços e conciliar seus desejos e o valor que pretende gastar em uma.

 

Qual o melhor tipo de geladeira?

Sabemos que hoje em dia é praticamente impossível viver sem esse eletrodoméstico, uma vez que ela resolve a maioria dos nossos problemas referentes à conservação dos alimentos.

Elas podem congelar ou apenas mantê-los resfriados, proporcionando uma maior durabilidade. Se você gosta de preparar refeições de qualidade, é fundamental ter uma geladeira em casa.

Se a sua cozinha é muito pequena, ou você mora em uma casa com cômodos conjuntos, pode precisar colocar a geladeira em outro espaço.

 

Leia mais em: Geladeira na sala: como usar na decoração?

Forneceremos algumas informações a respeito de cada tipo de geladeira para que, assim, você possa compreender melhor suas necessidades estéticas, funcionais e orçamentárias.

 

1. Geladeira de uma porta

Economicamente falando, é o tipo mais barato de geladeira. Trata-se de um modelo básico,  compacto, em que o congelador (freezer) vem dentro do refrigerador. Ou seja, para abrir o congelador é necessário abrir o refrigerador.

Funciona bem para residências com uma cozinha pequena, com um número bem reduzido de moradores, por exemplo, casas de um a dois moradores.

Também é ideal para casas com pessoas que não passam muito tempo na residência e por isso conservam poucos alimentos.

Como o freezer vem embutido na geladeira, o espaço interno fica bem reduzido. 

Normalmente, nesse tipo de geladeira o degelo não é automático. Você deverá, de tempos em tempos, conforme a necessidade, fazer o degelo manual.

Entretanto, pode já existem opções frost free, que tornam a manutenção mais simples.

 

geladeira-uma-porta-consul-congelador

Geladeira branca uma porta Consul (Foto: www.consul.com.br/Reprodução)

 

2. Geladeira Duplex (duas portas) 

Apesar de ser um produto um pouco mais caro do que a geladeira de uma porta, é um dos modelos mais procurados atualmente.

Apresenta duas portas: possui porta individual para os alimentos congelados (freezer) na parte superior e porta individual para o refrigerador, na parte inferior.

Ideal para famílias maiores, a geladeira duplex possui espaço generoso para armazenar tanto os congelados como os produtos que necessitam apenas de refrigeração.

Encontramos uma grande variedade de tamanhos, cores e estilos.

Os modelos mais modernos já possuem o sistema “frost free” de degelo, ou seja, não é necessário realizar o degelo manual uma vez que esse sistema impede a formação do gelo nas paredes do congelador. Modelos mais antigos não possuem esse sistema de degelo, tendo que ser feito manualmente. Fique atento ao fazer sua compra.

geladeira-duplex-prata-brastemp-duas-portas-congelador

Geladeira duplex prateada Brastemp (Foto: www.brastemp.com.br/Reprodução)

 

3. Geladeira Inverse

Também possui duas portas e, como o próprio nome diz, a geladeira inverse possui uma disposição invertida do refrigerador e do congelador, em comparação com as geladeiras tradicionais.

O refrigerador fica na parte de cima, mantendo as mesmas dimensões da geladeira duplex e o congelador fica na parte debaixo.

Com design moderno e inovador, esse tipo de geladeira é ideal para quem não faz uso constante do congelador e utiliza bastante o refrigerador.

Os alimentos ficam em uma altura boa sem a necessidade de ficar abaixando para pegar.

É importante verificar o uso desse tipo de geladeira pelas crianças. Se forem pequenas, pode haver alguma dificuldade para conseguirem pegar os alimentos. 

 

geladeira-inverse-electrolux-prateada

Geladeira inverse prateada Electrolux (Foto: loja.electrolux.com.br/Reprodução)

 

4. Geladeira Side by Side

Ideal para quem possui uma família numerosa, que precisa armazenar mais produtos alimentícios (tanto congelados como refrigerados) e dispõe de um espaço considerável na cozinha.

Esse tipo de geladeira possui igualmente duas portas sendo que estas estão dispostas lado a lado (side by side). Uma porta para o congelador (um pouco mais estreita) ao lado de uma porta para o refrigerador (mais larga). 

Ideal para quem faz muito uso dos dois compartimentos.

Ter esse tipo de geladeira é uma boa opção para quem congela bastante comida. 

Outro detalhe bastante prático: geralmente, as geladeiras do tipo Side by Side vem com dispenser de água e gelo.

geladeira-side-by-side-prateada-lg-congelador

Geladeira side by side prateada LG (Foto: www.lg.com/Reprodução)

 

5. Geladeira French Door

A geladeira do tipo French Door é o que há de mais moderno e espaçoso no mercado das geladeiras. Seu design inovador impressiona. Seu custo também costuma impressionar. 

Apresentando três portas, é uma mistura de side by side com invertida. Vamos explicar. São duas portas na parte de cima onde fica o refrigerador (dividido em dois compartimentos) e na porta de baixo, fica o congelador (freezer). 

Ideal também para famílias grandes e que precisam armazenar muitos produtos alimentícios. Espaço não vai faltar!! Também costuma vir com dispenser de água e gelo. 

Como todo tipo de geladeira invertida, é preciso uma maior atenção com as crianças menores na hora que forem pegar alimentos no refrigerador. 

Se você precisa de espaço, mas não quer gastar muito com a geladeira, uma opção é aprender como armazenar alimentos na geladeira de maneira organizada, ganhando mais espaço. 

geladeira-french-door-prateada-sansung-congelador

Geladeira french door prateada Sansung (Foto: www.samsung.com/Reprodução)

 

E qual o melhor tipo de geladeira? 

Fizemos uma pequena descrição dos tipos de geladeira que você encontrará no mercado especializado. Para saber qual o melhor tipo de geladeira, você deverá levar em conta alguns fatores, como: 

Quanto você está disposto a investir

O espaço disponível na sua cozinha

Qual opção irá atender às suas necessidades

Tamanho da sua família

 

A decisão é toda sua! Esperamos ter contribuído na sua escolha de qual o melhor tipo de geladeira. Conheça o site da Telhanorte e veja os produtos necessários para sua casa!

 

Edição por Veronicca Fernandes

Como armazenar alimentos na geladeira: 7 passos para acertar

sacos-para-conservar-alimentos-geladeira

| Cozinha

Aprenda como armazenar alimentos na geladeira em cada parte, separando em sacos para conservar e respeitando a duração de cada um dos alimentos

 

Pare um minuto e pense: você sabe como armazenar alimentos na geladeira? Ou você faz o tipo que chega do mercado e coloca tudo lá dentro sem critério? A geladeira é um eletrodoméstico indispensável na cozinha, por isso, precisa estar bem organizada, limpa e com os alimentos armazenados corretamente.

Esses são os três pontos fundamentais para evitar o desperdício de alimentos perecíveis e a contaminação por bactérias que podem causar problemas de saúde sérios. Sua geladeira precisa de um upgrade na organização? Então este post é para você!

Montamos um passo a passo com tudo que você precisa para armazenar alimentos na geladeira e conservá-los.

 

potes-quadrados-comida-formato-retangular-alimento-cor-colorido-oikos-azul-verde-geladeira

Organização de alimentos para guardar na geladeira (Foto: Oikos / Divulgação)

 

1. Onde é melhor colocar cada alimento?

 

As prateleiras podem ser divididas em superior, intermediária e inferior. Na prateleira superior há mais refrigeração, por isso, priorize os alimentos como leite e derivados que devem ser mantidos com uma boa refrigeração para ficarem conservados.

Nas prateleiras intermediárias dê prioridade para alimentos que já estão prontos como sobras de legumes ou arroz, por exemplo. Para armazená-los, use potes de plástico, de preferência aqueles sem BPA

Já nas prateleiras inferiores, onde a refrigeração é menor, use para armazenar alimentos que precisam descongelar. Nunca descongele carne ou peixes em temperatura ambiente para não correr riscos de contaminação.

Importante: não coloque panos ou toalhas nas prateleiras para não prejudicar a circulação de ar dentro da geladeira. 

 

Use a gaveta superior para conservar temperos caseiros e para colocar as carnes que serão preparadas no dia e também frios fatiados ou em pedaço.

A parte da gaveta inferior deve ser separada para armazenar alimentos na geladeira que precisam estar frescos para consumo como frutas, legumes e verduras. Organize em sacos para conservar alimentos na geladeira ou use divisórias para criar seções na gaveta.

 

A porta é uma das partes que mais fica exposta ao ambiente pelo movimento natural de abertura. Por isso, armazene temperos, água, sucos e conservas que não estragam facilmente. 

 

O freezer serve para armazenar alimentos na geladeira por um longo período como carnes, por exemplo. Embaladas corretamente, elas são conservadas por vários meses.

 

Veja mais em: Como escolher a geladeira ideal para sua cozinha? Aprenda!

 

2. Lave os alimentos antes de colocar na geladeira

Agora que você já sabe onde colocar cada item, o próximo passo de como armazenar alimentos na geladeira é limpar os alimentos corretamente antes de guardar. É fundamental lavar os alimentos, pois eles ficam expostos no supermercado, várias pessoas manipulam com as mãos, então nunca guarde direto na geladeira.

Higienize tanto os alimentos perecíveis como frutas, legumes e verduras quanto os não perecíveis embalados como arroz, feijão, cereais, macarrão, etc. Estes últimos não vão para a geladeira, mas devem ser limpos também. Confira no vídeo abaixo como fazer o processo de limpeza dos alimentos antes de armazená-los na geladeira:

 

3. Use sacos para conservar alimentos na geladeira

Deixar os alimentos soltos na gaveta não só bagunça a organização, mas também pode afetar a durabilidade dos alimentos. Por isso, separá-los em sacos para conservar alimentos na geladeira é uma forma de proteger frutas, legumes e verduras.

Compre rolos de saco transparente exclusivamente para esse uso. Assim, depois de fazer a limpeza, você pode embalar cada item e guardar na gaveta.

 

4. Entenda as variações de duração dos alimentos na geladeira

O principal na hora de armazenar e conservar alimentos na geladeira é ter atenção ao prazo para consumo indicado nos rótulos. Os industrializados devem ser consumidor a risca dentro da validade recomendada. Se mudar o alimento de embalagem, acelere o consumo, pois a capacidade de conservação é afetada.

Já os perecíveis como frutas, verduras de folha e legumes variam bastante. Se já comprá-los maduros, o melhor é consumi-los o quanto antes ou em um prazo máximo de até 7 a 10 dias.

 

alimentos-comida-armazenamento-frutas-legumes

Alimentos armazenados da maneira certa (Foto: ser.vitao.com.br)

 

5. Fique atento a temperatura de geladeira para alimentos

Outro passo importante de como armazenar alimentos na geladeira é colocar a geladeira na temperatura certa para conservá-los com segurança.

Mantenha o interior da geladeira sempre abaixo de 7º C. Já o freezer pode variar até -15º C. Olhe o manual da geladeira para regular a temperatura correta, caso o sistema do seu modelo não tenha um regulador com números. 

 

6. Alimentos que não devem ser congelados

Outra dúvida frequente sobre como armazenar alimentos na geladeira é se existe alimentos que não devem ser congelados. E a resposta é sim.

 

Veja também: Armário de cozinha: 5 truques de organização eficazes!

 

7. Não sobrecarregue a geladeira

Por último, para que todos os passos anteriores de como armazenar alimentos na geladeira sejam eficientes não superlote a geladeira além da sua capacidade. Assim, você visualiza tudo que tem na geladeira e consegue tirar e retornar os alimentos com facilidade. Valorize o consumo consciente.

 

Sua geladeira precisa de um upgrade?

Mesmo com o passo a passo de como armazenar alimentos na geladeira você ainda tem trabalho ao organizá-la e falta espaço? Veja alguns produtos de organização de cozinha que temos disponíveis no site da Telhanorte, compre e receba em casa com mais facilidade.

 

Edição por Veronicca Fernandes

Como escolher a geladeira ideal para sua cozinha? Aprenda!

| Cozinha

Aprenda como escolher a geladeira ideal analisando consumo de energia, capacidade, número e organização das portas e tipo de degelo

 

Se por um lado a geladeira não está entre os eletrodomésticos mais baratos de uma lista de casa nova, ela é um do que apresenta maior tempo de vida, sendo funcional por anos! Por isso, se você está pensando em comprar sua primeira geladeira ou trocar a companheira de anos, é importante dominar algumas informações sobre como escolher a geladeira ideal.

As  informações que você coletar, antes de passar o cartão de crédito, vão te ajudar a ter um eletrodoméstico mais econômico (sabia que a geladeira pode representar até 50% da conta de luz?) e funcional, atendendo todas as suas necessidades. E acredite, nem só o preço é importante nessa hora.

Então, para escolher a geladeira ideal você deve considerar:

  1. Consumo de energia
  2. Capacidade
  3. Número e organização das portas
  4. Tipo de degelo

 

Veja também: Geladeira na sala: como usar na decoração

 

Como escolher a geladeira ideal? 4 itens que você precisa observar

1. Consumo de energia

Esse é sem dúvida um dos fatores determinantes na escolha de uma geladeira, que vai contribuir com a economia ao longo dos anos. Mesmo que geladeiras mais econômicas tenham um custo inicial maior, é importante que você as considere, afinal, em pouco tempo a economia gerada pode superar o valor investido na compra.

A primeira coisa a ser observada é se a geladeira tem o Selo Procel A, que garante que o eletrodoméstico possui eficiência energética. Além desse selo é interessante observar o valor de consumo de kWh por mês. Esse valor, em geladeiras muito econômicas, gira em torno de 31 KW/mês a 41,2 kW/h.

Modelos mais robustos, como as geladeiras de mais de 400 litros, consomem mais energia e, por isso, as opções mais econômicas apresentam um consumo de 61,3 kWh/mês.

selo-procel-economia-energia-cemirim

(Imagem: CEMIRIM / Reprodução)

 

2. Capacidade

Como escolher o tamanho da geladeira? As geladeiras devem atender às demandas de cada casa. O estilo de vida interfere no tamanho da sua geladeira. Se a sua família tem o costume de almoçar todos os dias em casa, uma geladeira que suporte o volume de suprimentos necessários, por exemplo.

O padrão usado para te ajudar a escolher a geladeira ideal é:

 

3. Número e organização das portas

Depois de escolher o tamanho da geladeira é importante definir o modelo de portas. Atualmente é possível encontrar muitas variações de abertura, as principais são:

 

Veja mais em: Qual o melhor tipo de geladeira? Modelos, características, prós e contras

 

4. Tipo de degelo

Esse é um ponto muito importante no processo de como escolher a geladeira ideal. Isso porque o tipo de degelo está diretamente relacionado ao trabalho que a geladeira pode te dar em relação à sua limpeza. 

Com geladeiras desse modelo você precisará fazer degelo manualmente e periodicamente. Isso pode dar bastante trabalho e ocupar algum tempo da sua rotina. Entretanto, o custo de geladeiras com degelo manual é bem mais baixo do que outras opções. 

Ainda é necessário realizar o degelo, mas para isso você só precisa apertar um botão e deixar a geladeira fazer o restante do trabalho.

É preciso ter atenção para não esquecer de fazer o degelo, afinal, isso pode prejudicar o funcionamento da geladeira e encurtar seu tempo de vida.

Aqui temos um modelo que reúne o degelo manual e o degelo seco. No freezer o degelo é manual, na geladeira, o degelo é seco.

Porque e como escolher uma geladeira frost free? Esse é o modelo mais atual e, se você tiver condições financeiras para optar por ele, é a melhor opção do mercado. Isso porque, devido a tecnologia do aparelho, não é necessário fazer degelo, algum. 

 

congelador-gelo-degelo-freezer-geladeira

Congelador com gelo (Foto: www.promobit.com.br/Reprodução)

 

Opcionais para uma geladeira completa

Com as dicas que apresentamos acima sobre como escolher a geladeira ideal você já é capaz de fazer uma ótima compra, entretanto, conhecer alguns itens adicionais para seu eletrodoméstico pode torná-lo ainda mas perfeito para suas necessidades. 

 

Painel eletrônico externo

Existem diferentes tipos de painel para geladeiras. Em alguns é possível regular níveis de temperatura, outros apresentam funções de refrigeração pré-programadas como:

 

Altura flex

Com essa opção você pode mudar as alturas das prateleiras para facilitar a organização da sua geladeira. 

 

Filtro de odores

Algumas geladeiras tem um filtro que ajuda a eliminar odores de dentro da geladeira. Ótimo, não é mesmo? 

 

Dispenser externo de gelo e água

“Fecha essa porta menino!”. Quem nunca ouviu essa frase da mãe ou do pai? 

Com o dispenser externo você economiza energia diminuindo o número de vezes em que precisa abrir a porta da geladeira.

E aí? Pronto para escolher a geladeira ideal?

Na loja virtual da Telhanorte você encontra tudo para sua obra: material de construção, tintas, pisos e revestimentos e tudo para a organização da casa. Acesse e confira!

 

Edição por Veronicca Fernandes

Dicas para limpar seu freezer

freezer-congelador-limpeza-manutencao-limpar

| Cozinha

 

Confira 9 passos para limpar um freezer de forma eficiente, segura e rápida.

 

Para limpar um freezer da maneira certa, não há muito mistério. Tanto para aparelhos horizontais, quanto em verticais, ou mesmo os acoplados a geladeiras, o processo de limpeza é bastante simples e parecido, exigindo apenas certa atenção a alguns detalhes como:

 

Atenção: as dicas que trazemos aqui são de uso geral para todos os freezers. No entanto, é muito importante que você leia no manual do seu equipamento as instruções de limpeza, pois podem haver particularidades específicas ao seu modelo de freezer.

 

Como limpar um freezer 

 

1. Desligue o aparelho

O primeiro passo para qualquer modelo de freezer é desligá-lo da tomada. Isso aumenta a segurança para quem realizará a faxina. Além disso, ao fazer a limpeza, a porta do freezer terá de ficar aberta, resultando em um maior gasto de energia e, podendo danificar o aparelho, caso você não o desligue.

 

2. Armazene os alimentos que estavam no freezer

Recomendamos que, antes de realizar a limpeza, você coloque todos os alimentos que voltarão para o freezer em uma caixa ou bolsa térmica, para que eles não descongelem. Você também pode colocá-los em uma geladeira, enquanto faz a limpeza. Aproveite também para descartar alimentos com a validade vencida.

 

3. Verifique se há a necessidade de descongelar o freezer

Em aparelhos frost free, não há o acumula de gelo em seu interior. Assim, para esses modelos, não há a necessidade de descongelá-los. Mas caso seu freezer não possua essa funcionalidade, após desconectá-lo da tomada, retire tudo o que está em seu interior, e espere o gelo ir embora.

Você pode ajudar o degelo, colocando um ventilador na frente do freezer. Algumas pessoas também usam um secador de cabelo e uma espátula para raspar as pedras de gelo. Mas esses métodos podem danificar o equipamento, caso não sejam feitos com muito cuidado.  O mais seguro é deixar que o degelo aconteça naturalmente.

É importante também que você não deixe o freezer descongelando a noite toda. Prepare-se para fazer a limpeza em um mesmo dia.  E para evitar o acúmulo de água ao redor do eletrodoméstico, cubra o chão ao redor com jornais ou toalhas de chão. Assim, a água será absorvida. 

 

4. Produtos para limpar a parte interna do freezer

Em um balde, coloque 1 litro de água morna e acrescente duas colheres de sopa de bicarbonato. Molhe uma flanela e passe o pano por dentro do freezer, fazendo movimentos circulares e eliminando focos de resíduos. O bicarbonato ajudará a eliminar bactérias e mofos. Não jogue água diretamente dentro do freezer. Use sempre um pano para aplicar a solução.

Atenção! Alguns produtos são nocivos ao freezer, podendo danificar sua estrutura e deixar cheiros fortes, diminuindo seu tempo de vida. Entre eles podemos citar: 

Depois de aplicar a solução em toda a parte interna, use um pano seco para retirar o excesso de umidade do interior do eletrodoméstico. Deixe-o com a porta aberta e desligado, até estar completamente seco.

 

5. Limpe a porta e laterais do freezer

Feita a limpeza da parte interna do equipamento, passe para o lado externo. Para a porta e as laterais, use água e sabão neutro. Aplique com uma esponja. Depois, passe um pano úmido e finalize com um pano bem seco.

 

6. Cuidado com a parte posterior

Atrás do freezer, onde há a parte elétrica exposta, limpe com um espanador de pó. Tome muito cuidado, pois essa é a região mais delicada do freezer.

 

7. Lembre-se de limpar a borracha de vedação

A borracha é um item muito importante de todo esse conjunto. É ela a responsável pela vedação do freezer.  Limpe com sabão neutro e água morna, passe um pano úmido e depois um pano seco.

 

8. Deixe os acessórios limpos

É importante que você lave também prateleiras e bandejas do interior do eletrodoméstico. Use a mesma mistura de água com bicarbonato. Lembre-se que é essa solução que vai eliminar as bactérias e fungos.

 

9. Retorne todos os alimentos para o freezer

Antes, reconecte a tomada na energia e aguarde até a temperatura do freezer baixar o suficiente. Volte com os produtos que devem ser armazenados e certifique-se de fechar o eletrodoméstico completamente.

 

Quando limpar o freezer?

Um aspecto importante é a periodicidade em que a limpeza deve ser realizada. Um freezer que é utilizado apenas em momentos ocasionais, não armazenando alimentos por muito tempo, deve ser limpo toda vez que for utilizado. Já um freezer de uso constante deve ser descongelado e limpo a cada 6 meses. Se não houver excesso de gelo, esse prazo pode se estender para até um ano. 

É claro que, sempre que houver sujeira aparente e excessiva dentro do freezer, deve ser feita a limpeza imediata.

 

Porque limpar o freezer? 

A limpeza do freezer é fundamental para garantir a higiene e evitar problemas com os alimentos armazenados. Um freezer com mofo pode contaminar os alimentos e, consequentemente, a quem consumi-los.

Além disso, existem outras vantagens em manter um freezer higienizado, entre elas:

 

Esperamos que nossas dicas tenham te ajudado! 

Na loja virtual da Telhanorte, você encontra de tudo para sua obra: material de construção, tintas, pisos e revestimentos e itens para a organização da casa toda. Acesse e confira!

 

Edição de Vinicius Marques e Murilo Bonício

Envelopamento de armários de cozinha: renove os móveis

armario-cozinha-adesivo-floral

| Cozinha

Quer dar uma cara nova à sua cozinha? Aprenda a fazer envelopamento de armários nessa matéria e resolva isso já!

 

Você é o tipo de pessoa influenciada pela estética do ambiente? Daqueles que busca, constantemente, por alternativas para redecorar alguns cômodos da casa? Então o envelopamento de armários de cozinha é uma tendência de decoração rápida, prática e econômica perfeita para sua casa!

Pensando na dificuldade de fazer o descarte de móveis e, também, na sustentabilidade, envelopar o armário de cozinha é a melhor alternativa para mudar a decoração da casa e renovar a mobília, sem precisar trocá-la.

E, para isso, nem é preciso da ajuda de um arquiteto ou design de interiores. Você mesmo pode fazer o envelopamento dos móveis.

 

adesivo-para-armário-para-cozinha-padrão-madeira

Adesivo padrão madeira aplicado sobre armário de cozinha (Foto: Viva Decora).

 

Envelopamento de armários de cozinha: por que fazer?

Não é sempre que trocar os  móveis da cozinha, para dar uma cara nova ao ambiente, é uma opção viável. Na maioria das vezes, não se faz necessário descartá-los por condições precárias e, comprar algo novo, sem urgência, é um luxo que nem todos podem ter.

Por isso, o envelopamento de armários de cozinha é uma forma economicamente sustentável, rápida e prática de redecorar esse espaço tão especial. Esse projeto pode ser, ainda, o pontapé inicial para você adquirir o hábito de reformar a sua casa – deixando as compras para os itens faltantes.

Quando você escolhe colocar em prática a técnica mencionada, em vez de comprar novos itens, você evita a formação de um novo lixo e poupa dinheiro, que pode ser investido em outras melhorias. A economia sustentável nos incentiva a pensar de forma mais inteligente sobre nossa forma de consumir, desde recursos naturais até os bens comercializáveis que adquirimos.

Sem contar na facilidade de todo o processo: você mesmo pode fazer todo o projeto, escolher as estampas e os formatos que gostaria de usar, fazer a aplicação e etc. Mais prático que isso impossível!

 

Cuidados ao envelopar o armário de cozinha

Se os motivos acima o convenceram a apostar no envelopamento, o próximo passo é organizar tudo que você precisa para começar.

Escolha um espaço amplo, como a mesa – ou mesmo o chão – da cozinha para poder trabalhar de forma confortável. Separe todos os materiais (falaremos de todos no próximo tópico) e coloque-os próximo da área de trabalho – assim, você não precisará correr atrás desses itens. Vale colocá-los em uma caixa para evitar que eles se espalhem.

E por último, antes de começar, limpe toda a superfície do armário da cozinha a ser reformado com um desengordurante, para tirar a gordura e a sujeira.

Com a superfície limpa e o local organizado, você pode começar a aplicação.

 

Materiais para envelopamento de móveis de cozinha

Os materiais necessários para o processo de envelopamento são fáceis de encontrar e alguns você pode até já ter em casa. Vamos a lista:

 

Papel para envelopamento

Esse é o item fundamental do procedimento. Os papéis adesivos são os mais usados e, também, os mais fáceis de manusear. Como o próprio nome já diz, a parte que fica em contato com o móvel é adesiva e isso facilita bastante a aplicação, não necessitando de nenhuma fita ou cola especial. Você pode encontrar diversos papéis de parede e adesivos no site da nossa loja.

Abaixo estão destacados três tipos e onde encontrá-los:

O segredo para customizar seus armários de cozinha está na cor, textura e estampa do papel que você vai usar. Existem modelos lisos, com estampas florais, geométricas, com print que imita madeira ou azulejo português, etc. Basta escolher o que mais combina com o estilo da sua casa.

 

armario-cozinha-adesivo-floral

Antes e depois – Armário de cozinha envelopado com adesivo floral (Foto: Casa Abril / Reprodução).

 

Outros materiais para aplicação

Além do papel, para o envelopamento de armários de cozinha, você vai precisar de:

 

Botando a mão na massa: passo a passo express

Na hora de tirar o projeto do papel (literalmente rsrs) e envelopar o armário de cozinha não tem mistério. Você precisa ter atenção durante todo o processo para medir, cortar e aplicar as folhas da forma correta.

Resumidamente, o passo a passo do envelopamento de armários é:

Viu? É tão simples quanto 1+2 e o resultado do antes e depois será surpreendente, pode apostar!

 

como-adesivar-os-armários-da-cozinha

Passo a passo: adesivando o armário da cozinha (Foto: WestWing / Reprodução).

 

Curtiu a dica de como envelopar o armário de cozinha?

Se você se animou a fazer o mesmo na sua casa e quer escolher o tipo de papel e a estampa ideal, acesse o site da Telhanorte.

Na seção de Decoração temos diversos itens para deixar tudo do seu jeito, incluindo todos os itens usados para envelopar móveis.

 

Edição de Murilo Bonício e Camila Alexandrino

Geladeira na sala: como usar na decoração

geladeira-sala-estar-decoracao-cor

| Decoração

Você já pensou em ter uma geladeira na sala? Não? Então continue lendo e saiba como usar esse eletrodoméstico de forma funcional e decorativa fora da cozinha!

 

Talvez você esteja se perguntando: “Por que eu colocaria uma geladeira na sala?”.

Sabemos que não é muito comum nos depararmos com isso nas casas, mas podemos citar dois principais motivos para tomar essa decisão: em ambientes pequenos, como kitnets, não há uma divisão muito exata de cada cômodo e também pode ser uma decoração diferentona e charmosa para ter em casa.

Seja qual for a sua razão, sabia que é possível fazer com que a geladeira se torne parte do ambiente de maneira harmoniosa e sem parecer que está apenas ocupando o espaço errado?

Para saber como conseguir esse efeito, se atente a essas dicas.

 

Como ter uma geladeira na sala?

Nem sempre colocamos uma geladeira nesse cômodo por livre e espontânea vontade… Quem mora em imóveis pequenos precisa dispor eletrodomésticos e móveis da melhor maneira possível e sabe bem como essa pode ser uma tarefa difícil.

Assim, a geladeira para apartamento pequeno, por exemplo, precisa cumprir um papel duplo: ser funcional e complementar a decoração.

Quando optamos por colocar a geladeira na sala para trazer um toque decorativo ao ambiente, as possibilidades são ainda maiores, já que pode-se brincar com cores, tamanhos e adereços sobre ela.

Seguindo a onda retrô, esse eletrodoméstico ganhou uma nova funcionalidade: deixar o ambiente ainda mais bonito e trazer a comodidade de ter bebidas geladinhas sempre à mão!

 

Geladeira para apartamento pequeno

A geladeira em apartamentos pequenos deve ser proporcional ao espaço disponível no ambiente. Dessa forma, evita que ocupe ainda mais o cômodo e se transforme em um verdadeiro transtorno. Uma geladeira duplex, nesse caso, talvez não seja a melhor opção para colocar numa sala com pouco espaço.

Assim, a primeira dica é medir o local onde o eletrodoméstico vai ficar e comprar uma que melhor se encaixe.

Apesar de existirem diversos modelos no mercado que facilitariam e muito a sua vida, é preciso pensar bastante sobre suas reais necessidades quando for adaptar o ambiente para receber esse eletrodoméstico e ainda mantê-lo agradável aos olhos.

Dito isto, possivelmente você vai querer integrar um pouco mais a geladeira à sala. É possível torná-la parte da decoração com alguns truques.

 

Leia mais: Como ampliar ambientes pequenos

 

geladeira-sala-de-estar

Geladeira e adega combinados com móvel (Foto: Viva Decora / Reprodução)

 

1. Personalize a pintura

Quando se tem uma sala decorada, a geladeira deve se tornar parte do ambiente, como um adorno mesmo. Uma ótima solução é pintar a geladeira com tinta spray ou envelopá-la com adesivos próprios para esse fim.

Esses dois recursos permitem que você coloque a paleta de cores do ambiente também no eletrodoméstico, integrando-o totalmente ao espaço e reduzindo seu ponto de atenção.

 

2. Dê outras funções à peça

Vale (e muito) usar a imaginação e criatividade para montar uma decoração com geladeira na sala. No caso de imóveis pequenos, a dica é usar a peça também para outras finalidades.

Que tal colocar uma planta pendente sobre ela? A samambaia, por exemplo, deixa o espaço mais bonito e vai “camuflar” um pouco o eletrodoméstico intruso. Além disso, é perfeito para quem deseja investir no estilo Urban Jungle.

 

geladeira-adesivada-e-com-plantas

Geladeira adesivada e com plantas na sala de estar (Foto: Revista Artesanato / Reprodução)

Também é possível transformar sua geladeira em um porta-recados, seja colocando adesivos que permitem a escrita com giz ou anexando quadros interativos em sua superfície. Assim você pode anotar lista de compras, datas e eventos importantes, frases de estímulo e até mesmo deixar o espaço livre para que as visitas deixem recados para você.

Usando a geladeira como elemento decorativo, há a opção de torná-la um painel de fotos ou a extensão do mural de quadros decorativos da parede,o que vai trazer mais personalidade e beleza ao ambiente.

 

geladeira-vermelha-sala-de-estar

Geladeira vermelha na sala de estar com objetos decorativos (Foto: Mudo uma planta de lugar / Instagram / Reprodução)

 

3. Componha com um móvel

Se você achar que a geladeira sozinha na sala não é o seu estilo, combine-a com outro móvel que a torne mais funcional, como uma estante vazada, que permite a divisão de ambientes ou uma mesa onde você pode deixar garrafa térmica e xícaras de café para servir as visitas. Colocando esses móveis ao lado da geladeira, a impressão é de que cada lado do cômodo possui uma função.

Prateleiras também são uma ótima solução, pois assim você pode incrementar outros objetos decorativos, como livros, revistas e abajures.

 

geladeira-consul-sala-movel-planejado

Sala pequena com mini geladeira integrada ao móvel planejado (Foto: Casa Abril / Reprodução)

 

Sala decorada com geladeira

Agora, se a geladeira na sala for uma opção de decoração, o ideal é que o eletrodoméstico se destaque no ambiente.

A seguir, trouxemos algumas dicas para que a sua geladeira seja a peça central na sua sala de estar.

 

geladeira-vermelha-sala-de-estar

Mini geladeira vermelha em estilo retrô como peça decorativa na sala de estar (Foto: Viva Decora / Reprodução)

 

1. Aposte no estilo retrô

O estilo retrô é o mais utilizado por quem quer uma geladeira na sala. Isso porque suas formas e cores combinam com diferentes decorações e trazem um visual moderno e cheio de estilo.

Ainda que a geladeira retrô remeta aos modelos dos anos 50, 60 ou 70, elas possuem tecnologias atuais e todas as funcionalidades dos eletrodomésticos novos. Por isso, é importante não confundir retrô com antigo.

O primeiro, como mencionado, mantém a aparência vintage, mas conta com recursos atuais. Já as segundas são geladeiras que realmente foram utilizadas no passado e sobreviveram até hoje. A depender de qual funcionalidade você optará para a geladeira ao colocar em sua sala de estar, a escolha entre retrô e vintage será mais fácil.

E para deixar o visual da sala sofisticado, atual e menos pesado, o ideal é utilizar as mini geladeiras, que fazem perfeitamente a função de frigobar também em cômodos como quartos e escritórios.

 

geladeira-amarela-sala-de-estar

Mini geladeira em estilo frigobar como destaque na sala de estar (Foto: Viva Decora / Reprodução)

 

2. Dê destaque à peça

Como falamos acima, para ter uma geladeira na sala como objeto de decoração, o ideal é que ela se destaque no ambiente, uma vez que por ser um objeto incomum já chama atenção por si mesmo. Mas saiba que é possível deixá-lo ainda mais destacado, sem comprometer a elegância e charme do espaço.

Para conseguir isso, é importante selecionar uma cor que você goste e que seja diferente dos demais elementos na sua sala de estar. Para tanto, as mini geladeiras retrô trazem essa solução, apresentando cores diversas, como vermelho, verde, amarelo, azul, rosa, entre outros.

Uma boa dica para começar a escolha é pensar na paleta de cores da sua sala. Se ela possuir tons mais neutros, como branco, preto, cinza e bege, geladeiras coloridas vão se tornar um ponto de cor fantástico no ambiente.

Sendo assim, a ideia é escolher uma tonalidade para o eletrodoméstico que sobressaia aos demais presentes no cômodo. Esse detalhe com certeza vai atribuir modernidade e muita personalidade ao espaço.

Caso esse não seja o seu estilo, nada impede que você a mantenha discreta, escolhendo tons mais neutros. Colocar uma mini geladeira preta ao lado de um móvel com madeira escura irá camuflá-la, por exemplo. O mais importante é que a peça respeite seu estilo, complementando a decoração e, acima de tudo, seja funcional.

 

geladeira-vermelha-sala-de-estar

Geladeira vermelha grande dando destaque de cor à sala de estar (Foto: 3goodones / Reprodução)

 

Que outros elementos usar na decoração da sala?

Só a geladeira não irá compor a decoração da sua sala. Outros objetos podem ajudar a trazer um estilo bem a sua cara! Para isso, a Telhanorte conta com vários elementos decorativos que irão te ajudar a ter um espaço lindo e agradável, a começar pelas paredes. Que tal dar uma nova cara para ao local com novas cores ou papéis de parede?

Combine tapetes, cortinas, almofadas e quadros para trazer outros elementos de decoração para o espaço com muito charme e sofisticação. Confira esses e muitos outros itens no departamento de decoração que você pode usar para transformar não somente a sala de estar como outros cômodos da sua casa. Você pode fazer suas compras diretamente pelo site da Telhanorte e utilizar a opção Clique&Retire, assim você se mantem em segurança e agiliza sua entrega. Se preferir, vá a uma de nossas nossas lojas físicas ou compre pelo WhatsApp! É fácil, rápido e prático!

 

Edição de Camila Alexandrino e Murilo Bonício