guia | Blog Telhanorte

Dicas para um home office organizado e bem decorado

como-decorar-home-office

| Ambientes Internos

 

Quer saber como decorar seu home office e deixar o espaço de trabalho organizado e funcional? Embarque com o Blog Telhanorte em mais uma matéria sensacional!

 

Quem trabalha em casa tende a sentir falta da rotina de sair todos os dias, andar na rua, ver pessoas diferentes, interagir com elas, etc. Por isso, é ideal investir um tempinho aprendendo como decorar o home office e mantê-lo o mais aconchegante possível. Afinal, já é incomodo suficiente não ter um espaço destinado só para trabalhar e deixá-lo sem personalidade ou desorganizado só atrapalha a produtividade.

Os móveis, os objetos e as cores do escritório ou da sua área de estudo devem formar um conjunto com características funcionais e práticas que fará toda a diferença. Fotos, porta objetos e quadros decorativos são alguns dos itens que vão criar um ambiente não só visualmente bonito, mas que vai inspirá-lo a manter o foco nas suas tarefas.

Continue lendo e aprenda como decorar o home office e ter um ambiente de trabalho e estudo mais organizado e produtivo.

 

7 passos para decorar o home office

Pesquisar novidades e tendências com as quais você se identifica é a chave para criar um ambiente com a sua personalidade.  Reunimos algumas ideias simples e fáceis de aplicar na decoração do seu espaço de trabalho, contemplando desde a escolha do espaço até a organização dos itens pessoais e de trabalho.

Confira as dicas a seguir e aplique na sua casa:

 

1- Escolha o lugar para ser seu escritório

Trabalhar na mesa da sala onde a família passa e, a todo momento, alguém quer falar “rapidinho” de algum assunto pode minar a produtividade. Assim, se você tem um cômodo separado e com porta, onde possa colocar sua mesa, cadeira e uma estante, – ou outro móvel para guardar seus materiais – transforme-o em seu home office.

Tendo definido um cantinho para trabalhar, colocar em prática as ideias de decoração para home office que vamos mostrar será muito útil para transformar a sua casa em um escritório, mas sem perder o toque pessoal.

Apartamentos pequenos ou até uma casa, nem sempre tem um cômodo extra disponível para servir de escritório, mas isso não atrapalha nosso projeto!

A primeira dica para esses casos é escolher um espaço perto de uma área de entrada. Uma coisa importante sobre a escolha do lugar é que este seja uma área sem muito movimento para garantir sua concentração durante as tarefas.

Um cantinho próximo da varanda, debaixo das escadas ou até do seu quarto podem se transformar em um ótimo espaço para trabalhar.

 

home-office-pequeno

Apostar na madeira em home offices pequenos pode trazer maior sensação de conforto (Foto: Blackbox Design Studios / Reprodução).

 

2- Valorize a iluminação e a ventilação natural

O motivo para priorizar os espaços próximo às áreas de entrada é aproveitar a iluminação natural e a ventilação do seu espaço.

Assim, você vai conseguir destacar a pintura das paredes, os móveis, os quadros, etc. Sem contar no conforto visual, que evita forçar a vista ao olhar para a tela do computador.

Conforto e ergonomia  são conceitos fundamentais na hora de planejar o home office. Afinal, além da estética do ambiente, as soluções que você escolher devem ser funcionais para sustentar as longas horas que você passa trabalhando por dia.

 

home-office-decoracao

Projeto Casa Santa Barbara por Victoria Pearson (Foto: Victoria Pearson / Reprodução).

 

Sugestão de leitura: As 7 melhores dicas de decoração sustentável para a sua casa.

 

3- Tenha atenção à escolha da mesa

O processo de decoração de um espaço de trabalho começa a ganhar vida com a escolha da mesa. Esse é um móvel imprescindível, – junto com a cadeira que falaremos no próximo tópico – então para acertar na hora da escolha, você precisa aliar ao design do produto algumas características técnicas.

O primeiro atributo para ser uma boa mesa é ter, no mínimo, 70 cm de profundidade. Essa distância permite posicionar bem o computador ou notebook e apoiar os braços para evitar lesões como a tendinite.

Outro ponto importante é a largura da mesa, que deve ser em torno de 1,20m. Se houver espaço, a mesa pode ser maior.

Por último, a altura da mesa em relação ao chão deve ser entre 70 a 75 cm.

Uma particularidade importante do design da mesa é a abertura no tampo para a passagem dos fios do computador e da luminária. Isso vai ajudar a manter o ambiente mais clean e discreto.

Leve em consideração esses detalhes na hora da compra!

 

ideias-decoracao-home-office

Por que não apostar em um home office naquele espaço mal utilizado da cozinha? (Foto: Paul Raeside / Reprodução).

 

4- Valorize o conforto da cadeira

O conjunto mesa e cadeira é a base para se obter um home office, pois são as peças fundamentais para tornar a jornada de trabalho duradoura. Afinal, ninguém aguentaria passar o dia trabalhando no chão ou em algum banco desconfortável.

Por outro lado, existem muitas opções de cadeiras bonitas nas quais seria impossível terminar o dia sem dores na lombar.

Portanto, assim como destacamos na escolha da mesa, a funcionalidade e o conforto da cadeira são tão importantes quanto um bom design. Não abra mão disso! Escolha um modelo que possua regulagem de assento, costas e braços.

Uma dica é escolher esse item pessoalmente para você se sentar, testar as funcionalidades, ver a cor e a textura do material ao vivo, etc.

 

quadros-decorativos-home-office

Aposte nas cores e texturas naturais para deixar o escritório aconchegante (Foto: Karyn R. Millet / Reprodução).

 

5- Divirta-se com as cores do home office

As cores vão dar ao seu home office aquele toque da sua personalidade. Seja mais moderno, divertido ou sério, o importante é deixar o ambiente com o seu jeito.

psicologia das cores é um ponto de influência importante e pode ser usada para criar um ambiente inspirador e motivador para trabalhar.

A cor mais usada nos projetos é o branco. Isso, porque ela reflete melhor a luz e deixa o ambiente mais claro, facilitando a realização de atividades, como a leitura, por exemplo.

Outras cores neutras como o preto e o cinza podem ser usadas para criar a base do ambiente.  Entretanto, isso não exclui as cores vibrantes e estampas. Equilibrando as cores neutras com as vibrantes a decoração fica mais harmônica e valoriza até os espaços pequenos.

O mais recomendado é usar o colorido nos detalhes: em uma única parede; no detalhe dos móveis; nos vasos; quadros; etc.

Quem gosta de um detalhe impactante e diferente, pode apostar também no papel de parede. Ele fica perfeito para compor uma parede que vai ficar em destaque no ambiente, sem móveis ou prateleiras penduradas.

 

ideias-home-office-cor

Escritório colorido para dar um toque de alegria (Foto: The Homes I Have Made / Reprodução).

 

Sugestão de leitura: Descubra como ampliar um ambiente usando truques simples e efetivos.

 

6- Personalize os objetos da decoração

Não é porque é um espaço de trabalho que a decoração precisa ser impessoal. Pelo contrário, como é um espaço dentro da sua casa, o escritório pode ter a sua cara.

Depois de definir o espaço e escolher mesa, cadeira e as cores base, o próximo passo de como decorar o home office é escolher os objetos da decoração.

 

papel-parede-decor-home-office

Personalize seu espaço conforme sua personalidade e aspirações (Foto: Marvel Cabinetry / Reprodução).

 

E é aqui que a sua criatividade pode (e deve!) entrar em ação. Aproveite para dar seu toque especial no escritório.

Escolha quadros decorativos para home office com ilustrações ou caligrafias que tenham a ver com você. As fotos de família ou viagens também valorizam o ambiente.

Outra ideia é usar tapetes coloridos, que podem atuar como um ponto focal de cor, também.

 

acabamento-marcante-home-office

Aposte nos tapetes coloridos, para deixar o trabalho em casa menos monótono (Foto: Arteresting Design & Decoration / Reprodução).

 

Dica para acertar a altura dos quadros

Para acertar na hora de colocar os quadros na parede, coloque o centro do quadro na altura do olhar. Essa medida é de, aproximadamente, 1,50 m entre o piso e o centro do quadro.

Por exemplo: um quadro de 70 cm de altura tem o ponto médio de 35 cm. A partir desse ponto basta medir 1, 50 m até o chão para colocar o prego.

 

7- Nichos, prateleiras, armários e gaveteiros para organização

A última parte das nossas dicas de como decorar o home office é referente a organização do espaço.

Nós sabemos que é fácil criar uma pequena bagunça no dia a dia no lugar onde você trabalha ou estuda. No entanto, com alguns itens, – que ainda completam a decoração – é possível manter as coisas no lugar e tudo que você precisa a mão.

O primeiro passo é fazer um levantamento de tudo que você tem para organizar: documentos, ferramentas de trabalho, livros, papéis, pastas, etc.

Os itens de uso frequente devem ficar próximos à mesa. Assim, você pode usar e guardá-los com facilidade.

Para isso, você pode instalar prateleiras, gaveteiros e nichos. Caixas coloridas, fotos e vasinhos de plantas podem ser usados nestes, criando um mosaico com as peças.

Dependendo da quantidade de livros, você pode usar um armário com porta de vidro para valorizar a organização, as cores e a disposição interna. Se for uma quantidade menor, eles podem ficar em uma prateleira e contribuir para completar a decoração.

 

Gostou das ideias de decoração para home office?

Agora que você tem dicas valiosas de como decorar seu escritório, aproveita e checa todas as novidades de Decoração que a Telhanorte separou para você.

Reunimos em uma única página tudo que você vai precisar para deixar seu espaço de trabalho ou estudo com a sua cara, valorizando o ambiente.

Acesse a página Decor e organize e decore do seu jeito!

O sofá ideal para sala pequena | Guia de decoração

qual-sofa-ideal-sala-pequena-2

| Ambientes Internos

 

Comprou seu primeiro apartamento ou está reformando sua casa e precisa de dicas para escolher o sofá ideal para sala pequena? Leia mais e saiba como acertar!

 

A sala é um dos espaços mais sociais da casa. É nela que você fica com a família assistindo TV e recebe os amigos nos dias de festa. Se sua casa não é muito grande, você deve estar se perguntando: qual o sofá ideal para sala pequena?

Atualmente, muitas obras vêm sendo construídas baseadas em uma planta menor, principalmente, os apartamentos. Por isso, é fundamental pensar em cada item do mobiliário para otimizar o espaço, além de dinamizar a decoração.

Porém, a limitação de área não barra a criatividade dos designers e fornecedores de móveis, que também fabricam opções de sofás perfeitas para ambientes menores.

 

Qual o sofá ideal para sala pequena?

A seguir, reunimos os principais tópicos para saber como escolher seu sofá.

Vamos falar de medida, modelos, cores e complementos que vão ajudá-lo a ganhar espaço e ter uma sala 100% confortável. Confira!

 

Dica 1: Tire a medida do ambiente

Antes de se apaixonar por qualquer modelo que você possa ver no Pinterest, é preciso de uma informação técnica simples, porém crucial fazer a sua escolha final.

Pegue uma trena e meça as paredes da sala. Esse dado é importante, pois é conhecendo o ambiente é mais fácil mobiliá-lo. 

Assim, você consegue selecionar opções realmente viáveis para sua casa e até personalizar o sofá sob medida, se o fornecedor oferecer essa opção. 

 

Dica 2: Conheça as opções de modelo

Escolher o sofá ideal para sala pequena não passa apenas por considerações técnicas. Com a medida em mãos, você deve conhecer e testar na prática os vários modelos disponíveis nas lojas para ver qual se adequa mais a você.

Entre os que podem se encaixar como boas opções estão:

 

Sofá de canto

O sofá de canto pode ser a peça ideal para sua sala, pois ele pode ser encostado em duas paredes quaisquer – que tenham o tamanho necessário – ou, ainda, se posicionado no meio do ambiente, pode servir como divisão entre a sala de estar e outro cômodo, como a cozinha ou a sala de jantar, por exemplo.

Esse modelo também permite acomodar mais pessoas sentadas e têm a possibilidade de acoplar puffs para que os usuários possam deitar ao assistir TV ou simplesmente relaxarem. Algumas versões, inclusive, tem assentos retráteis ou reclináveis e dispensam o uso de um acessório extra para prover tal função, o que também favorece ambientes com pouco espaço e torna o móvel multifuncional.

Para otimizar a área entorno do sofá e fazer uma decoração fora do óbvio, as partes traseiras do sofá, quando expostas para om ambiente, podem ser aproximadas de armários baixos ou nichos com vasos, livros e porta-retratos. Outra opção é posicionar vasos e plantas nessa mesma área, criando uma espécie de minijardim interno. 

 

sofa-canto-sala-pequena

Sofá de canto ou em L com nichos criando a divisória com outro ambiente (Foto: Bjørn Studio / Reprodução).

 

Sofá retrátil

Outra opção para considerar quando em dúvida de qual o sofá ideal para sala pequena é o modelo retrátil.

Esse modelo pode ser considerado, principalmente, se a sala for um área para assistir televisão ou como substituto ao tradicional sofá-cama. Afinal, nesse momento, o que mais valorizamos é o conforto, certo

Um cuidado que deve ser tomado na hora da compra é se atentar para as medida do sofá fechado e aberto, pois quando aberto ele pode comprometer o espaço de circulação!

Outro detalhe importante é manter a TV e o sofá a, no mínimo, 1,10m de distância para evitar problemas de visão.

 

sofa-retratil-sala-pequena

Sofá retrátil em suede marrom (Foto: FirePont / Reprodução).

 

Sofá convencional

Os sofás no modelo convencional de dois ou três lugares têm igualmente seu charme e compõe decorações de diversões estilos. 

Para ter um diferencial com uma peça tão comum, vale a pena investir no design do sofá, no uso de mantas e almofadas e na composição de quadros na sala para trazer personalidade.

Aposte nas cores e transforme a mobília em um ponto-focal no ambiente (peça com maior destaque em termos de cor e tamanho) para impressionar as pessoas! Além disso, mesas de centro ou de canto vão ajudar a aumentar a funcionalidade do espaço.

 

Cyan-room-A-05-550x550

Sofá de três lugares com estilo retrô em veludo azul-marinho (Foto: Photograohee.eu / Reprodução).

 

produktowe12_366-550x550

Sofá estilo namoradeira para duas pessoas em tecido verde-jade (Foto: Photographee.eu /Reprodução).

 

produktowe2_besolux-1-550x550

Sofá contemporâneo rosa-magenta como ponto-focal em sala minimalista branca (Foto: Photographee.eu / Reprodução).

 

Sofá com baú

Outra opção de qual sofá ideal para sala pequena é o modelo com baú em L. Esse modelo ajuda a ganhar espaço, pois pode armazenar no interior mantas, tipos de almofadas e outros acessórios para tê-los sempre à mão.

O corte em linha reta do sofá também favorece o melhor aproveitamento da área da sala.

 

sofa-para-sala-pequena-com-bau

O sofá-baú é símbolo de versatilidade e economia de espaço para ambientes pequenos (Foto: Casa e Festa / Reprodução).

 

Sofá sem braço

Optar por um modelo de sofá sem braço também é um grande acerto ao escolher qual o sofá ideal para sala pequena.

A vantagem é bastante óbvia: sem o braço, o sofá deixa mais espaço livre no entorno, favorecendo a circulação das pessoas no ambiente. Além de trazer maior conforto quando várias pessoas sentarem ao mesmo tempo.

O design das peças também fica mais interessante e encaixa muito bem no estilo moderno sem essa parte!

 

sofá-sem-braço-1

Sofá sem braço no estilo futon. Uma ótima aposta para os amantes do modernismo e minimalismo (Foto: Tua Casa / Reprodução).

 

Dica 3: Tenha atenção com a cor

Você pode escolher o modelo de sofá ideal para sala pequena, mas se errar na cor pode não ter o benefício completo de ampliar seu espaço. 

Se esse é seu objetivo principal, – proporcionar sensação de uma maior área livre –  opte por sofás com cores mais claras. As cores claras aliadas ao design de linhas retas fazem a dupla perfeita para trazer esse efeito de aumento do ambiente em uma sala menor.

Cores claras não contemplam somente branco, cinza e off-whites. Aposte nos tons pastéis e conquiste o mesmo efeito!

 

produktowe7_kolorowe-550x550

Um sofá em módulos na cor cinza-claro pode ser a solução para trazer maior conforto e sensação de espaço (Foto: Photographee. eu / Reprodução).

 

produktowe18_besolux-550x550

Esse sofá minimalista branco traz modernidade e amplitude com suas linhas retas e cor clara (Foto: Photographee.eu / Reprodução).

 

produktowe26_besolux-1-550x550

Sofá azul-esverdeado pastel (Foto: Photographee.eu / Reprodução).

 

Equilibre as cores mais claras da mobília com peças vibrantes de decoração. Pense numa paleta de cores harmônica para ter um ambiente perfeito e, se em dúvida, consulte o círculo cromático

 

Dica 4: As famosas poltronas

Para ambientes menores, nem sempre o sofá será a melhor opção. Você pode acabar encontrando um cujo estilo seja o dos seus sonhos, porém o conforto não é ideal. Assim como pode achar um modelo extremamente confortável e de qualidade, mas que não se adeque às suas medidas.

Nesses casos, a melhor solução é apostar nas poltronas! Apesar de serem vistas, muitas vezes, somente como móveis opcionais e acessórios de decoração, um conjunto de poltronas pode muito bem substituir um sofá tradicional. A única diferença está na quantidade de pessoas que ali senta por vez.

Ou seja, se os moradores da casa não são muitos ou se não costumam utilizar o espaço da sala ao mesmo tempo, essa talvez seja a melhor opção em custo-benefício!

Elas podem ser posicionadas uma ao lado da outra, ocupando o espaço que o sofá ideal ocuparia ou, então, podem ser espalhadas pelo cômodo, em paredes opostas, por exemplo. Use sua imaginação! Caso você ainda se sinta inseguro em compor o ambiente sozinho, opte pela ajuda de um profissional.

Para isso, a Telhanorte conta com uma equipe excelente de projetistas aptos a auxiliarem nossos clientes interessados em um projeto de ambientação 3D e decoração. O melhor de tudo é que esse serviço não necessita de agendamento prévio! Basta chegar à qualquer uma de nossas unidades e procurar o espaço Projete-se para obter o auxílio que você precisa para conquistar a casa dos sonhos!

Atenção: Você também pode optar por compor sua sala – seja ela grande ou pequena – com poltronas e sofás. Em termos de decoração, o projeto ficará ainda mais completo. Complete as opções de assento com poltronas, puffs e banquetas. Aproveite para usá-las como ponto de cor na decoração ou até criar uma paleta monocromática. Apenas cheque se as medidas do cômodo comportam a combinação!

 

produktowe10_366-550x550

Poltrona moderna estilo cadeira (Foto: Photographee.eu / Reprodução).

 

produktowe17_besolux-1-550x550

Poltrona e sofá em suede verde na sala de estar (Foto: Photographee.eu / Reprodução).

produktowe28_besolux-550x550

Poltrona cinza com banquinho para poio de pé (Foto: Photographee.eu / Reprodução).

 

Monte sua casa do seu jeito!

Agora você já sabe como definir qual o sofá ideal para sala pequena da sua casa ou aprtamento, pode escolher também tudo que vai completar a decoração: do piso, passando pelas janelas, até os itens de decoração.

Na Telhanorte, você encontra sessões exclusivas com tudo que você precisa para sua casa, da fundação ao acabamento. 

Acesse o site, faça sua compra sem sair de casa e receba em casa! Aproveite o Verão Telhanorte e cheque os produtos com frete grátis para todo Brasil, até dia 15/01/2021!

 

Edição por: Murilo Bonício

Faça você mesmo: Guia para colocar porcelanato no piso

Todas as etapas para concluir sua obra! Contrapiso, argamassa, rejunte, aplicação das peças e acabamento. Aprenda como colocar porcelanato

| Construção

 

O porcelanato é um dos pisos mais desejados do mercado, seja por beleza, praticidade ou facilidade de instalação. Que tal aprender como instalá-lo você mesmo(a)?

 

É claro que a melhor opção é sempre contratar um profissional acostumado a realizar esse tipo de instalação, mas se você quiser realmente colocar a mão na massa e aprender como colocar o piso de porcelanato, siga este guia criado especialmente para te ajudar.

Se essa é a sua primeira vez, talvez você tenha alguma dificuldade com a aplicação, por isso tenha alguém a disposição para te ajudar, se preciso.

 

Passo a passo: como colocar porcelanato

 

1. Deixe o contrapiso pronto

O contrapiso é o que fica abaixo do porcelanato que será aplicado. É importante que ele esteja limpo e seco, sem resíduos.

Se você for aplicar o porcelanato em cima de um outro piso já existente, talvez seja necessário lixá-lo antes de colocar o porcelanato.

Caso seja um contrapiso novo, ele deve estar pronto há pelo menos 14 dias antes de aplicação do porcelanato.

Em construções é extremamente importante que você confira o caimento da água antes de instalar o piso, dessa forma é mais simples arrumar qualquer erro, sem perder todo o trabalho que você teve para aplicar o piso.

E por último, porém não menos importante, analise se a superfície está nivelada. Caso não, nivele-a antes de seguir com os demais passos.

 

2. Aplique a argamassa

A argamassa para porcelanato é o que fará o papel de cola e fixará o piso – neste caso o porcelanato – no contrapiso.

Você deve prepará-la conforme a descrição contida na embalagem do fabricante.

Em seguida, aplique-a no contrapiso com a ajuda de uma desempenadeira, usando o lado liso da ferramenta para despejá-la. Depois, use o lado denteado para formar cordões (ou ondas) na argamassa e deixe-a homogênea. Você pode pedir ajuda de alguém para realizar essa etapa, para acelerar o processo. Enquanto você aplica a argamassa, seu ajudante pode ir a espalhando.

 

Como colocar porcelanato

Imagem ilustrativa: aplicação de argamassa (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Para que o porcelanato fique adequadamente posicionado, você deve usar cerca de 1 centímetro de espessura de argamassa. Já em modelos com medidas maiores (acima de 30×30cm), é indicado que o porcelanato seja assentado em camada dupla. Para isso, além de aplicar a argamassa no contrapiso, aplique, também, no tardoz (o verso do piso).

Atenção: Não existe apenas um tipo de argamassa! Caso você tenha intenção de aprender como colocar porcelanato no banheiro, na cozinha ou piso para área externa, por exemplo, busque por peças indicadas para esses ambientes.

 

3. Aplique o porcelanato

Com o contrapiso pronto e a argamassa aplicada é hora de assentar o porcelanato.

Se você está aprendendo como colocar porcelanato do zero, faça tudo com muito cuidado! Movimente as peças até que elas fiquem na posição ideal – nem muito longe, nem muito próximas umas das outras.

Para tanto, algumas informações são importantes:

 

Cuidado: O porcelanato, enquanto está sendo instalado, pode quebrar muito facilmente! Por isso, realize cada uma das etapas com muita atenção e cuidado, sem pressa.

 

4. Limpe as sobras

Fique tranquilo, as sobras são bastante comuns. Enquanto você aplicar o porcelanato vá eliminando o excesso de argamassa – que comumente fica no piso – com o auxílio de uma esponja ou pano úmido.

 

5. Utilize o rejunte adequado para cada tipo de piso

A última etapa é a aplicação do rejunte. É ele que irá garantir o acabamento perfeito no seu piso. Além de estética, sua função também é evitar infiltrações e compensar possíveis irregularidades – prováveis de acontecerem quando você está aprendendo como colocar porcelanato.

Assim como existem diferentes tipos de porcelanatos, você também pode encontrar diferentes opções de rejuntes à venda, entre eles:

Além dos tipos e usos específicos, o rejunte pode variar em relação à cor. Fique atento a esse fato para compor a decoração do ambiente de acordo com a sua vontade! É importante adquirir todo o porcelanato necessário de uma única vez, para não correr o risco de ter alterações de tons e cores em diferentes lotes.

Em ambientes que possuem alto trânsito de pessoas é indicado um rejunte escuro para facilitar a limpeza do local.

 

Sugestão de leitura: Qual o melhor rejunte para piscina? Conheça 2 opções ideais!

 

Pronto! Demorou um pouco, mas você definitivamente aprendeu como colocar piso de porcelanato!

Sua última preocupação deve ser manter o ambiente sem trânsito de pessoas por pelo menos 7 dias após a aplicação. Caso sua obra não possa parar, os profissionais podem ser liberados para trânsito após 3 dias!

 

Onde comprar ferramentas e revestimentos?

Antes de começar sua obra é importante que você tenha em mãos todas as ferramentas, produtos e peças que indicamos ao longo do texto e que serão usadas por você. Na hora de realizar a compra para sua obra, visite a loja virtual da Telhanorte!

Temos um departamento completo de pisos e revestimentos com tudo que você precisa para sua obra: acabamentos para pisoargamassa e rejunte, pastilhas, pisos, porcelanatos e mais!

 

Teve alguma dúvida na hora de comprar? Entre em contato com a equipe da Telhanorte pelo WhatsApp ou acesse nosso site, faça seu pedido e receba tudo em casa!

Na Telhanorte você também pode aproveitar solicitar nosso cartão de crédito para obter as melhores formas de pagamento.

 

Edição por: Murilo Bonício.