home office | Blog Telhanorte

Dicas para um home office organizado e bem decorado

como-decorar-home-office

| Ambientes Internos

 

Quer saber como decorar seu home office e deixar o espaço de trabalho organizado e funcional? Embarque com o Blog Telhanorte em mais uma matéria sensacional!

 

Quem trabalha em casa tende a sentir falta da rotina de sair todos os dias, andar na rua, ver pessoas diferentes, interagir com elas, etc. Por isso, é ideal investir um tempinho aprendendo como decorar o home office e mantê-lo o mais aconchegante possível. Afinal, já é incomodo suficiente não ter um espaço destinado só para trabalhar e deixá-lo sem personalidade ou desorganizado só atrapalha a produtividade.

Os móveis, os objetos e as cores do escritório ou da sua área de estudo devem formar um conjunto com características funcionais e práticas que fará toda a diferença. Fotos, porta objetos e quadros decorativos são alguns dos itens que vão criar um ambiente não só visualmente bonito, mas que vai inspirá-lo a manter o foco nas suas tarefas.

Continue lendo e aprenda como decorar o home office e ter um ambiente de trabalho e estudo mais organizado e produtivo.

 

7 passos para decorar o home office

Pesquisar novidades e tendências com as quais você se identifica é a chave para criar um ambiente com a sua personalidade.  Reunimos algumas ideias simples e fáceis de aplicar na decoração do seu espaço de trabalho, contemplando desde a escolha do espaço até a organização dos itens pessoais e de trabalho.

Confira as dicas a seguir e aplique na sua casa:

 

1- Escolha o lugar para ser seu escritório

Trabalhar na mesa da sala onde a família passa e, a todo momento, alguém quer falar “rapidinho” de algum assunto pode minar a produtividade. Assim, se você tem um cômodo separado e com porta, onde possa colocar sua mesa, cadeira e uma estante, – ou outro móvel para guardar seus materiais – transforme-o em seu home office.

Tendo definido um cantinho para trabalhar, colocar em prática as ideias de decoração para home office que vamos mostrar será muito útil para transformar a sua casa em um escritório, mas sem perder o toque pessoal.

Apartamentos pequenos ou até uma casa, nem sempre tem um cômodo extra disponível para servir de escritório, mas isso não atrapalha nosso projeto!

A primeira dica para esses casos é escolher um espaço perto de uma área de entrada. Uma coisa importante sobre a escolha do lugar é que este seja uma área sem muito movimento para garantir sua concentração durante as tarefas.

Um cantinho próximo da varanda, debaixo das escadas ou até do seu quarto podem se transformar em um ótimo espaço para trabalhar.

 

home-office-pequeno

Apostar na madeira em home offices pequenos pode trazer maior sensação de conforto (Foto: Blackbox Design Studios / Reprodução).

 

2- Valorize a iluminação e a ventilação natural

O motivo para priorizar os espaços próximo às áreas de entrada é aproveitar a iluminação natural e a ventilação do seu espaço.

Assim, você vai conseguir destacar a pintura das paredes, os móveis, os quadros, etc. Sem contar no conforto visual, que evita forçar a vista ao olhar para a tela do computador.

Conforto e ergonomia  são conceitos fundamentais na hora de planejar o home office. Afinal, além da estética do ambiente, as soluções que você escolher devem ser funcionais para sustentar as longas horas que você passa trabalhando por dia.

 

home-office-decoracao

Projeto Casa Santa Barbara por Victoria Pearson (Foto: Victoria Pearson / Reprodução).

 

Sugestão de leitura: As 7 melhores dicas de decoração sustentável para a sua casa.

 

3- Tenha atenção à escolha da mesa

O processo de decoração de um espaço de trabalho começa a ganhar vida com a escolha da mesa. Esse é um móvel imprescindível, – junto com a cadeira que falaremos no próximo tópico – então para acertar na hora da escolha, você precisa aliar ao design do produto algumas características técnicas.

O primeiro atributo para ser uma boa mesa é ter, no mínimo, 70 cm de profundidade. Essa distância permite posicionar bem o computador ou notebook e apoiar os braços para evitar lesões como a tendinite.

Outro ponto importante é a largura da mesa, que deve ser em torno de 1,20m. Se houver espaço, a mesa pode ser maior.

Por último, a altura da mesa em relação ao chão deve ser entre 70 a 75 cm.

Uma particularidade importante do design da mesa é a abertura no tampo para a passagem dos fios do computador e da luminária. Isso vai ajudar a manter o ambiente mais clean e discreto.

Leve em consideração esses detalhes na hora da compra!

 

ideias-decoracao-home-office

Por que não apostar em um home office naquele espaço mal utilizado da cozinha? (Foto: Paul Raeside / Reprodução).

 

4- Valorize o conforto da cadeira

O conjunto mesa e cadeira é a base para se obter um home office, pois são as peças fundamentais para tornar a jornada de trabalho duradoura. Afinal, ninguém aguentaria passar o dia trabalhando no chão ou em algum banco desconfortável.

Por outro lado, existem muitas opções de cadeiras bonitas nas quais seria impossível terminar o dia sem dores na lombar.

Portanto, assim como destacamos na escolha da mesa, a funcionalidade e o conforto da cadeira são tão importantes quanto um bom design. Não abra mão disso! Escolha um modelo que possua regulagem de assento, costas e braços.

Uma dica é escolher esse item pessoalmente para você se sentar, testar as funcionalidades, ver a cor e a textura do material ao vivo, etc.

 

quadros-decorativos-home-office

Aposte nas cores e texturas naturais para deixar o escritório aconchegante (Foto: Karyn R. Millet / Reprodução).

 

5- Divirta-se com as cores do home office

As cores vão dar ao seu home office aquele toque da sua personalidade. Seja mais moderno, divertido ou sério, o importante é deixar o ambiente com o seu jeito.

psicologia das cores é um ponto de influência importante e pode ser usada para criar um ambiente inspirador e motivador para trabalhar.

A cor mais usada nos projetos é o branco. Isso, porque ela reflete melhor a luz e deixa o ambiente mais claro, facilitando a realização de atividades, como a leitura, por exemplo.

Outras cores neutras como o preto e o cinza podem ser usadas para criar a base do ambiente.  Entretanto, isso não exclui as cores vibrantes e estampas. Equilibrando as cores neutras com as vibrantes a decoração fica mais harmônica e valoriza até os espaços pequenos.

O mais recomendado é usar o colorido nos detalhes: em uma única parede; no detalhe dos móveis; nos vasos; quadros; etc.

Quem gosta de um detalhe impactante e diferente, pode apostar também no papel de parede. Ele fica perfeito para compor uma parede que vai ficar em destaque no ambiente, sem móveis ou prateleiras penduradas.

 

ideias-home-office-cor

Escritório colorido para dar um toque de alegria (Foto: The Homes I Have Made / Reprodução).

 

Sugestão de leitura: Descubra como ampliar um ambiente usando truques simples e efetivos.

 

6- Personalize os objetos da decoração

Não é porque é um espaço de trabalho que a decoração precisa ser impessoal. Pelo contrário, como é um espaço dentro da sua casa, o escritório pode ter a sua cara.

Depois de definir o espaço e escolher mesa, cadeira e as cores base, o próximo passo de como decorar o home office é escolher os objetos da decoração.

 

papel-parede-decor-home-office

Personalize seu espaço conforme sua personalidade e aspirações (Foto: Marvel Cabinetry / Reprodução).

 

E é aqui que a sua criatividade pode (e deve!) entrar em ação. Aproveite para dar seu toque especial no escritório.

Escolha quadros decorativos para home office com ilustrações ou caligrafias que tenham a ver com você. As fotos de família ou viagens também valorizam o ambiente.

Outra ideia é usar tapetes coloridos, que podem atuar como um ponto focal de cor, também.

 

acabamento-marcante-home-office

Aposte nos tapetes coloridos, para deixar o trabalho em casa menos monótono (Foto: Arteresting Design & Decoration / Reprodução).

 

Dica para acertar a altura dos quadros

Para acertar na hora de colocar os quadros na parede, coloque o centro do quadro na altura do olhar. Essa medida é de, aproximadamente, 1,50 m entre o piso e o centro do quadro.

Por exemplo: um quadro de 70 cm de altura tem o ponto médio de 35 cm. A partir desse ponto basta medir 1, 50 m até o chão para colocar o prego.

 

7- Nichos, prateleiras, armários e gaveteiros para organização

A última parte das nossas dicas de como decorar o home office é referente a organização do espaço.

Nós sabemos que é fácil criar uma pequena bagunça no dia a dia no lugar onde você trabalha ou estuda. No entanto, com alguns itens, – que ainda completam a decoração – é possível manter as coisas no lugar e tudo que você precisa a mão.

O primeiro passo é fazer um levantamento de tudo que você tem para organizar: documentos, ferramentas de trabalho, livros, papéis, pastas, etc.

Os itens de uso frequente devem ficar próximos à mesa. Assim, você pode usar e guardá-los com facilidade.

Para isso, você pode instalar prateleiras, gaveteiros e nichos. Caixas coloridas, fotos e vasinhos de plantas podem ser usados nestes, criando um mosaico com as peças.

Dependendo da quantidade de livros, você pode usar um armário com porta de vidro para valorizar a organização, as cores e a disposição interna. Se for uma quantidade menor, eles podem ficar em uma prateleira e contribuir para completar a decoração.

 

Gostou das ideias de decoração para home office?

Agora que você tem dicas valiosas de como decorar seu escritório, aproveita e checa todas as novidades de Decoração que a Telhanorte separou para você.

Reunimos em uma única página tudo que você vai precisar para deixar seu espaço de trabalho ou estudo com a sua cara, valorizando o ambiente.

Acesse a página Decor e organize e decore do seu jeito!

Espaço multifuncional: o que é, pra que serve como criar?

espaco-multifuncional

| Ambientes Internos

 

Criar um ou mais espaços multifuncionais na casa é uma opção para tirar a sensação de “lugar apertado”. Confira aqui nossas dicas para atingir esse objetivo!

 

Você já deve ter ouvido o termo espaço multifuncional ao pesquisar tendências de arquitetura atual, não é mesmo? 

Não é difícil imaginar que se trata de um espaço com mais de uma função – quando se tem uma cozinha, por exemplo, integrada com a mesa de jantar.

O mercado imobiliário tem oferecido mais opções do que nunca de apartamentos, em sua maioria, com área de planta pequena. 

Os projetos de reforma residencial com o objetivo de criar esse tipo de espaço na casa também estão ganhando destaque.

Quer entender tudo sobre espaço multifuncional? Continue lendo!

 

O que é um espaço multifuncional?

Um espaço multifuncional é uma área da casa que tem mais de uma função, mas sem deixar de ter um espaço apropriado para cada uma delas.

Por exemplo, um apartamento ou casa pode ter uma área de sala grande, mas a cozinha e a sala de jantar serem muito apertadas.

Um solução é eliminar as paredes criando um cômodo único, onde cada parte — integradas pelo piso e delimitada pelo mobiliário — se torna um espaço multifuncional.

 

Por que integrar os espaços?

Um espaço multifuncional serve, sobretudo, para se ter amplitude. E não apenas uma impressão… Efetivamente ganha-se espaço integrando os ambientes!

Mas também melhora-se muito a qualidade de vida na casa, pois os projetos como esse trazem outros benefícios, como:

Mas nada melhor do que mostrar como um espaço multifuncional pode ser útil.

Se você é do tipo que precisa ver para crer, confira como criar esses pontos e transformar sua casa!

 

Como criar um espaço multifuncional: 4 ideias

Separamos a seguir quatro ideias de espaço multifuncional mais utilizados em projetos de construção e reforma para te inspirar.

 

1. Sala de estar + sala de jantar

Essa é uma das ideias de espaço multifuncional mais utilizadas pelos arquitetos, quando o cliente deseja integrar melhor a casa.

A sala e o local do jantar são espaços sociais e muitas vezes é um desejo do morador ter uma área maior para receber visitas na residência ou, então, aproximar a TV do local de refeições. Para isso, o segredo é criar uma sala única e multifuncional. Ou seja, o mesmo cômodo servirá para assistir filmes, conversas e, até mesmo, comer.

A decoração entra como um quesito essencial no projeto, criando um ambiente onde os móveis conversam entre si. Seguir a mesma paleta de cores no sofá e no estofado das cadeiras é uma ótima escolha, por exemplo.

 

espaco-multifuncional-sala-de-estar-e-jantar

Sala de estar, jantar e de TV integradas (Foto: Metric.Id / Reprodução).

 

2. Cozinha + sala de jantar (com mesa balcão)

Outra opção de espaço multifuncional dentro de uma casa ou apartamento pode ser a cozinha integrada à sala de jantar.

É uma segunda opção de integração caso a primeira, que mencionamos acima, não seja do seu agrado.

Gosta de cozinhar, mas não quer perder a conversa com os amigos enquanto prepara algo para comer? Quer ficar longe da interferência da TV durante as refeições? Então, aposte nessa ideia!

Para isso, uma ideia de layout é lançar mão de uma mesa balcão – também conhecida como ilha. Geralmente, um cooktop é colocado no centro com uma coifa logo acima e ao redor a área fica livre para acomodar pratos, talheres, copos e garrafas e manusear os alimentos.

Reparem que na foto abaixo, a cor do tampo é a mesma em toda extensão da cozinha, trazendo uma continuidade e integrando o ambiente visualmente. Para deixar o espaço ainda mais aconchegante, banquetas altas ajudam a fechar a decoração. 

 

cozinha-multifuncional

Cozinha americana: Sala de jantar integrada à cozinha por meio de um balcão (Foto: Salt and Blues / Reprodução).

 

3. Sala de estar +jantar + cozinha

Três funções em um espaço multifuncional? Sim, é possível!

Até agora falamos da integração dupla, que é a mais comum, porém você pode ampliar as combinações.

Nesse tipo de projeto, a integração começa de baixo para cima. O piso, geralmente, é o mesmo para criar a ideia de unidade.

A diferenciação começa no mobiliário, dessa forma, o mobiliário e os eletrodomésticos são usados para organizar e demarcar a área de cada ambiente.

Cada espaço tem seu elemento principal: na sala, o sofá; no espaço para o jantar, o conjunto de mesa e cadeira e na cozinha, fogão e geladeira, por exemplo.

Tapetes, estantes com nichos e a iluminação também são elementos de apoio para deixar cada cantinho personalizado. 

 

espaco-multifuncional-sala-jantar-cozinha

Espaço multifuncional: cozinha, sala de estar e sala de jantar (Foto: Home-designing / Reprodução).

 

4. Home office + quarto de hóspedes

Nossa última dica de espaço multifuncional é a união do cômodos home office e quarto de hóspedes.

É cada vez mais comum as empresas liberarem os funcionários para trabalhar de casa e isso exige um espaço específico para ter privacidade e concentração. 

Mas se você não pode abri mão de um cômodo, ou quer apenas fazer um uso mais otimizado da sua casa, crie esse espaço combinado.

Você pode delimitar os espaços dentro do mesmo ambiente, com auxílio de móveis e revestimentos. A área de home office, por exemplo, pode ser criada com uma bancada em uma parede, para acomodar o computador.

Ao mesmo tempo, na parede oposta ou adjacente, você pode apostar em um sofá-cama para quando tiver algum hóspede, ou quiser descansar durante o expediente.

Também pode ser colocado um armário que mescla gavetas e nichos que vão favorecer o armazenamento de documentos e acessórios de escritório e, também, as roupas de cama e malas de viagem dos possíveis hóspedes. Os sofás baú são outra opção para ganhar espaço. Não se esqueça de decorar com vasos, porta retratos, etc.

 

quarto-hospede-home-office

Aproveite para otimizar seus espaços e monte seu home office no quarto de hóspedes (Foto: Alex Maguire Photography / Reprodução).

 

Invista na decoração para criar seu espaço multifuncional!

Viu como o espaço multifuncional é uma solução inteligente para ampliar a funcionalidade da sua casa? E essas são apenas algumas inspirações! As possibilidades são inúmeras, como: quarto com sala de TV (especialmente em kitnets), cozinha com lavanderia, varanda com lavanderia, sala de estar com escritório, etc. Deixe a imaginação fluir e, claro, veja como os espaços podem melhor atender às suas necessidades!

Para ter um resultado ainda melhor, não esqueça que a decoração faz toda a diferença. Quadros, luminárias, porta-retratos, vasos, almofadas, puffs, dentre outros itens ajudam a integrar o ambiente.

Na Telhanorte, temos uma seção exclusiva com itens de Decoração para a casa toda.

Confira, faça sua compra online ou visite uma das nossas lojas perto de você!

 

 

Edição por: Murilo Bonício

Vai montar um home office? Siga 6 dicas funcionais

como montar um home office

| Ambientes Internos

 

O trabalho remoto é uma tendência cada vez maior. Então, veja aqui 6 dicas para seu home office considerando: espaço, iluminação, materiais e decoração.

 

De acordo com a Forbes, até o fim de 2020, a perspectiva é de que mais de 50% da população prestará serviços de casa.

Se você é ou pensa em ser adepto da prática, pode estar se perguntando: “como montar um home office que seja funcional e aconchegante?”. Caso esse seja o seu caso, pode se tranquilizar!

Siga com a gente que responderemos a todas suas dúvidas. Boa leitura! 

 

pessoa-no-computador-home-office

Trabalhar de casa pode (e deve!) ser mais prático e divertido do que você imagina! (Foto: Pixabay / Divulgação).

 

Como montar um home office

Antes de começarmos a lista, temos que ter em mente que a melhor forma de descobrir como montar um home office é pensando em sua função. Estamos falando de um espaço dentro de casa, no qual você possivelmente passará muitas horas do dia, concentrado em atividades de trabalho ou estudo.

Então, entre os pontos que levaremos em consideração, estão:

  1. Conforto;
  2. Praticidade;
  3. E sensação de bem-estar

A seguir, vamos explicar como montar um home office focando nesses objetivos e mantendo sempre uma boa estética! 

 

1. Aproveite o espaço

A primeira dica para ter seu escritório em casa diz respeito ao espaço. Sabemos que, em muitos casos, a ideia do home office surge depois que o imóvel foi adquirido e que, por isso, nas plantas originais não havia um espaço planejado para esta finalidade.

Mas tudo bem! 

O importante é ter em mente que esse ambiente precisa ser montado em um local onde você consiga se concentrar e permitir que o trabalho flua. Uma boa ideia é montá-lo em um cômodo com porta, para garantir mais privacidade. 

Se escolher, por exemplo, o quarto, o ideal é separar uma parede para concentrar a montagem do escritório. 

 

quarto-hospede-home-office

Aproveite para otimizar seus espaços e monte seu home office no quarto de hóspedes (Foto: Alex Maguire / Reprodução).

 

2. Use a iluminação a seu favor

A segunda dica diz respeito à iluminação: um item essencial para quem passa muitas horas do dia em uma só atividade ou em frente à tela do computador. 

Quando for escolher o local para o seu home office, priorize opções próximas a janelas. Isso faz com que o ambiente seja banhado por luz natural, o que traz inúmeras vantagens, como:

 

home-office-decoracao

E não precisa ser só em quarto! No Projeto Casa Santa Barbara, a Victoria Pearson monta o home office no canto da cozinha (Foto: Victoria Pearson / Reprodução).

 

De toda forma, além do uso estratégico da luz natural, a iluminação artificial não pode ser deixada de lado. Dê preferência a luminárias de mesa e pontos de luz que fiquem acima da superfície de trabalho. Assim, você ganha uma iluminação direcionada, semelhante à claridade natural do dia, inclusive à noite! 

 

vista-superior-área-de-trabalho-iluminada

Vista superior do espaço de trabalho iluminado por luz direta (Foto: Free Stock / Divulgação).

 

3. Coloque o conforto em primeiro lugar

Ambiente e iluminação resolvidos, é hora de começar a pensar na mobília! Aqui, o conselho é um só: priorize sempre seu conforto! Lembre-se de que o objetivo final é ter um ambiente que estimule a criatividade e a produtividade, então, estar confortável e à vontade deve ser prioridade na hora de eleger ideias para montar um home office

 

Cadeira

Para quem busca entender como montar um escritório dentro de casa, em primeiro lugar está a escolha de cadeiras realmente agradáveis e ergonômicas

Se você ainda não sabe, a ergonomia rege os princípios necessários para que um ambiente de trabalho não cause danos à saúde do colaborador. Isso inclui, por exemplo, a altura ideal da cadeira, que deve permitir apoiar as plantas do pés no chão e ter toda a tela do computador ao alcance dos olhos. 

Além disso, manter no ambiente elementos decorativos interessantes, como poltronas, almofadas e puffs pode ser um convite a não trabalhar demais e tirar alguns minutos diários de descanso.

 

escritório-em-casa-com-poltrona-almofada-puff

Relaxe em uma poltrona com apoio de pé durante as pausas do trabalho (Foto: Viva Decora / Reprodução).

 

Mesa

A mesa deve ser escolhida tomando como base o volume de itens essenciais que ficarão dispostos sobre ela. Isso garante que, além de armazenar os instrumentos de trabalho, a superfície também permita a livre movimentação de braços e abrigue, sem esforço, aquela necessária xícara de café. 

 

mesa-de-escritorio-em-l-estilo-industrial-kuadra-compace

A mesa para escritório Kuadra Compace é sinônimo de uma boa relação beleza-espaço (Foto: Viva Decora / Reprodução).

 

4. Aposte em uma decoração funcional

Uma dica de ouro, especialmente para quem possui um espaço pequeno para montar o home office, é tornar a decoração funcional. 

Uma das possibilidades é investir em quadros que sirvam como decoração e como mural de tarefas, como o clássico quadro-negro  e painéis feitos de cortiça, grade, papéis adesivos ou vidro. 

 

home-office-quadro-negro

Que tal a versão mais moderna do quadro-negro, pintada nas paredes? (Foto: Suéter Azul / Reprodução).

 

Outra dica de decoração diz respeito a escolha de cores. Você sabia que, de acordo com a psicologia das cores, cada tom inspira um sentimento diferente? Isso significa que, revestindo a parede de laranja, azul ou verde, você estará estimulando sua criatividade! 

 

5. Organize o home office de forma inteligente

Na hora de rechear o local com o material de trabalho, a ative sua função “organização inteligente! Rsrs

Afinal, estamos falando de um ambiente onde a praticidade deve reinar. 

Por isso, veja abaixo algumas dicas que preparamos para te ajudar nessa etapa: 

 

7. Personalize! 

Agora que você já tem o esqueleto do espaço de trabalho pronto, que tal torná-lo seu? Chegou o momento de dar a sua cara à sua criação! 

Nesta etapa, vale incluir no ambiente aquilo que mais combina com você: porta retrato, quadros decorativos com mensagens inspiradoras, tapetes, plantas etc. Lembre apenas de que menos é mais, e um ambiente de trabalho poluído pode ser um convite a distrações ou dores de cabeça!

 

Partiu home office!

Aproveite e acesse nossa categoria de decoração! Na loja virtual Telhanorte temos de tudo para você dar um toque personalizado ao seu espaço e ficar por dentro de todas as tendências do momento, hein