inspiração | Blog Telhanorte

Conheça as características do estilo étnico

| Decoração

Veja como inserir o estilo étnico na sua casa e deixá-la do jeito que você gosta utilizando elementos simples e sofisticados

 

Abra as portas da sua casa, deixe entrar um pouquinho de cada cultura ao redor do mundo e deixe-se levar pelas influências do estilo étnico.

Você sabia que este estilo vem conquistando cada vez mais o coração dos brasileiros? Confira abaixo um pouquinho sobre essa tendência incrível e entenda o motivo disso!

 

Como surgiu

Há alguns anos, o estilo étnico era mais comum em roupas e acessórios. Entretanto, o conceito começou a criar força também nas decorações.

Nos anos 1960 e 1970, estampas étnicas eram utilizadas por jovens que começaram a usar roupas com referências de diferentes culturas em forma de protesto. A intenção era se afastar o máximo possível dos valores europeus, buscando igualdade e liberdade para a minoria, como pessoas negras, indígenas, LGBTQIA+ etc. 

sala étnica

Sala de estar no estilo étnico (Foto: doedu.co/reprodução)

 

Característica da decoração étnica

O contexto histórico desse estilo, resgata diversas culturas ao redor do mundo, investindo em elementos da cultura africana, indígena, asteca, indiana, japonesa entre outros. É possível misturar diversas estampas e objetos que representam esse estilo, mas o ponto de partida são elementos culturais exóticos como estampas de animais, tribais, souvenires de viagens, fotos, quadros e tudo o que possa lembrar outro país que não tenha influência europeia. 

Estilo étnico

Objetos decorativos estilo étnico (Foto: bangalow.com.br/reprodução)

 

Veja também: Decoração minimalista | O que é e como aderir esse estilo

 

Como utilizar a decoração étnica?

Apesar de ser um estilo incrível e cheio de elementos culturais marcantes, é preciso ter cuidado com exageros. Por ser uma decoração cheia de variantes culturais, o mais recomendado é escolher elementos do estilo étnico que mais tenha a ver com você. Pense no ambiente como um todo, o objeto escolhido combina com o resto do cômodo? As cores da parede dialogam com os móveis e objetos? Tente sempre decorar com apenas uma influência étnica para não deixar o ambiente pesado e carregado de elementos que não funcionam juntos. 

Outra dica importante é, caso você queira mais de um estilo étnico na sua casa, é interessante dividir os cômodos por etnia. Por exemplo, para o quarto elementos culturais do Japão ficam interessantes, já na sala e cozinha, você pode ser mais ousado e apostar em estampas animais e tribais. 

quarto-decoração-japonesa

Quarto com decoração japonesa (Foto: casavogue.globo.com/reprodução)

 

Agora que você já conhece o estilo étnico e sabe a melhor forma de usá-lo, que tal visitar o site da Telhanorte e conferir itens exclusivos para a decoração da sua casa? Aproveite também para nos seguir no instagram, onde toda semana você encontra dicas incríveis. 

Deu na Telha modificar o estilo da sua casa? Tem na Telha!

 

Por Veronicca Fernandes / Edição Carolina Oliveira

Deu na telha renovar sua casa? Tem na Telha

| Decoração

Confira como dar uma nova cara aos ambientes em poucos passos

Dar uma renovada no visual da casa pode sim ser uma tarefa prazerosa e, o melhor, econômica. Com algumas dicas práticas é possível deixar a decoração mais atual, e mais a ver com a sua personalidade, mas sem quebra-quebra ou gastos excessivos.

Confira a seguir algumas sugestões de como você pode se arriscar em novas decorações e tendências:

1. Pintura em azulejos

Pintar os azulejos é uma das formas mais econômicas de repaginar a casa sem encarar uma reforma. A tinta epóxi é a mais indicada para essa tarefa. À venda em uma grande variedade de cores, ela deixará sua cozinha ou banheiro mais atual em poucas horas.

pintura-de-azulejo

Pintura de azulejo (Foto: decorfacil.com/ Reprodução)

2. Inclusão de plantas nos espaços

Além de dar um destaque a mais na decoração, o cultivo de plantas deixa os espaços mais vivos e aconchegantes. Para uso em áreas internas de casas e apartamentos, dê preferencia às que se adaptam melhor em meia-sombra, como Jiboia, Espada de São Jorge e Costela de Adão.

 

decoraçao-com-plantas

Decoração com plantas (Foto: historiasdecasa.com.br/ Reprodução)

 

Veja também: Decoração minimalista | O que é e como aderir esse estilo

3. Pintura de meia parede

Tá aí uma tendência simples e bonita, que pode ser aplicada em qualquer cômodo! Basta escolher a combinação de cores, demarcar as áreas com fita crepe e passar algumas demãos de tinta para ter um ambiente completamente renovado em pouco tempo.

pintura-meia-parede

Pintura meia parede (Foto: casadevalentina.com.br/ Reprodução)

4. Organização no banheiro

Apesar de não ser um espaço tão pensado quando o assunto é decoração, o banheiro também necessita de atenção. É possível reunir vários elementos que, além de dar toques mais charmosos, são muito úteis para auxiliar na organização do cômodo. Faça uso de carrinhos ou cestos de diferentes materiais, como metal ou fibras naturais.

itens-para-banheiros

Itens para banheiro (Foto: diariodebeleza.com.br/ Reprodução)

 

Confira também: Dicas para ter uma decoração boho chic 

 

5. Organização no espaço de trabalho/estudo

As mudanças acarretadas pela pandemia fizeram com que muitas pessoas passassem a trabalhar remotamente algum dia da semana, tendo assim que transformar algum cômodo da casa em um espaço propício para realizar suas tarefas profissionais. Além de definir uma mesa ou escrivaninha com cadeira confortável, vale a pena incluir outros elementos para decorar e organizar o espaço: faço uso de prateleiras para organizar livros e objetos de decoração, instale uma lousa ou quadro branco para manter o cronograma sempre em dia e abuse dos nichos para acomodar pastas e documentos importantes.

escritorio-home-office

Espaço de trabalho adaptado em casa  (Foto: br.pinterest.com/ Reprodução)

Agora que você já sabe como renovar sua casa, não esqueça de acessar o site da Telhanorte e conferir nossos produtos. E não se esqueça, Deu na Telha? Tem na Telha!

Por Laila Pereira | Edição Stéphanie Durante

Projete-se, da Telhanorte, cria imagem 3D para ajudar na reforma

| Área Externa

Saiba mais sobre o serviço de consultoria técnica gratuita que te auxilia a entender quais as melhores soluções e produtos para o ambiente dos seus sonhos

 

Quer reformar um cômodo da casa mas não sabe como combinar os revestimentos ou tem dificuldade em imaginar como o ambiente ficará depois de pronto? Quem é cliente da Telhanorte pode contar com uma baita ajuda! O Projete-se é um serviço gratuito, disponível em mais de 20 lojas da nossa rede, em que designers e projetistas especializados oferecem uma assessoria técnica, apresentam novas tendências e produtos e sanam dúvidas sobre tais assuntos.

 

O que o Projete-se oferece?

Esse serviço reúne referências de produtos e fornecedores que fazem parte do mix da Telhanorte. Além de prover ao cliente uma experiência única e inovadora de “conhecer” seu ambiente dos sonhos através de um óculos de realidade virtual, o serviço entrega um projeto de ambientação em 3D, que possibilita que o cliente veja seu cômodo já decorado antes de dar seguimento ao serviço no real local escolhido.

 

Quarto projetado pelo Projete-se ( Imagem: Telhanorte/ Reprodução)

Imagem ambientada de quarto criada pelo Projete-se ( Imagem: Telhanorte/ Reprodução)

 

Algumas unidades contam ainda com o Espaço Coworking, que possui uma infraestrutura de apoio aos profissionais de obra para melhorar o atendimento ao cliente, contando com mesas, monitor e wifi. Além disso, o local possui equipamentos e mobiliários que permitem testar uma diversidade de combinações entre produtos, cores, texturas e até mesmo a iluminação do ambiente.

Local de atendimento Projete-se unidade Tiradentes ( Imagem: Telhanorte/ Reprodução )

Local de atendimento Projete-se na unidade Telhanorte Tiradentes, em Londrina (Imagem: Telhanorte/ Reprodução)

 

Confira em quais lojas da Telhanorte você encontra o Projete-se:

São Paulo – região norte:                   

São Paulo – região Sul: 

Interior de São Paulo:

Minas Gerais:

Paraná: 

 

Antes e depois de ambientes criados pelo Projete-se

 

Sala ambientada pela profissional Thaiene Duarte:

 

(Imagem: Projete-se/Reprodução)

Sala de jantar (Imagem: Projete-se/Reprodução)

 

Cozinha ambientada pela profissional Thais Olimpio: 

 

Cozinha antes e após reforma (Imagem:Projete-se/Reprodução)

Cozinha antes e após reforma (Imagem: Projete-se/Reprodução)

 

Agora que você já tem conhecimento sobre os serviços do Projete-se, que tal dar um pulo em uma das unidades que possuem esse serviço para bater um papo com nossos profissionais sobre o seu ambiente dos sonhos? Esperamos por você!!

 

Por Carolina Oliveira | Edição Stephanie Durante

Prós e contras do piso laminado

| Decoração

O piso laminado foi pensado para ser uma opção prática, econômica e sustentável. Entenda nessa matéria os prós e contras desse tipo de revestimento

 

Produzido a partir de Pinus e Eucalipto, o piso laminado é um dos principais modelos produzidos através da madeira. Esse revestimento pode ser encontrado em dois tipos, sendo eles o HDF e o HPP, que são diferentes substratos de madeira, e ambos possuem uma alta resistência contra impactos.

O piso laminado tem conquistado o seu espaço no mercado com todos os seus prós, mas para entender um pouco mais sobre esse produto antes de optar por usá-lo, fique com algumas vantagens e desvantagens que podem ser importantes para a sua decisão final.

 

Piso laminado em quarto infantil (imagem: Vivadecora.com/reprodução)

Piso laminado em quarto infantil (imagem: Vivadecora.com/reprodução)

Vantagens

 

1- Isolante térmico
O piso laminado proporciona um conforto maior para andar descalço até mesmo em dias frios, perfeito para crianças que estão treinando os seus primeiros passos.

2- Fácil limpeza
Um aspirador de pó e uma vassoura macia resolvem quase todos os seus problemas. Em caso de manchas, um pano úmido já resolve.

3- Ecológico
É feito de madeira reflorestada.

4- Não atrai cupins
Produzido com componentes químicos contra ataque de pragas.

5- Hipoalérgico
Ideal para quarto de recém-nascidos e pessoas com problemas de alergia crônica.

6- Baixo custo
Além de ser um produto mais em conta, ele imita fielmente pisos de madeira natural, além de possuir uma variedade de cores e texturas.

7- Resistente
O fato de ser protegido por resina de melanina torna esse produto resistente a danos.

8- Fácil aplicação
O piso laminado possui duas formas de instalação: adesivo e encaixe. Ambos podem ser instalados sobre um piso existente ou diretamente no contrapiso, e não dependem de mão de obra específica, você mesmo consegue instalar.

9- Alta durabilidade
O piso laminado possui uma vida útil de aproximadamente 15 anos.

 

Desvantagens

 

1- Não resistente à água
O contato com a água pode danificar o revestimento, sendo assim contraindicado para áreas externas e casas com animais domésticos, pois a urina do animalzinho pode danificar o piso.

2- Desconforto acústico
Por ser um piso flutuante é comum emitir um som “oco” ao pisar com sapatos de salto alto.

3- Sujeito a desbotamento
O piso laminado pode sofrer descoloração se exposto ao sol, por isso esse tipo de piso não é indicado para ambientes externos.

 

Continue sua leitura em: Como colocar piso laminado: passo a passo

 

Agora que você já é quase um especialista em pisos laminados é hora de partir para a prática! Na Telhanorte você encontra diversos modelos de piso laminado e pode escolher o da sua preferência contando com a ajuda de um dos nossos profissionais. Esperamos por você!!

Aplicação de pastilhas adesivas

aplicaçao-de-pastilhas-adesivas

| Banheiro

Confira o passo a passo da aplicação de pastilhas adesivas

As pastilhas estão sempre acrescentando em diversos projetos arquitetos, onde encontramos uma infinidade de modelos, cores, tamanhos, formatos e diferentes materiais. Isso facilita muito na aplicação do produto, garantindo um ótimo resultado sob azulejos e em outros revestimentos de superfície lisa, como MDF, madeira e fibra de vidros.

 

Veja a seguir o passo a passo de como aplicar pastilhas adesivas em sua casa

As pastilhas adesivas já vêm prontas para serem instaladas, por ela ser leve, e conter o adesivo na peça, dispensando o uso de argamassa ou cola específica. Para dar início ao processo basta restirar a película na parte de trás e aplicar sobre a parede, elas devem estar bem alinhadas umas com as outras e com a parede, e então colocadas diretamente no revestimento existente.

 

aplicaçao-de-pastilhas-adesivas

Aplicação de pastilhas adesivas (Foto: arquidicas.com.br/ Reprodução)

 

Leia também:  Saiba qual é o melhor revestimento para piscina de alvenaria 

É preciso que o revestimento esteja limpo e seco, sem umidade nem gordura, ao chegar em áreas onde as dimensões são menores, nos cantos ou obstáculos na parede, como tomadas, basta recortar as pastilhas com uma tesoura ou um estilete.  Será necessário fazer uma sobreposição com espaçamento entre uma faixa/placa e a outra, observando os espaços de forma atenta, para criar o rejunte uniforme.
Em ambientes molhados, dentro do box, por exemplo, é preciso esperar pelos menos 48 horas para secar e depois tomar banho sem se preocupar que a pastilha vai descolar.
aplicaçao-de-pastilhas-adesivas

Aplicação de pastilhas adesivas (Foto: comprandomeuape.com.br/Reprodução)

Após a colocação é só retirar o plástico na parte da frente, e pronto, finalizado com sucesso! Sem quebradeira, sem fazer sujeira e sem a necessidade de contratar alguém para aplicar as pastilhas.

Agora que você já sabe como aplicar as pastilhas adesivas, acesse o nosso site da Telhanorte e veja nossos produtos.

 

Por Laila Pereira

Entenda a diferença entre lustres e pendentes

setor-iluminacao-loja-telhanorte-morumbi-lustres-luminarias

| Área Externa

Lustres e pendentes são peças essenciais para compor a decoração do ambiente. Mas você sabe a diferença entre eles? Entenda melhor nessa matéria

 

Um projeto de iluminação é capaz de transformar o ambiente e compor sua decoração, trazendo conforto e amplitude ao cômodo. Os lustres são uma boa opção para quem gosta de peças sofisticadas e clássicas, já os pendentes são mais comuns, com uma pegada de modernidade.

Na hora da instalação ainda surgem dúvidas sobre a diferença entre ambos. Portanto, iremos te mostrar a diferença entre os dois e como escolher o que mais combina com o seu estilo.

 

Lustres

Com sua imponência, o lustre é uma peça que nunca se torna antiquada pois se encaixa em qualquer tipo de decoração. Essa peça possui diversas ramificações, que são os braços para instalar as lampadas, ele fica suspenso ao teto ou embutido, não necessariamente precisa ficar pendente. Geralmente são usados em ambientes mais amplos onde ocorrem ocasiões especiais ou em áreas destinadas para visitas, como sala de estar, hall de entrada, sala de jantar, entre outros.

OBS: Fique atento ao tamanho da peça escolhida para ficar na altura certa.

 

bem-vindo-telhanorte-luz-iluminacao-loja-setor-morumbi-

Lustre de cristal no novo setor de iluminação da loja Telhanorte Morumbi (Foto Acervo Telhanorte)

 

Leia também: Lustres: ótima opção para redecorar ambientes

Pendentes

Com uma proposta moderna, as luminárias pendentes são uma ótima opção. Com um longo fio na parte inferior ou uma haste que direciona o ponto de iluminação, ela também pode ter vários formatos e cores. Diferente dos lustres, não possui ramificação (braços). Ideal para cômodos da casa mais funcionais como cozinha, escritórios e sala de leitura, mas isso não descarta o uso em quartos. Com uma cúpula de tecido, deixa o ambiente aconchegante. Vimos que os pendentes são práticos e versáteis, mas temos que se atentar se a decoração irá combinar com o ambiente.

 

pendentes-luminarias-modernas-estilo-industrial-luz-amarela

Pendentes modernos (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Leia também: Altura de pendentes: medidas ideais para instalação

 

Agora que você conheceu um pouco sobre a diferença entre as peças, que tal dar uma olhada no site da Telhanorte e procurar o que mais combina com seu estilo? Aposto que não irá se arrepender de compor sua decoração com algum deles.

 

Por Thais Junqueira | Edição: Veronicca Fernandes

Decoração unissex para quarto de bebê

| Decoração

Quer que o sexo do seu bebê seja uma surpresa?  Inspire-se nessa matéria e monte um lindo quarto unissex

 

 

1- A cor ideal

A primeira coisa que pensamos quando falamos em decoração de quarto de bebê é qual cor usar. Para quartos, no geral, é comum o uso de cores neutras como o branco, cinza e bege, mas nunca descartando as demais opções como o azul, amarelo, verde e etc. A verdade é que nos dias de hoje não existe mais distinção entre cores de meninos e meninas. Se a sua ideia é passar uma imagem leve e tranquila para o ambiente do seu pequeno, uma boa dica é utilizar as cores na tonalidade pastel. Por serem tonalidades mais claras, acabam impactando positivamente no sono do bebê, diferente de tonalidades vibrantes que podem despertá-lo.

 

Quarto de bebê em cores neutras ( Imagem: blogdamaricalegari.com.br/ Reprodução )

Quarto de bebê em cores neutras ( Imagem: blogdamaricalegari.com.br/ Reprodução )

 

2- Móveis

A escolha dos móveis normalmente não é feita baseada no gênero no bebê, a não ser os puxadores e adornos no geral.

Apostar em cores clássicas como o branco e o amadeirado não deixa espaço para erro. Mas caso a sua intenção seja montar um quarto mais colorido, um único móvel se destacando pode ser o ideal para não carregar o ambiente. Como por exemplo uma única poltrona colorida na sua cor favorita ou talvez uma cômoda.

 

Quarto de bebe neutro com ponto de cor na poltrona ( Imagem: Casaefesta/ Reprodução)

Quarto de bebe neutro com ponto de cor na poltrona ( Imagem: Casaefesta/ Reprodução)

 

3- Inspirações

Quer sair da clássica decoração de ursinho mas está sem ideias de como fazer isso ? Confira abaixo uma lista com 10 decorações unissex para o deixar o quarto do seu neném uma gracinha:

1- Safari

2- Fundo do mar

3- Personagens da Disney

4- Universo

5- Céu

6- Passeio de balão

7- Formas geométricas

8- Mapa mundi

9- Personagens de mitologia

10- Floresta encantada

 

Quarto infantil inspirado no tema "floresta encantada" ( Imagem: Pinterest/ Reprodução)

Quarto infantil inspirado no tema “floresta encantada” ( Imagem: Pinterest/ Reprodução)

 

Leia também: Quarto infantil montessoriano: decoração funcional para crianças

 

Agora que você já recebeu todas as dicas necessárias para colocar as mãos na massa e montar um quarto perfeito para o seu neném, que tal dar uma olhadinha nos produtos disponíveis na Telhanorte? No nosso site ou na loja física mais próxima da sua casa você encontra os materiais necessários e ótimos profissionais que estão prontos para te ajudar nessa missão!! Conheça também o Projete-se, montamos seu ambiente em 3D de forma totalmente gratuita.

 

 Por Carolina Oliveira | Edição Veronicca Fernandes

Dicas para ter uma decoração boho chic

| Decoração

Com mistura de cores e estilos que encantam nossos olhos, o boho chic vem ganhando cada vez mais espaço no mundo da decoração

Inovação e ousadia são coisas que podemos encontrar nesse estilo de decoração, pois ela mistura várias referências em uma só. Mas, sempre ficamos sem saber por onde começar para elaborar esse estilo dentro da nossa própria casa. E então, iremos te mostrar que é mais fácil do que parece, e que podemos até utilizar decorações que já temos e transformar em algo novo.

 

1-Cores 

Quando vamos planejar uma decoração a primeira coisa que se deve pensar são as cores a serem utilizadas, no boho chic são usadas os tons de marrom, bege, verde oliva, laranja e caqui. No entanto, isso não impossibilita explorar outras cores como amarelo, roxo e vermelho, pois dentro desse estilo, a criatividade é o que conta. Portanto, mesclar as cores é mais do que válido.

Paleta de cores boho chic (Imagem: Naomi Wong/ Reprodução)

Paleta de cores boho chic (Imagem: Naomi Wong/ Reprodução)

 

2-Mobília 

Sabe aquele móvel de madeira que está parado na sua casa precisando de uma reforma? Ele pode se adequar a essa decoração pois é um dos materiais mais procurados para quem quer adquirir o estilo boho chic. Além de se encaixar muito bem ao ambiente, combina muito com essa mistura de tendências.

madeiras-vintage

Madeiras vintage (Foto: westwing.com.br/ Reprodução)

 

3- Tapetes

Usar diferentes tipos de tapetes na decoração proporciona aconchego e trás um charme especial ao ambiente. Estampas, texturas e peças de lã são ótimas opções, sobreposições também vão bem com tecidos coloridos ou até os mais neutros.

 

Estilo de tapete boho chic (Imagem:Tuacasa.com/ Reprodução)

Estilo de tapete boho chic (Imagem:Tuacasa.com/ Reprodução)

 

Leia também: Como escolher tapete da sala 5 dicas para não errar

 

4- Plantas 

Para deixar o espaço mais leve e com elementos naturais, essa decoração se complementa muito bem com flores e plantas naturais. No entanto, plantas artificiais não são recomendadas, pois, isso acaba com a proposta da estética ao compor o ambiente.

 

Decoração boho chic com plantas (Imagem: Urban Jungle/ Reprodução)

Decoração boho chic com plantas (Imagem: Urban Jungle/ Reprodução)

 

Leia também: 6 Plantas para ter dentro de casa 

 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o estilo de decoração boho chic, que tal conferir na TelhaNorte os artigos que temos disponíveis e colocar sua criatividade em pratica. Conte também com o auxilio do pessoal do Projete-se que estão prontos para te ajudar no seu projeto.

 

Por Thais Junqueira | Edição Veronicca Fernandes

Aprenda a montar uma cozinha gourmet na sua área externa

cozinha-area-externa-gourmet

| Área Externa

Conheça os benefícios de ter uma cozinha gourmet e confira o que é preciso para planejar o espaço

 

A cozinha gourmet na área externa é um espaço organizado para receber amigos e familiares, pensada para ser um ambiente mais livre e aconchegante, propício para fazer um churrasco com a família aos finais de semana, receber os amigos para jogar conversa fora preparando refeições rápidas ou até mesmo um simples café da tarde.

A cozinha gourmet pode estar em projetos de casas ou apartamentos, quase sempre localizada nos fundos da residência, podendo até se parecer com uma edícula. No caso de apartamentos, costuma estar localizada na varanda ou sacada.

 

Livre e aconchegante: Benefícios de ter uma cozinha gourmet na área externa

Receber bem, preparar receitas e interagir com os convidados é um desejo comum entre pessoas que gostam de cozinhar e receber amigos e familiares para confraternizar. Aos amantes de fritura e happy hour, a cozinha gourmet na área externa é uma ótima opção para livrar a casa dos maus cheiros de alguns preparos.

 

cozinha-area-externa-quintal-piscina-gourmet

Cozinha integrada com o quintal na área externa FOTO: Reprodução/Decorfacil

 

Como montar uma cozinha gourmet?! Ideias e dicas para se planejar

Para começar a idealizar o seu projeto de cozinha gourmet na área externa, o ideal seria que você, com a ajuda de algum especialista, elaborasse o que gostaria de fazer no local. Na TELHANORTE, temos um serviço exclusivo e gratuito para te ajudar a visualizar o projeto pronto. Basta visitar uma de nossas lojas e procurar pelo espaço do Projete-se. Não se esqueça de levar as medidas do ambiente que você deseja reformar e algumas imagens ou ideias de inspiração. Nossas projetistas irão desenhar a cozinha gourmet dos seus sonhos e, além de receber uma imagem 3D do ambiente,  você também sairá com o orçamento completo para transformar o espaço.

 

Veja também: Cubas de pia da cozinha: tamanhos, modelos e materiais

Móveis

Os móveis são itens muito importantes no projeto, pois criam um espaço mais aconchegante. Uma boa dica é escolher móveis multifuncionais para espaços pequenos e modelos que sejam resistentes e propícios para áreas externas, já que esses espaços podem estar sujeitos a respingos de chuva e exposição ao sol.

 

cozinha-area-externa-gourmet

Cozinha Gourmet FOTO: Reprodução/Decorfacil

Decoração

A decoração deve ser pensada previamente para definir o estilo do espaço. Como a ideia da cozinha gourmet é de um espaço para reunir pessoas, uma boa dica é investir em peças coloridas e vibrantes. Decore o ambiente com quadros, almofadas, espelhos e itens que vão dar mais personalidade para o local.

 

O que precisa ter na sua área gourmet:

  1. Cobertura e proteção para chuvas inesperadas
  2. Iluminação adequada para quando escurecer
  3. Churrasqueira e bancada para o lazer do final de semana
  4. Mesas e cadeiras confortáveis
  5. Móveis soltos e funcionais, que podem mudar de acordo com a necessidade
  6. Plantas e flores para decorar e trazer aconchego

 

Agora ficou mais fácil pensar em ter sua cozinha gourmet na área externa, né?

Então que tal começar a colocar a mão na massa? Na loja virtual da Telhanorte você encontra um setor de Decoração com tapetes e cortinasalmofadas, lumináriasmolduras decorativas e placas decorativas.

 

Por Gustavo Cardoso | Edição Stéphanie Durante

Crie seu jardim em casa

plantas-jardim-mulher-terra-vaso-casa-cultivar-horta-natureza

| Área Externa

Quer trazer mais natureza para dentro da sua casa? Então confira essas 4 dicas para o cultivo de plantas no seu quintal

 

Você é uma pessoa que adora plantas e flores mas não sabe como ter o próprio jardim em casa? Então venha com a gente e descubra que cultivar um jardim só seu, não é tão complicado quanto parece. Antes de tudo, é sempre bom pesquisar que tipo de jardim você quer e quais plantas terá.

 

1. Pesquise quais são as flores da estação

É importante saber que cada flor tem a sua estação certa, portanto, pesquise quais plantas e flores você quer ter para compor o jardim, e veja a melhor estação de cada uma delas. Escolha suas preferidas e mãos à obra!

 

planta-flor-jardim-vaso-ar-livre-natureza

Flor Rosa do Deserto em vaso (Foto: blog.plantei.com.br/Reprodução)

 

2. Fique de olho no clima

Nos dias mais fresquinhos, não precisa de tanta irrigação quanto no verão. Utilize solos com boa drenagem e molhe apenas quando ele estiver realmente seco, pra evitar o acúmulo excessivo de água. Sem dúvidas, o sol é um dos fatores mais importantes para o desenvolvimento da planta. Algumas precisam de calor e luz, outras de sombra. Por isso, no caso das flores de outono/inverno, faça os canteiros normalmente em áreas onde tem mais luz solar.

 

jardim-plantas-flores-regando-agua-natureza

Regando o jardim de casa (Foto: www.istockphoto.com/Reprodução)

 

3. Adubação e manutenção são essenciais

Você pode cuidar da terra uma vez por mês com um composto orgânico, que além de durar mais, altera a retenção de água. Mantenha o canteiro limpo, retire torrões, galhos e raízes, isso já reduz o risco do aparecimento de pragas e doenças.

 

terra-adubar-plantação-planta-flor-jardim

Adubando a terra (Foto: www.sitiopema.com.br/Reprodução)

 

4. Tenha as ferramentas certas

Pra te ajudar em todos os cuidados do seu novo jardim, invista em um conjunto de ferramentas de jardinagem. Os itens básicos e muito úteis para você que quer começar a cuidar do seu jardim, são: pazinhas, ancinhos, garfos, tesoura pra poda e luvas em malha pra facilitar o manuseio da terra. 

 

Veja também: 10 espécies de plantas ideais para espantar insetos

 

Então é isso, agora você já sabe os 4 passos básicos de como cultivar um jardim e se conectar mais com a natureza. Aproveite e venha ver a sessão de jardim no site da Telhanorte e melhore ainda mais o seu jardim!

 

Edição por Veronicca Fernandes