Minimalismo | Blog Telhanorte

Decoração minimalista | O que é e como aderir esse estilo

decoração minimalista - sala

| Área Externa

Você prefere uma decoração simples e sofisticada? É uma pessoa mais prática e gosta de conforto? Então a decoração minimalista é perfeita para a sua casa. Veja como aderir esse estilo da melhor forma.

 

Conceito do estilo

Ao aderir o minimalismo, é preciso lembrar que menos é mais. Ou seja, quanto menos objetos decorativos ou elementos desnecessários, mais espaço e praticidade você terá. No minimalismo, vivesse com apenas o essencial, nada mais do que é necessário. Mas, isso não significa que não existe elegância. Se você já é uma pessoa minimalista, então essa decoração é a certa para você. 

 

Cadeira e luminária branca com parede verde claro e piso laminado (Imagem: dona.com.br/reprodução)

 

Leia também: Dicas para ter uma decoração boho chic

 

Como ter uma decoração minimalista

Os materiais mais utilizados para essa decoração são vidro, ferro e madeira, outro elemento muito presente no minimalismo, são formas geométricas com linhas retas e ângulos bem marcados. Já as cores, normalmente são neutras, aposte sempre em cores frias. 

No caso da iluminação, quanto mais natural melhor. Além da economia de energia, dá ao ambiente um ar puro e mais limpo. Você pode adaptar conforme a estrutura da casa, substituindo tijolos comuns por tijolos de vidro, ou intercalar algumas telhas transparentes com telhas convencionais. 

Sala de estar com sofá branco, lareira de tijolos e teto com telhas transparentes intercaladas (Imagem: suaobra.com.br/reprodução)

 

Por que aderir o minimalismo?

Esse estilo vem conquistando e ganhando o coração de muitas pessoas nos últimos anos. Com o crescimento do capitalismo e da tecnologia, o consumo de coisas desnecessárias se tornou muito maior. E então, por isso que o minimalismo é uma forma de garantir conforto e bem estar, sem acumular coisas desnecessárias. 

Além de contribuir com o meio ambiente, você terá uma vida mais prática e organizada. Esse estilo pode ser aplicado em todos os aspectos da sua vida, tanto em roupas, acessórios, móveis e decorações.

 

cozinha minimalista

Cozinha no estilo minimalista, com móveis branco e marrom (Imagem: Pexels de Mark McCammon/reprodução)

 

Leia também: Decoração para quarto de bebê unissex

Agora que você já sabe tudo sobre este estilo, que tal aderi-lo para sua casa? Aproveite e veja no site da Telhanorte elementos que podem lhe ajudar na decoração minimalista. 

 

Por Veronicca Fernandes | Edição Thais Junqueira

Tiny houses: quais as esquadrias ideais para garantir amplitude e iluminação?

| Decoração

 

Você já ouviu falar em “tiny house” e “minimalismo”? Saiba mais!

 

Publieditorial da Sasazaki

 

É provável que sim, já que esses termos vêm ganhando espaço nas mídias digitais, blogs e na imprensa. Embora sejam coisas diferentes, uma está bastante relacionada à outra.

Tiny house é um termo em inglês que significa “casa muito pequena/minúscula”, um jeito de morar que vem se espalhando ao redor do mundo. Já minimalismo é um estilo de vida em que a intenção é reduzir os excessos e viver apenas com o que é essencial. E esse conceito pode ser aplicado à casa, ao vestuário, à alimentação, ao trabalho e tantos outros aspectos da vida.

E é aí que minimalismo e tiny house se encontram, pois para viver confortavelmente em uma casa minúscula é preciso escolher o que é funcional, prático, mas que também oferece uma boa dose de conforto e charme.

Afinal de contas, casa minimalista não é sinônimo de casa sem graça. Muito pelo contrário! Os adeptos do “menos é mais” pregam que se livrando dos excessos estão livres para se dedicar ao que importa, às coisas que trazem felicidade e às relações pessoais.

 

O que é importante considerar no projeto de uma tiny house?

Dessa forma, um ambiente simples não significa algo sem vida, sem cor ou sem charme, mas sim um local que tenha o essencial para trazer bem-estar. Logo, quanto mais simples, neutro e clean o design for, melhor será para compor um ambiente minimalista.

Para ser eficiente, o projeto de uma tiny house deve considerar as proporções disponíveis, a quantidade de pessoas que compartilharão os espaços, a facilidade de trânsito e a escolha de esquadrias com medidas, modelos e funcionalidades condizentes com os ambientes.

Além de conforto e privacidade, as portas e janelas para ambientes reduzidos precisam ter qualidade e durabilidade – o bom desempenho em longo prazo é importante para produtos de uso frequente.

Sasazaki desenvolveu a linha Alumifit seguindo o conceito “Esquadrias que cabem nos seus planos”. As portas e janelas foram desenvolvidas com linhas leves e limpas, justamente para valorizar a amplitude e a interação entre os ambientes. E com a flexibilidade que os planejamentos exigem!

 

Como adequar modelos de portas e janelas às tiny house?

 

Melhor aproveitamento da luz

Um ambiente, mesmo pequeno, quando bem iluminado, transmite a sensação de ser maior, não é? Para aproveitar melhor o vão luz, dê preferência às portas e janelas de correr.

Esquadrias de correr dão mais amplitude aos espaços, tornam os cômodos mais frescos e favorecem a iluminação natural, ajudando na economia de energia elétrica – quanto maior a claridade, menor o uso de lâmpadas durante o dia.

Dos vários modelos existentes de portas de correr, a versão com 216cm de altura x 160cm de largura e duas folhas é uma opção para melhorar o vão luz e o vão livre de espaços reduzidos: as folhas móveis, posicionadas num único lado, geram cerca de 73cm de vão livre.

 

esquadria-correr-sasazaki

Esquadria de correr (Imagem: Sasazaki / Divulgação)

 

Melhor ventilação

Para ambientes com pouco espaço, como banheiros, cozinhas, áreas de serviço e corredores, a porta de abrir veneziana e as janelas maxim-ar, nas versões com e sem grade, são boas indicações porque melhoram a circulação de ar no ambiente.

 

porta-de-abrir-veneziana

Porta de abrir veneziana (Imagem: Sasazaki / Divulgação)

 

janela-maximar

Janela Maxim-ar (Imagem: Sasazaki / Divulgação)

 

Uso na praia

Em imóveis de praia, o ideal é optar por esquadrias de alumínio. As janelas de correr com duas folhas oferecem boa ventilação e claridade, podendo ser encontradas com medidas mínimas de 1m x 1m.

 

esquadria-aluminio-sasazaki

Esquadria de alumínio (Imagem: Sasazaki / Divulgação)

 

janela basculante, com medidas a partir de 40cm x 40cm, também é uma boa opção para locais que precisam de iluminação e possuem pouco espaço: sua mobilidade de abertura facilita a limpeza.

 

janela-basculante-sasazaki

Janela basculante (Imagem: Sasazaki / Divulgação)

 

A Sasazaki possui diversos parceiros lojistas que comercializam portas e janelas em lojas físicas e on-line.

 

Está de mudança para uma tiny house? Avalie cuidadosamente as esquadrias

Não importa se é novo ou usado: se você decidiu abraçar o minimalismo e está de mudança para uma tiny house é importante avaliar as condições das portas e janelas. Elas são manuseadas diariamente e, portanto, devem ter qualidade e resistência suficientes para garantir proteção às mudanças de clima, além de privacidade, iluminação e ventilação adequadas.

 

Sugestão de matéria: Confira dicas para avaliar as esquadrias na escolha de um imóvel!

 

Edição de João Victor Quintino e Vinicius Marques

 

 

Como ter um design atemporal no banheiro

banheiro-revestimento-ceramica-porcelanato-paredes-piso-umidade

| Banheiro

 

Uma decoração carregada de elementos pode se tornar cansativa rapidamente. Confira nossas dicas para criar um banheiro charmoso e atemporal

 

Quando vamos decorar os cômodos da casa, muitas vezes optamos por seguir as tendências decorativas do momento. No entanto, alguns estilos podem cansar rapidamente e, caso você não tenha o orçamento e planejamento para uma nova reforma, a decoração da casa pode acabar prejudicando o bem-estar da família.

No banheiro não é diferente. Paredes muito coloridas, torneiras e chuveiros chamativos e cubas estilizadas podem cair em desgosto rapidamente, especialmente se a decoração não for planejada com atenção. As cores e demais designs que você escolheu podem não te agradar tanto quanto na época da reforma, gerando arrependimento.

Por isso o mais indicado, especialmente se você não tem certeza do estilo que quer aplicar na decoração do banheiro, é optar por um design atemporal. Com essas técnicas decorativas, o cômodo se torna neutro, sem deixar de lado a beleza e aconchego. Confira agora 6 dicas para tornar a decoração do banheiro linda e atemporal.

 

Confira no site da Telhanorte: Banheiro

Gabinete-para-banheiro-Monaco-80x46cm-sem-cuba-terracota-Darabas

Gabinete para banheiro Mônaco 80x46cm sem cuba terracota Darabas (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

1. Considere as quatro estações do ano

Quando reformamos a casa, tendemos a escolher móveis, pisos, revestimentos e demais itens que condizem com a estação em que estamos. No verão, por exemplo, é comum optar por cores vibrantes, revestimentos mais gelados ao toque e elementos decorativos alegres e coloridos. Isso porque tendemos a basear nossas escolhas durante a reforma em opções que nos darão prazer imediato.

No entanto, ao reformar um cômodo, é preciso analisar como o ambiente irá nos acolher durante o ano inteiro: no verão, outono, inverno e primavera. Assim, por exemplo, você evita escolher pisos muito frios, ou cores que podem cansar a vista facilmente. Além disso, há outras considerações a serem feitas, como adquirir torneiras misturadores de água quente e fria, para as variadas temperaturas do ano, ou instalar janelas que não impeçam a passagem da luz em dias mais nublados.

 

2. Priorize tons neutros

As cores neutras são as escolhas mais certeiras para um ambiente atemporal. Tons de branco, cinza, preto, bege e marrom podem preencher o ambiente com elegância e conforto, sem sobrecarregar. Assim, aposte nesses tons para as paredes, piso e móveis.

É possível também utilizar algumas cores como azul, rosa, verde, etc. em alguns detalhes do revestimento, como por exemplo em pastilhas, ou em móveis, mas desde que sejam de tons mais claros e leves.

Você pode trazer pontos de cores mais vibrantes em elementos funcionais (como escova de cabelo, porta escova de dente, etc.) ou em artigos decorativos (como quadros e vasos de planta). Desta maneira, caso você se canse dos elementos mais coloridos, basta apenas substituí-los por objetos novos, sem a necessidade de uma reforma.

 

3. Opte por um estilo mais minimalista

O estilo minimalista é conhecido por desestimular o acúmulo de objetos e peças decorativas no ambiente e priorizar móveis funcionais e discretos. No banheiro, seguir alguns conceitos minimalistas ajuda bastante na hora de montar um espaço atemporal.

Evite excessos desnecessários de utensílios e peças decorativas, uma vez que, em pouco tempo, tendemos a cansar desses elementos e trocá-los por outros.

Tenha em mente que, além de um estilo decorativo, o minimalismo é também um modo de viver. Por isso, busque um consumo mais consciente de produtos de higiene e beleza, armazenando no banheiro apenas o necessário.

Além disso, abuse do minimalismo para escolher o gabinete do banheiro, os nichos, o box, torneiras, tapetes e chuveiro. Escolha itens de design básico, com cores neutras ou acabamento amadeirado. Para descontrair e suavizar um pouco o ambiente vazio, use uma planta que pode ser cultivada dentro de casa, ou algum quadro decorativo.

 

4. Aposte nos revestimentos cerâmicos

Há muitos benefícios ao instalar revestimentos cerâmicos. Ao comprar peças de qualidade, você garante uma ótima durabilidade. Além disso, a limpeza da cerâmica é prática e fácil, as peças dificilmente acumulam manchas com o tempo.

Os revestimentos cerâmicos de tons neutros são também uma ótima escolha para o banheiro atemporal, uma vez que, em ambientes molhados, eles nunca caem em desuso e são sempre indicados. Você pode optar por modelos mais básicos, em tons de branco, ou por modelos um pouco mais elaborados, como aqueles que reproduzem o acabamento de madeira.

 

5. Escolha cuidadosamente a iluminação

Ao realizar um estudo de luz para o banheiro, levando em conta as necessidades de iluminação ao longo do ano inteiro, você economiza dinheiro ao prever possíveis imprevistos. Escolha lâmpadas de boa qualidade que contemplem aquilo que o ambiente necessita. Evite instalar janelas muito pequenas, ou de superfície escura, pois pode prejudicar a iluminação do banheiro.

Outro ponto importante é garantir que a instalação elétrica do cômodo está devidamente isolada do contato com a água e umidade.

Escolha um ponto de luz direta no teto, com luz branca funcional. E para a área do espelho, instale uma luz que lhe sirva de ponto focal. Atenção às lâmpadas de luz colorida, como as alaranjadas, pois você pode acabar enjoando delas facilmente!

 

6. Invista sempre em objetos decorativos

Como dito anteriormente, caso você queira manter o banheiro atemporal, mas gosta de acompanhar algumas tendências, aproveite para enfeitar o espaço com objetos decorativos. Assim, caso você se canse da decoração, ou a mesma deixe de combinar com a sua casa, tudo que você precisa fazer é doar ou vender os elementos decorativos antigos e adquirir novos, sem a necessidade de passar por uma reforma.

Você pode espalhar quadros decorativos, plantas e demais elementos pelo banheiro, lembrando-se sempre de não abusar, para não sobrecarregá-lo!

 

Gostou das dicas?

Encontre tudo aquilo que você precisa para o seu banheiro atemporal nas nossas lojas físicas e no site da Telhanorte ou da Tumelero. Explore o departamento de banheiro, decoração, pisos e revestimentos. Se interessou por algo? Compre sem sair de casa e receba no conforto do lar!

 

Conheça 6 diferentes tipos de torneira para banheiro

 

Por Vinicius Marques