tomadas | Blog Telhanorte

Conheça a altura padrão para instalar tomadas

cozinha-altura-tomada-média

| Construção

Tomadas baixas, médias ou altas? Cada aparelho precisa de uma altura de instalação de tomada, evitando acidentes e garantindo a beleza do ambiente. Confira!

 

Equipamentos elétricos e eletrônicos precisam de tomadas para funcionarem, certo? Mas você sabia que existem medidas padrão para instalação desses elementos? Conversamos com Jefferson Martinez, engenheiro e CEO da Mager Interiores, que nos ajudou a tirar todas as dúvidas que você pode ter quando pensar em instalação elétrica.

Existem três tipos de alturas padrão para esse tipo de instalação, que segue as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a partir da NBR5410:

 

– Baixa: 30 cm acima do chão;

– Média: De 1,20 m até 1,30 m acima do chão;

– Alta: 2 m ou 2,25 m acima do chão.

 

Qual o motivo dessas medidas?

Essa norma existe por uma função que vai além da estética: segundo a Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), as principais causas de acidentes domésticos envolvendo energia elétrica são em função de instalação incorreta de fiação, tomadas e interruptores. O principal motivo da existência da NBR5410 é a proteção da vida, seja ela humana ou animal, que habita a instalação, pois ela estabelece as condições que devem satisfazer as instalações elétricas de baixa tensão.

Essa norma tem como objetivo estipular as condições adequadas para o funcionamento usual e seguro das instalações elétricas de baixa tensão, ou seja, até 1.000V em tensão alternada e 1.500V em tensão contínua. Esta norma é aplicada principalmente em instalações prediais, públicas e comerciais.

 

Tomadas baixas

A necessidade das tomadas baixas estarem a 30 cm de altura do chão é para atender equipamentos como videogame, aparelhos de TV a cabo, modem de internet etc.

Uma outra facilidade com esse tipo de tomada e que está diretamente ligado à segurança é a possibilidade de ligar equipamentos de uso diário mas que não ficam constantemente no espaço, como aspiradores de pó,  carregador de celular, de notebook, entre outros. Essa altura evita que se crie um cordão alto com o fio, que pode atrapalhar a circulação das pessoas e derrubar objetos pelo caminho.

É importante lembrar que essa altura de tomada requer cuidado quando há crianças no espaço. Por isso, é ideal que quando não estiverem em uso, sejam colocadas tampas específicas nas mesmas, prevenindo acidentes.

 

tomada-altura-baixa-instalação

Parede com tomada baixa (Foto: DocPlayer / Reprodução)

 

 

Tomadas médias

Já as tomadas médias, que devem ficar entre 1,20 m e 1,30 m do chão, são mais práticas para o uso de equipamentos que ficam a meia altura do piso, já que para conectar e desconectar o aparelho, não há a necessidade de abaixar ou subir em móveis.

Elas são ideais para quem utiliza aparelhos em bancadas ou mesas como: micro-ondas, liquidificador, batedeira, fogão e outros eletrodomésticos. Além disso, são mais confortáveis e seguras, pois estão ao alcance da nossa visão.

 

cozinha-altura-tomada-média

Tomada com altura média acima de bancada na cozinha (Foto: Blog Tomadas & Interruptores / Reprodução)

 

Tomadas altas

Por fim, as tomadas altas, que devem estar entre 2 m e 2,25 m acima do chão, são necessárias para equipamentos que não vão necessitar a desconexão, como por exemplo, um chuveiro. Coifas, micro-ondas e fornos embutidos no alto de armários também podem se valer da altura dessas tomadas. Uma outra vantagem é que essas tomadas não precisam ficar aparentes, podendo ser instaladas dentro dos próprios armários ou atrás dos eletrodomésticos.

 

cozinha-tomada-alta

Cozinha com tomada alta para fogão e coifa instalados atrás dos móveis e eletrodomésticos (Foto: Haus Dekoration / Reprodução)

 

Nós fizemos um guia de altura e quantidade de tomadas e interruptores para cada cômodo que pode te ajudar a responder mais perguntas que você possa ter. Não deixe de conferir.

 

Agora que você sabe quais são as regras básicas de instalação de tomadas na casa, que tal começar a escolher alguns modelos na nossa seção de tomadas e interruptores no site? Se você é do tipo que prefere ver tudo “ao vivo e a cores”, confira a loja mais próxima da sua casa e visite pessoalmente. Caso tenha dúvidas sobre a escolha da melhor tomada, o time da Telhanorte também pode te atender via WhatsApp para responder todas as suas perguntas!

 

 

Por Camila Alexandrino | Edição de Stéphanie Durante

Para que serve o passa fio e como utilizá-lo corretamente

eletricista-residencial-tomada-passa-fio-fita-isolante

| Elétrica

Precisa instalar a fiação da sua casa? Conheça o passa fio e fique por dentro de como todo o processo é feito

 

Você já se perguntou como que a o cabeamento elétrico da sua casa é instalado por dentro das paredes e teto? Para que os fios possam ser estendidos internamente de um cômodo ao outro, eletricistas e demais profissionais da área utilizam o passa fio. Como o próprio nome sugere, a função dessa guia é passar os fios e cabos pelos eletrodutos e conduítes do imóvel e assim permitir que os pontos de eletricidade sejam criados. 

Se você está fazendo uma obra e ficou curioso para saber mais sobre o uso do passa fio, ou se você é eletricista e está com algumas dificuldades de como usá-lo na instalação elétrica, este texto é para você!

 

O que é e para que serve o passa fio?

O passa fio é um acessório indispensável para fazer o cabo sair da caixa de distribuição e chegar até os locais em que você deseja ter acesso à eletricidade, como por exemplo bocais para lâmpada, tomadas, interruptores e chuveiros elétricos

Ao utilizar essa ferramenta, o processo de distribuição de pontos de energia se torna muito mais simples e eficiente, sendo assim um item indispensável para todas as obras e profissionais especializados.

Confira em nosso site o Passa Fio Deslizante 20 Metros, além de outros modelos e tamanhos.

 

Passa-fio-deslizante-20-metros-Kit-Flex

Passa fio deslizante 20 metros Kit-Flex (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Guia prático de como utilizar

Antes de qualquer coisa, vale destacar que é necessário que a instalação elétrica da sua casa seja feita por um profissional especializado! Tentar fazer isso sozinho é perigoso e não é, de forma alguma, recomendado.

 

Comprando o passa fio ideal

Escolha por uma guia com alma de aço. Elas são mais resistentes e conseguem fazer as curvas dentro do eletroduto de maneira mais eficiente. Repare também se a cabeça do passa fio tem uma mola. Ela torna o acessório mais flexível e essa é uma característica valiosa para que você realize seu trabalho com mais velocidade. 

Sugerimos que você tenha dois passa fios: um com comprimento de 15 metros e outro com 20 metros. Geralmente, o primeiro acaba sendo o mais utilizado, mas em alguns casos, é necessário um cabo mais comprido. 

Lembre-se de optar por marcas de boa qualidade. É bastante comum acontecer de passa fios de baixa qualidade quebrarem facilmente, até mesmo durante o seu uso. Na Telhanorte você encontra uma seção de passa fios com opções de marcas confiáveis e a bons preços. Vale a pena conferir!

 

Colocando a mão na massa

  1. coloque todos os fios junto do passa fio;
  2. prenda com um pedaço de fita isolante;
  3. coloque os fios espaçados para não formar um aglomerado de cabos, que podem embolar durante a passagem dos fios pelos conduítes e curvas;
  4. garanta que a tubulação elétrica tenha o diâmetro necessário para que os cabos passem sem sobrecarregá-la.

Que tal assistir um passo a passo completo que encontramos para vocês? O vídeo abaixo tem dicas valiosas da galera do Engehall Elétrica sobre quando e como usar um passa fio na prática:

 

 

 

O que fazer quando o passa fio não funciona?

Existem algumas razões para os cabos não passarem por um conduíte com a ajuda do passador de fios. Entre as mais comuns estão: 

 

   

 

Com todas essas dicas em mãos, esperamos que você esteja pronto para dar mais um passo em sua obra e evitar mais dor de cabeça desnecessária. Na dúvida, sempre procure a ajuda de um profissional qualificado!

E caso você seja um eletricista e esteja procurando por ferramentas de qualidade, aqui na Telha temos tudo que você precisa! Além dos acessórios elétricos, indispensáveis para o dia a dia de um profissional, também há um setor de EPI com todos os equipamentos de segurança essenciais para uma obra sem riscos.

 

Edição de Vinicius Marques e Camila Alexandrino

Onde colocar tomadas e interruptores: guia

interruptor-branco

| Elétrica

 

Quando você está construindo ou reformando são muitos os detalhes que precisam ser observados. Tantas decisões para serem feitas podem desviar sua atenção de um item importante: onde colocar tomadas e interruptores e qual a altura correta?

 

O assunto é tão importante que existe uma norma para garantir a segurança de todos os moradores e visitantes da residência. A Norma ABNT NBR5410 define quais são as condições em que devem ser instalados os dispositivos elétricos. Por isso vamos nos basear nela para indicar onde colocar tomadas e interruptores.

A seguir, também selecionamos algumas dicas gerais de nossos especialistas que vão ajudar você a definir como distribuir tomadas e interruptores por cada ambiente da casa.

Antes da instalação é preciso estar atento que existem alguns atributos que precisam ser considerados. Entre eles:

– altura das tomadas em relação ao piso;

– o tamanho do ambiente;

– qual é o ambiente que está sendo analisado.

 

Qual altura padrão para tomadas e interruptores?

A Norma ABNT NBR5410 define que, em todos os cômodos:

tomadas baixas devem estar a 30cm do chão, no mínimo, sendo a altura ideal 40cm do piso.

tomadas médias devem ser posicionadas de 1,2m a 1,3m do piso

tomadas altas, quando necessárias, devem estar a uma altura de 2 m até 2,25 m do piso acabado.

É importante que você lembre o profissional que vai te ajudar que todas as tomadas e interruptores devem ficar na mesma altura em todos os ambientes, sempre alinhados com interruptores e demais saídas elétricas, como o passa fio.

 

Quantas tomadas cada ambiente deve ter?

Neste aspecto é importante analisar qual é o tamanho do cômodo que receberá as tomadas. Mais uma vez vamos nos basear no que a Norma ABNT NBR5410 diz. Segundo ela, a quantidade mínima de tomadas é de uma para cada 5 metros de parede. Por exemplo, se o ambiente possui 4 m², ele poderia ter apenas uma tomada!

Atualmente, com cada vez mais dispositivos eletrônicos que dependem de energia, fica difícil pensar em uma sala com apenas uma tomada. Por isso, a indicação da ABNT fala apenas sobre o mínimo de itens.

Vamos imaginar uma sala comum. Você normalmente irá encontrar aparelhos e objetos como televisão, aparelho da TV a cabo, abajur, um aparelho de som e por aí vai. Além disso, os moradores precisam carregar seus telefones e seus notebooks. Isso tudo sem contar as necessidades de suas visitas.

Deu pra perceber que apenas uma tomada não será suficiente! Entretanto, aqui cabe um alerta: cuidado para não encher suas paredes de tomadas e interruptores e comprometer a decoração do ambiente.

 

Onde colocar tomadas e interruptores para torná-los mais funcionais

Agora que já temos uma noção básica de quantas tomadas e interruptores são necessários em cada ambiente, é hora de falarmos sobre onde coloca-los para garantir que atendam os requisitos estéticos e funcionais.

 

Sala de Estar

 

modelo-de-quantidade-tomadas-sala-astra

Modelo sugerido de quantidade e locais para pontos elétricos para sua sala de estar! (Imagem: Astra / Reprodução)

 

Anteriormente, listamos algumas opções de uso das tomadas na sala de estar. Entretanto, é importante que você pare para pensar quais os equipamentos que você deseja ter no ambiente. Por exemplo, o videogame ficará na sala? Existe um aparelho de home theater? Não se esqueça do telefone fixo! Faça uma lista de equipamentos que você já tem e os que você deseja possuir. Isso irá te ajudar.

Coloque tomadas perto do sofá e de poltronas para que você possa carregar o celular e o notebook enquanto continua usando.

Próximo a TV também é um lugar estratégico. Lembre-se dos itens que pretende colocar ao redor da televisão. Em média, 3 a 4 tomadas resolvem as necessidades desse espaço.

Você também pode usar adaptadores de tomada com mais de uma entrada para diminuir o número de tomadas, mas cuidado para o ambiente não ficar confuso. Lembre-se que sua sala é a porta de entrada da sua casa.

 

Quarto

 

modelo-de-quantidade-tomadas-quarto-astra

Modelo sugerido de quantidade e locais para pontos elétricos para seu quarto! (Imagem: Astra / Reprodução)

 

Dependendo do uso que você faz do seu quarto, você pode precisar do mesmo número de tomadas do que na sala. Alguns dos itens que precisam de tomada são:

– televisão

– computador

– videogame

– luminária

– carregador de celular

No quarto, é importante ter um interruptor próximo a cama, além do interruptor próximo a porta. Assim, você não vai precisar levantar para apagar a luz do quarto!

Caso você pretenda instalar um ar condicionado, fique atento para a necessidade de tomadas com circuitos diferentes.

Uma opção interessante para o quarto são os filtros de linha, que permitem ligar mais de um equipamento na mesma tomada. Entretanto, é importante não ligar equipamentos que “puxam” muita energia para que o circuito não seja sobrecarregado.

 

Cozinha

 

modelo-de-quantidade-tomadas-cozinha-astra

Modelo sugerido de quantidade e locais para pontos elétricos para sua cozinha! (Imagem: Astra / Reprodução)

 

Esse é, provavelmente, o cômodo que mais precisa de tomadas, afinal, são muitos equipamentos como:

– geladeira

– fornos

– coifa

– máquina de lavar louça

– microondas

– liquidificador

– cafeteira, entre outros

 

Alguns desses equipamentos precisam de circuitos diferentes para aguentar a demanda de energia.

Para a cozinha, a Norma ABNT NBR5410 define que é importante ter uma tomada para cada 3,5 m.

Além de saber o número de tomadas, é importante saber onde colocar as tomadas e interruptores para que eles atendam suas necessidades. Por isso, tente imaginar onde vai ficar cada eletrodoméstico e garanta que você terá como ligá-lo.

Acima de cada bancada a indicação é de dois pontos de tomada.

Caso sua cozinha tenha mais de uma porta de entrada e saída é importante garantir que existam interruptores em ambas.

 

Banheiro

 

modelo-de-quantidade-tomadas-banheiro-astra

Modelo sugerido de quantidade e locais para pontos elétricos para seu banheiro! (Imagem: Astra / Reprodução)

 

A atenção principal sobre onde colocar tomadas e interruptores é a distância que deve ter entre o box e a torneira para banheiro. Deve haver, no mínimo, 60 centímetros entre eles.

É interessante ter, ao menos, um ponto de energia neste cômodo, para ligar barbeador, secador de cabelo e outros aparelhos que você considere necessários.

 

Confira outras dicas em: 8 ideias simples para organizar banheiro pequeno

 

Modelos e tipos de tomadas e interruptores

Agora que você já sabe qual altura ideal para tomadas e interruptores e tem acesso a uma média de quantas devem ser distribuídas em cada cômodo, é hora de ir às compras e pensar nos modelos de mais combinam com cada ambiente.

Na loja virtual da Telhanorte, você encontra modelos modernos e clássicos de diferentes tipos de materiais, com uma ou mais entradas. Uma ampla variedade de produtos espera por você. Acesse nosso departamento de tomadas e interruptores, faça seu pedido e receba em casa.

 

Edição de João Victor Quintino e Camila Alexandrino

Filtros de linha: como escolher o melhor para sua casa

filtro-linha-extensao-tomada-branco

| Elétrica

Quer proteger seus aparelhos de oscilações da rede elétrica? Entenda o que são os filtros de linha e escolha o melhor para a sua casa

 

Você sabia que nossa rede elétrica apresenta diversas oscilações de energia que podem danificar aparelhos eletrônicos conectados em tomadas? Para evitar que esses aparelhos sejam danificados, devemos utilizar os filtros de linha. Entenda para que servem e quais os principais tipos desses produtos. 

 

O que é filtro de linha?

O filtro de linha conta com diversas entradas para tomadas de aparelhos eletrônicos. Todos os fabricantes já seguem o padrão de três pinos, o que permite um uso seguro do objeto. Um alerta: nunca arranque o terceiro pino nem das tomadas dos aparelhos e nem do próprio filtro de linha. O pino terra (o terceiro) permite o aterramento adequado dos produtos e, sem ele, a filtragem dos picos de tensão não pode ser feita.

Confira abaixo o Filtro de linha 10 Tomadas Bivolt Preto – Force Line, que pode ser encontrado em nossas lojas.

filtro-de-linha-simples

Filtro de linha 10 tomadas bivolt preto Force Line (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Alguns modelos contam com entrada USB, para facilitar o carregamento de smartphones, tablets e computadores. Mas aqui também fazemos outro alerta: antes de conectar seu smartphone ao filtro de linha, confira a amperagem oferecida pelo produto, que pode ser de 1 ou 2 amperes. Os smartphones geralmente pedem 1A, já os tablets 2A. Cheque nas especificações do produto para evitar que o aparelho seja danificado.

Abaixo, o Filtro de linha 6 tomadas e 2 tomadas USB 1A Bivolt – Prosteel, também disponível na Telhanorte.

 

filtro-de-linha-com-usb

Filtro de linha 6 tomadas 2P T e 2 tomadas USB 1A bivolt Prosteel (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Leia também: Onde colocar tomadas e interruptores em cada cômodo?

 

Para que serve o filtro de linha?

Sua principal função é proteger os aparelhos das variações que acontecem na rede elétrica. Como um sistema complexo, a rede de energia tem suas oscilações e algumas delas podem estragar seus produtos. O filtro de linha tem uma estrutura interna que previne que correntes irregulares cheguem até o aparelho. Ou seja, em casos graves, você pode até “perder” o filtro de linha, mas não o aparelho principal.

Vale lembrar também que, se o filtro não for de qualidade, ele não cumprirá seu papel de proteção adequadamente. E, claro, o filtro de linha permite ampliar o número de tomadas disponíveis para ligar os aparelhos, funcionando como uma extensão, e podem ser usados em diversos equipamentos, como computadores, aparelhos de áudio e vídeo, etc.

 

Como escolher um filtro de linha

Quantidade de joules

O joule é uma unidade de medida que mede tanto a capacidade térmica quanto a mecânica de um sistema. Nos filtros de linha, a capacidade de joules suportada pelo produto permite saber quanta carga de proteção ele oferece. Ou seja, até que carga ele suporta antes de parar de funcionar.

Em linhas gerais, quanto mais joules, melhor o filtro de linha e maior será sua longevidade de uso. Essa capacidade de proteção, no entanto, tende a diminuir à medida que o filtro é utilizado. Existem modelos que avisam quando a vida útil do produto chegou ao fim e é bastante útil ter um desses em casa. É também muito recomendável que se tenha um filtro extra de estoque para fazer a substituição imediata, caso necessário. 

 

Número de entradas

Na hora de comprar, você vai se deparar com modelos de quatro, seis, oito e até dez tomadas. Para escolher o melhor filtro, a dica é comprar sempre a mais do que você precisa e não a quantidade exata. Precisa de quatro tomadas extras no momento? Compre um filtro de linha com seis entradas então.

 

Filtro de linha é diferente de extensão

Este é um equívoco que muitas pessoas cometem, mas é importante reforçar que filtro de linha e extensão são coisas diferentes. A extensão é apenas um fio prolongado com várias tomadas e que não oferece nenhuma proteção. Manter equipamentos constantemente ligados em uma extensão é arriscado.

Para não se confundir na hora da compra, repare se, no produto, há uma chave de liga/desliga. Caso esse botão exista, o produto seguramente será um filtro de linha.

 

Filtro de linha ou estabilizador: qual o melhor?

A necessidade de comprar um estabilizador dependerá de como é o fornecimento de energia onde você mora. Se você tem aparelhos de qualidade e uma rede elétrica interna e externa adequada, o uso de um estabilizador provavelmente não será necessário. Hoje em dia, os aparelhos mais modernos são projetados para fazer essa estabilização em suas próprias estruturas internas, eliminando ruídos e usando a energia adequadamente para funcionar.

 

Agora que você já sabe como um filtro de linha funciona, dê uma olhada na seção de Filtros de linha no site da Telhanorte. Temos diversos modelos e opções de preço, para garantir que você compre o produto ideal, com as melhores condições de pagamento. 

 

 

Edição de Vinicius Marques e Stéphanie Durante

Tipos de tomadas e interruptores residenciais

tomada-plug-parede-tipos-eletrica-energia

| Elétrica

Entre os dispositivos elétricos mais comuns e importantes de uma casa estão os tipos de tomadas e interruptores residenciais

 

Existem vários modelos de tomadas e interruptores e, embora eles possam parecer iguais, quando instalados com suas placas frontais, funcionam de maneira diferente no interior.

Para fazer a instalação elétrica adequada na sua casa, é importante conhecer os tipos de tomadas e interruptores. Então, confira, a seguir, mais informações sobre esses itens tão importantes!

 

Instalação elétrica

Em um sistema elétrico, um interruptor pode interromper ou direcionar o fluxo de corrente em outra direção.

Podemos dizer que cada interruptor possui um recurso distinto e, ao entender suas características, podemos fazer uma escolha melhor, considerando as necessidades da casa.

Além do recurso básico de ligar e desligar, muitos modelos de tomadas e interruptores possuem recursos integrados, como indicadores.

No Brasil, existem modelos de tomadas e interruptores padrão, com diferentes recursos e tipos de chaves elétricas.

 

Tipos de tomadas elétricas

As tomadas permitem a comunicação entre dois processos diferentes em máquinas iguais ou diferentes. Uma tomada elétrica é um dispositivo que permite que o equipamento elétrico seja conectado à fonte de alimentação principal. 

As tomadas podem diferir na voltagem e corrente nominal, forma, tamanho e tipo de conectores. Geralmente, eles estão disponíveis em configurações de 2 pinos, 3 pinos com classificação de corrente 6A-25A.

 

O plugue elétrico Tipo C é um plugue de dois fios que possui dois pinos redondos. Ele se encaixa em qualquer tomada que aceita contatos redondos de 4.0 a 4.8 mm em centros de 19 mm. 

No Brasil, esse tipo de tomada foi sendo substituído pelas com plug do tipo N —  de três pinos — que funcionam perfeitamente com os plugues tipo C.

Os plugues tipo C são geralmente limitados para uso em aparelhos que requerem 2,5 A ou menos.

 

tipo-de-tomada-C

Tipo de tomada C (Foto: Panasonic / Reprodução)

 

Potencial elétrico: 127 V e 220 V

Frequência: 60 Hz

 

Existem duas variações do plugue Tipo N: de 10 amps e outra de 20 amps.

A versão de 10 ampères possui dois pinos redondos de 4 mm de espessura e um pino de aterramento. A versão de 20 ampères, usada para aparelhos mais pesados, tem dois pinos redondos de 4,8 mm de diâmetro e um pino de aterramento. 

A tomada com plug tipo N foi projetado para funcionar também com plugues tipo C, como mencionamos acima.

O Brasil é um dos poucos países que usa dois tipos de voltagem. Enquanto a maioria dos estados usa 127 V, alguns deles usam 220 V. 

Por isso, é importante verificar a voltagem do local antes de ligar o aparelho pois, apesar de muitos eletrodomésticos vendidos no Brasil serem de dupla voltagem, vale a pena checar na hora da compra!

 

tipo-de-tomada-N

Tipo de tomada N (Foto: Panasonic / Reprodução)

 

Tipos de interruptores elétricos

Este tipo é o famoso “liga/desliga”, que é usado para interromper a conexão entre dois terminais.

Também conhecido como interruptor articulado, o interruptor de polo único é o tipo mais comum e controlam um aparelho de um único local. Esses interruptores são mais fáceis de operar, instalar e substituir.

interruptor-polo-unico

Interruptor de polo único (Foto: Lorenzetti / Reprodução)

 

Um interruptor elétrico de dois polos controla dois aparelhos sem precisar instalar uma caixa separada.

Na verdade, são como interruptores unipolares separados, operados mecanicamente pelo mesmo botão. Esses interruptores também são fáceis de operar, instalar e substituir.

interruptor-polo-unico-com-tomada

Interruptor de polo único com tomada(Foto: Lorenzetti / Reprodução)

 

Interruptores de três polos são usados para controlar as luzes com dois interruptores. Diferente do interruptor de polo único, eles não têm posição “liga/desliga”.

São usados principalmente em escadarias e grandes salas e permitem que você controle uma luz ou aparelho de dois locais diferentes. Embora sua operação seja fácil, esses interruptores são mais complicados de instalar.

interruptor-polo-duplo-com-tomada-3-pinos

Interruptor de polo duplo com tomada (Foto: Alumbra / Reprodução)

 

As configurações de interruptor de quatro polos são usadas para controlar as luzes com três ou mais interruptores. Estes interruptores são geralmente utilizados em grandes salas onde é necessário um acesso fácil para controlar as luminárias. 

Eles não têm uma posição de ligar/desligar como interruptores de polo único.

É importante entender como estes interruptores são conectados antes de tentar solucionar problemas ou substituí-los, visto que sua instalação é considerada complexa.

interruptor-4-polos

Interruptor de 4 polos (Foto: Steck / Reprodução)

 

Um interruptor multi-localização é uma interconexão de dois ou mais interruptores para controlar uma carga elétrica de mais de um local. 

Estes interruptores são usados ​​em grandes espaços e corredores, onde ter vários controles aumenta a segurança e a conveniência, mas é bastante complicado de instalar.

 

Eles são interruptores básicos que são usados ​​em campainhas de casa e escritórios. Quando um visitante aperta o interruptor, ele aplica uma corrente ao mecanismo de campainha da porta. É fácil de instalar e conveniente de usar.

 

Escolha os tipos de tomadas e interruptores para sua casa

Os modelos de tomadas e interruptores, além de serem componentes funcionais importantes de uma construção, dão acabamento e integram na decoração da casa. Na Telhanorte, você encontra diversos modelos de tomadas e interruptores!

Visite uma de nossas lojas físicas espalhadas pelo Brasil ou, se preferir, acesse nossa loja virtual. Lá, você pode escolher todos os produtos que precisa e comprar diretamente pelo site, WhatsApp ou televendas. Não se esqueça de conferir nossa sessão Outlet, com descontos imperdíveis e realize suas compras com o cartão Telhanorte!

 

Edição de João Victor Quintino e Murilo Bonício