uso doméstico | Blog Telhanorte

Como escolher a melhor furadeira

furadeira-parede-como-perfurar-comprar

| Ferramentas

Seja você um profissional do setor de construção e obras, ou um curioso que usa ferramentas como hobby, escolher qual furadeira comprar é uma questão que merece atenção. Afinal, uma compra ruim pode significar um investimento financeiro perdido, atraso na entrega dos projetos e estresse durante a execução do trabalho.

Pensando nisso, criamos um guia com tudo o que você precisa saber antes de escolher o tipo de furadeira ideal.

 

Dez aspectos para considerar antes da sua compra

 

1. Tipo de material e projeto

O primeiro fator a ser observado é o tipo de material que será perfurado pelo equipamento. Os mais comuns são:

No mercado você encontra modelos de furadeira diferentes para cada um desses materiais. Ao escolher com cuidado qual furadeira comprar, considerando no que você irá trabalhar, você alcança uma melhor performance de trabalho, produzindo mais em menos tempo – e ainda com segurança!

perfurar-madeira-furadeira-eletrica

(Foto: Casa das Furadeiras / Reprodução)

 

2. Modelo

De maneira geral existem 3 modelos diferentes de furadeira:

A principal diferenciação entre eles está na capacidade de desempenho de cada um e em suas potências.

Se você utiliza sua furadeira apenas no final de semana, para pequenos reparos e reformas, não precisará de um equipamento com a mesma capacidade de um profissional que lida com a furadeira todos os dias, durante muitas horas.

É por isso que é importante estar atento às especificações dos produtos e garantir que você não escolha uma furadeira que está além ou aquém de suas necessidades.

 

3. Potência

Como dissemos acima, é preciso considerar qual será o uso da furadeira, antes de comprar um modelo. A potência vai variar de acordo com a utilização do equipamento.

Você pode usar a medida de potência também para ter uma ideia mais aproximada do que você deseja:

 

4. Furadeira com ou sem impacto

Assim como a potência, o impacto também é um dos elementos fundamentais que diferenciam as furadeiras.

Existem modelos de furadeiras com ou sem o sistema de impacto. De maneira geral, as furadeiras com sistema de impacto possuem maior potência, maior rotação e, consequentemente, possibilitam maior produtividade, poupando o esforço físico e realizando o trabalho em menor tempo.  Se você pretende perfurar o concreto ou cimento, indicamos a furadeira com sistema de impacto. Confira abaixo qual comprar para lidar com cada material:

Furadeira-impacto-hammer-c--maleta-10mm-3-8----500w---220v-1773062

Furadeira impacto hammer c/ maleta 10mm 3/8″ – 500w – 110v (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

5. Tamanho do Mandril

O mandril é o local que recebe a broca, por isso, é preciso verificar se as brocas necessárias para sua reforma são compatíveis com o mandril:

Existem furadeiras com e sem mandril. No primeiro caso, elas exigem a chave para apertar as castanhas do mandril. Já quando não há um mandril, o encaixe da broca na furadeira pode ser feito manualmente.

mandril-rosca-broca-furadeira-apertar

Mandril e chave de aperto (Foto: Tudo Sobre Furadeira / Reprodução)

 

6. Velocidade

Um outro aspecto a ser considerado antes de comprar uma furadeira é a respeito das velocidades que ela apresenta. O ideal é investir em um equipamento que possua mais de uma única opção de velocidade.

O controle de velocidade geralmente é feito pelo gatilho do aparelho. Mas existem também as furadeiras que possuem, ao invés do gatilho, um interruptor eletrônico. Assim, busque aquela furadeira que oferecerá um uso mais prático, seguro e suave para você.

 

7. Giro reversível

Os equipamentos que possibilitam o controle de velocidade, oferece também a opção de giro reversível. Com ele você pode inverter o sentido de rotação da broca. Isso serve para que o operador use a furadeira como parafusadeira, apertando e desapertando parafusos. Também é uma forma mais fácil de tirar a broca do material que está sendo manipulado, caso ela fique presa.

8. Acionamento contínuo

Essa funcionalidade serve para que a furadeira trabalhe parcialmente sozinha, sem que você precise manter algum botão ou gatilho pressionado, acionando apenas um botão-trava. Essa função permite que a furadeira seja fixada em um suporte horizontal ou vertical, para que se possa, por exemplo, lixar peças de madeira ou outros materiais, com o devido acessório acoplado ao mandril.

 

9. Furadeira com e sem fio

Por último, mas não menos importante, existem no mercado modelos de furadeiras sem fio que podem ser bastante úteis em algumas situações, principalmente em obras e construções. Observe se esse é um recurso importante para você. Caso realmente seja de sua preferência, busque por modelos que não tenham fio.

Furadeira-e-parafusadeira-a-bateria-10,8V-bivolt-10mm-Novipro

Furadeira e parafusadeira a bateria 10,8V bivolt 10mm Novipro (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

10. Não esqueça dos acessórios complementares

Caso você deseje dar mais dinamismo para o uso da sua furadeira, você pode ampliar a versatilidade do equipamento, usando acessórios que permitirão, além de furar:

Para furar, você deve buscar pelas brocas ideais para cada situação. Lembre-se também de conferir o calibre de seu mandril!

Entre os acessórios para lixar, você vai encontrar modelos de discos de borracha que receberão os discos de lixa. E para polimento, o disco de borracha será adaptado a uma boina de polimento. Também é possível optar por uma roda de polimento. Além desses acessórios, também podem ser usados:

Jogo-de-Acessorios-para-Furadeira-e-Para-makita-b-548791

Maleta e acessórios para furadeira Makita (Foto: Makita / Reprodução)

 

É importante também selecionar alguns EPIs, ou seja, itens de segurança, para realizar um trabalho sem riscos. Entre os principais equipamentos estão: luvas, óculos e protetores auriculares.

Esses e outros modelos de furadeiras e acessórios, você encontra na loja virtual da Telhanorte. Montamos um departamento inteiro com ferramentas para construção, obra e reforma. Confira! E qualquer dúvida, busque pelo ícone de ajuda em nosso site.

 

Edição por Vinicius Marques e Stéphanie Durante