varanda | Blog Telhanorte

7 tipos de janelas para varandas bonitas e seguras

tipos-janelas-varandas-2

| Área Externa

 

A varanda é um ótimo recurso para trazer luz natural aos demais ambientes da casa. Confira 7 modelos de janelas ideais para esse espaço!

 

Uma varanda pode trazer muitos benefícios para dentro de casa. Ela deve permitir a passagem de luz natural e de ar, aproveitando o contato com a área externa. Além disso, em casas térreas, é preciso garantir a segurança e evitar que estas janelas se tornem um ponto vulnerável da casa. Separamos abaixo alguns modelos de janelas para varandas: dos mais simples até os modelos com mais folhas e detalhes. Continue lendo e confira!

 

7 modelos de janelas para a varanda

 

1. Janela para varanda de vidro

A janela para varanda de vidro é um produto que garante uma boa iluminação e proteção contra chuva e variações de temperatura, pois possui ótima vedação em suas frestas. As esquadrias de alumínio também devem ser de alta qualidade para garantir maior durabilidade e preservar o efeito do acabamento. São ideais para ambientes em que seja necessária a entrada de luz e ar, por isso se encaixam tão bem nas varandas. A limpeza também é fácil: basta passar um pano úmido.

 

Janela-veneziana-de-correr-direita-Esquadrisul-de-aluminio-2-folhas-Ecosul-A--100cm-x-C--120cm-brilhante-1621360

Janela de Correr Ecosul (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

2. Janela para varanda com uma folha

O formato quadrado desse tipo de janela para varanda já é um diferencial por si só e traz um toque moderno e sofisticado para o ambiente. Durante o dia, ela pode ficar completamente aberta, permitindo a entrada de luz, mas também pode ser útil para vedar totalmente o ambiente interno da luz exterior. O material da folha é feito de aço resistente que garante uma vida útil maior e um perfeito funcionamento.

 

Janela-de-aco-1-secao-Minas-Sul-60x60x12cm-preto-MGM

Janela de aço 1 seção preto (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

3. Janela de  alumínio para varanda

Os tipos de janelas para varandas de alumínio têm um ótimo custo-benefício. A esquadria de alumínio combina com uma decoração marcante que tem um fit perfeito tanto para ambientes internos quanto externos. Os modelos com grade quadriculada agregam ainda mais segurança, sem perder no estilo visual das peças. Os modelos de seis folhas permitem manter uma parte da janela fechada, sem impedir a passagem de ar.

 

Janela-Correr-de-Aco-6-Folhas-c--Grade-Quadriculada-Pratika-Black-100x150cm-Preto-Sasazaki-1750372

Janela Correr de Aço 6 Folhas c/ Grade Quadriculada Prátika Black 100x150cm Preto Sasazaki (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

4. Janela para varanda de vidro com esquadria clara

Os tipos de janelas para varandas com esquadria clara criam ambientes mais suaves e combinam com as decorações minimalistas que, por sua vez, ornam com o ambiente externo. Assim como os modelos acima, a esquadria marcante e as folhas de vidro valorizam a entrada de luz, mesmo com a janela fechada. O design da janela de correr sem divisão e sem grade deixa o cômodo mais clean, permitindo outros detalhes mais ousados ou coloridos.

 

Janela-de-correr-4-folhas-Pratika-120x200x12cm-2212113-8-Sasazaki

Janela de correr 4 folhas Pratika 120x200x12cm 22.12.113-8 Sasazaki (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

5. Janelas para varanda com grandes extra

Como segurança é um critério importante para os tipos de janelas para varandas, os modelos com grade extra são ótimas opções. Mesmo com um design mais pesado, essa opções podem combinar perfeitamente a proteção com o desenho quadriculado da estrutura. As decorações de estilo industrial combinam bem com este tipo de janela. 

 

Janela-de-correr-4-folhas-Belfort-100x200x8cm-6341342-9-Sasazaki-776041

Janela de Correr 4 Folhas Sasazaki Belfort 100X200X8 (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

6. Janela para varanda com detalhes

Os detalhes dos tipos de janelas para varandas podem ir além do vidro e das divisórias geométricas. Alguns modelos unem dois acabamentos diferentes como no da foto abaixo, onde a parte central é formada por estruturas paralelas que lembram elos. No mercado, é possível encontrar detalhes variados e de diferentes formatos. Aproveite para combinar a peça com a proposta de decoração.

 

Janela-de-correr-de-aco-4-folhas-com-grade-Minas-Sul-100x100x12cm-preto-MGM

Janela de correr de aço 4 folhas com grade (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

7. Janela para varanda com grande clara

As grades e detalhes que reforçam a segurança podem destacar muito a peça e, se essa não for a intenção, também existem os tipos de janelas para varandas com acabamentos mais claros. As folhas de correr e sem divisão também facilitam o movimento de abre e fecha sem interferir nas laterais das paredes. 

Janela-de-correr-2-folhas-Pratika-100x150x12cm-2222503-0-Sasazaki-1255762

Janela de correr 2 folhas Pratika 100x150x12cm 22.22.503-0 Sasazaki (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Gostou das ideias de tipos de janelas para varandas?

Aproveite que você já conhece os tipos de janelas para varandas e visite uma de nossas lojas físicas ou faça seu pedido no site da Telhanorte! Além de Janelas, no site você também encontra opções de Portas e Batentes, Guarnições e Acessórios. Fazendo seu pedido online você paga com segurança e recebe seu pedido em casa!

 

Quer encontrar o modelo de janela ideal?

 

Edição de Vinicius Marques e João Victor Quintino

Varandas Gourmet: uma seleção de espaços para você se inspirar

varanda-gourmet-coral.jpeg

| Área Externa

 

Confira 5 ambientes que podem te inspirar para decorar sua área externa

 

Publieditorial da Coral

 

As varandas gourmet ganharam status de área social nobre e importantíssima dentro de um apartamento. Trata-se de um local aconchegante e acolhedor, normalmente muito arejado e com iluminação natural. Para quem deseja dar um “up” nesse ambiente tão agradável, escrevemos abaixo uma seleção de espaços da casa para você se inspirar.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Telhanorte (@telhanorte)

 

Em termos de apartamentos, decorar, ocupar e aproveitar a varanda é uma forma de ampliar a área social sem precisar fazer grandes obras. É possível transformar a varanda gourmet em uma segunda sala de estar, com um sofá, poltronas, puffs e almofadas. É importante, além de deixar o ambiente confortável, garantir que o tecido dos móveis e acessórios sejam resistentes ao contato da água e raios de sol, especialmente se a varanda não for fechada.

 

varanda-gourmet-coral.jpeg

A escolha da tinta de parede tem grande influência do acabamento do espaço (Foto: Coral / Divulgação)

 

Outro espaço legal para se inspirar é o bar. Com uma bancada americana, uma prateleira com suas bebidas favoritas, um frigobar e uma adega, você torna a varanda gourmet num ótimo espaço para beber e conversar entre amigos.

Você também pode se inspirar em um jardim ou até uma pequena horta urbana, seguindo a tendência Urban Jungle.

 

Sugestão de matéria: Confira 4 dicas para montar uma horta em casa, saiba como montar um bar em casa e aprenda tudo sobre Urban Jungle

 

O mais comum, no entanto, é tornar o espaço numa segunda sala de jantar para aproveitar melhor a churrasqueira e a área de cozinha gourmet. Você pode, inclusive, optar por deixar a sala de jantar apenas na varanda e reaproveitar o espaço interno da casa para outras propostas.

 

Revestimento para varanda: escolha o melhor em 5 passos

 

Edição de Vinicius Marques

Revestimento para varanda: escolha o melhor em 5 passos

revestimento para varanda

| Área Externa

Temos diversas opções de pisos e revestimentos para varandas disponíveis. Por isso, resolvemos criar essa matéria sobre como escolher as melhores opções

 

Escolher o melhor revestimento para varanda é uma das etapas mais importantes da construção do cômodo. Afinal, quando pensamos em um local da casa perfeito para reunir amigos, relaxar e curtir momentos felizes, logo nos vem à mente uma bela e arejada varanda, não é mesmo? 

Pensando nisso, preparamos um artigo completo com algumas dicas do que levar em conta ao escolher o piso para varandas e algumas das opções mais utilizadas no ambiente. 

 

1. Função do espaço

Antes de qualquer coisa, é preciso ter em mente qual será a real função do espaço. Será um ambiente informal, para reuniões de amigos e familiares? Ou será uma extensão da sala de jantar? A ideia é aproveitar o espaço para criar plantas ou animais? 

Tudo isso influencia na escolha do piso para varandas. Um espaço mais voltado para o descanso, por exemplo, permite a utilização de um revestimento mais acolhedor, como a cerâmica ou a madeira, enquanto um espaço com circulação de animais ou pensado para ser um espaço gourmet demanda o uso de um piso impermeável e de fácil limpeza. 

 

2. Condições do local

Outro ponto importante a considerar na hora de escolher o revestimento para varanda são as condições do local. Há incidência de mofo, acúmulo de água ou alta exposição ao sol? 

Para cada um desses cenários, há um tipo de piso mais recomendado. 

Ambientes com incidência de mofo ou tendência ao acúmulo de resíduos, por exemplo, pedem um piso sem muita porosidade, uma vez que essa característica o torna bastante suscetível a manchas. 

 

imagem-de-varanda

Varanda (Foto: Pixabay / Reprodução)

 

3. Limpeza e manutenção

Aliada ao item anterior, está a importância de pensar na demanda de limpeza e manutenção de cada tipo de revestimento considerado.

Muitas vezes, a opção escolhida é esteticamente perfeita, mas, por ter características desfavoráveis ao tipo de atividade realizada no espaço, acaba se tornando uma verdadeira dor de cabeça. 

Lembre-se, portanto, de pesquisar sobre esses detalhes antes de bater o martelo! 

 

4. Estilo da decoração

Aliar o tipo de revestimento para varanda com a decoração imaginada também é um verdadeiro truque de mestre! 

Se, em seu projeto de decoração, a varanda é um ambiente repleto de plantas e flores, que tal pensar em um piso que contraste com tais elementos? Uma boa opção, neste caso, pode ser a mescla de madeira e pedras. 

Caso o projeto conte com um painel amadeirado na parede, uma boa opção de revestimento é o porcelanato claro, que traz luminosidade ao espaço. 

 

Sugestão de leitura: 6 tipos de pedras naturais para revestimento da casa

 

5. Tamanho da varanda

Outro ponto importante a se considerar ao escolher o melhor revestimento para varanda é o tamanho das placas de piso vs. o tamanho da varanda. É claro que há alternativas para contornar, por exemplo, a dificuldade de aplicar peças de piso grandes em espaços pequenos, como os cortes e adaptações. 

Entretanto, quando falamos em obras, tudo isso é convertido em gastos extras e perda de material, então, o ideal é evitar! 

 

revestimento-para-varanda

Revestimento para varanda (Foto: The Spruce / Reprodução)

 

Quais os melhores tipos de piso para varanda

1. Azulejo

Os azulejos remetem à cultura portuguesa, que os utiliza em paredes internas, externas, no chão e até no mobiliário de suas casas há séculos. 

Na varanda, o azulejo pode compor imagens, ser usado em um jogo de cores ou em uma só cor, viva ou neutra. 

O efeito é incrível e a manutenção é bastante simples! 

 

2. Cerâmica

Resistente, durável e versátil, a cerâmica é amplamente recomendada para revestir varandas. 

Seus valores variam, mas, em geral, possuem preços bastante acessíveis. Além disso, podem oferecer recursos muito úteis, como o antiderrapante.

Por sua diversidade de características e alta resistência às intempéries, o piso de cerâmica é bastante utilizado em varandas abertas, onde circulam veículos e em espaços gourmet, com churrasqueiras

 

3. Madeira

Pense em um ambiente acolhedor. Certamente o revestimento de madeira pode proporcionar uma sensação assim em sua varanda. 

Bastante versátil, o piso de madeira pode ser utilizado de diversas formas, horizontal ou verticalmente, em larguras alternadas e até mesmo em uma mescla de cores. 

Caso o ambiente seja constantemente exposto a chuvas ou a muito sol, a escolha do material deverá ser reconsiderada: pisos amadeirados tendem a absorver água e gerar mofo, além de serem pouco resistentes aos raios solares. 

 

4. Pedra

Mármore, granito ou ardósia. Todos esses tipos de piso para varanda são excelentes opções para quem busca resistência e durabilidade.

Há que se considerar apenas o investimento necessário (pisos de mármore costumam ter custos bastante elevados) e as características do ambiente em que a varanda se localiza. Pisos de pedra tendem a ser bastante frios, então, são uma opção indicada para cômodos quentes ou que recebem muita incidência solar. 

 

Ideias para o seu tipo de varanda

Que tal aliar a escolha do melhor revestimento para varanda com ideias para otimizar seu espaço? A seguir, temos algumas ideias para varandas grandes, pequenas ou estreitas. 

 

Pequena

Neste caso, o que deve imperar é a praticidade e a otimização dos espaços! Pense na possibilidade de criar um espaço com poucos móveis e estrutura verticalizada, como a dos jardins verticais.  

Se sua varanda for conectada a outro cômodo, – como a uma lavanderia, por exemplo – que tal criar uma extensão dele? Assim, o revestimento usado no cômodo também é aplicado na varanda, e seu espaço interno ganha um upgrade em luminosidade e ambientação! 

 

Veja também: Como organizar a lavanderia da melhor forma.

 

Grande

Ter um amplo espaço na varanda é um verdadeiro privilégio! Mas saber aproveitá-lo é um dom. Nossa dica principal é aproveitar o ambiente para construir um espaço aconchegante e confortável. Aproveitar as quinas com móveis (como sofás em L) e construir pequenos jardins são algumas ideias para tornar espaços grandes agradáveis, sem deixar que percam sua funcionalidade. 

 

Estreita

Espaços estreitos pedem revestimentos claros e compridos, que ajudam a transmitir a ideia de amplitude. Aliado a isso, aposte no mínimo possível de mobiliário e no aproveitamento inteligente do espaço. 

 

Acesse nossa categoria de pisos e revestimentos

Sabendo como escolher o melhor revestimento para varanda, você garante a criação de um espaço esteticamente impecável, além de ser perfeito para a sua finalidade! 

Que tal aproveitar o fim desta leitura para conhecer a categoria de Pisos e Revestimentos

Quer escolher os seus produtos? Então visite uma de nossas lojas físicas, ou acesse a loja virtual da Telhanorte para comprar diretamente pelo site, WhatsApp ou televendas.

Não deixe de conferir as opções de ajuda ao vivo e o arquiteto de bolso! Opções incríveis para você que quer uma ajudinha na hora de decorar ou reformar algo na sua casa!

 

 

Edição de Álvaro Oliveira e Murilo Bonício

Iluminação para ambientes: tipos e modelos para casa

luminaria-lustre-luz-sala-estar

| Área Externa

Quer descobrir como otimizar a iluminação de cada cômodo da sua casa e não errar na hora de clarear os ambientes? Continue lendo a matéria

 

Pensar na iluminação ideal de cada cômodo de uma casa favorece a decoração do ambiente, além de auxiliar na realização das funções desse local. Por isso, não esqueça de:

 

Sugestão de leitura: Iluminação direta, indireta e difusa: diferenças e qual escolher para cada ambiente

 

Entretanto, cada ambiente possui características únicas que devem ser levadas em conta para que seja feita a escolha ideal do tipo de lâmpada e pontos de luz. Vamos ver dicas para vários ambientes, como:

 

Dicas de iluminação para ambientes: do banheiro à varanda

 

Iluminação para banheiro

Para o seu banheiro ficar com o nível de claridade correto, é imprescindível que a iluminação seja uniforme e intensa.

É interessante colocar uma luz central para que todo o ambiente seja iluminado – inclusive o box, no caso de banheiros que possua área para banho. Também apostar em spots ou fitas de LED embutida no espelho para facilitar as atividades como se barbear e maquiar – essa iluminação de forma lateral não cria sombras no rosto.

A escolha da iluminação ideal para banheiro acrescenta estilo e personalidade ao ambiente.

 

iluminacao-para-banheiro-girls-guide-to-the-world

Iluminação para banheiro (Foto: Girls Guide to the World / Reprodução)

 

Iluminação para cozinha

A iluminação da cozinha requer um cuidado especial, pois as atividades realizadas no ambiente exigem que o local seja bem iluminado. Você precisa enxergar os utensílios e ser capaz de manuseá-los sem causar acidentes!

Priorize a iluminação uniforme sem variação de tonalidades.

Caso tenha um balcão de cozinha para preparar os alimentos, você pode incluir luminárias pendentes para ampliar a visibilidade do local, unindo estilo e funcionalidade. As lâmpadas de LED são ótimas opções, afinal também são econômicas no consumo de energia.

 

iluminacao-para-cozinha-viva-decora

Iluminação para cozinha (Foto: Viva Decora / Reprodução)

 

Iluminação para garagem

As dicas de iluminação para garagem estão relacionadas a necessidade de visualização do ambiente como um todo para evitar acidentes com o carro. A opção que oferece melhor visualização é a lâmpada de teto tubular em LED.

Para ampliar a segurança do local, uma sugestão é incluir lâmpadas com sensores de presença. Essa opção ainda garante economia e conforto, afinal você não vai precisar se preocupar em apagar e acender as luzes, já que elas apagam automaticamente quando você deixar a garagem.

Você também pode usar diversos plafons, criando um ambiente ainda mais sofisticado.

 

iluminacao-para-garagem-pinterest

Iluminação para garagem (Foto: Pinterest / Reprodução)

 

Iluminação para quarto

Nesse ambiente, muitas atividades diferentes podem ser realizadas, como: trocar de roupa, ler um livro, estudar, e por aí vai! Por isso, é preciso pensar em dois tipos de iluminação principais:

Uma dica para o quarto é usar a iluminação dimerizada, que permite que você ajuste a intensidade do brilho de luz. Com o mesmo ponto de luz, é possível criar um ambiente mais aconchegante ou um ambiente mais funcional.

 

iluminacao-para-quarto-de-casal-com-sanca-viva-decora

Iluminação para quarto (Foto: Viva Decora / Reprodução)

 

Iluminação para sala de estar

Além de ser um ambiente onde há um grande fluxo de pessoas, o local também é usado para receber amigos e familiares, assistir televisão, ler um livro ou apenas relaxar. Dessa forma, assim como o quarto, a sala de estar pode se beneficiar bastante com o uso de um dimmer para regular a intensidade da iluminação e proporcionar o melhor ambiente possível.

Um ponto central de luz no teto é indicado para que todo o espaço possa ser iluminado. Você pode usar lustres sofisticados para agregar valor à decoração. Luminárias de teto e pendentes são excelentes opções.

O plafon de embutir também é indicado, pois é uma fonte de iluminação difusa capaz de deixar o ambiente mais sofisticado e harmônico.

Resumindo, a dica de iluminação para sala de estar, assim como para o quarto, é misturar:

Faça sua escolha pensando no estilo da decoração que deseja para o ambiente.

Caso você tenha peças de decoração, como vasos de planta e quadros que deseje destacar, também pode pensar em pontos de luz para essa função.

 

iluminacao-para-sala-de-estar-pinterest

Iluminação para sala de estar (Foto: Pinterest / Reprodução)

 

Iluminação para sala de jantar

A sala de jantar pode se tornar uma verdadeira atração da sua casa se você seguir algumas das nossas dicas!

É claro que você pode optar pela luz central de teto, mas também pode ousar mais se deseja criar um ambiente mais moderno, aconchegante e requintado. Uma opção é criar dois focos de luz em cima da mesa com pendentes ou optar por arandelas internas que ficam na parede e geram uma iluminação indireta.

Outra possibilidade é usar um lustre pendente central com um dimmer para controlar a intensidade da iluminação.

 

iluminacao-para-sala-de-jantar-viva-decora

Iluminação na sala de jantar (Foto: Viva Decora / Reprodução)

 

Iluminação para área externa e varanda

Estamos chegando ao fim do nosso guia com dicas de iluminação para ambientes, mas não poderíamos finalizar sem listar as dicas de iluminação para varanda e área externa.

Durante o guia, deu para perceber que a gente ama as lâmpadas de LED, né? Por isso, recomendamos, mais uma vez, o uso delas na sua área externa! Elas possuem um alto custo-benefício, duram muito tempo e a qualidade é excelente!

Escolhido o tipo de lâmpada, vamos aos tipos de iluminação:

 

iluminacao-area-externa-archtrends-portobello

Iluminação para área externa (Foto: Archtrends Portobello / Reprodução)

 

Sugestão de leitura: Como calcular quantidade de lâmpadas por m²: fórmulas e exemplos

 

Onde comprar luminárias?

Agora que você já conhece as principais dicas de iluminação para ambientes, deve saber, também, que bons fornecedores ajudam você a alcançar seus objetivos decorativos e funcionais.

Na Telhanorte, você encontra luminárias de teto, chão, mesa, de embutir ou pendentes para cada um dos ambientes que listamos acima por um preço super atrativo! Faça suas compras no setor de luminárias no site ou visite uma de nossas lojas físicas. Aproveite!

 

Edição de João Victor Quintino e Murilo Bonício