home > Hidráulica > Tipos de registro de água: quantos existem e qual a função de cada um? Descubra!

Tipos de registro de água: quantos existem e qual a função de cada um? Descubra!

tema: Hidráulica
#30 - 17 de fevereiro de 2020

Existem três tipos de registro de água e cada um tem funções bem específicas.

Parte fundamental da hidráulica de um imóvel, saber a diferença e a aplicação desses itens é essencial para evitar problemas como vazamentos e outros transtornos.

Por isso, continue a leitura e descubra para que serve cada um dos tipos de registros hidráulicos disponíveis no mercado, o funcionamento, as diferenças e em quais locais podem ser instalados.

Quais os tipos de registro de água existentes?

Apesar de existam diferentes tipos de registro de água, a função de todos os modelos é basicamente a mesma: controlar ou bloquear o fluxo de água de uma rede hidráulica.

Também devido a essa função, são peças essenciais para controlar a vazão de água em casos de vazamento. Afinal, somente fechando o registro hidráulico é possível realizar o conserto.

Veja agora os três tipos de registros existentes e a aplicação de cada um deles.

Registro de pressão

O registro de pressão é utilizado para controlar o fluxo de água em um determinado ponto da rede. Sua função é reduzir ou aumentar a vazão.

Para ficar mais fácil de entender, o registro de pressão é aquele usado em chuveiros. Por ele, você consegue liberar mais ou menos volume de água no momento do banho. Esse modelo também faz parte dos tipos de registros para banheiro e cozinha.

Visto que esse registro possui um sentido de fluxo para vazão, é essencial se atentar no momento da instalação. Caso seja feita de maneira errada, pode bloquear quase que por completo a saída de água.

Registro de gaveta

Entre os tipos de registro de água temos o de gaveta. Também conhecido como registro geral, esse modelo tem a função diferente do anterior: é utilizado para interromper totalmente a vazão de água de uma rede.

É ele que fechamos sempre que ocorre um vazamento. Por conta disso, o registro de gaveta deve ser instalado em pontos estratégicos, como colunas de distribuição e locais que precisam de manutenções com mais frequência.

Sua principal característica é trabalhar completamente aberto ou fechado. Mas ainda que sua função seja segurar o fluxo de água, com o tempo, é comum a peça apresentar desgaste.

Isso pode acontecer devido à pressão que a água exerce sobre esse registro hidráulico, à frequência de uso, ou problemas de vedação dos componentes internos.

Quando esse tipo de dano acontece, pode levar a vazamentos ou problemas ainda maiores, especialmente se estiver instalado dentro de paredes.

Devido a essa possibilidade, é fundamental realizar a troca desse item sempre que constatar ser ele o responsável pela perda de água.

Registro de esfera

O registro de esfera tem a mesma função do gaveta, ou seja, bloquear totalmente a saída de água.

No entanto, esse modelo de registro hidráulico é utilizado para instalações em caixas d’água. Essa indicação é devido a peça ser mais resistente que os outros tipos de registro de água.

Geralmente feita de PVC, esse registro é resistente a altas pressões, corrosão, produtos químicos e tem vida útil maior.

Assim, sempre que houver necessidade de realizar manutenção ou limpeza na caixa d’água, o registro de esfera deve ser fechado.

Qual a diferença entre base e registro?

Mas quando se procura saber os tipos de registro de água existentes, é normal se deparar com outra dúvida: a diferença entre base e registro.

É definido como base o registro sem o mecanismo que faz a função de abre e fecha. A peça tem essa separação para permitir que você escolha a que oferece melhor acabamento. Isso colabora com a estética, especialmente se a instalação for aparente.

Já o registro trata-se da peça completa, ou seja, com a base e o mecanismo responsável pelo sistema abre e fecha.

O que considerar no momento da instalação?

Além de conhecer os tipos de registro de água, é fundamental saber como fazer a instalação correta. Esse cuidado garante que a função de cada peça seja atendida sem gerar transtornos ou necessidade de consertos precoces.

Visto que os registros hidráulicos possuem diferentes indicações de altura para instalação, o primeiro passo é respeitar ao apontado no projeto de obra ou reforma.

O registro de gaveta, por exemplo, costuma ser instalado entre 1,80m e 1,90m do piso já finalizado. Como sua função é interromper o fluxo de água, essa altura permite fácil manuseio sempre que necessário.

Para exemplificar o registro de pressão, vamos utilizar a instalação no trecho de alimentação de água para um chuveiro.

Nesse caso, o ideal é que a peça fique em uma altura entre 1,10m e 1,20 do piso acabado. Essa medida contribui para que pessoas de diferentes alturas consigam utilizar sem dificuldades.

Se você reparou, ambas as alturas referem-se a pisos finalizados. É importante considerar isso, pois, dependendo do revestimento utilizado, pode haver diferença na metragem final do cômodo.

Como escolher o registro hidráulico certo?

Agora que você sabe quais tipos de registro de água existem e como deve ser feita a instalação, veja estas dicas de como escolher a peça certa:

  • verifique se o registro hidráulico é indicado para água fria ou quente;
  • confira o diâmetro dos canos para garantir a compra de registros compatíveis;
  • verifique o tipo de acoplamento, ou seja, se a peça será instalada por rosca ou solda;
  • se a instalação for aparente, dê atenção ao acabamento da base.

Somado a tudo isso, é fundamental comprar registros hidráulicos de qualidade. Isso evita diversos transtornos, inclusive, desperdício de água.

Na Telhanorte você encontra uma linha completa de registros para a sua obra ou reforma.

Quer conhecer nossos produtos? Então visite uma de nossas lojas físicas ou acesse o nosso site. Nele, você ainda tem a facilidade de comprar on-line, via WhatsApp ou televendas.