Não caia em roubadas: 7 dicas para comprar um apartamento | Blog Telhanorte
home > Se Liga na Dica > Dicas para comprar um apartamento: 7 precauções que você deve tomar

Dicas para comprar um apartamento: 7 precauções que você deve tomar

| Se Liga na Dica

Imagine você, após meses (ou até anos) de espera, pegar as chaves do apê novo e logo de cara ter que lidar com um problema hidráulico ou elétrico. Seria um pesadelo, certo? Pois, para não estragar seu sonho, é fundamental ficar ligado em algumas dicas para comprar um apartamento sem cair em furadas.

Não basta saber como escolher um bairro para morar e reunir todos os documentos necessários para a compra do imóvel. Boa parte da sua atenção deve estar voltada para a checagem da infraestrutura do apartamento, que, se comprometida, pode causar problemas desagradáveis logos nos seus primeiros dias de casa nova.

A boa notícia é que com algumas precauções básicas você evita muita dor de cabeça. Para te ajudar, preparamos esse post com 7 valiosas dicas para comprar um apartamento sem riscos ou surpresas:

  1. Verifique portas e janelas
  2. Teste a parte elétrica
  3. Inspecione a instalação hidráulica
  4. Cheque o revestimento de pisos e azulejos
  5. Avalie a qualidade da pintura
  6. Confira ventilação, incidência solar e ruídos
  7. Use a tecnologia a seu favor

Dicas para comprar um apartamento: 7 cuidados necessários

Antes de mais nada, um lembrete importante: nossas dicas valem tanto para quem comprar imóvel usado como para quem investir em apê novinho em folha. Confira abaixo como colocá-las em prática!

1. Verifique portas e janelas

Você pode começar seu checklist com a avaliação visual de portas e janelas, buscando danos na estrutura ou na pintura. O passo seguinte é verificar seu funcionamento, abrindo e fechando cada uma delas.

Para isso, é fundamental que você confira os tipos de fechaduras e exija a entrega de todas as chaves do apartamento. Apenas dessa forma você conseguirá ter certeza que conseguirá trancar e destrancar tudo com facilidade.

Caso o apartamento tenha venezianas, uma boa dica é fechar todas, deixando o cômodo escuro para verificar se há algum ponto em que a luz passa com maior intensidade. Dessa forma, você poderá constatar problemas na vedação que pode causar vazamentos em dias de chuva.

2. Teste a parte elétrica

Em seguida, você deve dirigir seu foco para verificar se há fiações expostas e testar a qualidade das instalações elétricas. Isso é fundamental não só para garantir o bom funcionamento, prevenindo danos e a diminuição da vida útil de eletrodomésticos, mas também para prevenir acidentes com descarga elétrica.

Ao visitar um apartamento, cheque a caixa de disjuntores e lembre-se de levar uma lâmpada para testar todos os bocais. Outra boa dica é levar um carregador de celular para ter certeza que todas as tomadas estão funcionando.

Por fim, fique atento a manchas escuras ou fios retorcidos nas paredes. Esses sinais de superaquecimento são um alerta de que a instalação elétrica do imóvel precisa de reparos.

3. Inspecione a instalação hidráulica

Ninguém merece sofrer com um vazamento logo depois de tomar o primeiro banho na casa nova. Mas, pode relaxar, porque verificar a qualidade da instalação hidráulica é mais fácil do que você imagina. Basta seguir alguns truques.

Primeiro, ligue todas as torneiras e deixe a água sair por cerca de dois minutos para verificar se o escoamento está normal e o estado do sifão. Preste atenção também na coloração da água: se ela estiver turva ou avermelhada, isso pode ser falta de manutenção no reservatório de água ou uma tubulação muito antiga que precisa ser trocada.

Em seguida, avalie bem os tipos de registro de água e o estado das louças dos vasos sanitários. Acione as descargas para verificar se a vazão é satisfatória e repita o procedimento pouco tempos depois para comprovar o bom funcionamento.

Não se esqueça de testar também o escoamento dos ralos no box do banheiro e áreas externas, como varandas e quintais. Uma boa dica é levar um recipiente para a visita, enchê-lo com água e despejar próximo dos ralos para ter certeza que eles não estão obstruídos.

4. Cheque o revestimento de pisos e azulejos

Essa parte da sua vistoria pessoal do apartamento vai exigir atenção redobrada. O revestimento dos pisos e dos azulejos de cada cômodo guardam detalhes que podem escapar dos olhares menos treinados.

Para executar essa tarefa com perfeição, lembre-se levar uma chave de fenda e uma régua de nível. A primeira você pode usar para bater levemente o cabo nas peças do piso e detectar se há a presença daquele som oco da falta de argamassa, enquanto a segunda constata se o piso está bem nivelado.

Analise também os acabamentos para checar se não existem peças danificadas com trincas, rachadura ou manchas. No caso de azulejos, é fundamental verificar se as peças estão bem assentadas, sem descontinuidade, e se não têm tonalidades diferentes.

Uma área que exige uma checagem especial são os rejuntes na borda dos ralos, por se tratar de um local de muito contato com a água.

5. Avalie a qualidade da pintura

Após analisar toda a infraestrutura do apartamento, é hora de focar na parte estética. E essa fase merece o mesmo nível de atenção, uma vez que algumas imperfeições na pintura das paredes podem ser sinais de falhas estruturais.

Confira bem todas as cores das tintas das paredes para constatar se há áreas desbotadas, rachaduras ou furos tapados com uma coloração diferente. Se você detectá-los na visita, poderá solicitar que todos esses pequenos problemas sejam solucionados antes de fechar a compra.

Além disso, tenha cuidado especial com bolhas ou áreas descascadas. Esse são alguns dos sinais que podem indicar umidade no local, que normalmente é causada por mofo ou infiltrações.

Por último, não se esqueça de verificar também a pintura de portas e janelas, especialmente na guarnição e próximo das ferragens. Uma boa dica é levar um espelho para passar nos contornos superior e inferior da porta e conferir se está tudo pintado.

6. Confira ventilação, incidência solar e ruídos

Como vimos nos tópicos acima, você pode usar várias ferramentas para verificar as condições estruturais de um imóvel. Já para essa etapa, você terá que ficar atento aos seus sentidos para avaliar itens mais subjetivos, mas que também podem influenciar sua decisão.

Antes de fechar o negócio, tente agendar visitas em horários diferentes do dia para analisar se o imóvel é bem ventilado e se não você não vai sofrer com vizinhos barulhentos com os ruídos do trânsito. Essa prática também vai te permitir verificar em quais momentos do dia o imóvel recebe a luz do sol.

Para quem mora em cidades quentes, a incidência solar é importante porque, se o apartamento recebe o sol da tarde, as chances de o calor ficar insuportável por um período maior do dia são consideráveis. Por isso, se possível, priorize os imóveis que recebem o sol da manhã.

7. Use a tecnologia a seu favor

Se você chegou até aqui, já sabe como escolher apartamento para comprar. Mas deixaremos uma dica a mais para tornar esse processo ainda mais ágil e seguro: use todos os recursos tecnológicos que estiverem à sua disposição para facilitar sua busca.

Tomar o cuidado de ter a tecnologia a seu lado é especialmente eficaz agora, com nossos movimentos restritos pela pandemia do coronavírus. Afinal de contas, ninguém quer ficar andando de cima pra baixo e se expondo a riscos ao visitar vários apartamentos.

Atualmente, algumas plataformas, como a Kzas, te permitem conhecer melhor os imóveis por videoconferência e visitar apenas aqueles que realmente te interessam. Com o uso de inteligência artificial no atendimento ao cliente, você ainda pode refinar sua busca para ter resultados personalizados com base em suas necessidades e preferências.

Além disso, a transformação digital já permite que todo o processo de venda e regularização do seu novo apartamento seja feito de forma totalmente online. Então, não tenha medo de ousar e experimentar a sensação de comprar um imóvel sem sair de casa.

Esse post foi escrito pela Kzas – plataforma que transforma a venda, compra e financiamento de imóvel em algo mais simples e digital – a convite do blog da Telhanorte.