rejunte | Blog Telhanorte

Portokoll apresenta formas de utilizar seu Rejuntamento Acrílico

rejunte-escuro-pisos-revestimento-cinza-marrom

| Materiais de Construção

 

Produto pode ser aplicado em diferentes ambientes para promover acabamento fino

 

Publieditorial da Sika

 

 

Selecionar o rejunte adequado para cada tipo de ambiente é essencial para que o resultado traga maior durabilidade e qualidade estética. Para conseguir uma finalização delicada em diversos ambientes, a Ligamax, marca do grupo Sika, especializada em produtos químicos para construção, apresenta formas de utilizar seu Rejuntamento Acrílico, item que promove alto desempenho e acabamento ultra liso.

 

portokoll-premium-acabamento-ultraliso-sika

(Imagem: Sika / Divulgação)

 

O rejunte serve para compensar a diferença de dimensões existentes entre as peças. Além de facilitar o processo de remoção de alguma delas, caso seja necessário, contribui absorvendo deformações estruturais e ajuda a reduzir a movimentação em consequência da variação de temperatura. Por ser mais fino, o Rejuntamento Acrílico acaba se tornando um dos favoritos no ramo da arquitetura, já que oferece um resultado mais sutil, se comparado com outros tipos de rejunte.

O produto pode ser utilizado em pisos e paredes de áreas internas e externas, podendo proporcionar diferentes aspectos, como moderno, rústico e clássico, já que conta com uma extensa cartela de cores:

 

cores-rejuntamento-acrilico-sika

(Imagem: Sika / Divulgação)

 

“O Rejuntamento Acrílico é super versátil e bem completo, tendo uma aplicação extremamente fácil em pastilhas porcelânicas, pedras, cerâmicas e porcelanatos. Como é impermeável, ele pode ser utilizado em áreas úmidas e secas, pois não trinca, desbota ou retrai. Além disso, o produto conta com um tempo de secagem rápido e possui proteção contra mofos e bactérias”, afirma Jéssica Moura, Coordenadora de Desenvolvimento de Mercado Building Finishing, da Sika.

 

Rejuntamento-Top-Flex-Extra-Resinado-Portokoll-1kg--Brilhante-Branco-1635808

Rejuntamento Top Flex Extra Resinado Portokoll 1kg Brilhante Branco (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Sobre a Sika

A Sika é uma empresa especializada em produtos químicos, que ocupa uma posição de liderança no desenvolvimento e na produção de sistemas e produtos para fixação, vedação, amortecimento, reforço e proteção no setor de construção e na indústria automobilística. Possui filiais em 100 países e mais de 300 plantas no mundo. Com mais de 25.000 funcionários, gerou vendas anuais de CHF 7,88 bilhões em 2020.

Hoje a companhia também abrange as marcas: BR Massa®, Ciplak®, LigamaxGold, PortoKoll®, Qualimassa, Quartzobrás e Quimicryl, oferecendo a solução completa para a obra.

 

Como limpar o rejunte dos ambientes?

 

Edição de Vinicius Marques e João Victor Quintino

Massa para Drywall: o que é e guia para instalação

instalacao-de-parede-drywall-massa

| Construção

O que é a massa para drywall, onde encontrar massas prontas e como usar o aplicador de massa para construir uma parede? Saiba mais

 

A construção civil tem se modernizado e alguns materiais mais práticos têm surgido para substituir ou ao menos dividir mercado com outros mais tradicionais. É o caso da massa pronta para drywall que vem para facilitar a construção de paredes. Mas você sabe o que é e como aplicar em seu projeto?

Primeiro, antes de saber o que é massa para drywall, é importante que você saiba o que é e para que serve o próprio drywall. Talvez você já tenha escutado sobre construções que utilizam este tipo de material substituindo alguns pontos de alvenaria.

Basicamente, o drywall consiste em uma placa de gesso encapada com papelão ou fibra de vidro que é fixada em estruturas de aço galvanizado para construção de casas.

Esse tipo de material tem se popularizado em diversos empreendimentos e construções no Brasil. E essa preferência é devido a aplicação, bem mais prática e barata que a alvenaria, como veremos ainda neste artigo. É por isso que é cada vez mais comum ver pessoas buscando informações sobre como revestir parede de drywall, por exemplo.

 

O que é massa para drywall?

Você deve está se perguntando: “Ok, mas onde a massa de Drywall entra nisso?”.

Pois bem, para que as placas funcionem juntas como uma estrutura, é preciso montar a parede de drywall e fixá-las com algo, certo? Essa massa é basicamente o que irá sustentar sua parede. Ela criará uma espécie de rejunte entre todas as placas.

É importante ressaltar que existem tipos de massas especiais para locais com mais umidade, como banheiros, por exemplo. Nesses casos, é necessário usar uma massa específica para que a parede não ceda por conta dos vapores de água

 

Passo a Passo

1. Preparando o drywall

A primeira coisa que você tem que se preocupar em fazer é  preparar as placas de Drywall e as estruturas de metal que serão fixadas. Aproveite e marque também os pontos onde serão aplicados os parafusos.

Em seguida, as placas devem ser presas a todas as braçadeiras. O ideal é que todas as chapas sejam apoiadas nas extremidades de cada braçadeira e então passem a preencher os espaços vazios até o centro.

Feito isto, é só ir colocando os parafusos. 

Em uma parede mais comum, com braçadeiras a 20 cm do centro, você terá uma fileira de parafusos em cada borda e mais duas, espaçadas a cada 20cm de suas respectivas bordas.

 

o-que-e-massa-drywall

Parede de drywall sendo construida (Foto: Triider / Reprodução).

 

2. Aplicando a massa: rejuntando o drywall

Bom, agora que você já sabe o que é massa para drywall está na hora de aprender a aplicá-la.

O importante aqui é entender que você precisará de algumas demãos de massa até que a superfície fique lisa e plana.

Atenção: Nesse ponto é importante que você tenha um bom aplicador de massa para drywall. Dê preferência pelos modelos de metal, os de plástico tendem a criar saliências nas bordas. Para isso, acesse o site da Telhanorte ou acesse diretamente a seção de espátulas.

 

A aplicação da massa para drywall – também conhecido como tratamento de juntas – nada mais é do que o preenchimento do espaço vazio entre duas placas.

De modo geral, a ordem de aplicação é: massa, fita e massa. Contudo, para o devido rejunte, será necessário que você se atente às juntas rebaixadas e às juntas de topo.

 

bordas-topo-concavas

Representação de placas de drywall, com bordas laterais côncavas e bordas superiores retas (Foto: Youtube / KnaufBr / Reprodução).

 

– Juntas rebaixadas: As juntas rebaixadas ocorrem ao aproximar duas placas pelas suas laterais (que não tenham sido cortadas manualmente). Naturalmente, as bordas laterais tem um formato rebaixado, então ao serem ligadas elas apresentaram um espaço vazio côncavo. Para fazer a união de duas delas é preciso que a massa preencha esse espaço de forma homogênea e garanta uma superfície única.

– Juntas de topo: As juntas de topo são todas e quaisquer junção de placas pelas extremidades superiores e inferiores (que são naturalmente retas) ou por extremidades com cortes manuais em alguma das laterais das placas — o que removerá o formato rebaixado e deixará a borda reta. Nesses casos, a massa não se depositará em um espaço côncavo na junção, sendo necessária uma correção em relação ao nível.

 

Ao aplicar a massa, cada tipo de junta irá requerer um tratamento diferente. Confira a seguir:

 

– Em juntas rebaixadas: Como as juntas rebaixadas criam um espaço côncavo entre as placas, a primeira camada de massa ocupará de forma homogênea o “buraco” formado. Logo, após adicionar a fita sobre a camada de massa, não haverá um grande desnível entre as placas e a intersecção delas. Dessa forma, a largura da segunda camada de massa – que visa deixar o nível de toda parede uniforme – é aproximadamente 20 cm, sendo 10 cm para cada lado da intersecção.

– Em juntas de topo: Por sua vez, as juntas de topo não tem um espaço côncavo entre as placas, visto que ambas as extremidades são retas. Dessa forma, a primeira camada de massa acabará por criar um certo desnível na área das juntas. Na região onde há o encontro entre duas placas retas, a camada de massa terá uma espessura maior do que no restante da placa — o que irá sobressair ainda mais ao aplicar a camada de fita, visando corrigir essa diferença no rejunte, a largura da segunda camada de massa deve ter cerca de 60cm, sendo 30cm de cada lado da junta.

 

passo-1-rejunte-drywall

1º Passo: Aplique uma camada de massa para drywall por toda a extensão da junta (Foto: Telhanorte / Reprodução).

 

Você deve retirar o máximo de excesso de massa nas juntas. Então, você vai colar a fita, que vai impedir que a massa da primeira demão escorra. Pressione a fita com os dedos para evitar bolhas, sempre atento às ondulações que a fita acusar, pois ali estará representando algum local que foi aplicado massa demais ou de menos.

 

passo-2-rejunte-drywall

2º Passo: Aplique por cima uma camada de fita, por toda a extensão da junta (Foto: Telhanorte / Reprodução).

 

Após esses procedimentos, você deverá deixar a massa secando de um dia para o outro e, no dia seguinte, aplicar a segunda demão de massa e realizar o alisamento conforme o tipo de junta.

 

passo-3-rejunte-drywall

3º Passo: Aplique por cima a segunda camada de massa (Foto: Telhanorte / Reprodução).

 

O resultado final será uma parede de drywall pronta para ser revestida. Certifique-se que todas as áreas da parede estão niveladas e lisas, para só depois pintar.

 

largura-massa-drywall

Largura do alisamento da 2ª camada de massa de acordo com a junta (Foto: Telhanorte / Reprodução).

 

 

vista-superior-juntas-drywall

Vista superior da correção de nível do rejunte para drywall (Foto: Telhanorte / Reprodução).

 

Se preferir, veja o tutorial no vídeo a seguir:

 

 

Onde comprar massa para drywall?

E aí, conseguiu entender um pouco mais sobre o que é massa para drywall e como aplicá-la?

Lembre-se que procurar um profissional especialista é a forma mais segura de ter um resultado de qualidade e evitar dores de cabeça na sua obra. 

Agora, sabemos que se você mesmo quiser fazer isso você precisará de alguns materiais e ferramentas e, com isso, a Telhanorte pode te ajudar!

Invista em produtos de qualidade, de marcas confiáveis e respeitadas no mercado. 

 

Na nossa loja virtual, você encontra um departamento de revestimentos, argamassas e rejuntes, além de um setor completo com tudo que há de melhor em material de construção e muito mais.

Escolha seus produtos e receba tudo em casa, com conforto e segurança. Ou se preferir, utilize a opção Clique e Retire e passe para pegar seu produto assim que ele estiver disponível em uma unidade Telhanortepróxima de você!

 

Edição de Murilo Bonício e Camila Alexandrino

Como renovar o rejunte do azulejo?

cor-rejunte-renovar-limpar-parede-revestimento-banheiro-branco

| Banheiro

 

Quer renovar o rejunte desgastado do azulejo? Aprenda como trocar, pintar ou limpar com receitas caseiras

 

O rejunte da parede está encardido e, por mais que você limpe e esfregue, não consegue fazer com que ele volte a ficar novo? Neste post, vamos dar algumas sugestões de como renovar o rejunte, para ajudar você a resolver esse problema tão desagradável!

 

Confira no site da Telhanorte: Rejuntes

Rejunte-Weber-Flex--1Kg-cinza-outono-Quartzolit

Rejunte Weber Flex 1Kg cinza outono Quartzolit (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Importância do rejunte

Além da parte estética, o objetivo principal do uso do rejunte é vedar as junções de revestimentos como: azulejospisosporcelanatospastilhas e pedras diversas. Os rejuntes trazem proteção, impermeabilização (evitando fissuras, dilatações e  infiltrações) e também aumentam a durabilidade do piso ou azulejo. O rejunte também ajuda no alinhamento, compensando alguma irregularidade que o azulejo possa ter. 

Outra função importante do rejunte é proteger o azulejo contra os fatores climáticos, como calor e frio extremos. Como o rejunte é maleável, ele permite que as peças de revestimento dilatem ou contraiam, de acordo com o clima, sem que haja rachaduras e atritos.

 

Tipos de rejunte

É o mais utilizado e também o mais barato. Feito à base de areia, cimento, pigmentos para dar a cor desejada, aditivos e polímeros. Ao adicionar água, se transformam em uma argamassa pastosa. Pode ser utilizado tanto em áreas internas e secas (mais recomendável) como também em áreas externas. No caso de áreas externas e úmidas, é recomendável o uso de aditivos, para uma melhor impermeabilização

 

Rejunte intermediário, de fácil aplicação, o rejunte acrílico possui a composição semelhante à do rejunte cimentício acrescentado da resina acrílica que proporciona um acabamento mais liso, facilitando na limpeza. É utilizado para áreas úmidas ou que tenham contado direto com água, como banheiroscozinhasáreas de serviço, áreas externas, entre outras.

 

É o rejunte de maior resistência e durabilidade, sendo resistente a fungos e compostos químicos. É utilizado normalmente em áreas externas, como piscinas, saunas e fachadas, por se tratar de um rejunte muito impermeável. Ele é usado também em áreas internas que recebem muita água, como banheiros, cozinhas e áreas de serviço.

 

Como renovar o rejunte do azulejo

1. Colocando um novo rejunte

Se você deseja um serviço 100% eficaz, o ideal é você colocar um novo rejunte em seus azulejos. Para renovar o rejunte do azulejo, o ideal é utilizar um raspador de rejunte com aço de tungstênio. Se não tiver, pode utilizar uma espátula. Atenção para não danificar o azulejo! 

 

Raspador-de-rejunte-vermelho-Cortag

Raspador de rejunte vermelho Cortag (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Com cuidado, você fará uma raspagem do rejunte velho ou danificado. Utilize um pano úmido ou uma esponja para retirar todo o pó e resíduos existentes. Depois de bem limpo, utilize um pano seco para retirar a umidade e o restante do pó. Aguarde até que o local fique bem seco. Enquanto aguarde, leia as instruções na embalagem do produto

 

bloco_espuma_29507_1_20200729190456

Bloco Cortag de Espuma Amarelo e Branco (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Dependendo do rejunte a ser aplicado, principalmente o epóxi, o tempo de aplicação é limitado. Feito isso, prepare e aplique o rejunte com o auxílio de uma espátula (de preferência, use uma espátula de plástico). Com uma esponja ou pano úmido, vá limpando os excessos com movimentos circulares, para evitar que o rejunte saia. Faça a aplicação em pequenas áreas e vá limpando alternadamente, para que o rejunte não seque demais, dificultando a limpeza. Aguarde o tempo descrito na embalagem para a secagem total.

 

Espatula-em-EVA-para-rejunte-amarela-Cortag

Espátula em EVA para rejunte amarela Cortag (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

2. Pintando o rejunte do azulejo

Outra forma indicada de renovar o rejunte do azulejo é pintando. Você encontra atualmente em lojas especializadas produtos específicos para pintar rejunte de azulejos, de fácil aplicação e sem deixar muita sujeira! Alguns produtos já são prontos para o uso, com bico aplicador e esponja. Você pode também fazer uso da tinta epóxi ou da tinta acrílica. Não se esqueça de observar as instruções do fabricante! O procedimento para aplicação tende a ser bem parecido. 

Limpe bem os azulejos.

– Passe a tinta com a ajuda de um pincel delicadamente. 

– Vá limpando os excessos de tinta com o auxílio de um pano úmido ou uma esponja umedecida. 

Espere a secagem total. Se for necessário, aplique outra demão. 

 

Sugestão de matéria: Confira mais dicas sobre como limpar o rejunte dos ambientes

 

3. Limpando o rejunte com dicas caseiras

No dia a dia, o uso de detergente neutro e água são suficientes para manter o rejunte de seus azulejos limpos e bonitos. Mas caso já se encontrem com uma aparência desgastada, apresentamos abaixo algumas sugestões de como recuperar o rejunte.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Telhanorte (@telhanorte)

 

Água morna

Para limpezas mais leves, borrife o rejunte com água morna e esfregue com uma escova de cerdas duras.

 

Cloro ou água sanitária

Apesar da água sanitária ser um dos produtos mais utilizados na limpeza, não é recomendado fazer o uso constante desses produtos por serem corrosivos. Mas caso não tenha outra opção no momento da limpeza, utilize um borrifador para umedecer os rejuntes e deixe descansar por aproximadamente 15 minutos. Você já notará a diferença! Nos lugares que ainda permanecerem sujos, utilize uma escovinha. Após a aplicação, enxague muito bem e seque os azulejos. 

 

Veja-Limpeza-Pesada-Cloro-Ativo-2-em-1-1L-1772023

Veja Limpeza Pesada Cloro Ativo 2 em 1 1L (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Vinagre

O vinagre é um produto que muitas famílias possuem em casa e é ótimo para diversos tipos de limpeza! Usando o mesmo processo da água sanitária ou cloro, borrife o vinagre generosamente e deixe agir por um bom tempo. Depois, com uma escovinha, esfregue delicadamente o rejunte. Enxague e seque para finalizar. 

 

Escova-Novica-cantos-112-Bettanin-1450026

Escova Noviça cantos 112 Bettanin (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Bicarbonato

Faça uma mistura com uma parte de bicarbonato, duas partes de água e o suco de um limão espremido. Aplique essa pastinha no rejunte dos azulejos. Aguarde cerca de 10 minutos. Esfregue com uma escovinha, lave e seque

 

Bicarbonato e água oxigenada

Misture uma parte de bicarbonato de sódio com duas partes de água oxigenada. Aplique e deixe agir por 5 minutos. Use uma escovinha para dar o acabamento e limpe com água.  

 

Sugestão de matérias: Buscando mais dicas? Confira 14 itens que não podem faltar no kit de limpeza, 5 dicas de limpeza e organização da casa, truques de limpeza para 5 tipos de piso e aprenda como fazer a limpeza pós-obra

 

Produtos de limpeza multiuso

Fáceis e práticos de usar, os produtos multiuso são encontrados facilmente nos mercados e já vêm prontos para uso, bastando apenas borrifar e esfregar com um pano ou esponja. Inclusive, há alguns específicos para banheiros, que tiram o limo dos rejuntes. 

 

Esponja-Magica-Scotch-Brite-3M

Esponja Mágica unitária azul e branco Scotch-Brite (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Sal, detergente e vinagre

Outra boa opção para limpar os rejuntes é misturar uma medida de vinagre branco, uma de água quente, uma medida de sal e duas colheres de detergente líquido. Passe no rejunte, aguarde aproximadamente 15 minutos e, então, esfregue com uma esponja ou escovinha. Em seguida, lave com água.

Evite usar produtos abrasivos, como ácidos, soda cáustica e aguarrás na limpeza dos rejuntes dos azulejos, pois podem corroer e danificar o rejunte, como também o próprio azulejo.

 

Gostou das dicas para renovar o rejunte da parede?

Agora que você já sabe como renovar o rejunte, não há mais motivos para deixá-lo encardido. Então, mãos à obra! Aproveite também para conhecer a loja virtual da Telhanorte e encontrar rejuntes, argamassas, espátulas, azulejo e tudo que você precisa para a reforma. Aproveite nosso cartão de crédito Telhanorte e acesse as melhores condições de pagamento do mercado.

 

Qual o melhor rejunte para piscina?

 

Edição de Vinicius Marques e João Victor Quintino

Como usar pastilhas de vidro? Aprenda e decore a casa

parede-mosaico-cozinha-pastilha-vidro-cor-frontao-bancada

| Banheiro

Você acha pastilhas de vidro lindas, mas não sabe aplicá-las ou combiná-las em ambientes que não o banheiro ou a cozinha? A Telhanorte te ajuda!

 

A variedade de cores, estilos e formatos das pastilhas de vidro transformaram essa peça na “queridinha” dos projetos de decoração residencial. Saber como usá-las na sua casa te ajudará a criar ambientes muito mais coloridos e estilosos, sem fazer uso da pintura.

E se, automaticamente, você pensou somente em cozinhas ou banheiros decorados com pastilhas de vidro, é hora de ampliar seus horizontes. Afinal, o efeito de mosaico proporcionado por essas peças também pode ser usado na decoração de outros cômodos.

Além da beleza e do brilho, essas peças são resistentes, fáceis de limpar e não exigem muita manutenção. Com tantas vantagens, é difícil resistir à tentação de usá-las para dar mais vida aos ambientes.

No entanto, atente-se! O material não deve ser usado em toda e qualquer situação. Para não errar na mão, confira o guia que preparamos sobre como e onde usar as pastilhas decorativas de vidro.

 

Como usar pastilhas de vidro na sua casa

Por sua versatilidade, as pastilhas de vidro podem ser associadas a todos os estilos de decoração. Contudo, é importante ter em mente que elas precisam harmonizar com os tons que você usar no restante do cômodo.

Isso não significa que elas devam ser da mesma cor… Pelo contrário! Além da opção de brincar com nuances de uma mesma paleta, pode ser interessante mesclar diferentes tons para criar pontos de contraste em ambientes menos coloridos.

O que ocorre é que, às vezes, as cores das pastilhas condizem com as tintas para parede ou itens de decoração, mas, por se tratarem de objetos reluzentes, elas podem acabar destoando da efeito fosco que predomina em um espaço.

Por isso, antes de usá-las, tenha certeza que o seu brilho vai se adequar ao ambiente que você deseja criar. Mas não tenha medo de ousar!

A fim de sair do óbvio, você é livre para apostar nas mais diversas composições e, para isso, não faltam modelos de pastilhas de vidro no mercado para você experimentar.

As pastilhas mais comuns são aquelas já fixadas em uma tela com cores uniformes – como é o caso da pastilha vermelha Vidro Real (adquira já em nossa loja virtual!). A vantagem aqui é que você encontrará uma variedade cromática muito maior do que de outros revestimentos, como os azulejos.

 

Pastilha-de-vidro-vermelha

Pastilha de vidro 30x30cm vermelha Vidro Real (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Também é comum encontrar as chamadas miscelâneas, que mesclam cores e padrões diferentes na mesma peça. Uma opção interessante é a composição desse estilo que forma estampas e desenhos. Nosso e-commerce está abastecido com pastilhas miscelânea malta Vidro Real e diversas outras opções para você. Não deixe de conferir.

 

pastilha-mosaico

Pastilha de vidro 31x31cm malta Vidro Real (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Existem, também, as peças redondas ou hexagonais, muito usadas pelo design de interiores nos últimos anos. A fim de comprar esse modelo de pastilha Glass branca? Acesse nosso site e destaque suas paredes!

 

Pastilha-de-vidro-Glass-branca

Pastilha de vidro Glass 31,5×31,7cm branca Portinari (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Uma tendência ainda mais recente são as pastilhas tijolinho, que têm formato retangular e são colocadas alternadamente. No mercado, existem opções em vidro, porcelanato ou pedra, cada qual com sua singularidade.

 

pastilha-vidro-tijolinho

(Foto: Arquidicas / Reprodução)

 

Onde usar pastilhas de vidro

Famosas por sua resistência à umidade, as pastilhas de vidro são muito usadas em banheiro e cozinhas. Nesses dois cômodos, é comum usar faixas horizontais ou verticais do material para proteger áreas sujeitas à água, como a parte posterior das pias.

Por outro lado, o uso do material também ajuda a criar uma sensação de amplitude. Dessa forma, um banheiro com pastilhas de vidro pequenas costuma parecer maior do que realmente é.

Aliás, se você quer saber como ampliar um ambiente, descubra em nosso blog alguns truques simples usando técnicas de decoração e montagem e cheque mais opções de revestimento para parede interna com umidade.

 

Expandindo para outros ambientes

A versatilidade de cores e formatos permite também que as pastilhas extrapolem as fronteiras da cozinha e do banheiro. Por isso, é cada vez mais comum usá-las na decoração de outros ambientes.

Mesmo que esses cômodos estejam pintados com cores menos vivas, não tenha medo de ousar. Aposte na variedade cromática e capriche no visual dos espaços onde você vai relaxar.

Para quem prefere um ambiente retrô, a dica é investir nas miscelâneas, tanto as coloridas como as em preto e branco. Agora, se a ideia é dar um ar mais clean, a pastilha monocromática é a melhor alternativa, principalmente combinada com revestimentos cerâmicos de cores neutras.

Abaixo vemos as pastilhas mescla amolite, um ótimo exemplo para contrabalancear tons muito básicos. Encontre esse e demais modelos acessando a loja virtual da Telhanorte.

 

Pastilha-de-vidro-mescla

Pastilha de vidro 30x30cm mescla amolite Vidro Real (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Lembre-se, o tamanho das peças deve sempre seguir o tamanho do ambiente.

Você pode, por exemplo, apostar em pastilhas pequenas para cobrir a parede inteira de uma varanda — levando mais cor à área externa da sua casa — ou para criar faixas em ambientes nos quais o uso é menos comum — como uma sala de estar ou um quarto — e obter aquele toque de sofisticação.

Porém, se a ideia é revestir áreas maiores, como piscinas, pisos ou muros, o ideal é usar pastilhas de vidro grandes. As pastilhas Mescla Safira da Royal Gres são uma boa pedida para esse uso.

Pastilha-de-vidro-Mescla-azul

Pastilha de vidro Mescla Safira 30x30cm azul Royal Gres (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Confira mais em: Qual o melhor rejunte para piscina

 

Como colocar pastilhas de vidro

Após conhecer as qualidades e aplicações das pastilhas de vidro, é importante que você conheça, também, uma pequena desvantagem.

A instalação do material exige muito cuidado, pois uma aplicação mal feita pode facilitar o aparecimento de mofo nas suas paredes.

Por isso, essas peças devem ser colocadas por pessoas que realmente entendem desse tipo de serviço. Não pense duas vezes antes de chamar um profissional qualificado!

Caso você mesmo vá fazer o serviço, tenha em mente que o reboco deve estar bem feito e nivelado. Afinal, o material das pastilhas deixará qualquer defeito da parede bem exposto.

Já o procedimento de instalação é o mesmo de azulejos: sempre de baixo para cima. Isso é necessário porque as pastilhas são pesadas e devem ser bem assentadas para não ficarem tortas. O assentamento pode ser feito com cola para azulejos ou argamassa específica.

E se você quer acertar de primeira na argamassa para aplicar pastilhas de vidro, opte por aquelas que já vêm com o rejunte, para dar um acabamento mais profissional. Nossa sugestão é investir na argamassa Quartzolit para pastilhas internas e externas, a qual você compra facilmente em nosso site.

argamassa-rejunte-pastilhas-quartzolit

Argamassa Quartzolit para pastilhas externo e interno 5Kg cinza platina (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

O rejunte pode ser branco ou colorido. A vantagem do rejunte incolor para pastilhas de vidro é o preço mais camarada e o fato de deixar as formas mais visíveis.

Esse tutorial passo a passo de como aplicar pastilhas de vidro é perfeito para os iniciantes ou para aqueles que querem se aprofundar mais no processo. Vale a pena dar uma olhada!

 

Onde comprar pastilhas de vidro

Agora que você já sabe como usar pastilhas de vidro na decoração da sua casa, pode ser que surja uma última pergunta: onde comprá-las?

A Telhanorte se orgulha em ser referência quando o assunto é acabamento, pisos e revestimentos. E não é novidade para ninguém que material de construção na Telhanorte é sinônimo de qualidade aliada aos melhore preços.

Então, nem precisa pensar duas vezes! Na seção de Pisos e Revestimentos, você encontrará opções ideais para todos os cômodo da casa, em várias cores e tendências. Não durma no ponto e acesse agora a loja virtual da Telhanorte para fazer seu pedido.

Encha seu carrinho com as mais belas pastilhas de vidro para deixar sua casa ainda mais estilosa.

 

Edição de Murilo Bonício e Camila Alexandrino

Como limpar o rejunte dos ambientes?

Hand,With,A,Spatula,Seals,The,Joints,On,The,Tiles

| Construção

Com o passar do tempo, é inevitável que a sujeira se acumule nos vãos entre os pisos, gerando uma aparência encardida ao rejunte. Se você passa por problemas assim, este artigo é para você!

 

Você sabia que, além de dar o toque final ao acabamento dos revestimentos, os rejuntes também são responsáveis por vedar o piso, evitando a entrada de sujeira nas frestas? Diante dessa informação, entender como limpar rejunte torna-se ainda mais importante, não é mesmo?

Vamos compartilhar alguns segredos para limpar o rejunte do piso no pós-obra, banheiro ou cozinha, além de dar dicas infalíveis para deixar o acabamento branquinho novamente!

 

Como limpar rejunte de porcelanato ou cerâmica pós-obra?

Ah, o pós-obra! Só quem viveu a experiência sabe como fica um ambiente com piso recém-rejuntado. É poeira para todo lado!

Mas não há motivo para desespero. Seguindo as dicas abaixo, descobrir como limpar rejunte de porcelanato ou cerâmica pós-obra vai ser moleza!

Após esse processo, o rejunte deve ser limpo periodicamente para evitar o acúmulo de sujeiras profundas no material.

 

Como limpar rejunte de banheiro e cozinha?

Descobrir como limpar rejunte de banheiro e cozinha é um dos grandes desafios de quem busca um ambiente limpo. Ambos os cômodos tendem a acumular sujeira por diversas razões – umidade, gordura, e por aí vai. Por isso, é importante ter em mãos as armas certas para enfrentar quaisquer desses vilões. A seguir, separamos as principais receitas para eliminar encardido, gordura e manchas no rejunte e nos azulejos do banheiro e da cozinha.

 

banheiro-piso-preto

(Foto: Reprodução / Unsplash)

 

1. Rejunte encardido

A melhor forma de começar a eliminar o encardido do rejunte é usando água e uma escova com cerdas duras (pode ser até escova de dentes, mas em lojas especializadas há materiais específicos para esse tipo de limpeza). Pulverize água morna no rejunte e esfregue com movimentos circulares, deixando secar e repetindo conforme a necessidade.

 

2. Sujeiras pesadas

Para sujeiras mais pesadas e manchas leves, a água morna pode não ser suficiente. Por isso, lance mão de uma solução caseira confiável e efetiva: o mix de vinagre e água. Misture, em um frasco, duas porções iguais de água e vinagre e pulverize sobre os rejuntes e azulejos. Deixe a mistura agir por cinco minutos e limpe em seguida, com a ajuda da escova de cerdas rígidas.

Para um resultado ainda melhor, combine a estratégia com uma pasta feita com a mistura de bicarbonato de sódio e água e, em seguida, pulverize a solução de vinagre e água. Tão logo a mistura pare de espumar, esfregue o rejunte com uma escova e enxágue com água.

 

3. Rejunte amarelado

Quando o rejunte acumular manchas mais profundas, adquirindo um aspecto amarelado, a água sanitária (ou lixívia) pode ser uma boa opção de limpeza, capaz de deixar o acabamento branco novamente. Abra bem as janelas do ambiente antes de utilizar a solução para garantir a ventilação da substância. Aplique-a sobre o rejunte do azulejo manchado, deixe agir por 10 minutos e enxágue com água limpa.

 

4. Rejunte engordurado

Esse é um problema comumente encontrado em cozinhas e áreas gourmet. A gordura acumulada nos rejuntes pode ser um problema difícil de resolver.

Nestes casos, lance mão do cloro como alternativa de limpeza. Mas lembre-se sempre de que é preciso usar com moderação: por ter características cáusticas, o cloro pode corroer o rejunte a médio/longo prazo e, o que poderia ser uma solução útil, pode acabar se tornando um problema ainda maior!

 

Como limpar rejunte com bolor, mofo e limo?

Quando falamos de bolor, mofo ou limo, precisamos pensar em soluções com maior poder de limpeza. Isso, porque tais sujidades podem ser profundas, o que torna mais difícil eliminá-las com as sugestões acima.

Pensando nisso, preparamos duas dicas de limpeza alternativas específicas para esse tipo de problema:

 

1. Água oxigenada

Uma das saídas para limpar o rejunte com bolor, mofo e limo é utilizando água oxigenada. A aplicação pode ser feita diretamente no rejunte, com a solução pura, ou em uma mistura com bicarbonato de sódio.

 

2. Vinagre puro

Apesar de não ter o melhor odor, o vinagre é uma solução bastante eficaz para eliminar o mofo. Nesse caso, é preciso utilizá-lo puro, sem diluir na água. Também não é necessário enxaguar: após duas horas, o cheiro se dissipa e a superfície estará como nova!

 

Como aplicar rejunte sobre rejunte?

Em alguns casos, descobrir como limpar rejunte não vai ser suficiente para eliminar de vez as manchas e sujeiras acumuladas. O ideal, nesses momentos, é renovar o rejunte, aplicando um selante em seguida. A melhor forma de renovar o rejunte é tirando o excesso com um raspador, tomando cuidado para não danificar o piso. Em seguida, é preciso aplicar o novo acabamento, finalizando com um selante impermeabilizante.

O processo de limpeza do rejunte recém-renovado é o mesmo que descrevemos no começo do artigo: pano úmido, pano seco, escova com detergente e água. Aproveite para adquirir argamassa e rejunte na loja virtual da Telhanorte. Lá, é possível parcelar sua compra e você recebe tudo na sua casa!

 

Edição de João Victor Quintino e Murilo Bonício 

Como colocar porcelanato no piso: faça você mesmo!

revestimento-porcelanato-instalar-instalacao-aplicar-piso

| Construção

 

O porcelanato é um dos pisos mais desejados do mercado, seja por beleza, praticidade ou facilidade de instalação. Que tal aprender como instalar?

 

É claro que a melhor opção é sempre contratar um profissional acostumado a realizar esse tipo de instalação, mas se você quiser realmente colocar a mão na massa e aprender como colocar o piso de porcelanato, siga este guia criado especialmente para te ajudar.

Se essa é a sua primeira vez, talvez você tenha alguma dificuldade com a aplicação, por isso tenha alguém à disposição para te ajudar, se preciso.

 

Passo a passo: como colocar porcelanato

1. Deixe o contrapiso pronto

O contrapiso é o que fica abaixo do porcelanato que será aplicado. É importante que ele esteja limpo e seco, sem resíduos. Se você for aplicar o porcelanato em cima de um outro piso já existente, talvez seja necessário lixá-lo antes de colocar o porcelanato. Caso seja um contrapiso novo, ele deve estar pronto há pelo menos 14 dias antes de aplicação do porcelanato.

Em construções, é extremamente importante que você confira o caimento da água antes de instalar o piso, dessa forma é mais simples arrumar qualquer erro, sem perder todo o trabalho que você teve para aplicar o piso. E por último, porém não menos importante, analise se a superfície está nivelada. Caso não, nivele-a antes de seguir com os demais passos.

 

2. Aplique a argamassa

A argamassa é o que fará o papel de cola e fixará o piso – neste caso o porcelanato – no contrapiso. Você deve prepará-la conforme a descrição contida na embalagem do fabricante.

Em seguida, aplique-a no contrapiso com a ajuda de uma desempenadeira, usando o lado liso da ferramenta para despejá-la. Depois, use o lado denteado para formar cordões (ou ondas) na argamassa e deixe-a homogênea. Você pode pedir ajuda de alguém para realizar essa etapa, para acelerar o processo. Enquanto uma pessoa aplica a argamassa, a outra espalha.

 

argamassa-aplicacao-piso-porcelanato-instalacao

Espalhe igualmente a argamassa pela superfície (Foto: Biomassa / Reprodução)

 

Para que o porcelanato fique adequadamente posicionado, você deve usar cerca de 1 centímetro de espessura de argamassa. Já em modelos com medidas maiores (acima de 30×30cm), é indicado que o porcelanato seja assentado em camada dupla. Para isso, além de aplicar a argamassa no contrapiso, aplique também no tardoz (o verso do piso).

Atenção: Não existe apenas um tipo de argamassa! Caso você tenha intenção de aprender como colocar porcelanato no banheiro, na cozinha ou no piso para área externa, por exemplo, busque por peças indicadas para esses ambientes.

 

3. Aplique o porcelanato

Com o contrapiso pronto e a argamassa aplicada, é hora de assentar o porcelanato. Se você está aprendendo a como colocar o porcelanato do zero, faça tudo com muito cuidado! Movimente as peças até que elas fiquem na posição ideal – nem muito longe, nem muito próximas umas das outras.

 

Para tanto, algumas informações são importantes:

 

Cuidado: O porcelanato, enquanto está sendo instalado, pode quebrar muito facilmente! Por isso, realize cada uma das etapas com muita atenção, sem pressa.

 

4. Limpe as sobras

Fique tranquilo, ter sobras é muito comum. Enquanto você aplicar o porcelanato, vá eliminando o excesso de argamassa – que comumente fica no piso – com o auxílio de uma esponja ou pano úmido.

 

5. Utilize o rejunte adequado para cada tipo de piso

A última etapa é a aplicação do rejunte. É ele que irá garantir o acabamento perfeito no piso. Além da estética, sua função também é evitar infiltrações e compensar possíveis irregularidades – prováveis de acontecerem quando você está aprendendo como colocar o porcelanato.

Assim como existem diferentes tipos de porcelanatos, você também pode encontrar diferentes opções de rejuntes à venda, entre eles:

Além dos tipos e usos específicos, o rejunte pode variar em relação à cor. Fique atento a esse fato para compor a decoração do ambiente de acordo com a sua vontade! É importante adquirir todo o porcelanato necessário de uma única vez, para não correr o risco de ter alterações de tons e cores em diferentes lotes.

Em ambientes que possuem alto trânsito de pessoas, é indicado um rejunte escuro para facilitar a limpeza do local.

 

Sugestão de matéria: Descubra 4 tipos de porcelanato para a área externa da sua casa, se inspire com imagens de ambientes com porcelanato amadeirado e aprenda como escolher um modelo de porcelanato amadeirado

 

Pronto! Demorou um pouco, mas você definitivamente aprendeu como colocar piso de porcelanato!

Sua última preocupação deve ser manter o ambiente sem trânsito de pessoas por pelo menos 7 dias após a aplicação. Caso a obra não possa parar, os profissionais podem ser liberados para trânsito após 3 dias!

 

Onde comprar ferramentas e revestimentos?

Antes de começar a obra, é importante que você tenha em mãos todas as ferramentas, produtos e peças que indicamos ao longo do texto e que serão usadas por você. Na hora de realizar a compra, visite a loja virtual da Telhanorte! Temos um departamento completo de Pisos e Revestimentos com tudo que você precisa para a obra: Acabamentos para PisoArgamassa e Rejunte, Pastilhas, Pisos, Porcelanatos e mais!

Teve alguma dúvida na hora de comprar? Entre em contato com a equipe da Telhanorte pelo WhatsApp ou acesse o site, faça seu pedido e receba tudo em casa!

 

Porcelanato amadeirado: como escolher um modelo

 

Edição de Murilo Bonício e Vinicius Marques

Qual o melhor rejunte para piscina?

rejunte-piscina

| Área Externa

 

Você já fica imaginando os dias de calor que serão aproveitados em família, com amigos ou até sozinho, mesmo durante a construção da sua piscina? Para curtir ainda mais, vamos te contar qual o melhor rejunte para piscina!

 

Quando começamos uma obra, seja uma construção ou apenas uma pequena reforma, nem sempre dominamos as informações sobre todos os produtos que serão usados. O rejunte é um desses itens que a maioria das pessoas já ouviu falar, mas nem sempre entende para que serve e como ele deve ser aplicado.

Sendo assim, ao começar a construção ou reforma de sua piscina, é importante não esquecer esse item fundamental. Por isso, vamos te mostrar dois melhores tipos e explicar qual a função desse produto tão necessário para garantir a beleza, segurança e durabilidade da sua piscina.

 

aplicação-limpeza-rejunte

Aplicação e limpeza de rejunte (Foto: Blog Policenter / Reprodução)

 

A função do rejunte

Antes de respondermos qual o melhor rejunte para piscina, é importante entender sobre a função desse material em uma obra.

Algumas pessoas ainda se confundem entre argamassa e rejunte. Enquanto o primeiro é utilizado para o assentamento dos pisos e revestimentos, o segundo é utilizado para fazer o acabamento entre suas juntas.

Além dessa função, o rejunte também apresenta outras funcionalidades como:

É importante destacar o desempenho estético do rejunte que pode ser usado como parte da decoração, variando de acordo com o estilo adotado pelo ambiente.

 

parede-rejunte-colorido

Parede com rejunte colorido fazendo parte da decoração (Foto: Design Sponge / Reprodução)

 

Qual o melhor rejunte para piscina?

As duas melhores opções de rejuntes para piscinas são: o rejunte cimentício aditivado e o rejunte Epóxi.

Mas antes de falar especificamente sobre eles, é interessante conhecer rapidamente os tipos de rejuntes que você encontra no mercado:

Saber a opção certa para piscina é fundamental para o resultado que você quer alcançar.

 

Como já dito, uma das funções do rejunte é proteger o revestimento para piscina – pisos e paredes – da penetração da água. No caso de piscina, é muito importante escolher bem o rejunte, porque ele será o responsável por aguentar a pressão da submersão na água sem se soltar do revestimento, evitando prejuízos futuros.

Atualmente, muitas marcas já indicam diretamente na embalagem quando o uso é apropriado para piscinas, então, a compra fica mais fácil.

Mas voltando a questão: Qual o melhor rejunte para piscina? O cimentício aditivado ou o epóxi, afinal?

O rejunte cimentício aditivado para piscinas oferece resistência e é impermeável, o que impede que a água passe pelo revestimento. Sua composição inclui cimento, minerais e aditivos.

rejunte-para-piscina-Quartzolit

Rejunte Piscina 5kg cinza platina Quartzolit (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Já o rejunte epóxi é resultado da mistura dois componentes: endurecedor e resina. Ambos são encontrados facilmente no mercado, inclusive em uma mesma embalagem. O ideal é que ele seja aplicado de m² em m², devido sua secagem rápida e aplicação mais difícil.

rejunte-para-piscina-epóxi-Quartzolit

Rejunte acrílico Quartzolit Epóxi Superfácil 1Kg branco (Fonte: Acervo / Telhanorte)

 

Ambos são boas opções e atenderão a necessidade básica de construção e proteção do revestimento para piscina. A diferença entre eles está principalmente no preço e no acabamento que oferecem. Enquanto o rejunte Epóxi traz um acabamento de qualidade superior, o rejunte cimentício aditivado é consideravelmente mais barato.

 

É hora de realizar esse sonho!

Agora, com informações mais concretas sobre qual o melhor rejunte para piscina é hora de fazer a sua escolha. Uma dica valiosa é encontrar fornecedores que aliem qualidade de produtos e serviços, com preços baixos e facilidade de pagamento.

Na Telhanorte você encontra revestimentos para piscinas de concreto e alvenaria, bem como rejuntes de grandes marcas do mercado e com preços incríveis.

Quer facilitar ainda mais a sua vida e reduzir o valor de uma piscina? Então pode contar com o cartão de crédito da Telhanorte para parcelar suas compras em até 10x sem juros!

Caso você não queira esperar para fazer o investimento em uma piscina fixa, pode optar pelas piscinas de PVC, que também vendemos em nossa loja virtual e entregamos no endereço de sua escolha.

Ao fazer seu pedido em não se esqueça de conferir nossas seções de iluminação externa, produtos de tratamento para piscina e claro, visitar nosso departamento de pisos e revestimentos, assim você vai deixar seus ambientes ainda mais perfeito!

Acesse agora a loja virtual da Telhanorte!

 

Edição de Camila Alexandrino e Murilo Bonício