revestimento | Blog Telhanorte

Cromoterapia: como aplicar no quarto

cromoterapia-luz-cor-cores-colorido-quarto-ambiente-interno-parede-lampada-led

| Ambientes Internos

 

Entenda o que é e aprenda como aplicar a cromoterapia na decoração do quarto, utilizando o significado das cores para obter benefícios para o corpo e a mente

 

A cromoterapia é considerada um método terapêutico complementar que utiliza as cores e suas diferentes intensidades para o tratamento de questões físicas e emocionais. Por isso, usar a cromoterapia no quarto pode trazer muitos benefícios.

Em 1976, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reconheceu a cromoterapia como uma das principais terapias para complementar tratamentos de saúde. 

A sua aplicação, portanto, utiliza desde os instrumentos médicos para criação de tratamentos até as lâmpadas residenciais e cores de tinta para decoração.

Quer aprender mais sobre cromoterapia no quarto, como aplicar e os benefícios que isso pode trazer para você e sua família?

Continue lendo e confira as dicas que reunimos neste post. 😉

A cromoterapia no quarto é o uso estratégico das cores a fim de explorar seus significados a favor do bem-estar e da saúde física e emocional.

O quarto é um lugar de descanso, onde passamos nossas horas de relaxamento e quanto mais confortável ele for, melhor para a qualidade do sono.

Dormir de seis a oito horas por dia é um desafio para muitas pessoas. De acordo com a Associação Brasileira do Sono (ABS), 73 milhões de brasileiros sofrem de insônia

A expectativa é que 30 a 40% da população sofra com o problema em algum momento da vida e os motivos são variados como obesidade, fadiga, depressão, ansiedade, etc.

Por isso, a cromoterapia no quarto é uma forma de usar as cores para que o ambiente seja agradável, convidativo ao descanso, além de bonito, é claro.

Isso pode ser feito usando:

– a pintura das paredes;

– as lâmpadas de LED coloridas;

– os tecidos como a cor das cortinas, da roupa de cama e das almofadas.

 

Leia também: 7 tipos de tinta para parede + acabamentos para escolher 🎨

Leia também: Como escolher cor para parede: 4 passos + dicas por cômodo.

 

Benefícios da cromoterapia no quarto

Os principais benefícios da cromoterapia no quarto:

– aliviar sintomas de doenças usando cores específicas;

– eliminar o cansaço físico;

– estimular a sensação de bem-estar mental;

– auxiliar no tratamento de transtornos do sono;

– complementar o tratamento de enxaqueca;

– estimular o sistema nervoso central, que é onde acontece o processamento de informações do corpo, essencial para manter o equilíbrio.

 

Como aplicar a cromoterapia no quarto

Uma das formas mais simples de como aplicar a cromoterapia no quarto é usando a pintura das paredes.

Esse acabamento sempre combina com a decoração escolhida, mas nada impede que a cor seja definida pelo seu significado e pelo efeito que ela tem.

Dependendo da intensidade da cor, a tinta pode cobrir uma parede inteira destacando-a no ambiente ou se for de um tom mais claro, pode ser usado para fazer a pintura de todo o cômodo.

Nesse caso, a escolha pode ser baseada no significado de cada cor. Você sabe o que cada uma representa? Continue lendo e confira.

 

Significados e psicologia das cores

Cada espectro de cor expressa um significado e eles podem ser explorados para criar uma decoração que inspira tranquilidade, frescor ou energia.

Conheça a psicologia das cores dos principais tons usados na cromoterapia no quarto:

 

Azul

quarto-azul-cromoterapia

O azul é uma cor curinga para a cromoterapia no quarto, pois transmite a sensação de calma, relaxamento e tranquilidade.

Dessa forma, consegue ajudar a melhorar a qualidade do sono, sendo uma forma de auxiliar o tratamento da insônia.

Além das tintas de parede nessa cor, os tons de azul podem ser colocados nas cortinas, almofadas da cama, roupas de cama, iluminação do abajur, entre outros.

 

Verde

quarto-verde-cromoterapia

O verde também funciona para a cromoterapia no quarto para trazer calma, tranquilidade, relaxamento e frescor. Também é a cor símbolo da esperança, criando uma atmosfera mais positiva.

A vantagem é que o verde combina com várias outras cores, ajudando a criar uma decoração mais versátil.

 

Branco

quarto-branco-cromoterapia

Na cromoterapia no quarto, o branco traz sua simbologia mais tradicional: a sensação de paz. Outro aspecto da psicologia dessa cor é a limpeza e a pureza.

Por ser uma cor neutra, combina facilmente com outras cores e estampas de diversos formatos como florais, geométricos, entre outros. 

 

Lilás

quarto-lilas-cromoterapia

O lilás significa sossego, relaxamento e tranquilidade. Além disso, acredita-se que esse tom é um purificador, transformando energia ruim em energia boa.

Dica: se você tem um cantinho de leitura ou estudo dentro do quarto, pinte a parede de apoio de lilás, pois ela também estimula o intelecto e a criatividade. 

 

Rosa

quarto-rosa-cromoterapia

O rosa também é uma opção de cor de tinta com resultado visual muito bonito na decoração. A cor é associada à feminilidade, à leveza e ao amor.

A paleta de cores, mesmo os tons mais delicados, é considerada vibrante. Então, é importante equilibrar a aplicação e combinar com outras cores mais calmantes.

 

Amarelo

quarto-amarelo-cromoterapia

O amarelo também tem uma psicologia muito positiva para a cromoterapia no quarto. É uma cor iluminada, alegre e quente.

A cor também está associada a melhora na concentração, raciocínio e comunicação. Geralmente, os tons mais claros são aplicados no quarto.

Como o objetivo dos dormitórios é relaxar, é recomendado evitar cores como laranja, vermelho, roxo e marrom.

Conheça as 4 cores de tinta para parede que são tendência e dicas para escolher a ideal para sua casa. 

 

Cromoterapia no quarto com lâmpadas

cromoterapia-quarto-lampada

Se não estiver nos seus planos uma reforma para mexer na pintura da parede, outra maneira de fazer cromoterapia no quarto é usando lâmpadas.

Os principais modelos são as lâmpadas de LED coloridas, controladas por controle remoto que vem junto com o produto. 

Lampada-Led-Taschibra-Smart-Colors

Lâmpada Led Taschibra Smart Colors – Veja mais.

Esse tipo de lâmpada é ideal para ser colocado em luminárias, mas também pode ser colocado no teto.

 

Gostou das dicas de cromoterapia no quarto?

A pintura e a iluminação do quarto podem ser mais que detalhes estéticos decorativos, a cromoterapia no quarto é uma forma de criar um ambiente com propósito e focado no bem estar da família.

Confira as opções completas das categorias de Tintas e Iluminação que a Telhanorte tem para você!

 

Edição por Vinicius Marques

Parede de chapisco: como pintar?

parede-chapisco-impermeabilizacao-pintura-cor-argamassa-decoracao-acabamento

| Área Externa

 

Entenda como pintar uma parede de chapisco usando dois métodos diferentes e confira dicas para organizar o serviços antes, durante e depois da pintura

 

Acabamento em chapisco não é sinônimo de parede mal acabada. Por isso é importante aprender como pintar parede de chapisco da melhor forma, levando em consideração alguns detalhes, tanto para agilizar o serviço, quanto para fazê-lo da forma correta. 

O chapisco é uma argamassa feita geralmente de cimento e areia e é aplicado direto na alvenaria, formando uma camada irregular sobre a parede. Sua função é dar mais aderência ao reboco, mas ele também funciona como acabamento final para paredes em áreas externas, como muros. Costuma-se também aplicar um impermeabilizante na argamassa do chapisco, a fim de evitar infiltrações, uma vez que os muros ficam expostos no ambiente. A maioria das pessoas prefere pintar o chapisco, para dar um acabamento mais bonito e harmonioso.

Apesar da superfície irregular do chapisco ser mais trabalhosa de pintar, a tinta adere sem dificuldades. Assim, confira agora nossas dicas para realizar a pintura de superfícies de chapisco. Boa leitura!

 

Guia de como pintar parede de chapisco

 

muro-chapisco-pintura-tinta-pintar-cinza-parede-rua

Muro de chapisco pintado de cinza (Foto: Chácara Justo / Reprodução)

 

1. Forre o chão próximo à parede

Pintar paredes sempre gera uma bagunça. Assim, como em qualquer outro processo de pintura, forre o chão próximo à parede de chapisco com uma lona preta ou folhas de jornal. Além de proteger o piso dos respingos de tinta, você ganha uma superfície para trabalhar e poder apoiar os outros materiais.

 

2. Escolha uma tinta para parede externa

Para prolongar a vida útil da pintura e manter a cor viva e bem acabada por mais tempo, use uma tinta própria para parede externa. Caso seja um muro, as cores escuras são mais recomendadas, como alguns tons de cinza. Mas você também deve considerar o ambiente como um todo, para escolher a cor que melhor harmonize com o conjunto da obra.

 

Sugestão de matéria: Confira em nosso blog Quais os Principais Tipos de Tinta para Parede e aprenda Como Escolher a Cor para Parede de Cada Cômodo

 

3. Faça a diluição da tinta

Para render a aplicação, o recomendado é diluir a tinta, ao pintar a parede de chapisco. As tintas à base de água são diluídas em água e as tintas a óleo são diluídas em aguarrás.  Dependendo do método de pintura escolhido para fazer a pintura, a proporção de diluente necessária varia. Para pintura com trincha ou broxa, a proporção do diluidor varia entre 10 e 20%. Para pintura com pistola compressora, a tinta precisa estar mais diluída, para passar pelo canal da ferramenta. Então a proporção de diluentes é entre 20 e 30%. 

Atenção: É muito importante que você confira as orientações na embalagem da tinta escolhida, para poder fazer a diluição de maneira correta.

 

4. Escolha o método de pintura

As duas formas mais eficientes de fazer a pintura de chapisco são utilizando:

– Trincha ou broxa;

– Pistola com compressor.

Atenção: Pintar a parede chapiscada apenas com um rolo não traz bons resultados, porque a tinta não adere nas reentrâncias da parede e o acabamento não fica uniforme.

 

Confira em nossa loja: Acessórios para Pintura

 

5. Aplique a tinta 

O processo de pintar a parede de chapisco com trincha ou broxa vai exigir força no braço, mas o resultado é uma pintura homogênea com apenas uma demão. Escolha uma trincha ou uma broxa grande, para ter mais eficiência no preenchimento de toda a parede. Use uma bandeja de pintura para manusear a tinta com maior facilidade. 

Apesar de não recomendarmos o uso exclusivo do rolo para a pintura, uma boa dica é utilizar ele como um auxiliar para a aplicação com a broxa, evitando que a tinta escorra pela parede. O processo é simples: primeiro você espalha a tinta utilizando-se da broxa e, antes que ela seque, você passa o rolo na área pintada, fazendo com que o excesso de tinta se espalhe ou seja absorvido pelo rolo.

Já no caso da pistola compressora, além da também ficar uniforme, a pintura por meio dela é mais rápida. No entanto, são necessárias geralmente duas demãos. Além disso, vale dizer que o preço de uma pistola compressora é mais elevado que o de uma trincha ou da broxa.

 

6. Aguarde a secagem

Depois de aplicar a tinta em toda a superfície da parede, é só aguardar o tempo de secagem necessário para conferir o resultado da pintura.

 

Dicas para pintar parede chapiscada

 

parede-chapiscada-chapisco-cinza-textura-pintura-como-pintar

Parede chapiscada (Foto: Deposit Photos / Reprodução)

 

– Como se trata de uma pintura externa, escolha um dia de tempo firme e ensolarado para fazer a pintura do muro. Assim, você evita a chuva e outras intempéries que podem prejudicar o resultado.

– Se você usar a pistola compressora, mantenha a mesma distância (de 20 a 25 cm) da parede durante a pintura, para garantir um acabamento homogêneo na aplicação da tinta.

– Use luvas de proteção para manipular a tinta e fazer a diluição sem sujar as mãos. É importante especialmente se for utilizada tinta à base de óleo, que é diluída com aguarrás e pode sensibilizar a pele. 

– Coloque também um colete de proteção, ou uma roupa velha, para evitar que os respingos manchem as roupas.

– Para evitar que partículas invisíveis entupam o bico da pistola compressora, é recomendado filtrar a tinta com um filtro adequado, seguindo as orientações do manual de instrução do objeto.

– Coloque o bico da pistola compressora na posição vertical para ter mais agilidade na aplicação da tinta durante a pintura da parede. 

– Limpe todos os acessórios ao final do trabalho. A tinta à base de água é mais fácil de ser removida dos acessórios. A tinta a óleo pode ser removida com aguarrás. 

– Deixe os pincéis secarem ao ar livre antes de serem guardados, para evitar o surgimento de mofo.

 

Gostou das dicas?

Se você tem uma parede chapiscada em casa e quer dar um acabamento diferente para ela, siga o passo a passo e as dicas acima para acertar na pintura! Confira no site da Telhanorte as opções de Tintas e Corantes e também de Acessórios para Pintura para ter produtos de qualidade no acabamento da sua casa!

 

Edição por Vinicius Marques e Stéphanie Durante

Casa de campo: 5 dicas para uma boa decoração

casa-de-campo-minexco-1024x639

| Ambientes Internos

 

Confira dicas e fotos para decorar uma casa no campo com estilo!

 

Quem não gostaria de relaxar em um lugar cercado por montanhas, árvores e ar puro, não é mesmo? Em uma casa de campo, a decoração tem um poder fundamental na criação de uma atmosfera relaxante. Ao lado de uma boa infraestrutura, organização, limpeza e recursos, o estilo decorativo da casa é o que traz aos moradores conforto e aconchego.

Por isso, saber como decorar uma casa de campo é essencial, para valorizar a tranquilidade que a natureza ao redor proporciona.

Está reformando e precisa de ideias? Confira as dicas de decoração para casa de campo que separamos neste post e algumas fotos para te inspirar.

 

Dicas de decoração para casa de campo

 

1. Defina o estilo geral da decoração

O primeiro passo para decorar o ambiente é definir o tipo de decoração que vai predominar na casa. Vamos destacar duas tendências utilizadas no campo. São elas:

– decoração rústica;

– decoração industrial.

 

Decoração rústica para a casa de campo

A decoração rústica tem a madeira como elemento predominante em sua composição. O material pode estar em móveis, nos itens de decoração e até na estrutura da casa (paredes, teto e varandas). Além de combinar perfeitamente com uma casa em meio à natureza, a madeira trabalhada também acrescenta sofisticação e charme para a decoração. Em conjunto com outros elementos, cada detalhe ganha destaque e presença no ambiente. 

 

conheca-a-casa-nas-montanhas-do-ator-ricardo-tozzi08

Interior rústico com vista ampla para montanha (Foto: Fran Parente / Casa Vogue / Reprodução).

 

Decoração industrial para casa de campo

A decoração industrial é mais utilizada em apartamentos e casas urbanas do que no campo, mas com as combinações certas (detalhes metálicos, vigas e estruturas expostas, cimento queimado e o couro), o estilo consegue ornar com algo mais rústico, tornando-se perfeito para a casa rural.

Esse estilo, inclusive, combina muito com a madeira, trazendo mais modernidade para o visual da casa. Sofás de couro vintage, luminárias pendentes e de chão, escadas metálicas e vigas de ferro são algumas características da decoração industrial que podem ser harmonizadas com o campo.

 

sala-estar-industrial-revestimento-forro-rustico-madeira-moderno-casa-campo-decoracao

Sala de estar com revestimento de madeira natural e vigas aparentes (Foto: Evelyn Muller / Constance Zahn / Reprodução).

 

2. Combine tons terrosos com detalhes coloridos

Outra dica importante é prestar atenção às cores que predominam no ambiente. Tons terrosos como o marrom, bege, caramelo, terracota, areia e verde musgo harmonizam muito bem com o ambiente campestre. Essas cores podem estar no estofado dos sofás e poltronas, no tampo das mesas, nos vasos e nas mesinhas de centro.

Já para trazer um pouco mais de cor para o ambiente, escolha tons alegres e os espalhe em almofadas, flores, quadros, vasos de plantas e demais elementos decorativos. Nas cortinas, os tons pastéis claro ficam excelentes, sendo os tecidos mais comuns na decoração o sisal, a palha e a fibra.

 

 

3. Planeje uma boa iluminação natural

A decoração da casa de campo deve valorizar o que o ambiente em volta tem de melhor e a luz natural é um desses elementos. Para isso, a casa pode ser adaptada de maneira a permitir a entrada de maior quantidade de luz. A principal solução é aproveitar ao máximo o pé direito para instalar janelas grandes de vidro.

Assim, durante o dia, todos os cômodos ficam iluminados naturalmente, sem a necessidade de luz artificial. Já à noite, use luminárias de luz amarela para criar um clima mais aconchegante. Existem opções em LED com essa coloração, que não esquentam, duram mais e ainda economizam energia.

 

09-madeira-no-piso-e-no-teto-traz-acolhimento-a-vivendo-de-campo

Excelente aproveitamento da luz natural em cômodo rústico (Foto: Eduardo Pozella / Casa Abril / Reprodução).

 

Sugestão de matéria: Confira em nosso blog como escolher entre Iluminação Direta, Indireta ou Difusa, quais os Tipos de Pisos para a Área Externa, 5 Espécies de Árvores Frutíferas para ter em casa e conheça mais sobre o Estilo Industrial.

 

4. Capriche no revestimento e acabamento das paredes

Destacamos o revestimento e acabamento das paredes, pois eles têm grande destaque no ambiente, especialmente nos cômodos principais da casa. Entre as opções mais utilizadas estão a parede de tijolinho rústico aparente, os painéis de madeira e as paredes de pedras naturais.

Essas opções combinam tanto com a decoração rústica quanto com a industrial e preservam a beleza e naturalidade do acabamento por anos. 

 

 

5. Invista em uma aconchegante área externa

Se o interior da casa de campo é boa para o descanso, a área externa deve seguir o mesmo padrão de conforto. Se tiver uma piscina, crie um espaço com espreguiçadeiras, para que as pessoas possam conversar e relaxar perto da água.

Em espaços cobertos como varandas, inclua redes e poltronas voltadas para a direção do pôr do sol.  São os detalhes que vão tornar sua casa de campo mais acolhedora e perfeita para receber a família e amigos.

 

 

Gostou das dicas?

Com essas ideias de decoração para a casa de campo, você pode criar um projeto personalizado e com as melhores soluções. Aproveite e confira também a categoria completa de Decoração que a Telhanorte tem para você! São inúmeros itens para deixar cada cantinho com a sua cara.

Veja as condições de entrega para sua região e faça seu pedido online!

 

Edição por: Vinicius Marques e Murilo Bonício

Rodapé: confira os modelos e aprenda como embutir

rodape-estrutura-piso-parede-embutido

| Ambientes Internos

 

Conheça os principais tipos de rodapé e para que servem. Confira como instalar o rodapé embutido e quais as vantagens e desvantagens

 

Há quem opte por não usar o rodapé na construção ou reforma da casa. A escolha é realmente sua, mas, para quem gosta, o rodapé oferece suavidade no arremate do piso com a parede. Além de proporcionar um acabamento de qualidade e ser esteticamente bonito, sua principal função é a de proteção da base da parede contra impactos e produtos que possam danificá-la, como vassouras, rodos, aspirador de pó, cadeiras, móveis, água e produtos de limpeza.

Hoje em dia, há uma enorme variedade de modelos de rodapé no mercado, dos mais discretos aos mais sofisticados, com diferentes tipos de materiais, formatos, tamanhos, texturas, cores. 

Rodape-10cm-Moderna-24-metros-por-caixa-branco-Santa-Luzia

Rodapé de 10cm Moderna 2,4 metros branco Santa Luzia (Foto: Acervo / Telhanorte).

 

Além disso, dependendo do material que será usado, o rodapé tem outra função importante: ele é usado para embutir, proteger e esconder fiação e cabos – fazendo com que o ambiente se torne mais clean.

As três principais formas de instalação são:

Rodapé Convencional ou Sobreposto: é o tipo de rodapé mais comum e utilizado – e de menor custo também. É colocado de forma sobreposta à parede, marcando um certo relevo em sua base.

Rodapé Invertido: é conhecido por esse nome justamente pelo fato de sua instalação ser ao contrário daquela de um rodapé convencional. Ou seja, ao invés das peças ficarem em relevo para fora da parede, o rodapé é instalado dentro de uma cava feita na base, demarcando um recuo interno da parede. Esta instalação faz com que a parede pareça estar “flutuando”, sem tocar o chão.

Rodapé Embutido: é colocado de forma que o rodapé fique no mesmo nível da parede, sem nenhum relevo ou recuo considerável. Suas peças acompanham o alinhamento da parede. Logo abaixo veremos como é feita a sua instalação.

 

Confira em nossa loja virtual: Rodapés

 

 

Como instalar um rodapé embutido?

Esse tipo de rodapé necessita um pouco mais de cuidado do que o rodapé convencional na hora da instalação. Por ser alinhado à parede, o profissional responsável pela instalação deverá deixar a parte debaixo da parede sem reboco, encaixar o rodapé nesse espaço e só então finalizar o acabamento.  Dessa forma, não ficará visível nenhuma borda do rodapé.

Vale lembrar o quanto é importante escolher materiais de qualidade e profissionais qualificados para desenvolver todo o trabalho de construção ou reforma da casa, escritório ou estabelecimento comercial. 

O processo para colocar o rodapé embutido pode seguir as seguintes etapas: 

1. Defina o piso que será colocado, de acordo com o projeto estabelecido; 

2. Defina qual a altura do rodapé que você deseja colocar;

3. Meça toda a extensão, para verificar a metragem de rodapé que será necessária;

4. Definido esses três passos anteriores, compre o rodapé da sua escolha

5. Caso seja possível, solicite o corte do rodapé em uma marmoraria (no caso de rodapés de mármore, cerâmica ou porcelanato), pois assim o corte ficará mais preciso, evitando o desperdício de peças.

 

Depois de comprar o seu rodapé e definir o que será feito, recomendamos que o profissional escolhido siga os passos abaixo:

1. Prepare a parede normalmente, rebocando-a;

2. Deixe um espaço no final da parede sem reboco, perto do piso, para que você possa encaixar o rodapé, de forma a ficar embutido na parede;

3. Faça uma impermeabilização do alicerce da parede e do lado externo do rodapé;

4. Utilize uma massa de cimento, ou argamassa, ou até mesmo colas especiais com alto poder de fixação;

5. Preencha toda a estrutura do rodapé, a fim de evitar quebras posteriores;

6. Use espaçadores como base entre o chão e a parte inferior do rodapé para criar espaços que deverão ser preenchidos com o rejunte;

7. Termine o reboco da parede, não se esquecendo de proteger o rodapé já colocado;

8. Aplique então o rejunte, unindo e finalizando todas as peças;

9. Aguarde a completa secagem (cura);

10. Depois do rodapé estar instalado e a parede rebocada e preparada, já pode seguir para a pintura!

 

No caso de uma obra finalizada, com as paredes prontas, para embutir um novo modelo, o profissional deverá criar um espaço na parede para o rodapéSerá preciso “descascá-la”, tirando todo o reboco exatamente no local em que será embutido o rodapé. O restante do processo é o mesmo, já descrito acima. 

 

Vantagens no uso do rodapé embutido

Entre as vantagens de usar o rodapé embutido, podemos citar: 

1. Permite uma melhor ocupação dos espaços, uma vez que os móveis podem ser bem encostados na parede;

2. Protege a parede dos impactos na hora da limpeza;

3. Protege contra umidades;

4. A depender do modelo, pode impedir o acúmulo de poeira, uma vez que suas bordas estão embutidas na parede, facilitando assim a limpeza;

5. Disfarça possíveis imperfeições;

6. Proporciona uma sensação de continuidade entre parede e acabamento;

7. Pode ser usado também como elemento decorativo, ajudando a emoldurar o ambiente;

8. Transmite a sensação de modernidade e amplitude do ambiente.

 

Desvantagens no uso do rodapé embutido

1. É preciso bastante cuidado com os móveis rentes à parede, para que a mesma não sofra nenhum desgaste e seja danificada;

2. Por ser um processo mais trabalhoso, a instalação do rodapé embutido acaba por gerar um gasto maior com a mão de obra;

3. Por exigir uma maior preparação na instalação do rodapé embutido, o tempo gasto na instalação também aumenta. 

 

Gostou das dicas?

Esperamos que tenhamos conseguido esclarecer suas dúvidas sobre os diferentes modos de instalação do rodapé e sobre como colocar o rodapé embutido. Na loja virtual da Telhanorte, você encontra um setor de acabamentos para piso com rodapés e soleiras de porta, além dos departamentos de pisos e revestimentos, tintas e muito mais. 

 

Edição por: Vinicius Marques e Murilo Bonício

Black Friday 2020: pisos e revestimentos em oferta

pisos-revestimento-precos-promocao-oferta-descontos-pastilhas-black-telha-friday

| Dicas

 

Pensando em reformar? Já deu uma olhada nos nossos descontos em revestimentos? Na Telhanorte você encontra pisos, pastilhas e outras ofertas incríveis!

 

Você com certeza conhece a Black Friday, não é mesmo?  Ela acontece na última sexta-feira de novembro e, nesse ano, ocorrerá no dia 27/11. Muitas pessoas se organizam o ano inteiro para comprar o que precisam nesse dia, já que os preços provavelmente estarão mais acessíveis. E a espera geralmente vale a pena!

 

Sugestão de Matéria: Leia em nosso blog 5 dicas para se planejar e aproveitar a Black Friday!

 

A Telha Friday, a Black Friday da Telhanorte, também é um sucesso! Ao longo de todo o mês de novembro, nós  antecipamos muitos de nossos descontos para que você possa pesquisar e se organizar da melhor maneira. São ofertas imperdíveis dos itens mais variados! Confira agora os principais descontos antecipados da Telha Friday na seção de Pisos e Revestimentos, para você renovar o seu ambiente e viver a sua casa!

E caso você tenha dúvidas de quantas peças de revestimento você precisará comprar, calcule na própria página dos nossos produtos, clicando em “Calculadora de Pisos”.

 

6 descontos antecipados da Telha Friday de Pisos e Revestimentos

 

1. Porcelanato retificado Delta – 21% OFF

Simulando a beleza e o design de uma peça de madeira clara, o Porcelanato retificado Delta possui alta resistência e durabilidade, além de possibilitar uma limpeza fácil e rápida. Sua garantia é de 5 anos.

 

Porcelanato-retificado-54x54cm-Realeza-brilhante-Delta

Porcelanato retificado 54x54cm Realeza brilhante Delta (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

2. Revestimento de parede retificado Ceusa – 22% OFF

O Revestimento de parede retificado Ceusa combina com qualquer estilo de decoração e é de fácil instalação. As peças da marca Ceusa são ideais para o modo de aplicação de junta seca, que não necessita o uso de faixas de rejunte. Sua limpeza também é muito prática e possui um suave acabamento de brilho acetinado.

 

Revestimento-de-parede-retificado-432x91cm-Blanche-interno-liso-Ceusa

Revestimento de parede retificado 43,2x91cm Blanchê interno liso Ceusa (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

3. Porcelanato retificado Elizabeth – 32% OFF

Essa é uma outra opção excelente para combinar a beleza e aconchego da madeira com a praticidade de limpeza do porcelanato! O Porcelanato retificado Elizabeth possui acabamento esmaltado e sua garantia é de até 5 anos.

 

Porcelanato-retificado-165x100cm-Madeira-esmaltado-nature-Elizabeth

Porcelanato retificado 16,5x100cm Madeira esmaltado nature Elizabeth (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

4. Pastilha de vidro Galliano – 39% OFF

As Pastilhas de vidro Galliano do modelo Glass Mosaic trazem um acabamento moderno e atrativo para qualquer ambiente. Sua garantia é de 5 anos e, na compra do produto, cada peça é embalada individualmente em embalagem Blister, para evitar que o material seja danificado no transporte.

Pastilha-de-vidro-Galliano-placa-30x30cm-preto-Glass-Mosaic

Pastilha de vidro Galliano placa 30x30cm preto Glass Mosaic (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

5. Revestimento para piscina Eliane – 40% OFF

Especialmente recomendado para o revestimento interno de piscinas, o Revestimento para piscina Eliane na cor Azul Laguna traz uma cor discreta e moderna para a piscina. Você também consegue calcular a quantidade e preço exatos que você precisa na página desse produto em “Calculadora de Pisos”.

Revestimento-para-piscina-75x75cm-azul-laguna-mesh-Eliane

Revestimento para piscina 7,5×7,5cm azul laguna mesh Eliane (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

6. Mosaico line Portinari – 42% OFF

O design inovador e diferenciado do Mosaico line Portinari pode servir como um ótimo elemento decorativo em cozinhas, lavabos, lavanderias ou áreas gourmets. A peça é uma composição de pedra, metal e vidro e sua garantia é de 5 anos.

Mosaico-Line-298x294-bege-Portinari

Mosaico Line 29,8×29,4 bege Portinari (Foto: Acervo / Telhanorte)

 

Agora que você já deu uma olhada em algumas de nossas ofertas, é hora de se organizar para suas compras de Black Friday! Caso queira acessar mais descontos como esses, confira a Categoria Telha Friday de Pisos e Revestimentos. No site da Telhanorte, você encontra ainda descontos especiais para tudo o que você precisa. Aproveite!

 

Sugestão de matéria: Procurando por mais descontos da Telha Friday? Veja em nosso site descontos para: área externa, banheiro, decoração, cozinha, organização da casa, tintas e ferramentas.

 

Por Vinicius Marques | Edição: Stéphanie Durante

Formas de aplicar revestimento no piso ou parede

adesivo-azulejo-chevron-azul-0-58-x-3-00m-adesivos-decorativos

| Ambientes Internos

 

Cansado das paredes da sua casa? Separamos uma lista com alguns dos desenhos de instalação de azulejos e demais revestimentos para você inovar

 

Se você já passou por uma reforma – ou está no meio de uma -, provavelmente já teve de lidar com a instalação de revestimentos. Quer seja você mesmo o responsável por paginar e instalar as peças, ou se o serviço será feito por algum profissional contratado, essa etapa da obra precisa ser realizada com muito cuidado para evitar desperdícios, irregularidades e mesmo estrago do material a ser instalado.

Por isso, separamos aqui algumas das principais formas de aplicar revestimentos, para que você saiba por onde começar. Leia, se inspire, pesquise e se divirta com a reforma! Se precisar de ajuda, é só nos chamar pelo Whatsapp, ok?

E se quiser nosso acompanhamento nessa e em todas as próximas etapas da sua reforma, dê uma olhadinha nos serviços de consultoria do nosso Arquiteto de Bolso.

 

1. Peças alinhadas

O primeiro modelo de paginação que separamos aqui é o mais simples de todos, onde as peças são simplesmente alinhadas umas às outras, podendo ser posicionadas na horizontal ou vertical (como nas respectivas imagens abaixo). O alinhamento horizontal é também conhecido como azulejo de metrô.

 

2. Revestimento transpassado

Esta maneira já é um pouco mais estilizada, trata-se de desencontrar as pontas de peças paralelas. Essa instalação pode ser desenhada tanto de forma padronizada (como na figura da esquerda), quanto numa disposição mais aleatória (como feito no piso da segunda imagem). 

 

3. Diagonal

O desenho na diagonal é feito com peças quadradas e muito utilizado em paredes e pisos de banheiro e cozinha, podendo até intercalar cores diferentes, como o clássico chão de cozinha preto e branco.

 

4. Escama de Peixe 

Escama de peixe é uma disposição de revestimento mais arrojada. Suas peças são posicionadas horizontal e verticalmente, formando escamas, parecidas com setas que apontam para a diagonal.

escama-peixe-revestimento-banheiro-verde-azul-moderno-industrial-cuba-bonito

Escama de peixe em banheiro (Foto: Casa Vogue / Reprodução)

 

5. Espinha de Peixe

A espinha de peixe é organizada de maneira muito semelhante ao desenho anterior. No entanto, as peças são posicionadas na diagonal e as setas formadas podem apontar tanto verticalmente, quanto horizontalmente.

revestimento-espinha-peixe-banheiro-moderno-clean-cuba-espelho

Espinha de peixe em banheiro (Foto: Evelyn Muller / Reprodução)

 

6. Chevron

Esta instalação pode ser confundida com a espinha e escama de peixe, porém ela apresenta uma grande diferença: as peças necessárias para a composição devem ser cortadas nas laterais em forma de losango, para poderem formar devidamente o desenho.

chevron-piso-revestimento-moderno-sala-estar-madeira-porcelanato

Piso Chevron em sala de estar (Foto: Facilismo / Reprodução)

 

7. Crie seu novo padrão!

revestimento-aleatorio-3d-parede-moderno-industrial-ferrugem-sala-estar-escura-aconchegante

Revestimento com padrão aleatório e 3D (Foto: Castelatto / Reprodução)

 

Misturar cores, padrões, texturas e relevos diferentes pode ser uma ótima forma de personalizar sua casa e de delimitar cômodos diferentes sem paredes entre si. As opções de criação são infinitas e com certeza há um revestimento perfeito para o seu ambiente!

Gostou das dicas? Se interessou por algum desenho em especial? Agora é só comprar o material necessário e #borafazer! Vale lembrar que, para que ocorra tudo certo com sua reforma, recomendamos o acompanhamento de um profissional especializado.

Navegue pela nossa loja online, na parte de Pisos e Revestimentos, para encontrar o material perfeito para o que você precisa, ou visite uma de nossas lojas

 

Por Vinicius Marques | Edição: Stéphanie Durante

CASACOR: Dicas de reforma do projeto Alimentação Saudável

casacor-alimentacao-saudavel-brasilandia-projeto

| Ambientes Internos

Conheça a instalação “Alimentação Saudável”, da edição 2020 da CASACOR São Paulo, e veja algumas dicas para aplicar nos espaços da sua casa

 

Nesse ano de 2020, a mostra de Arquitetura, Design de Interiores e Paisagismo CASACOR teve de reinventar seus projetos físicos para algo mais seguro e responsável, por conta das medidas de distanciamento social de enfrentamento à COVID-19. Assim surgiu a exposição Janelas CASACOR, que conta com várias exposições espalhadas por 11 cidades brasileiras. Esses pontos são localizados em espaços públicos e tratam de cômodos inovadores, todos isolados por vitrines para que não hajam aglomerações. O tour interno de cada ambiente poderá ser feito virtualmente, pelo site da exposição Janelas CASACOR.

 

 

Algumas dessas exposições possuem, além do caráter inovador e sustentável, o foco voltado para as comunidades em que estão situadas. É o caso da instalação localizada no bairro da Freguesia do Ó/Brasilândia, no estacionamento de um mercado. O projeto Alimentação Saudável, que contou com apoio da Telhanorte, foi produzido por estudantes e professores do Programa Fau+D Mackenzie Acolhe, e apresenta uma moderna cozinha de uso comunitário montada dentro de um contêiner. Segundo o professor e arquiteto Rodrigo Mindlin Loeb, um dos responsáveis pelo projeto, o espaço, em um segundo momento, será aberto para o uso público. Sua gestão será feita pelo centro comunitário de uma comunidade próxima, Tiro ao Pombo, e nele poderão ocorrer oficinas, encontros e cursos de formação voltados para a área de alimentação. “Isso significou montar uma cozinha operacional, não só uma exposição”, diz Rodrigo. “Então exigiu todo um trabalho de infraestrutura para deixar isso funcionando de verdade”, completa.

 

 

Confira algumas das dicas de materiais e estruturas que estarão presentes na instalação – que ficará exposta do dia 8 de novembro ao 18 de dezembro – e que você pode aplicar na sua reforma!

 

Dicas para a sua casa

 

1. Estruturas de bambu

Além de apresentar uma beleza natural e acolhedora, o bambu é um dos materiais principais da bioconstrução, que consiste na utilização de materiais de baixo impacto ambiental. Na instalação da CASACOR, a empresa Gera Brasil forneceu todo o material necessário para a devida estruturação de bambu, que compôs, junto de outros elementos como o deck de madeira de reflorestamento e o próprio contêiner, o caráter sustentável do projeto. No entanto, você pode buscar por estruturas e peças decorativas de bambu para a sua casa também! Uma cobertura feita à base de bambu em um quintal, por exemplo, pode oferecer sombra, charme e refresco ao seu espaço, além de tornar o ambiente mais agradável e aconchegante.

 

 

2. Bancada em ilha

Ter uma bancada em ilha oferece grande praticidade para a cozinha. Para o projeto do programa Fau+D Acolhe, a bancada será de grande uso quando o espaço estiver aberto para atividades públicas. Mas você sabia que esse tipo de bancada também é ótima para ambientes domésticos? Segundo Rodrigo, tendo uma bancada em ilha dentro de casa, “permite uma interação melhor entre quem está cozinhando, além de poder ter multitarefas sendo realizadas, sem problemas de interferência na circulação.” Os benefícios de uma bancada em ilha na cozinha não se resumem aos afazeres domésticos, mas estão presentes também em festas e encontros caseiros, possibilitando uma maior área de circulação.

 

3. Revestimento termoacústico

Para oferecer ao ambiente maior conforto climático e sonoro, é importante que você invista em um ótimo isolamento termoacústico em forro e paredes – mesmo aquelas internas feitas de drywall. No caso da instalação feita na Brasilândia, entre as paredes de drywall e a estrutura do contêiner, foi instalado um material isolante chamado lã de rocha, mas, segundo Rodrigo, o mesmo efeito de isolamento acústico pode ser obtido utilizando a lã de pet. Já no forro, que é feito, assim como o drywall, de gesso acartonado, foram aplicadas chapas de madeira mineralizada, para criar esse mesmo efeito obtido nas paredes.

 

 

 

Na Telhanorte, você encontra também as placas acústicas Decorsound, Feitas de lã de vidro, são fáceis de instalar e perfeitas para serem utilizadas também como um acabamento decorativo.

 

 

4. Estante de livros na cozinha

Uma outra inspiração bacana que se pode ter da instalação da CASACOR na Brasilândia é a presença de uma estante de livros na cozinha. Além da praticidade de guardar livros de receitas, a estante ajuda a compor um ambiente mais aconchegante para moradores e visitas. Claro, é muito importante que se tome os devidos cuidados para que os livros presentes no móvel não estraguem: manter o ambiente sempre bem ventilado; ter uma boa janela, ou mesmo um exaustor, para que o vapor escape e não vá direto aos livros; e manter uma certa distância entre a estante e o fogão.

Caso esteja procurando por estantes de livros, ou outros móveis e materiais para a sua reforma, visite a loja virtual da Telhanorte.

 

 

 

Por Vinicius Marques | Edição: Stéphanie Durante

Pedra de revestimento exterior: 7 modelos e inspirações

pedra-ferro-mosaicos

| Área Externa

 

Inspire-se com as fachadas de granito, ardósia, pedra de ferro, pedra madeira e mais. Como escolher a pedra de revestimento exterior ideal?

 

As pedras de revestimento exterior unem três elementos importantes na decoração e no acabamento de uma casa: beleza, resistência e sofisticação.

Entre as vantagens de usá-las estão:

Existe uma extensa variedade de tipos de pedra para revestimento que podem ser usados para ampliar a personalidade do local e garantir uma primeira impressão incrível da sua casa. Ao usá-las na fachada você garante que sua casa se destaque das demais.

Entretanto, o custo de aplicação desse tipo de revestimento pode ser mais elevado do que outras opções mais tradicionais, como a tinta.

Medir o custo benefício e a sua capacidade de investimento será necessário para fazer essa escolha.

A seguir separamos alguns tipos, Confira, inspire-se e faça sua escolha.

 

Sugestão de leitura: Quer decorar o interior da casa com pedras, também? Então cheque mais 6 tipos de pedras naturais para revestimento da casa!

 

Pedra de revestimento exterior: 7 opções para sua fachada

 

1. Granito

Apesar de o granito ser uma pedra de revestimento para muro e fachada bastante conhecida, antes de qualquer coisa, é importante destacar alguns aspectos que a diferenciam de uma pedra bastante parecida: o Mármore

Além de possuir cores mais mescladas por causa da disposição interna de minerais – o que faz com que o granito tenha uma aparência mais luminosa e menos suave – ele é uma pedra mais dura e forte do que o mármore. É possível encontrar granitos com acabamento escovado, flameado e jateado, além de diversas opções com padrões e cores diferentes.

 

granitos

Cores e padrões mais utilizados em projetos com granito (Foto: Plataforma Arquitectura / Reprodução).

 

O granito é resistente não apenas em relação ao contato com a chuva, sol e poeira, mas também ao impacto, arranhões e manchas. Isso quer dizer que a boa aparência da pedra pode durar décadas. 

Dessa forma, se torna uma opção muito resistente, além de bonita, aliando dois benefícios valiosos para quem está reformando a fachada de casa. Ele também pode ser usado para pisos e paredes da área interna da casa, em cômodos como sala e cozinha.

 

GRANITO_BRANCO_DALLAS_TOP_MARMORE

Parede externa revestida por granito branco Dallas (Foto: Top Mármore / Reprodução).

 

2. Miracema

É um estilo mais rústico e natural de pedra para fachada e  bastante atual para decoração

É considerada uma variante do granito sem polimento (em estado bruto) e tem características similares – como a resistência e durabilidade. Pode ser encontrada na natureza em tons rosados ou em cinzas com branco (os famosos olhos de pombo).

Seu assentamento é simples, não havendo nem mesmo necessidade de massa. Quando usada no piso, sustenta bastante carga , sendo ideal para rampas e garagens. No entanto, nesse caso, faz-se necessário uma camada inferior de piso pobre de concreto para a sua utilização.

 

fachada-com-pedra-miracema

Fachada com pedra Miracema Olho de Pombo (Foto: Blog Materializar-se / Reprodução).

 

3. Pedra Madeira

Talvez você já tenha visto algumas fachadas com revestimentos muito fiéis à madeira, certo? Contudo, você sabia que a maioria desses projetos não a usa, de fato, nas paredes externas?

Por ser um material propenso a deterioração com a ação do tempo, esse material aparece nas paredes externas através de revestimentos que imitam madeira. Além das famosas placas de porcelanato, a pedra madeira é super recomendada para fachadas, pisos e paredes internas.

A pedra madeira tem a mesma característica e propriedades da Miracema, sendo diferenciadas pela maior variedade de cor da primeira, a qual é encontrada em tons rosados, a amarelados, a branco e verde. Geralmente, são usadas para trazer um estilo rústico mais sofisticado ao ambiente. 

 

Pedra-Madeira-Cores-foto-ConstruindoDECOR

Tipos de pedra madeira (Foto: Viva Decora / Construindo DECOR / Reprodução).

 

Como vantagens, podemos citar a estética diferenciada que o produto proporciona, a alta resistência e a característica anti-derrapente. Por outro lado, como desvantagem, a instalação da pedra madeira requer alguns cuidados especiais, sendo um processo com diversas etapas e exige do pedreiro um conhecimento especializado sobre as melhores técnicas de assentamento. Logo, o custo de mão de obra é maior. Por isso, se a verba do projeto for pequena, vale buscar alternativas mais econômicas como a cerâmica, porcelanato ou pintura.

 

Atenção: Primeiramente, como a pedra madeira é instalada em seu estado natural, é necessária uma limpeza com água corrente para remoção de pequenos resíduos depositados que podem atrapalhar o processo de assentamento. Ainda, para uma instalação adequada, é preciso primeiro selecionar as peças que se encaixam melhor entre si. Depois, para que o encaixe seja ainda mais perfeito, deve-se entalhar as pedras. Para preservar o aspecto novo e evitar escurecimento das peças, faça uma limpeza pelo menos uma vez ao ano!

 

Pedra de revestimento exterior

Pedra madeira amarela com fachada ventilada (Foto: Viva Decora / Archidaily / Reprodução).

 

Pedra-Madeira-Branca-traz-estética-mais-moderna-foto-Pinterest

Parede externa revestida com pedra madeira branca (Foto: Viva Decora / Reprodução).

 

Pedra de revestimento exterior

Pedra madeira amarela em fachada e rampa externa (Foto: Viva Decora / Reprodução).

 

4. Pedra Ferro

Moderna, versátil e atual, a pedra ferro (também conhecida como pedra pericó ou topázio) é uma rocha vulcânica oxidada que confere um aspecto único às fachadas. 

Devido sua elegância, é uma ótima opção para áreas externas, como varandas gourmet e áreas de piscina, bem como ambientes internos da casa. 

Possui versatilidade em seus formatos (sendo vendida em placas inteiras, peças serradas, mosaicos ou filetes) e cores (do marrom-ferrugem ao preto), além de ser resistente a impacto e a agentes corrosivos.

 

pedra-ferro-serrada

O desenho da fachada com pedra ferro serrada é formado por quadrados cortados em diferentes espessuras (Foto: Arkpad / Reprodução).

 

pedra-ferro-mosaicos

A pedra ferro é utilizada em mosaico quando peças de formatos e tamanhos variados criam uma composição na parede (Foto: S2R / Reprodução).

 

Pedra de revestimento exterior

A pedra ferro é cortada em filetes quando dá origem a pequenas tiras de largura e comprimento variados, de visual mais irregular (Foto: Viva Decora / Reprodução).

 

5. Ardósia

A ardósia é composta por minerais como quartzo, grafite e material carbonoso. Como resultado, tem-se uma pedra resistente, com cores e padronagens distintas em cada peça. As cores mais comuns são cinza, grafite, preto, vinho, verde e ferrugem (multicolorido) e suas respectivas variações.

 

ardosia-cores

Exemplares mais comuns da pedra ardósia para fachadas (Foto: Blog Geo – Conceição / Reprodução).

 

Um diferencial é a sua capacidade de isolamento térmico, garantindo a manutenção de um ambiente mais fresco. Além disso, sua resistência a variações climáticas, riscos e arranhões se traduz em durabilidade e sua cor se mantém por décadas.

Além de usada como opção para fachadas de casas revestidas com pedras, também pode ser instalada como piso por suportar bastante peso e ser antiderrapante.

 

pedra-ardosia-preta-fachada-J_Guillo_Architecte

Fachada de casa moderna com ardósia preta (Foto: ArchDaily / Arquiteto J. Giulio / Reprodução).

 

Oakridge-House-Desktop

Projeto Oak Ridge House por Duvall Decker. Fachada de casa contemporânea com placas de ardósia verde (Foto: Duvall Decker / Reprodução).

 

Stout-House-ardosia-vermelha

Projeto Stout House por Ryan Restorations. Fachada com ardósia vinho (Foto: Ryan Restorations / Reprodução).

 

pedra-ardosia-cinza

Paredes interiores e exteriores revestidas com pedra ardósia cinza em casa de campo (Foto: Decor Fácil / Reprodução).

 

revestimento-de-ardosia-ferrugem

Revestimento para fachada de pedra ardósia padrão ferrugem (Foto: Viva Decora / Reprodução).

 

pedra-ardosia-filete

Ardósia grafite em filetes na fachada de casa (Foto: ArchiExpo / Reprodução).

 

placas-pedra-ardosia-ferrugem-fachada

Placas de ardósia ferrugem para fachada (Foto: Archiexpo / Reprodução).

 

6. Quartzito

O quartzito é resistente e tem como principal componente o quartzo. 

É uma pedra muito requisitada por sua beleza, que se assemelha ao mármore.  Os quartzitos podem apresentar cores muito raras e são muito valorizados por isso.

 

quartzito-cores

Cores e padrões de quartzito (Foto: Acervo Telhanorte).

 

É uma pedra de revestimento externo bastante sofisticada, que se assemelha ao mármore. É muito requisitada por sua beleza,  mas não deixa a desejar no aspecto durabilidade e resistência ao sol e produtos químicos.  

Também pode ser usada no piso e parede interna.

 

revestimento-exterior-quartzito

Revestimento para parede externa de quartzito (Foto: Stone Contact / Reprodução).

 

revestimento-exterior-quartzito2

Revestimento para parede externa de quartzito (Foto: OLYMPUS DIGITAL CAMERA / Reprodução).

 

revestimento-exterior-quartzito3

Revestimento para parede externa de quartzito (Foto: Meteor Cladding / Reprodução).

 

revestimento-exterior-quartzito4

Revestimento para parede externa de quartzito (Foto: Stone Contact / Reprodução).

 

7. Pedra São Tomé 

A pedra São Tomé – um tipo de quartzito – é uma das opções mais buscadas de pedra de revestimento para fachada. 

Resiste por décadas a manchas, arranhões, chuva, sol, vento e outros agentes naturais. Não absorve calor e ajuda na manutenção da temperatura do ambiente. 

Também pode ser usada em pisos, sendo indicada principalmente para áreas externas. 

É uma opção de pedra de revestimento bastante sofisticada podendo criar ambientes elegantes quando usada em paredes texturizadas de áreas internas, como salas de estar e jantar e jardins de inverno.

 

MOSAICO-DE-SÃO-TOMÉ-branca-Revestimentos-Naturais-Fachada

Mosaico de pedra São Tomé branca em fachada Foto: Revestimentos Naturais / Reprodução).

 

pedra-sao-tome-fachada_Oficina_Conceito

Filetes de pedra São Tomé em fachada (Foto: Oficina Conceito / Reprodução).

 

Pedra de revestimento exterior

Filetes de pedra São Tomé amarela em coluna exterior (Foto: Piso de Pedra / Reprodução).

 

Como escolher o tipo de pedra de revestimento para fachada?

Ao criar fachadas de casas revestidas com pedras lembre-se de alinhar o estilo do exterior com o interior da casa. Assim você tem um projeto completo, que vai te deixar bastante feliz todas as vezes que chegar em casa.

Lembre-se de avaliar também os tipos de piso para área externa e interna. Para o acabamento da sua obra é provável que você também precise escolher uma tinta para equilibrar os ambientes, afinal, um cômodo só com paredes de pedras naturais pode ficar com uma aparência muito pesada.

 

Sugestão de leitura: Confira 5 tipos de pisos para a área externa da sua casa | Quais os principais tipos de tinta para parede

 

E aí, já sabe qual a pedra natural para revestimento exterior será escolhida no seu projeto?

Esperamos que as dicas e inspirações acima tenham te ajudado. Agora só falta falar sobre uma coisa: o preço.

As pedras que apresentamos possuem muitas variações de custo, por isso, indicamos que acesse a loja virtual da Telhanorte para fazer um orçamento sem precisar sair de cada e receber tudo no endereço que indicar. Aproveite e conheça nossos departamentos de Pisos e Revestimentos, Pedras Naturais e Tintas

Conte com a qualidade e segurança de uma empresa que só trabalha com os melhores fornecedores!

Agora é só botar a mão na massa (ou contratar um profissional para fazer isso por você!). 

 

Edição por: Murilo Bonício

6 tipos de pedras naturais para revestimento da casa

Tipos de pedras naturais para revestimento

| Ambientes Internos

 

Pedra São Tomé, Miracema, Granito, Ardósia, Seixos e Ônix. Aprenda quando, como e onde usar esses tipos de pedras naturais para revestimento.

 

Entre os tipos de pedras naturais para revestimento de áreas internas e externas mais usadas por arquitetos podemos citar:

Muito conhecidas por serem versáteis e com alta durabilidade para fachadas, jardins e varandas, as paredes revestidas com pedras naturais tomaram conta também do interior das casas, sendo usadas como revestimento de banheiros, cozinhas e salas.

Quanto às formas de aplicação, você pode encontrá-las em colunas de pedras, paredes inteiras ou com apenas uma faixa – ou mesmo um nicho decorado. Todas essas opções ampliam a personalidade do ambiente e tornam o cômodo ainda mais exclusivo.

Entretanto, quais são as pedras naturais para revestimento externo e interno mais indicadas para seu projeto?

No Brasil, hoje, existem mais de 500 tipos de pedras naturais para revestimento, o que pode causar indecisões para muita gente!

Porém, para te ajudar, a Telhanorte criou uma lista com inspirações dos 6 tipos de pedras naturais para revestimento mais usadas por aqui. Confira!

 

casa-branca-revestimento-metal-pedras

Exterior de casa com paredes brancas e revestimento de pedras (Foto: ideiasdecor / Reprodução).

 

6 Tipos de pedras naturais para revestimento em áreas interna e externa

 

1. Pedra São Tomé

A pedra São Tomé é uma das opções mais versáteis dessa lista de pedras para revestimento. É muito usada para áreas de piscina e churrasqueira.

A versatilidade está no fato de poderem ser encontradas em diferentes tons e cores (brancas, amarelas, rosas e mescladas) e aplicadas em diferentes formatos, como: 

Abaixo temos dois exemplos de aplicação. No primeiro, a pedra é usada em formato retangular, no piso da área externa de uma residência. Na segunda imagem, a mesmo pedra é usada em formato filete, na parede interna de outra casa.

Veja como ela realmente proporciona diferentes ares, de acordo com o estilo do projeto!

 

Tipos de pedras naturais para revestimento

Pedra São Tomé quadrada como revestimento do piso externo (Foto: Viva Decora / Reprodução).

 

Tipos de pedras naturais para revestimento

Pedra São Tomé em filetes como revestimento da parede de uma sala de estar (Foto: Viva Decora / Reprodução).

 

Além da versatilidade, a pedra se destaca por sua beleza única, alta durabilidade e resistência. É antiderrapante e antitérmica, favorecendo a manutenção da temperatura nos locais em que é aplicada.

 

2. Pedra Miracema 

A pedra  Miracema é um clássico da decoração, principalmente, quando o assunto são fachadas e pisos de áreas externas. Entretanto, tem sido cada vez mais comum encontrar projetos que usam esse modelo para criar paredes revestidas com pedras naturais em áreas internas – como, por exemplo, na cozinha.

É uma pedra muito resistente, de formato retangular e uma tonalidade com mescla de cinzas.

Mesmo a pouca versatilidade de formatos e cores, não impede o impacto visual que seu uso pode causar em projetos arquitetônicos – dos clássicos aos modernos. 

 

Tipos de pedras naturais para revestimento

Miracemas no revestimento da varanda exterior de um imóvel (Foto: @casaclarabrasil / Instagram / Reprodução).

 

3. Granito

O granito também é uma pedra natural bastante tradicional e versátil e pode ser usada para diversos fins dentro de um projeto de decoração (bancada e balcões de cozinha ou banheiro, pisos e revestimentos de parede internas e externas). 

É muito usado para substituir o mármore quando não os custos associados ao material são considerados altos demais. Mesmo assim é muito sofisticado, resistente e, claro, lindo!

Ao optar pelo granito seu projeto de revestimento de parede com pedras naturais poderá contar com um grande leque de opções de cores e padrões, para todos os ambientes da casa. 

 

Tipos de pedras naturais para revestimento

Cozinha tradicional com frontão e bancada de granito cinza (Foto: Casa Abril / Reprodução).

 

4. Pedra de Ardósia

Se você é aficionado por decoração, muito provavelmente, já deve ter visto algum projeto com ardósia no piso. Mas você sabia que ela também pode criar um efeito incrível quando usada como revestimento para parede? 

A ardósia é uma pedra com fácil manutenção e pode ser encontradas em diferentes texturas, desde a pedra natural até opções polidas, escovadas, envelhecidas e outras. 

Seu baixo custo pode ser um atrativo a mais para usá-la e economizar no projeto.

Sua cor mais escura contribui para a criação de um ambiente sofisticado e “sóbrio”, além de ser uma artifício criativo para sair do comum. 

Veja o exemplo abaixo!

 

Tipos de pedras naturais para revestimento

Revestimento de parede interna com ardósia preta em mosaico (Foto: Tua Casa / Reprodução).

 

5. Seixos 

Seixo é o nome dado às pedras de superfície lisa e formato arredondado. Essas características são adquiridas pelo contato com a água do rio, de onde são coletadas. Atualmente, é possível desenvolver seixos artificialmente em indústrias.

Esse tipo de pedra começou ganhando espaço como revestimento natural externo e se tornou, atualmente, uma tendência cada vez mais usada nos mais diversos ambientes externos, como banheiro, cozinha e até sala de jantar.

 

Tipos de pedras naturais para revestimento

Lavabo de luxo com paredes inteirais de seixo (Foto: Casa Vogue / Reprodução).

 

6. Ônix

O ônix, uma variedade semipreciosa de quartzo, é puro luxo quando usado nas áreas internas da casa. Além disso, muitos acreditam que ela traz proteção energética e segurança, sendo considerada o cristal da proteção. Outros dizem que ela canaliza as energias para atingirmos metas, sendo então chamada pedra do poder.

A ônix verdadeira é encontrada no mercado somente nas cores branco e preto. Contudo, suas variantes – a ônix carneliana e a sardônia – são aquelas que possuem listras brancas e vermelhas e listras brancas e marrons, respectivamente e que têm aparência mais próxima ao mármore. Variedade menos comuns de ônix naturais – ou então artificialmente produzidas – podem ter coloração acinzentada, azulada, esverdeada ou amarelada.

Se você quer uma casa sofisticada, pode investir em paredes revestidas com essa pedra natural. Entretanto, cuidado para não pesar na mão! 

Converse com um arquiteto para saber como combinar com outras peças como bancadas, móveis e objetos de decoração, sem deixar o ambiente visualmente estressante e poluído.

 

Sala_com_parede_de_onix_rosada

Parede da sala revestida com variação da pedra ônix carneliana (Foto: A Arquiteta / Reprodução).

 

Sala_de_jantar_com_parede_de_onix_marrom_e_branca

Parede da sala revestida com ônix sardônia (Foto: A Arquiteta / Reprodução).

 

banheiro_com_onix_branca_e_vermelha

Parede do banheiro revestida com ônix carneliana (Foto: A Arquiteta / Reprodução).

 

master-bedroom-onyx-headboard

Quarto de casal com parede da cabeceira revestida com pedras ônix (Foto: Houzz / Reprodução).

 

Como escolher o tipo de pedra natural para revestimento?

Existem muitos tipos de pedras naturais para revestimento e as seis que listamos acima são opções versáteis, modernas e atuais para sua casa. Tudo isso sem deixar a sofisticação e a elegância de lado. 

Para escolher o tipo de revestimento de parede com pedras naturais para sua casa, é preciso ter em mente o seu estilo e o padrão de decoração que você está adotando (ou deseja adotar) para a casa como um todo. Por exemplo, no banheiro e na cozinha, lembre-se de pensar em armários e bancadas que estejam alinhados ao estilo do revestimento.

Aproveite também para estudar cores e combinações que podem agregar ainda mais valor para cada ambiente. Considere, também, os tipos de piso para área externa e interna.

Para o acabamento da sua obra é provável que você também precise escolher uma tinta para equilibrar os ambientes, afinal, um cômodo só com paredes de pedras naturais pode ficar com uma aparência muito pesada. Para te ajudar, leia mais sobre Quais os principais tipos de tinta para parede interna!

Agora é hora de botar a mão na massa (ou contratar um profissional para fazer isso por você!). 

Aproveite e conheça a loja virtual da Telhanorte, nosso departamento de Pisos e Revestimentos e nossos setores de Pedras Naturais e Tintas.

Compre pelo site e receba em casa ou retire em uma das unidades Telhanorte perto de você!

Edição por: Murilo Bonício

Melhores revestimentos de parede externa | TOP 7

revestimento-3d-parede-externa

| Área Externa

 

Revestimento de parede externa em cerâmica, porcelanato, imitando madeira e até 3D… Desde os materiais mais resistentes até os mais sofisticados. Confira nosso Top 7!

 

Ter um cantinho ao ar livre dentro de casa é um privilégio cada vez mais cobiçado. E para investir na decoração de qualquer área exterior é fundamental conhecer os tipos de revestimento de parede externa disponíveis no mercado.

E não importa se você quer decorar uma varanda, um quintal ou até mesmo se está buscando revestimento de parede externa para piscina. Não faltam opções, para todos os tipos de gostos e bolsos.

Continue lendo e aprenda mais sobre os melhores tipos disponíveis no mercado!

 

7 tipos de revestimento de parede externa

Revestir paredes da área exterior da sua casa requer cuidados especiais, uma vez que estas ficam mais expostas ao sol a à umidade. Para evitar problemas de estética e de conservação, confira nosso guia com 7 tipos de revestimento de parede externa:

 

1. Cerâmica

Uma das opções mais procuradas é o revestimento de parede externa em cerâmica ou azulejo — como é popularmente chamado.

Possui grande variedade de cores e formatos, sendo largamente usada para imitar outros materiais. Enquanto os ladrilhos decorativos são perfeitos para ambientes internos, as lajotas são muito bem-vindas na área externa. Entre os principais modelos de lajotas de cerâmica estão a terracota e colonial vermelha, assim como as de barro e coloniais, que podem ser boas opções para um estilo mais clássico e rústicos.

Sua versatilidade e o custo benefício do material o tornam adaptável a quase qualquer projeto arquitetônico, especialmente os que recobrem as superfícies verticais e não sofrem muito atrito. Por isso, é um ótimo revestimento para piscinas, paredes, muros e fachadas. Há lajotas especialmente desenvolvidas para resistirem à imersão em água e em agentes químicos usados no tratamento de limpeza

 

Sugestão de leitura: Aliás, você sabe Qual piscina escolher: concreto, fibra de vidro ou vinil? Clique no link e aprenda tudo para ter a piscina dos seus sonhos!

 

As vantagens de apostar nos revestimentos são inúmeras. Algumas principais são:

Outra vantagem é a fácil manutenção, bastando um pouco de água e sabão para deixá-las como novas.

Assim como os pisos e porcelanatos, os revestimentos de cerâmica para parede também podem ser escolhidos de acordo com suas características.

Dentre os diversos modelos de revestimentos de parede, você pode escolher entre três tipos de acabamentos:

Além disso, também é possível escolher:

 

Kit-de-revestimento-de-parede-decorado-Cube-Silver-acetinado-retificado-45x90cm-2-pecas-prata-Eliane

Kit de revestimento de parede decorado Cube Silver acetinado retificado 45x90cm 2 peças prata Eliane (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Revestimento-de-parede-Eliane-Patch-Brasilia-Solar-brilhante-retificado-C--29cm-L--29cm-amarelo-1643835

Revestimento de parede Eliane Patch Brasília Solar brilhante retificado C: 29cm L: 29cm amarelo (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Revestimento-Eliane-para-piscina-Java-Mar-Mesh-Boldo-Brilhante-C-75-cm-X-L-75-cm-1626426

Revestimento Eliane para piscina Java Mar Mesh Boldo Brilhante C:7,5 cm X L:7,5 cm (Foto: Eliane / Reprodução).

 

2. Porcelanato

O uso do porcelanato para revestimento de parede externa também está bastante difundido na decoração de exteriores, principalmente em sua versão natural – enquanto a versão polida é largamente utilizada para pisos internos.

Outra qualidade do porcelanato é sua capacidade de imitar outros materiais, como cimento, pedra e tijolo. Existe uma variedade de cores, formatos (placas, filetes, mosaicos) e diferentes acabamentos como:

Trata-se de um material muito resistente e impermeável. Essas características o tornam especialmente indicado para lugares com muita umidade, seja no piso ou parede externa.

Para quem quer criar ambientes únicos com esse material, aproveite para combinar piso porcelanato com revestimento do mesmo material.

 

Porcelanato-Tecnico-Patch-Damasco-Perola-acetinado-retificado-60x60cm-bege-Eliane

Porcelanato Técnico Patch Damasco Pérola acetinado retificado 60x60cm bege Eliane (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Mosaico-Portinari-Geographic-acetinado-retificado-C--298cm-x-L--298cm-mix-1435981

Porcelanato em Mosaico Portinari Geographic acetinado retificado C: 29,8cm x L: 29.8cm mix (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Mosaico-Portinari-Geographic-acetinado-retificado-C--298cm-x-L--298cm-preto-1433768

Porcelanato em Mosaico Portinari Geographic acetinado retificado C: 29,8cm x L: 29.8cm preto (Foto: Acervo Terlahnorte).

 

Porcelanato-Eliane-Onix-Cristal-polido-retificado-C--1182cm-x-L--59cm-bege-1520962

Porcelanato Eliane Onix Cristal polido retificado C: 118,2cm x L: 59cm bege brilhante (Foto: Acervo Telhanorte).

 

3. Madeira

Uma tendência sempre em alta para revestimentos externos é a madeira. O material traz elegância para o ambiente, garantindo um toque rústico e natural, e pode ser combinado com vários conceitos arquitetônicos.

Se optar pela madeira, tenha em mente que elas precisarão ser tratadas, pois ficarão expostas ao sol e à chuva. Esse tratamento também facilitará a limpeza, que requer produtos apropriados para que o material seja conservado.

Há ainda a opção de revestimento de parede externo imitando madeira, principalmente para quem deseja mais durabilidade e menos gastos. Tenha em mente que um porcelanato ou uma cerâmica, por exemplo, imitando madeira, por exemplo, deixará sua casa elegante e ainda ajudará na preservação do meio ambiente.

 

Porcelanato-Carvalho-Camel-matte-retificado-194x1182cm-madeira-Eliane

Porcelanato Carvalho Camel matte retificado 19,4×118,2cm madeira Eliane para pisos e paredes (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Revestimento-de-parede-Leque-Legno-matte-retificado-32x100cm-madeira-Ceusa

Cerâmica para Revestimento de parede Leque Legno matte retificado 32x100cm madeira Ceusa (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Revestimento-de-parede-retificado-30x90cm-Clapboard-D-Oliver-Portobello

Tábuas de madeira simuladas em Revestimento de parede retificado 30x90cm Clapboard D’Óliver Portobello (Foto: Acervo Telhanorte).

 

4. Pedras

Para os interessados em um estilo mais rústico, a melhor pedida são as pedras naturais. A manutenção do material é simples e sua resistência às intempéries o tornam um ótimo investimento de longo prazo.

Ao contrário do que muitos acreditam, é possível apostar em pedras naturais tanto para pisos e revestimentos. No geral, elas podem ser usadas nas paredes da região da sala de estar, da churrasqueira, como revestimento de parede externa, e no chão próximo à piscina ou para decorar o jardim, como piso antiderrapante para quintal, piso para deck e bordas de piscina.

Há centenas de opções de pedras de revestimento de parede externa, como arenito, pedra mineira e pedra bruta branca, entre outras. Portanto, não será difícil encontrar uma que harmonize com o estilo da sua área externa

 

Sugestão de leitura: Pedra de revestimento exterior: 7 modelos e inspirações para acertar na fachada da casa!

 

Assim como no caso da madeira, outros modelos de revestimento imitam pedra, como cerâmica e porcelanato. Estes são mais fáceis de aplicar e custam bem menos que uma parede de pedras convencional. 

 

Pedra-Miracema-115x23cm-cinza-Sao-Jorge-514578

Pedra Miracema 11,5x23cm cinza São Jorge (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Piso-granito-40X40cm-preto-onix-064-AM-Granifera

Piso granito 40X40cm preto onix 0,64 AM Granífera (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Pedra-Madeira-115x23cm-amarelo-Sao-Jorge

Pedra Madeira 11,5x23cm amarelo São Jorge (Foto: Acervo Telhanorte).

 

Cerâmica padrão pedra no Revestimento de parede retificado 63,1×43,7cm Filetado Quartz Jetplus Ceusa (Foto: Acervo Telhanorte).

 

5. Canjiquinha

Em relação ao uso de pedras naturais, o revestimento de parede externa canjiquinha merece um capítulo especial. Também conhecida como pedra São Tomé, devido à região em que é extraída, em Minas Gerais, o material é formado a partir de grãos de quartzo (família dos quartzitos). 

Características como grande resistência, alta absorção de água e propriedades antiderrapantes e antitérmicas ajudaram a popularizar a canjiquinha no universo da decoração de exteriores. Sem falar na variedade de cores e texturas.

 

quartzito-cores

Cores e padrões de quartzito Foto: Acervo Telhanorte).

 

Novamente, não deixe de considerar outros materiais mais baratos e de fácil manutenção que tenham o padrão da pedra São Tomé, como é o caso de porcelanatos e até papéis de paredes – sendo o segundo mais recomendado para áreas internas.

Para verificar essas e demais opções, acesse a loja virtual da Telhanorte ou visite uma das nossas unidades para uma experiência ainda mais completa e com produtos diversificados.

 

Porcelanato-Elizabeth-Quartzita-Beige-fosco-retificado-C--625cm-x-L--625cm-bege-1625799

Porcelanato Elizabeth Quartzita Beige Retificado C: 62,5cm x L: 62,5cm Bege (Foto: Acervi Telhanorte).

 

Papel-de-parede-canjiquinha-marrom-52cmx10m-Revex

Papel de parede canjiquinha marrom 52cmx10m Revex (Foto: Acervo Telhanorte).

 

6. Tijolo

Outro material que preza pela durabilidade e fácil manutenção é o tijolo ou bloco cerâmico. O revestimento nesse estilo é ideal para quem deseja um estilo mais campestre, retrô ou industrial. 

Além disso, é bastante comum combinar os tijolos aparentes com outros materiais, como a madeira, para caprichar ainda mais no visual. Mais uma dica preciosa é a aplicação de uma resina especial sobre os tijolos para deixarem com um aspecto imponente por mais tempo. 

 

Sugestão de leitura: Se você ficou interessado, saiba mais sobre Parede de tijolinho rústico aparente: 5 dicas para usar sem errar nessa outra matéria imperdível!

 

E quem quer investir nesse estilo, mas não quer quebrar ou modificar estruturas, pode ficar tranquilo, pois há diversos tipos de revestimento imitando tijolo, com adesivos vinílicos – que diferente dos papéis de parede, podem ser molhados.

Já para os que querem uma peça coringa, tanto para a construção quanto para a decoração, a melhor opção é usar os os tijolos de vidro. A peça garante ótimo isolamento térmico, acústico e boa entrada de luminosidade ao espaço.

Os blocos de vidro são geralmente usados para detalhes das construções, como paredes para divisão de ambientes e entradas de luz. Outro uso é na construção de balcões que separam a copa da cozinha, em detalhes no banheiro, vestiários, construção de deques de piscina e muitos outros meios.

 

tijolo

Bloco cerâmico 14x19x29cm Nova Conquista Foto: Acervo Telhanorte).

 

Adesivo-de-Azulejo-45x60cm-Tijolo-Branco-Grudado-1770640

Adesivo de Azulejo 45x60cm Tijolo Branco Grudado (Foto: Grudado / Reprodução).

 

Bloco-de-vidro-Rio-20x10cm-C-Ibravir

Bloco de vidro Rio 20x10cm C Ibravir (Foto: Acervo Telhanorte).

 

7. 3D

Deixamos para o final uma alternativa interessante para quem busca um padrão moderno: o revestimento de parede externa 3D.

Isso mesmo, três dimensões, graças à utilização de materiais que dão uma sensação de movimento. Normalmente, esse revestimento em alto relevo é feito com peças de cerâmica, fabricadas especificamente para esse fim. 

No entanto, há uma infinidade de materiais que podem ser usados nesse estilo, com uma série de acabamentos e formatos, sendo o design geométrico o mais popular.

 

revestimento-3d-parede-externa

Placa cimentícia Trapézio 3D (Foto: MENTURA / Reprodução).

 

Adesivo-de-Azulejo-45x60cm-3D-Triangulos-Grudado-1770659

Adesivo de Azulejo 45x60cm 3D Triângulos Grudado (Foto: Grudado / Reprodução).

 

Sugestão de leitura: Já ouviu falar em revestimento em alto relevo? Saiba como usá-lo!

 

Encontre seu revestimento na Telhanorte

Após conhecer todos esses tipos de revestimento para parede externa, você já está pronto para visitar o site da Telhanorte e escolher o modelo ideal para sua casa. Além das paredes, você também encontrará vários tipos de piso para área externa para deixar o serviço completo!

Visite a seção de Revestimentos e faça sua encomenda. Lá você encontra as melhores marcas e ofertas em até 8x sem juros, com entrega para todo o Brasil. 

 

Edição por: Murilo Bonício