Um banheiro acessível: normas e dicas para acertar | Blog Telhanorte
home > Banheiro > Um banheiro acessível: normas e dicas para acertar

Um banheiro acessível: normas e dicas para acertar

banheiro-acessivel-altura-medida-bancada-banner

| Banheiro

 

Este artigo é perfeito para você que quer aprender as medidas ideais para o seu banheiro, de acordo com a ABNT 9050

 

Nos dias de hoje poupar gastos por m² é uma ambição de muitos construtores e, por isso, surge a necessidade de tornar os espaços cada vez mais enxutos. No entanto, é preciso se atentar nas medidas mínimas para que o local seja adequado e acessível. Afinal, ninguém se sentirá bem ao conviver em um ambiente apertado, com móveis fora de alcance ou assentos baixos demais, não é mesmo?

Nesta matéria iremos tratar da altura ideal da bancada, além de outras medidas de acessibilidade para o banheiro. Contudo, saiba que muitas das dicas aqui abordadas podem servir para os demais espaços da casa, como a cozinha e a lavanderia, por exemplo.

 

bancada-flutuante

Bancada para banheiro no estilo flutuante (Foto: Decoyba /Reprodução)

 

Você provavelmente já passou por alguma situação no seu dia a dia na qual teve que se curvar demais para lavar as mãos ou se esticar demais para alcançar algum móvel. E a sensação não foi nada agradável, certo? Isso acontece quando não se leva em conta, no planejamento, as medidas mínimas para o conforto do indivíduo e as regras da Ergonomia.

 

Ergonomia e o bem-estar geral

Apesar do nome estranho, é muito provável que você já tenha ouvido essa palavra ao longo de sua vida – ou então, sobre o conceito a que ela se refere. Afinal, trata-se de uma noção que impacta, consideravelmente, a saúde física e mental das pessoas.

Ergonomia – termo este que se originou da junção das palavras gregas ergon (trabalho) e nomos (normas) – é uma área do conhecimento que visa aumentar ao máximo o bem-estar humano e, consequentemente, seu desempenho nas tarefas cotidianas.

Ela se propõe a adequar os recursos às necessidades do homem e, para isso, leva em conta fatores físicos, cognitivos e sociais que possam ser identificados como um risco para a pessoa.

 

banheiro-acessivel-altura-medida-bancada

Um banheiro acessível: normas e dicas para acertar (Foto: Poplasen / Fotolia / Reprodução)

 

“Mas como exatamente essa tal de Ergonomia funciona?”, você pode estar se perguntando. Bom, é exatamente aí que entra a parte das leis e normas. As leis da ergonomia devem ser aplicadas por todos para que obtenhamos o máximo de conforto e prazer no nosso dia a dia.

Durante seus momentos de lazer, ou simplesmente nas atividades básicas do dia – escovar os dentes, lavar a louça, dirigir, comer, etc. – você pode optar por não agir ergonomicamente, porém, o prejuízo será único e exclusivamente seu.

Existem muitos movimentos que executamos no dia a dia que, se feitos com a postura errada, podem causar danos. Entre as consequências podemos listar mal-estar, dores ou mesmo lesões. Por isso, o recomendado é seguir as especificações.

No ambiente de trabalho, por sua vez, torna-se um direito incontestável do trabalhador ter acesso às ferramentas e métodos que otimizem seu bem-estar, sendo garantido pela ABNT NBR 9050.

 

ABNT NBR 9050: garantia de conforto e acessibilidade

Esta mesma lei é a responsável por garantir que todos os ambientes comerciais, públicos ou privados, sejam adaptados aos deficientes.

O documento se baseia nas medidas necessárias para que, seja qual for a condição da pessoa, haja a possibilidade dela se levantar, se movimentar e se deslocar de forma agradável. Para isso foram feitos experimentos que definiram os valores a serem postos em prática. Abaixo separamos alguns dos principais pontos a serem seguidos para que seu estabelecimento esteja de acordo com a ABNT NBR 9050.

 

Acessibilidade: conheça a norma NBR 9050 e como ela pode influenciar sua obra

 

1. Pessoa em pé

Seja para os casos que necessitam de muletas, bengalas ou cães guias, a ABNT NBR 9050 determina que os ambientes de passagem, portas ou corredores, tenham uma largura mínima. De maneira geral, é necessário que haja um vão de 1,20m para que todos possam se deslocar.

 

ergonomia-espaço-pessoa-em-pé

Espaço para deslocamento de uma pessoa em pé (Foto: Instituto dos Arquitetos do Brasil / Reprodução)

 

2. Manobras de cadeirantes

As medidas necessárias para a manobra de cadeira de rodas sem deslocamento – ou seja, feitas somente com rotação – são as seguintes:

1. para rotação de 90° = 1,20 m x 1,20 m;

2. para rotação de 180° = 1,50 m x 1,20 m;

3. para rotação de 360° = diâmetro de 1,50 m.

 

espaço-manobra-cadeirantes

Área mínima de giro e deslocamento em cadeiras de roda (Foto: Instituto dos Arquitetos do Brasil / Reprodução)

 

3. Dimensões para alcance manual

Existe, também, na mesma norma, as dimensões máximas, mínimas e confortáveis para o alcance manual frontal. Este é um dado muito importante na hora de pensar na altura e profundidade da bancada do banheiro.

 

dimensões-para-alcance-manual

Dimensões máximas para um alcance manual ergonômico (Foto: Instituto dos Arquitetos do Brasil / Reprodução)

 

A altura ideal para bancada do banheiro

Ao realizar a construção ou reforma de um banheiro, – ou lavabo – você tem a liberdade para definir as alturas das louças e móveis. No caso de lavabos – onde visitas de diversas alturas irão passar – a dica é utilizar um valor médio de distância entre o piso e o topo da cuba.

De maneira geral, considerando a altura média de um brasileiro, a altura padrão para instalação da bancada do banheiro é de 80 a 90 centímetros do chão. Só que essa medida pode variar conforme a necessidade de cada um.

O ideal – de maneira ergonômica – é que você saiba o quanto a pessoa que usará o banheiro tem de altura dos pés até um palmo abaixo do umbigo. Esse valor é excelente para a instalação.

É extremamente importante saber que, para o cálculo da altura mínima, deve-se considerar a borda da cuba! Isto é, a parte mais alta dela é que deve ficar em uma posição de fácil acesso e posicionada próxima ao umbigo do usuário.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Telhanorte (@telhanorte)

 

Dessa forma, para as cubas embutidas, a altura será aquela do chão ao topo da bancada e, no caso das cubas de apoio, essa deverá ser a medida do chão até o topo da cuba (altura do conjunto). Isso permitirá lavar as mãos sem se curvar para baixo e sem dobrar demais os braços.

Agora, caso o banheiro seja usado por uma única pessoa, – ou mais pessoas da mesma altura, você pode seguir as seguintes recomendações:

 

 

Profundidade da bancada do banheiro

A referência para a profundidade da bancada é de no mínimo 55 cm, sendo uma medida mais relacionada ao tamanho necessário para encaixar um sifão rígido, ligando o ralo da cuba à parede.

Caso não seja possível utilizar uma bancada com essa profundidade, basta utilizar um sifão flexível ou então deixar a bancada menor do que a cuba. A medida do sóculo – o espaço livre embaixo do gabinete – deve ser de 6 cm a 18 cm (podendo ser mais), para que haja um bom posicionamento do pé ao lavar as mãos e seja fácil para limpar o piso. Uma dica de limpeza é sempre bem-vinda, não é?

 

Dica: o conjunto da cuba e a torneira

A distância final entre o bico da torneira e a cuba deve ser de, aproximadamente, 15 cm. Essa medida é o suficiente para o livre movimento das mãos em contato com a água, sem espirrar muita água.

Afastamentos muito superiores atrapalharão a lavagem eficiente e muito inferiores farão com que a água espirre mais facilmente, pois rebaterão na cuba muito mais rápido.

 

conjunto-pia-torneira

Ilustração das medidas padrão para o conjunto pia-torneira (Foto: Blog Dicas de Arquitetura / Reprodução)

 

Levando isso em consideração, ao optar por cubas de embutir, é ideal utilizar torneiras ou misturadores de bica baixa e quando a cuba for de apoio ou de sobrepor, utilizar torneiras de bica alta ou semi-encaixe.

 

Monocomando de bica alta Middle Tigre e Torneira de bica alta Esteves

 

Bancada do banheiro para PCD: altura e profundidade

Já no caso das Pessoas com Deficiência (PCD), em especial os cadeirantes, é melhor que a instalação ocorra numa altura de 78 a 80 centímetros do piso – lembrando sempre de considerar a altura final até o topo da louça.

 

medidas-bancada-pcd

Ilustração das medidas ergonômicas para um banheiro adaptado (Foto: Pinterest / Reprodução)

 

Em relação à distância até a torneira, esta deve ser de no máximo 50 cm e, de preferência, acionada por alavancas, sensor eletrônico ou dispositivos similares. Importante lembrar que o cadeirante precisa encaixar as pernas embaixo do lavatório quando for utilizá-lo, por isso não é permitido incluir armário sob a pia.

 

Sugestão de leitura: Se você está começando a obra agora ou está procurando dar uma cara nova para o banheiro, dê uma olhada em como escolher revestimento para banheiro e tire suas dúvidas de vez.

 

E aí, você já conhecia todas essas dicas?

Como dissemos, durante a obra, é necessário que você avalie cada um dos tópicos acima e decida qual profundidade e altura da bancada para banheiro atende melhor a sua necessidade. Para ter uma ideia do valor e dos atributos de cubas, gabinetes e outros itens para seu banheiro, acesse a loja virtual da Telhanorte.

Aqui na Telhanorte você encontra tudo para o seu banheiro, inclusive a opção perfeita para você! Você nem vai precisar sair de casa para isso. Selecione os produtos que você deseja, faça o pagamento e receba tudo no endereço indicado. Aproveite também para conferir as coleções de outros itens para banheiro, como:

Torneira e misturadores para banheiro;

– Móveis para banheiro;

– Acabamentos;

– Acessibilidade para banheiro.

 

Altura padrão do chuveiro: descubra qual é a correta

 

Por Murilo Bonício | Edição de Vinicius Marques