Leitura: 6 min

4 cozinhas pequenas planejadas para você se inspirar

Se engana quem pensa que cozinha pequena não pode ser planejada. Confira as dicas abaixo e inspire-se

 

Publieditorial da Fani

Não é à toa que a cozinha é considerada o coração de uma casa. Ela vem deixando de ser apenas o espaço onde são preparadas as refeições, passando a abrigar momentos de descontração entre familiares e amigos. No entanto, nem todas as cozinhas são iguais em tamanho e poucos vão desfrutar do prazer que é contar com as grandes metragens. A realidade é que, com casas e apartamentos cada vez menores, esse cômodo vai exigir soluções criativas para aumentar a sensação de amplitude e conforto dentro dele. Uma cozinha planejada pequena é a melhor maneira de aproveitar o espaço nesse novo contexto do morar, otimizando o dia a dia durante o preparo das refeições sem abrir mão de uma decoração que arrebata o olhar. Quando o assunto é cozinha, a Fani é especialista e, no post de hoje, nós vamos apresentar três maneiras inspiradoras para planejar esse ambiente levando em conta a beleza e a funcionalidade. Vem com a gente:

Aproveitar o espaço é a melhor opção

Sabe quando vamos contemplando tantas e tantas ideias que só nos damos conta do problema quando tudo está pronto?

Então, quando a ficha cai, há coisas demais para um espaço que é pequeno. E não existe nada pior do que procurar algo que precisa em meio ao amontoado de objetos, esbarrando nos móveis e aparelhos pelo caminho.

Ninguém precisa passar por isso, ainda mais em uma casa ou apartamento pensado nos mínimos detalhes. Além de praticar o desapego, não economize em soluções planejadas que podem aumentar o aproveitamento do espaço. O planejamento é fundamental para conseguir uma boa configuração. Para acertar, vale refletir sobre suas necessidades antes de definir a disposição dos eletrodomésticos e, se possível, investir em armários de cozinha sob medida – a chamada marcenaria inteligente.

Utilizar prateleiras e portas de correr são uma boa pedida para ganhar espaço. Já na organização das panelas e outros utensílios, a dica é reservar pontos de armazenamento mais acessíveis para objetos utilizados com mais frequência – até mesmo a parede do frontão da pia pode servir para pendurar esses itens.

Integração com outros ambientes

Escolher o metal para uma cozinha pequena pode se tornar um problema se você acabar definindo as combinações entre bancada, cuba, torneira e infraestrutura hidráulica aleatoriamente.

Todos esses elementos precisam estar em sintonia porque um depende do outro para funcionar satisfatoriamente. Embora nos lavabos o desafio seja semelhante, já que a área de apoio também costuma ser menor, na cozinha há o preparo de refeições e lavagem de louças, tarefas diárias que exigem muito mais espaço livre de bancada do que um lavatório.

Por este motivo, nem todos os modelos de misturadores ou monocomandos de mesa vão se encaixar, já que demandam mais espaço tanto na superfície quanto embaixo do armário.

Modelos mais compactos podem atender melhor a esse cenário de cozinha pequena. Outra excelente opção é investir em versões de parede, podendo contemplar diversos modelos de misturadores.

Integração com outros ambientes

Uma ótima solução para otimizar o espaço disponível em uma cozinha pequena é integrá-la a outros ambientes, como a área de serviço (lavanderia) e as salas de estar e jantar.

Recentemente, com o boom das varandas gourmets, muitos projetos têm até mesmo transferido a cozinha para esse novo espaço, fomentando uma sensação de cozinhar ao “ar livre” muito interessante em apartamentos.

A remoção completa ou parcial das paredes que dividem esses espaços, sempre sob supervisão profissional (ninguém quer correr o risco de derrubar a sua própria casa ou prédio, correto?), facilita a circulação das pessoas e aumenta a entrada de luz natural.

A integração não pode ser apenas física – você também tem que cuidar do visual, e para isso, uma dica é utilizar um mesmo padrão e cor de piso em todos os cômodos, deixando de destacar visualmente as antigas delimitações.

Combinando as cores em todos os itens

Para criar uma cozinha com mais personalidade, afastando os riscos da decoração se tornar enjoativa ou monótona com o passar do tempo, a sugestão é explorar diferentes cores, texturas e materiais.

Como dissemos acima, melhorar a iluminação é uma boa saída para aumentar a sensação de mais espaço, mas sozinha, não surtirá efeito – é preciso combiná-la a cores claras e alegres para ampliar o efeito.

Se você optar por um piso de tonalidade escura, por exemplo, o ideal é mesclá-lo com uma marcenaria mais clara e assim criar mais contrapontos com eletrodomésticos, utensílios e outros objetos.

Lembre-se que cores mais quentes e vibrantes tendem a ficar enjoativas com o tempo, logo, acrescente-as por meio de detalhes na decoração, como na cor dos eletrodomésticos, utensílios, vasos, bowls, acessórios, louças, entre outros.
Com essas dicas, planejar uma cozinha pequena fica muito mais fácil! Qual é o tamanho da sua cozinha e o que você faz para tirar o melhor proveito do espaço que ela oferece? Confira todas as novidades e aproveite nossa Grã-feira no site Telhanorte !!

Deu na telha planejar a sua cozinha? Tem na Telha!!

 

Edição Thais Junqueira| Carolina Oliveira

Posts relacionados

Poucas coisas na vida são tão gostosas quanto receber...